Mulher foi assassinada
Mulher foi assassinadaFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Uma mulher foi encontrada morta, nesta segunda-feira (19), na rua Visconde de Guararapes, no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. De acordo com as informações iniciais levantadas pela polícia, ela estava com um homem que também foi baleado, mas conseguiu fugir. Os dois estava em uma motocicleta Honda XRE 300 de cor branca e placa PGM-5717. Ainda não há informações sobre quem efetuou os disparos contra o casal. A principal linha de investigação considerada pela polícia é de que o crime tenha ligação com atividades ilícitas praticadas pela vítima, que estaria envolvida, junto com outras três pessoas, em assaltos no Recife e que também teria ligação com o tráfico de drogas.

A identidade dela também é desconhecida. Não foram encontrados documentos junto com o corpo e também não apareceram parentes ou qualquer pessoa que pudesse identificá-la. Ao ser assassinada, por volta das 6h, a mulher trajava uma camisa preta e um short jeans.

Quando foi publicada esta matéria, a polícia havia estimado a idade da jovem em 22 anos, porém, nesta quinta-feira (22), a informação foi retificada: a garota tinha, na verdade, 17 anos.

De acordo com o perito do Instituto de Criminalística (IC) Antônio Neto, ela foi atingida por tiros na cabeça e no braço. Ao lado do corpo foi encontrado um cachimbo de crack, além de um isqueiro, boné, um óculos de grau e cosméticos. "Pelas circunstâncias, as características do que foi encontrado, ela tem contato direto ou indireto com o tráfico de drogas na região", observou o perito. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

A moto em que a mulher estava, segundo a polícia, está ligada a, pelo menos, onze ocorrências de assaltos. O proprietário da motocicleta foi identificado e prestou depoimento no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Ele alegou que a moto foi vendida para outra pessoa, mas permanece em seu nome por conta de uma dívida não quitada com o banco. "A pessoa que comprou a moto passou ela para uma terceira pessoa e esta passou para outra pessoa. Eu cheguei a fazer um Boletim de Ocorrência em Afogados", disse o homem, que preferiu não ser identificado.

Mulher foi assassinada
Mulher foi assassinadaFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco
Mulher foi assassinada
Mulher foi assassinadaFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Mulher foi assassinada
Mulher foi assassinadaFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Mulher foi assassinada
Mulher foi assassinadaFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: