Vitor, 34 anos, em ação pelo Santa Cruz
Vitor, 34 anos, em ação pelo Santa CruzFoto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

 Apenas um jogador de linha foi titular do Santa Cruz em todas as partidas na temporada 2017. Aos 37 anos, esta marca é ostentada pelo lateral-direito Vítor. O mesmo nome foi ouvido quando o técnico do Náutico, Milton Cruz, se orgulhou em ver que os seus comandados conseguiram neutralizar aquele, que para ele, é a principal peça coral. A fase vivida pelo defensor tricolor o coloca como uma das poucas unanimidades na equipe. Apesar disso, o atleta não faz questão de assumir um papel de protagonista.

Nesta terça-feira, o jogador comentou os elogios direcionados pelo técnico Milton Cruz. “Ele foi bonzinho demais (risos). Não acredito que eu seja isso tudo que ele falou”, disse o atleta, pouco antes de agradecer. “Elogio sempre é bom. Mas isso não vai tirar meu foco. Tenho que continuar assim ou melhorar porque sei que se for ao contrário, a cobrança vem”, completou o jogador. Os números do atleta também são positivos. Dos 16 gols marcados pelo Santa Cruz, quatro tiveram participação direta do lateral - contra o Salgueiro, o Uniclinic/CE (duas vezes) e o Sport.

“Temos jogadores que estão desequilibrando. Eu acho que quem desequilibra é quem faz gol e consegue chegar na frente com assistências. Eu venho de trás. Acho que temos jogadores com mais importância do que eu”, falou o capitão da equipe. Além de Vítor, apenas o goleiro Júlio César atuou em todos os jogos do Santa Cruz na temporada.

 

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: