Cláudia Cruz é esposa de Eduardo Cunha
Cláudia Cruz é esposa de Eduardo CunhaFoto: Reprodução/TV Globo

Protocoladas nessa terça-feira (18), as alegações finais do Ministério Público Federal (MPF) reforçaram o pedido de condenação contra Cláudia Cordeiro Cruz, esposa ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha, pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas em um processo da Lava Jato. Pela “gravidade” dos crimes, o MPF defende que a pena deve ser cumprida, inicialmente, em regime fechado.

Os procuradores também que o empresário português Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira, o lobista João Augusto Rezende Henriques, e o ex-diretor da área Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada também deverão, de acordo com eles, cumprir pena em regime inicial fechado.

O MPF pede que Claudia Cruz pague como reparação dos danos materiais e morais causados US$ 1.061.650,00, valor mantido pela ré no exterior sem declaração, mais cerca de US$ 1,2 milhão que seria a quantia envolvida nos crimes de lavagem. Este valor, de acordo com os procuradores, foi recebido de contas do marido dela, o ex-deputado Eduardo Cunha.

A denúncia foi aceita pelo juiz Sérgio Moro em junho do ano passado. Segundo as investigações da Lava Jato, Cláudia Cruz foi favorecida, por meio de contas na Suíça, de parte de valores de uma propina de cerca de US$ 1,5 milhão recebida pelo marido.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: