Hugo Viana
Hugo VianaFoto: Felipe Ribeiro/Folha de Pernambuco

O Janela Internacional de Cinema do Recife começou na última sexta-feira e trouxe novamente uma das atrações mais populares do evento: a sessão Clássicos do Cinema. Kleber Mendonça Filho, Emilie Lesclaux e Luís Fernando Moura selecionaram longas-metragens históricos a partir do tema “filmes de desobediência”, conceito amplo o bastante para integrar obras de perfis diferentes e ao mesmo tempo sinalizar uma espécie de posicionamento político diante da atual situação política do Brasil.

Neste ano é imperdível a sessão de “Apocalypse Now” (1979), de Francis Ford Coppola, um épico impressionante do movimento Nova Hollywood (será exibido nesta sexta-feira, às 21h20, no Cinema São Luiz). Há outros filmes relativamente conhecidos, como “Pinóquio” (1940), “Robocop” (1987) e “Hair” (1979).

Há também “Eles vivem”, de John Carpenter (com duas sessões: amanhã, às 22h, e no sábado, às 14h10 - ambas no São Luiz), filme talvez não tão celebrado quanto os outros, mas certamente impactante. Carpenter trabalha a ideia de hierarquia social, ação e ficção científica de forma humorada e subversiva.

A curadoria do Janela selecionou longas a partir do tema “filmes de desobediência”, sinalizando posicionamento político no Brasil atual

Recifest
A quarta edição do Recifest - Festival da Diversidade Sexual e de Gênero, evento que ocorre entre os dias 15 e 19 de novembro, prestará homenagens à atriz Phedra de Córdoba e ao crítico de cinema Christian Petermann, que morreram em abril deste ano. Eles serão homenageados na abertura do festival, no Cinema São Luiz.

Estrada >
O Cinema na Estrada chega a partir desta segunda a quatro municípios da Região Metropolitana: Camaragibe, Itapissuma (1/11), Itamaracá (2 e 3/11) e Goiana (4 e 5/11). A ideia do projeto, que já passou por 20 cidades pernambucanas, apresenta, entre outros, “Salu e o Cavalo Marinho”, de Cecília da Fonte, e “Lua”, de Paulo Caldas.

Trailer > Divulgado novo trailer do filme “Fragmentado”, em que o ator James McAvoy interpreta um personagem que possui 23 personalidades diferentes.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: