Grupo exibiu faixa de apoio ao capitão no clássico
Grupo exibiu faixa de apoio ao capitão no clássicoFoto: Anderson stevens

A cirurgia do lateral-direito Vítor, de 34 anos, que aconteceu na noite da última terça-feira, foi considerada pelo Departamento Médico do Santa Cruz como bem sucedida. O atleta segue no hospital e tem previsão de alta às 13h de hoje. O procedimento se fez necessário por conta de uma fratura na tíbia e na fíbula, no jogo contra o Criciúma, na estreia das duas equipes na Série B do Campeonato Brasileiro, sábado passado. O prazo de recuperação é estimado em cerca de seis meses. Ontem, os jogadores do Santa Cruz entraram em campo para o clássico com uma faixa de apoio a Vítor.

O procedimento cirúrgico de Vítor foi assistido por dois membros do Departamento Médico tricolor: o coordenador José Carlos Cordeiro Júnior e o membro do DM Thiago Guerra. Ao contrário de toda a delegação coral, o lateral retornou ao Recife na manhã do último domingo. Logo quando sofreu a contusão, no segundo tempo da partida contra o Criciúma, o tricolor foi levado imediatamente a um hospital da cidade catarinense. Lá, realizou exame que confirmou a gravidade da lesão.

No primeiro jogo após a contusão, ontem, na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambucano, contra o Náutico, Vítor foi substituído pelo lateral Nininho. No elenco tricolor, além do jovem da base, o outro jogador da posição é o argentino Gabriel Valles. O jogador, no entanto, está se recuperando de uma contusão na coxa esquerda, e segue fora da equipe.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: