Prefeito Miguel Coolho acompanha a remoção das baronesas e de resíduos na margem rio
Prefeito Miguel Coolho acompanha a remoção das baronesas e de resíduos na margem rioFoto: Ivaldo Reges/Divulgação

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), acompanhou nesta segunda-feira (20) o início do projeto Orla Nossa, que prevê, nos próximos 60 dias, atividades para a preservação do ecossistema do Rio São Francisco.

Nesta segunda, teve início a 3.500 toneladas de baronesas e resíduos do rio. Equipes e máquinas da Prefeitura foram mobilizadas para a retirada dos resíduos na margem rio, que depois serão transformados em adubo.

Além da remoção, foi iniciada a identificação de ligações clandestinas de esgoto e o fechamento dessas tubulações irregulares em parceria com a Compesa.

"O Rio São Francisco é o maior patrimônio de nossa região, por isso, não poderíamos deixar continuar tantas agressões como o despejo de esgoto. Esse projeto chega justamente para garantir a preservação do rio como também para envolver a população na defesa de nosso maior bem natural", explicou o prefeito.

Ainda segundo Miguel, a Prefeitura já deu início a um projeto que será financiado pelo Governo Federal para a instalação de um terminal para as barquinhas na orla.

"Essa área está bastante precária e precisa urgentemente de investimentos. Já estamos trabalhando junto ao Dnit para garantir esse terminal, que está orçado em cerca de 4 R$ milhões, para dar mais acessibilidade e conforto para quem usa esses transportes", adiantou.

O projeto Orla Nossa envolve diversas secretarias municipais, Governo do Estado e IF Sertão na defesa do Rio São Francisco.

comece o dia bem informado: