Caixa Econômica Federal
Caixa Econômica FederalFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Mais de duas mil agências da Caixa Econômica Federal vão abrir no próximo sábado (13) para os pagamentos da terceira fase de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no horário das 9h às 15h. O atendimento para esse tipo de procedimento começa na próxima sexta-feira. Nesta etapa, trabalhadores nascidos entre junho, julho e agosto poderão acessar os recursos, que ultrapassam R$ 10,8 bilhões, aproximadamente 25% do total disponível.

As agências que abrirão no sábado terão atendimento exclusivo para atender à demanda dos saques, além de solucionar dúvidas, atualizar o cadastro dos trabalhadores e emitir senhas do Cartão Cidadão. A relação das unidades está disponível no www.caixa.gov.br.

O banco também abrirá as suas agências duas horas mais cedo nas próxima sexta (12), segunda (15) e terça (16), exclusivamente para atender a este público. Nas regiões onde as unidades abrem às 9h, elas funcionarão a partir das 8h e terão horário estendido em uma hora.

A previsão é que mais de 7,6 milhões de brasileiros tenham direito aos saques este mês. Em Pernambuco são 150.669 trabalhadores. O montante destinado ao Estado é de R$ 177,54 milhões. O banco informou que, de 10 de março a 3 de maio, mais de R$ 16 bilhões relativos às contas inativas do FGTS foram pagos.

Em Pernambuco, 235.601 trabalhadores já sacaram o FGTS das contas inativas - um total de R$ 305,87 milhões. Nas contas da Caixa, dos nascidos entre janeiro e maio, 10,6 milhões de pessoas já realizaram a retirada do dinheiro. O valor equivale a 91% do total inicialmente previsto (R$ 18,1 bilhões) e aproximadamente 84% dos trabalhadores (12,5 milhões), nascidos entre janeiro e maio.

O cronograma de saques continua até 31 de julho. Valores até R$ 1,5 mil podem ser sacados no autoatendimento com a senha do Cartão Cidadão. Os montantes superiores a R$ 3 mil precisam do Cartão Cidadão mais a senha para saques, tanto no autoatendimento quanto em lotéricas e correspondentes da Caixa. Acima desse valor, o trabalhador só pode sacar nas agências do banco ou optar pelo crédito direto na conta.

Documentos
O banco recomenda que os trabalhadores levem os documentos pessoais, como identidade e carteira de trabalho ou rescisão do contrato, para facilitar o atendimento. Para saques acima de R$ 10 mil é obrigatória a apresentação desses documentos.

A consulta dos valores disponíveis pode ser feita no 0800 726 2017, com o número do CPF ou do PIS/PASEP.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: