Foram encontrados 124 resultados para "Geral":

Testes serão refeitos
Testes serão refeitosFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

A Secretaria de Defesa Social (SDS) anulou o resultado da avaliação psicológica, realizada no dia 23 de outubro de 2016, dos candidatos aprovados no concurso das polícias Civil e Científica. A decisão foi publicada, nesta quinta-feira (27), no Diário Oficial de Pernambuco. Agora, os testes serão refeitos.

A medida foi tomada após a identificação de rasuras nos cadernos utilizados para a realização dos testes, segundo a SDS. A decisão atinge os candidatos aprovados nos cargos de auxiliar de legista, auxiliar de perito, perito papiloscopista, médico legista, perito criminal, delegado, escrivão e agente. A nova data será divulgada nesta sexta-feira (28), no site da banca organizadora, a Cespe. Ao todo, 2.008 candidatos vão refazer os testes.

Provas
ProvasFoto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) promova, nos próximos concursos de âmbito nacional do órgão, a realização de provas em todas as capitais do País. O responsável pelo caso é o procurador da República Alfredo Falcão Júnior.

A ação é fruto de inquérito civil instaurado pelo MPF para apurar irregularidades no edital do concurso público do Inep de 2012, que restringia a realização da prova à cidade de Brasília. Como o instituto é uma autarquia federal, o MPF argumenta que a seleção deveria ter ocorrido em todas as capitais, em respeito aos princípios da isonomia e da ampla acessibilidade aos cargos públicos.

No processo, o MPF ressalta que a realização das provas somente em Brasília limita, de forma desproporcional, o acesso aos cargos do concurso público, dificultando a participação e excluindo da seleção os possíveis candidatos com menor poder aquisitivo, que não dispõem de recursos suficientes para custear a viagem a outra cidade.

Com o objetivo de evitar tratamento discriminatório, o MPF requer que a Justiça Federal determine ao Inep que os próximos concursos nacionais promovidos pelo órgão sejam realizados em todas as capitais brasileiras.

Viatura do Corpo de Bombeiros
Viatura do Corpo de BombeirosFoto: Divulgação

O concurso público do Corpo de Bombeiros abriu inscrições nesta segunda-feira (30). São oferecidas 300 vagas, sendo 5% reservadas para pessoas com deficiência. O concluinte do Curso de Formação e Habilitação de Praças, quando nomeado militar do estado na graduação de soldado bombeiro militar, receberá vencimento inicial no valor de R$ 2.319,88. O concurso público terá validade de dois anos, a contar da homologação final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Para participar da seleção, o candidato precisa possui nível médio de formação; ter, no mínimo, 18 anos completos na data de ingresso na carreira de militar do Estado e, no máximo, 28 anos na data de inscrição no concurso; e possuir CNH para a condução de veículos automotores, no mínimo na Categoria B. Também é exigida altura mínima de 1,65m para homens e altura mínima de 1,60m para mulheres.

A seleção será feita por meio de duas etapas. A primeira será realizada pelo Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe). Na segunda etapa, os candidatos serão avaliados por meio do Curso de Formação e Habilitação de Praças, que é de responsabilidade da Secretaria de Defesa Social, de caráter eliminatório e classificatório. Durante o curso de formação, o aluno receberá uma bolsa-auxílio no valor de R$ 970,42. 

Provas
A prova objetiva será composta por questões de língua portuguesa, informática, matemática, raciocínio lógico, física, biologia, direito constitucional, atualidades, história de Pernambuco e redação. O exame está marcado para o dia 28 de maio de 2017. Os candidatos passarão ainda por avaliação psicológica, aptidão física e investigação social. 

O exame de avaliação física será composto por flexão de braços em barra fixa, natação (50m), corrida (50m), salto horizontal estático, flexão do abdômen e corrida de 2.400m.

Inscrições

Para confirmar a participação, os interessados devem fazer a inscrição no site da organizadora www.upenet.com.br. O prazo vai até 26 de março. A taxa de participação é de R$ 129,60. A solicitação da isenção do valor deve ser feita até o dia 10 de fevereiro no site da organizadora.

Queridos leitores, como nós sabemos, concordância nunca é demais. Temos consciência de que as questões de concordância são as que mais aparecem nas nossas provas, portanto dar ênfase a elas nunca é demais. Vejamos:
A concordância está feita corretamente na frase:

(A) Refeições saudáveis, com base em verduras e legumes, além da prática de exercício físico, reduz o risco de doenças cardíacas.
(B)) Com as comodidades da vida moderna, ocorreram mudanças de hábitos alimentares em todos os níveis sociais.
(C) A prática diária de esportes nem sempre são suficientes para controlar os altos níveis de colesterol em jovens.
(D) Um dos maiores problemas atuais das crianças estão na falta de controle do hábito de comer diante da televisão ou do computador.
(E) Já está se manifestando em crianças certas doenças típicas de adultos, principalmente por causa de alimentos ricos em gorduras.

A letra A traz dois motivos claros para que o verbo reduzir vá para o plural: em primeiro lugar, o primeiro núcleo do sujeito composto já está no plural, isso seria suficiente para que o verbo já fosse ao plural; vejamos ainda que uma das mais básicas regras de concordância diz: “sujeito composto anteposto ao verbo, verbo no plural”. Frase correta: “Refeições saudáveis, com base em verduras e legumes, além da prática de exercício físico, reduzem o risco de doenças cardíacas.”

Sabemos que a letra B está correta, porque “mudanças de hábitos alimentares” é o sujeito da oração, e a regra diz que o verbo concorda em número e em pessoa com o seu sujeito.

“A prática diária de esportes” é o sujeito da oração, como ele se dirige a um verbo de ligação que traz depois de si um predicativo representado por um adjetivo, temos que envolver aí concordância nominal e verbal. Então a frase correta deveria ser: “A prática diária de esportes nem sempre É SUFICIENTE para controlar os altos níveis de colesterol em jovens.”

“Um dos maiores problemas atuais das crianças ESTÁ na falta de controle do hábito de comer diante da televisão ou do computador.” Com quem “está” concorda? Com o numeral um da expressão “UM dos maiores problemas”. Essa concordância é obrigatória.

Vamos colocar a letra E na ordem direta para que o sujeito fique mais evidente e evitemos fazer concordância inadequada: “Certas doenças típicas de adultos já ESTÃO manifestando-se em crianças principalmente por causa de alimentos ricos em gorduras". Feita a organização, visualizamos bem a concordância do verbo com o seu sujeito.

Sigamos estudando concordância já que esses são assuntos que nunca deixam de cair nas nossas provas. Um grande abraço

Bombeiros
BombeirosFoto: Divulgação

O tão aguardado edital para o concurso dos Bombeiros foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (27). O Governo do Estado, por meio da portaria conjunta SAD/SDS nº 5 de 26 de janeiro de 2017, abriu 300 vagas, sendo 5% reservadas para pessoas com deficiência. O concluinte do Curso de Formação e Habilitação de Praças, quando nomeado militar do estado na graduação de soldado bombeiro militar, receberá remuneração no valor de R$ 2.319,88.

Para participar da seleção, o candidato precisa possui nível médio de formação; ter, no mínimo, 18 anos completos na data de ingresso na carreira de militar do Estado e, no máximo, 28 anos na data de inscrição no concurso; possui CNH para a condução de veículos automotores, no mínimo na Categoria B; e possuir altura mínima de 1,65m para homens e altura mínima de 1,60m para mulheres.

A seleção será feita por meio de duas etapas. A primeira será realizada pelo Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (Iaupe). Na segunda etapa, os candidatos serão avaliados por meio do Curso de Formação e Habilitação de Praças, que é de responsabilidade da Secretaria de Defesa Social, de caráter eliminatório e classificatório. Durante o curso de formação, o aluno receberá uma bolsa-auxílio no valor de R$ 970,42.

Provas

A prova objetiva será composta por questões de língua portuguesa, informática, matemática, raciocínio lógico, física, biologia, direito constitucional, atualidades, história de Pernambuco e redação. O exame está marcado para o dia 28 de maio de 2017. Os candidatos passarão ainda por avaliação psicológica, aptidão física e investigação social.

Teste físico

O exame de avaliação física será composto por flexão de braços em barra fixa, natação (50m), corrida (50m), salto horizontal estático, flexão do abdômen e corrida de 2.400m.

Inscrições

Para confirmar a participação, os interessados devem fazer a inscrição no site da organizadora www.upenet.com.br, a partir do dia 30 deste mês. O prazo vai até 26 de março. A taxa de participação é de R$ 129,60. A solicitação da isenção do valor deve ser feita até o dia 10 de fevereiro no site da organizadora. 

Atendimento especial

O candidato que necessitar de qualquer tipo de atendimento diferenciado para a realização da prova escrita deverá solicitá-lo, no ato de inscrição. A candidata com necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada. O acompanhante ficará responsável pela guarda da criança.

Validade

O concurso público terá validade de dois anos, a contar da homologação final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Maria Eugênia Bispo
Maria Eugênia BispoFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Pernambuco não está nem perto de integrar as pessoas com deficiência (PCDs) às demais. A discriminação se diversifica desde a falta de infraestrutura nas ruas ao comportamento preconceituoso e provinciano da população frente a cadeirantes, pessoas cegas ou surdas. Tanto que, nem com o apoio do Poder Judiciário, Maria Eugênia Bispo, 31 anos, tem conseguido usufruir do direito de trabalho na igualdade de oportunidade garantida pelo Estatuto da Pessoa com Deficiência, de 2015.

Gena, como é conhecida a paratleta de remo, vem sendo repetidamente reprovada no certame da Polícia Civil por portar uma deficiência motora que a impede de correr e saltar - apesar de a vaga concorrida, de escrivã, seja voltada aos PCDs. “Consegui um mandado de segurança porque, da primeira vez, na terceira etapa do concurso, me reprovaram no teste de aptidão física. O juiz determinou que a reprovação baseada na minha deficiência é ilegal e mandou eu ser inserida imediatamente de volta entre os aprovados”, relatou.

Após superar a quinta fase, de avaliação médica, a candidata foi barrada novamente com base na cirurgia que fez na coluna após uma fratura. “Sugerem que poderia colocar em perigo a mim mesma e outras pessoas. Mas o trabalho de escrivão não exige que se saia a campo. Muito menos sou incapaz de realizar as atividades do cargo. Apresentei atestado médico mostrando isso. Passei nas atividades de natação e barra fixa com folga”, contestou a paratleta.

Para Gena, o problema tem acarretado amplo transtorno. Apesar de estudar para concursos há alguns anos, focou durante três meses no de escrivão. Foram três meses de noites de pouco sono e dias de estudo intenso. A dedicação rendeu, inclusive, dores na coluna, por se debruçar por tanto tempo sobre os livros. “Antes do concurso, entrei em contato diversas vezes com a organização para descobrir se estava apta e a resposta era positiva. As coisas foram mudando com o tempo. Inicialmente me informaram que nem precisava fazer o teste de aptidão física.”

“Maria Eugênia foi discriminada ao tempo do teste de capacidade física e está sendo discriminada agora. Discriminação em razão da deficiência, o que é vedada por lei”, afirmou o advogado da paratleta, Mateus Pereira. “O relator do mandado de segurança já havia alertado à impossibilidade dela ser discriminada ao tempo da seleção.”

Também de acordo com Pereira, o mandado de segurança ainda está em curso e o relator do processo, desembargador Erik Simões, será informado do descumprimento. Além disso, será dada entrada em um recurso administrativo informando o descumprimento e possível responsabilização criminal.

A reportagem procurou a Polícia Civil que, até o fechamento desta matéria, não se posicionou sobre o caso. O Tribunal de Justiça de Pernambuco afirmou que só se pronunciaria sobre a segunda reprovação quando fosse acionado pelo advogado de Gena.

IF Baiano - Campus Catu
IF Baiano - Campus CatuFoto: Divulgação

O Instituto Federal Baiano (IF Baiano) retificou o edital e prorrogou o período de inscrições para dois editais lançados em novembro. São oferecidas 65 vagas de níveis médio, técnico e superior para os cargos de técnicos-administrativos e docentes. Os vencimentos iniciais vão de R$ 1.834,69 a R$ 9.114,67.

O edital Nº 69/2016 para técnico-administrativos conta com 26 oportunidades para analista de tecnologia da informação, economista, engenheiro eletricista, médico veterinário, relações públicas, assistente em administração, revisor de texto Braile, técnico em alimentos e laticínios, técnico em contabilidade e assistente de aluno. Os salários vão de R$ 1.834,69 a R$ 3.868,21.

O edital nº 70/2016 oferece 39 ofertas de docentes das áreas de música, atendimento educacional especializado, matemática, história, língua inglesa, meio ambiente e cooperativismo. Os contratos podem ser de regime de trabalho de dedicação exclusiva ou de 20 horas semanais.

O salário para professores com contrato de 20 horas semanais é de R$ 2.129,80. Caso o profissional possua mestrado, a retribuição por titulação é de R$ 506,41. Se possuir título de doutor, o acréscimo é de R$ 1.017,89, que eleva o vencimento para R$ 3.147,69.

Caso o contrato do docente seja de dedicação exclusiva, o vencimento básico é de R$ 4.234,77. Caso o profissional tenha mestrado, o valor sobe para R$ 6.273,01. Se tiver doutorado, a remuneração passa para R$ 9.114,67.

Inscrições
As inscrições serão reabertas no dia 2 de março e vão seguir até o dia 2 de abril, no site concurso.ifbaiano.edu.br. O valor da taxa de participação varia R$ 60 a R$ 100, de acordo com o nível do cargo pretendido. Para o concurso de docente, o valor da inscrição é de R$ 150.

Provas
Todos os candidatos farão prova de conhecimentos gerais e específicos. O candidato ao cargo de revisor de texto Braile passará ainda por prova discursiva de transcrição de texto. A data prevista para aplicação, que estava prevista para 7 de maio, passou para 30 de junho.

O tempo de duração será de 4h, tanto para o candidato que vai realizar apenas prova objetiva quanto para os que farão prova objetiva mais prova discursiva. Os candidatos aos cargos de professor passarão ainda por prova discursiva.

Lotação

As vagas ofertadas são para lotação em qualquer um dos campi do IF Baiano nas cidades de Bom Jesus da Lapa, Catu, Governador Mangabeira, Guanambi, Itapetinga, Santa Inês, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Uruçuca e Valença.

Validade

O prazo de validade do concurso público do IF Baiano será de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois, contados a partir da data de homologação do resultado final.

Palácio da Justiça do Estado do Paraná
Palácio da Justiça do Estado do ParanáFoto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) lançou edital de concurso público que oferece 100 vagas. As oportunidades são para o cargo de técnico judiciário. São 40 vagas para as comarcas da Região Metropolitana de Curitiba e 60 para o Interior do Paraná. O vencimento inicial é de R$ 5.516,51, além de auxílio alimentação e auxílio saúde.
As inscrições começam no dia 23 deste mês e seguem até o dia 21 de fevereiro. A taxa de inscrição custa R$ 100. Os interessados inscritos no CadÚnico e membros de família de baixa renda poderão solicitar a isenção do valor.
A seleção dos candidatos será feita por meio de prova objetiva, cuja data de aplicação ainda não foi marcada. O exame será formado por questões de língua portuguesa, matemática, noções de direito e legislação, informática e atualidades. O concurso terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Tribunal de Justiça do Paraná
Vagas: 100
Cargo: técnico judiciário
Nível: médio
Salário: R$ 5.516,51
Inscrições: de 23/01 a 21/02
Provas: sem data marcada
Taxa: 100,00
Outras informações: edital

Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE)
Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE)Foto: Divulgação

A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) abriu as inscrições para a seleção de estagiários do curso de Direito. São oferecidas 20 vagas, além de formação de cadastro reserva. O estágio será de 20 horas semanais e os contratos terão duração de um ano, com possibilidade de prorrogação por igual período. O valor da bolsa é de R$ 840.

Podem se candidatar os estudantes matriculados entre o 5º e 8º períodos ou entre o 3º e 4º anos (se o regime escolar for seriado). Os estagiários poderão desempenhar atividades orientadas pelos procuradores do Estado nas Procuradorias Consultiva, do Contencioso e da Fazenda. A supervisão do estágio será feita pelo Centro de Estudos Jurídicos (CEJ) da PGE-PE.

A seleção dos candidatos será feita por meio de prova composta de 50 questões objetivas de múltipla escolha que inclui conteúdos de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Financeiro, Direito Processual Civil, Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho, Direito Civil e Direito Empresarial. O exame tem aplicação marcada para o dia 19 de fevereiro.

Inscrições

Os interessados têm até o dia 3 de fevereiro para confirmar a inscrição no site do Instituto Nosso Rumo, (Nosso Rumo) organizadora do processo seletivo. O valor da taxa de participação é de R$ 26,10.

Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco
Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de PernambucoFoto: Divulgação

O Governo do Estado de Pernambuco nomeou sete candidatos aprovados no concurso público da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe). O certame foi homologado em 21 de fevereiro de 2016. Segue a lista de convocados:

Assistente em Gestão de Ciência e Tecnologia (Administrativa)

Wagner Silva Vieira (19º)
Helder Thiago Pereira de Souza (20º)
Manuela Leitão Dutra de Almeida (21º)
Márcio Roberto Pereira Galvão (365º)*

Assistente em Gestão de Ciência e Tecnologia (Informática)

Dmitri de França (5º)
Estela Domingues Nunes (6º)
Hárrison  Leão Ferreira (7º)

*vagas destinadas a portadores de deficiência

comece o dia bem informado: