Segundo diretor, o momento de dúvidas que a ranger amarela está passando serve para ajudar as crianças e jovens a entender que "está tudo bem"
Segundo diretor, o momento de dúvidas que a ranger amarela está passando serve para ajudar as crianças e jovens a entender que "está tudo bem"Foto: Divulgação

O novo filme dos "Power Rangers", que estreia no Brasil na quinta (23), terá o primeiro personagem protagonista LGBT em um filme de super-herói.

O diretor do longa, Dean Israelite, revelou para a revista norte-americana "The Hollywood Reporter" que Trini, a Ranger Amarela, tem dúvidas sobre sua sexualidade.

"Ela está se questionando muito sobre quem é. Ela ainda não entendeu muito bem o que está acontecendo (...) essa cena serve para dizer que está tudo bem. O filme está dizendo 'tudo bem' para todas as crianças que estão tentando entender quem são e querem encontrar sua tribo", disse o diretor.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: