Jaime "Guerrero" e Bruno "Luís Fabiano"
Jaime "Guerrero" e Bruno "Luís Fabiano"Foto: William Tavares

Ainda se acostumando com as caras novas que desembarcaram no Santa Cruz em 2017, o torcedor pode, ao menos, usar de um artifício para lembrar-se de alguns dos reforços. Principalmente os da zaga. Nesta segunda (9), o Tricolor apresentou oficialmente os zagueiros Jaime e Bruno Silva. Ou melhor, para quem só viu por foto, os sósias de Paolo Guerrero e Luís Fabiano.

Formado nas categorias de base da Portuguesa, Jaime, de 26 anos, já jogou por Rio Verde/GO, Grêmio Anápolis/GO, Nacional/SP, Joinville e Figueirense, além de uma passagem pelo futebol europeu, no Nacional/POR. O “clone” de Guerrero descreveu como pretende cair nas graças da torcida coral, substituindo um dos pilares do sistema defensivo na temporada passada, Danny Morais.

“Danny foi uma grande referência no clube. Espero dentro de campo ser esse cara que vai ajudar o time, contribuindo com meus parceiros no posicionamento”, afirmou. “Gosto de orientar e ouvir bastante a rapaziada que está subindo. Estamos trabalhando bem, a comissão esta sabendo dosar os atletas na parte física e de força e estamos suportando bem para fazer uma boa estreia”, completou.

De cara, Jaime já foi acionado no treino pelo técnico Vinícius Eutrópio para formar a dupla de zaga com Bruno Silva, outra novidade no setor. “Trabalhei com Eutrópio no Figueirense e o estilo de jogo não muda. Quando você chega a um clube novo, é preciso trabalhar desde o começo para conseguir a vaga de titular. E isso só se consegue no dia a dia”, pontuou.

Se Jaime é a cara do atacante peruano, Bruno Silva lembra muito outro famoso centroavante: Luís Fabiano. E pelo menos em mais uma das coisas eles se assemelham, mesmo atuando em posições distintas.

“Costumo fazer gols de vez em quando. Espero fazer muitos aqui para agradar essa torcida maravilhosa. A responsabilidade é imensa de fazer um bom trabalho e levar o clube à Série A. O Santa representa tudo hoje na minha carreira. Foi o clube que me abriu as portas e espero dar alegria para a torcida”, finalizou. Bruno começou a carreira no São Paulo e seu último clube foi o Oeste.

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: