O modelo ganhou mais altura e molduras pretas nos faróis de neblina. No interior, a proposta é mantida pela combinação de cores e acessórios
O modelo ganhou mais altura e molduras pretas nos faróis de neblina. No interior, a proposta é mantida pela combinação de cores e acessóriosFoto: Divulgação

Terceiro carro mais vendido do País, o Ford Ka renovou-se com uma pegada mais esportiva neste ano. O modelo, agora batizado de Ka Trail, está chegando às concessionárias brasileiras com suspensão elevada, rodas de liga leve e molduras pretas nos faróis de neblina, afastando-se do visual elegante e revelando uma tendência dos carros brasileiros em 2017: o apelo aventureiro.

Ao lançar o Ka Trail, a Ford explicou que o segmento de utilitários aventureiros vem crescendo exponencialmente no Brasil - entre 2003 e 2017, o nicho teve expansão de 400%, passando de 4% para 16% das vendas totais do mercado nacional. Os números são tão representativos que também despertaram o interesse da Chevrolet (GM): a montadora confirmou recentemente que vai renovar modelos seguindo esta nova linha.

Professor de mecânica automotiva do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Diego Rafael explica o interesse das montadoras neste nicho aventureiro pela possibilidade de aumentar as vendas mesmo nesta época de crise. “É uma tendência que agrada ao público mais jovem e aos consumidores que precisam de carros que possam ser usados tanto na cidade quanto em viagens de fim de semana”, disse o professor.

“O Ka Trail vem atender uma grande demanda reprimida de consumidores que gostariam de um carro com essas características e porte mais elevado por um preço mais acessível”, reconheceu o gerente de Marketing de Produto da Ford, Fernando Pfeiffer, no lançamento do Ka Trail.

No Ka Trail, por sinal, esse espírito esportivo destaca-se, sobretudo, no design. No exterior, o hatch da Ford ganhou mais altura, rodas de liga leve, faixas laterais e traseiras na cor cinza e molduras pretas nos faróis de neblina. No interior, a proposta é mantida pela combinação de cores, acessórios, texturas e materiais presente em itens como os pedais de alumínio, as soleiras das portas e os bancos que misturam couro com um tecido que repele água e sujeira.

O motor é que nem sempre tem tanta potência. É que, além da versão 1.5 Sigma Flex que faz 110 cavalos, o Ka Trail pode ser comprado com um motor 1.0 de três cilindros, que só chega a 85 cavalos. Esta versão básica custa R$ 47.690. Já a 1.5 é vendida por R$ 51.990.

Oferta
A Ford anunciou uma oferta especial do Ka 2018, incluindo desconto na versão de entrada da linha e financiamento com taxa zero. O Ka 1.0 SE fica pelo preço à vista a partir de R$39.990. Desde o lançamento da linha 2018, em março, esta é a primeira alteração no preço do modelo.

O hatch da Ford já vem de série com ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas com controle remoto, direção com ajuste de altura, abertura elétrica do porta-malas, som My Connection com comandos de voz e Bluetooth e um compartimento exclusivo para fixação do celular no painel, o MyFord Dock.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: