Aparelho celular da Apple, iPhone
Aparelho celular da Apple, iPhoneFoto: Fred Dufour/AFP

Um grupo de hackers chamado Turkish Crime Family (família turca do crime) está extorquindo a Apple, ameaçando apagar dados do iCloud e de e-mails de seus usuários, segundo o site "Motherboard".

Os hackers pedem US$ 75 mil em bitcoins ou Ethereum, duas criptomoedas usadas na rede, ou US$ 100 mil em cartões de presente para uso no iTunes.
O prazo de pagamento do resgate é até 7 de abril, segundo o texto do "Motherboard".
"Eu apenas quero meu dinheiro e achei que essa era uma notícia que muitos usuários da Apple iriam gostar de ler", disse um dos hackers ao site.

O "Motherboard" afirma ter tido acesso a imagens de trocas de mensagens entre membros do grupo hacker e profissionais da equipe de segurança da Apple.
O site também teria acessado uma conta de e-mail usada por hacker para se comunicar com profissionais da companhia.

Em uma das mensagens, o grupo alega ter acesso a mais de 300 milhões de contas, incluindo as terminadas em @icloud e @me. Os hackers colocaram no ar um vídeo em que acessam contas da Apple, supostamente roubadas de usuários. Nele, demonstram facilidade para apagar arquivos remotamente.

O "Motherboard" afirma também ter visto cópias de imagens com mensagens atribuídas a profissionais da Apple pedindo a retirada do vídeo do ar e afirmando que não recompensam criminosos que violam a lei. Também comunicariam as ameaças às autoridades competentes.
A Apple informou que não vai comentar o assunto.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: