Leandro Pereira, de 25 anos, defendeu o Palmeiras no ano passado e chega hoje ao Recife.
Leandro Pereira, de 25 anos, defendeu o Palmeiras no ano passado e chega hoje ao Recife.Foto: Divulgação

Único setor ainda "em branco" no elenco leonino, contando apenas com atletas das categorias de base - como Juninho e Wallace, que estão disputando a Copa São Paulo de Futebol Júnior -, o ataque é a grande prioridade do Sport no atual mercado da bola. E para isso o clube terá que abrir os cofres da Praça da Bandeira. Flertando com uma realidade e um sonho, o primeiro reforço para o setor tem chegada ao Recife prevista para quinta pela manhã, devendo se apresentar à tarde no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe. Trata-se de Leandro Pereira, de 25 anos, que estava no banco de reservas do Palmeiras. Na campanha vitoriosa no último Brasileirão, atuou em dez partidas, entrando cinco como titular e marcando apenas dois gols na Série A 2016. Seus direitos econômicos pertencem ao Club Brugge, da Bélgica, e estaria tudo acertado entre as partes, restando apenas a aprovação nos exames médicos e físicos.

Na questão "sonho" está o atacante André, que fez um belo Brasileiro pelo próprio Sport em 2015. Ainda em baixa no Sporting, de Portugal, o jogador já teria acertado suas bases salariais com os rubro-negros, que teriam oferecido por volta de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 5 milhões) ao clube português O grande entrave é que os portugueses investiram, por 50% dos direitos econômicos, cerca de três milhões de euros (R$ 10 milhões) no ano passado para tirar André do Corinthians, pagando um milhão de euros e "perdoando" duas parcelas de um milhão de euros que o Timão ainda devia pelo meia Elias.

Para conseguir levar a melhor na negociação ou os pernambucanos "enxertam" algum atleta de interesse do Alviverde ou buscam novos investidores para completar a outra metade do valor total pago pelos portugueses. Isso tudo contando com a boa vontade dos patrícios, pois a multa rescisória estipulada no contrato do jogador, que tem validade até junho de 2019, é de incríveis 60 milhões de euros (R$ 202 milhões). As cenas dos próximos capítulos prometem.

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: