Inaldo Sampaio
Inaldo SampaioFoto: Colunista

Ciro Gomes será uma alternativa forte para 2018 se Lula ficar inelegível e Geraldo Alckmin inviabilizar-se em decorrência da Lava Jato. Ele já se comporta como candidato, a julgar pelo que disse em entrevista à BBC Brasil. Confira: 1) “Sou considerado um comunista pela direita e um direitista pela esquerda. Ou seja, estou na posição correta”. 2) “Eu só dependo de uma circunstância para ser candidato ou não: o PDT”. 3) “Não gostaria de ser candidato se o Lula for. Não é uma homenagem a ele. É porque na hora em que ele for candidato, racha o país em bases odientas”. 4) “O povo brasileiro está hoje induzido por essa novela moralista e olhando o mundo pelo filtro do lulismo e do antilulismo”. 5) “A candidatura do Lula desserve ao país e a ele próprio”. 6) “A direita brasileira é basicamente imbecil”. 7) “O primeiro indício de que o meu governo fará história é que o PMDB será, pela primeira vez na história, oposição”.

Perda de tempo
Perde tempo a ex-senadora Marina Silva ao tentar atrair para o seu partido os ex-ministros do STF Carlos Ayres Britto e Joaquim Barbosa. O primeiro, sergipano de Propriá, quer distância de política. Vive dando palestras (remuneradas) pelo país e isso lhe basta. E o segundo, mineiro de Paracatu, abriu uma banca de advocacia em Brasília e está muito bem, financeiramente.

Memorial : O ministro Raul Jungmann (Defesa) propôs ao presidente Michel Temer a construção de um memorial, em Brasília, em homenagem aos pracinhas brasileiros que foram mortos na Itália durante a II Guerra Mundial.

Lacuna : Perguntado sobre se há espaço no Brasil para a ascensão de um político com perfil semelhante ao do novo presidente da França, Emmanuel Macron, o jornalista (e ex-secretário de imprensa de Eduardo Campos) Evaldo Costa respondeu: “Espaço há, mas falta o Macron”. Que, segundo ele, seria o próprio Eduardo Campos, morto em 2014.

Missa :
Será hoje às 19h30 na Igreja do Colégio Nóbrega a missa de 7º dia do coronel Tarcisio Calado, que foi chefe da Casa Militar durante o governo de Joaquim Francisco (1991-1994).

Parceria : A prefeitura de Araripina celebrou convênio com o Grupo Votorantim visando à melhoria da educação básica no município, que é um dos mais importantes do Araripe. A meta do prefeito Raimundo Pimentel (PSL) é melhorar a nota no IDEB, a partir de 2018, dos 13 mil alunos da rede municipal.

Palmas : A Central de Abastecimento de Caruaru (Ceaca) completa hoje 25 anos de fundação e para assinalar a passagem da data será oferecido um café da manhã ao seu fundador, o ex-prefeito e ex-governador João Lyra Neto. Já Caruaru completará 160 anos na próxima 5ª feira.

Queda :
 Pernambuco registrou em abril 35 mortes a menos que no mês de março, mas ainda assim se vive no Estado um clima de guerra civil. Foram 514 assassinatos em abril, ante 549 no mês de março. Isso dá uma média de 17 assassinatos/dia, mais que na guerra civil da Síria.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: