O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia, mistura elementos das culturas europeia, africana e indígena, com personagens, danças e carros alegóricos
O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia, mistura elementos das culturas europeia, africana e indígena, com personagens, danças e carros alegóricosFoto: Reprodução

O Carnaval do Brasil é conhecido mundialmente e referência no quesito festa popular. O que pouca gente sabe é que outros países da América Latina também celebram a data com muita irreverência. Uma oportunidade e tanto para quem quer aproveitar os dias de folga para conhecer outras culturas sem deixar de curtir a folia. Confira cinco destinos acessíveis e deslumbrantes! 

1. Barranquilla, Colômbia
O Carnaval de Barranquilla, na Colômbia, foi declarado pela Unesco Obra Mestra do Patrimônio Oral e Intangível da Humanidade. A festa, que neste ano acontece entre 25 e 28 de fevereiro, é uma manifestação que mistura elementos das culturas europeia, africana e indígena, com personagens, danças e carros alegóricos. A Batalha das Flores, um desfile de carros alegóricos, grupos de dança e foliões fantasiados, marca o início do evento. Marimondas – personagens típicos do Carnaval de Barranquilla que vestem um capuz com um longo nariz e grandes orelhas –, gigantonas e anões cabeçudos dividem as ruas com o Rei Momo, Maria Moñitas e o Homem Caimán. A principal atração é a Carruagem da Rainha que chega para jogar flores ao público, acompanhada de uma grande corte de príncipes e princesas. A celebração termina com o Enterro de Joselito Carnaval, um dos personagens mais simbólicos dos festejos em Barranquilla.

Em Oruro, na Bolívia, a festa foi declarada Patrimônio da Humanidade em 2001 pela Unesco

Foto: Em Oruro, na Bolívia, a festa foi declarada Patrimônio da Humanidade em 2001 pela Unesco
Créditos: Reprodução

2. Oruro, Bolívia
Declarado Patrimônio da Humanidade em 2001 pela Unesco, em 2017 o Carnaval deles acontece entre 18 e 28 de fevereiro, sendo os dias mais importantes 26, 27 e 28. A celebração por lá mescla tradições andinas e cristãs, com a Pachamama (mãe-terra) sincretizada na figura da Virgem Maria (ou del Socavón, padroeira do lugar), além das danças intituladas Diabladas, relembrando o culto ao Tio Supay, deus-demônio que carrega a dualidade bem versus mal. Partindo por terra de La Paz, a viagem dura cerca de quatro horas.

Em Montevidéu, no Uruguai, as tradições africanas são as mais presentes na festa

Foto: Em Montevidéu, no Uruguai, as tradições africanas são as mais presentes na festa
Créditos: Reprodução

3. Montevidéu, no Uruguai
Mais de 40 dias de folia com fortes ligações com o teatro e a herança africana uruguaia. No Carnaval, as ruas de Montevidéu recebem palcos com apresentações de teatro, música e dança. A percussão do candombe pode ser ouvida principalmente no Desfile de Llamadas, que acontece nos bairros Sur e Palermo - redutos históricos da população negra de Montevidéu. Outra expressão do Carnaval local é a murga, apresentações musicais com sátiras sociais e políticas, de origem espanhola.

Em La Vega, na República Dominicana, a figura do

Foto: Em La Vega, na República Dominicana, a figura do "Diablo Cojuelo" circula com máscaras coloridas carregando um pequeno saco de couro
Créditos: Reprodução

4. La Vega, República Dominicana
O agito vai rolar solto na cidade durante os quatro domingos de fevereiro em 2017. La Vega tem um dos carnavais mais antigos da América Latina, com registros que datam de 1510. Na festa, as tradições espanholas se misturam com a herança africana local. A figura do demônio, assim como em Oruro, também é importantíssima. O "Diablo Cojuelo" circula com máscaras coloridas carregando um pequeno saco de couro para dar "vejigazos", ou batidinhas, nos transeuntes. Quem visita o destino, além da festa carnavalesca, pode curtir belas cachoeiras, parques naturais, além das praias paradisíacas de águas cristalinas e areias branquinhas.

Em Cajamarca, no Peru, Carnaval tem direito a desfiles de carros alegóricos e a figura do

Foto: Em Cajamarca, no Peru, Carnaval tem direito a desfiles de carros alegóricos e a figura do "Ño Carnavalón", uma espécie de boneco gigante
Créditos: Reprodução

5. Cajamarca, no Peru
Localizada ao norte de Lima, a cidade possui o Carnaval mais conhecido do país, com direito a desfiles de carros alegóricos e a figura do "Ño Carnavalón", uma espécie de boneco gigante que é o principal personagem da festa, sendo morto e enterrado simbolicamente ao fim dela. A festa deste ano acontece de 25 de fevereiro a 1º de março.

Os voos para Mossoró, saindo do Recife serão diretos, e vão durar pouco mais de uma hora, o que vai facilitar os negócios turismo na cidade potiguar
Os voos para Mossoró, saindo do Recife serão diretos, e vão durar pouco mais de uma hora, o que vai facilitar os negócios turismo na cidade potiguarFoto: Divulgação

A Azul iniciará operações exclusivas em Mossoró, dia 12 abril, com voos diários saindo do Recife rumo a cidade do Rio Grande do Norte. A aeronave do trajeto será o moderno turboélice ATR 72-600, de 70 assentos. “Mossoró é a cidade mais importante do interior do Rio Grande do Norte. Vamos operar na região para atender, principalmente, demanda de quem precisa chegar rapidamente e com muita comodidade para fechar negócios. Igualmente importante, porém, está o fomento turístico que este voo trará, por ser uma região que dá acesso a belas praias, e dada a força das atrações culturais deMossoró. Esperamos ter sucesso neste voo”, destaca Daniel Tkacz, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.

As viagens terão duração aproximada de uma hora e meia. Via terrestre, o trajeto entre o Recife e Mossoró pode levar até sete horas. A cidade será a segunda atendida pela Azul no Rio Grande do Norte: atualmente, a companhia opera também em Natal. A ligação direta com o Recife permitirá que Clientes de todas as regiões do Brasil possam acessar Mossoró. A capital pernambucana é o principal centro de distribuição de voos da companhia – com a novidade, a cidade passa a receber Clientes de mais de 25 cidades do Brasil, além de Orlando (Estados Unidos), que poderão chegar ao destino potiguar. O preço das tarifas somente serão informadas quando a operação for aprovada pela Anac, momento em que também terá início a venda de passagens.

O voos partem diariamente às 13h16 e pousam em Mossoró às 14h45. Na volta, saem de Mossoró às 15h10 e aterrissam no Recife às 15h40.

 


Jericoacoara é o point do momento e destino dos mais procurados no litoral cearense
Jericoacoara é o point do momento e destino dos mais procurados no litoral cearenseFoto: Divulgação

Recife ganhará voo direto para Jericoacoara, badalada praia no Litoral cearense. A conexão será operada pela Azul, com quatro ligações semanais. A estreia está prevista para 7 de abril, com rotas partindo de São Paulo, Belo Horizonte e Recife. Sem dúvida, uma excelente notícia, já que a maioria dos turistas precisa desembarcar em Fortaleza e levar cerca de quatro horas, via terrestre, para chegar ao destino.

O voo decolará do Recife às quartas, sextas, aos sábados e domingos por volta da 13h e pousará em Jericoacoara às 14h35. O voo de volta partirá às 15h, com chegada à capital pernambucana às 16h40. Entre 1º e 31 de julho, já prevendo o acréscimo de demanda para a alta temporada, a Azul operará voos também às segundas-feiras, nos mesmos horários.

Duna do Pôr do Sol, em Jeri, é um dos locais mais procurados no paraíso cearense

Foto: Duna do Pôr do Sol, em Jeri, é um dos locais mais procurados no paraíso cearense
Créditos: Divulgação

 

Jeri, a praia do momento

Jericoacoara, mais conhecida como Jeri, é um vilarejo litorâneo localizado no oeste do Ceará, antigamente habitado exclusivamente por pescadores. O local, considerado paradisíaco pela maioria dos turistas, foi construído entre dunas, em uma região onde o vento refrescante atrai inúmeros praticantes de windsurf e kitesurf. As ruas são cobertas de areia, sem asfalto, e o mar oferece um tom verde que atrai banhistas a todos os momentos.

A fama de Jericoacoara surgiu em 1994, quando o jornal norte-americano Washington Post incluiu o local como uma das dez praias mais belas do mundo. Hoje em dia, o vilarejo atrai tanto brasileiros quanto estrangeiros, e comumente é colocado por diversos rankings como uma região a ser obrigatoriamente visitada no Brasil.

Um dos principais cartões-postais de Jericoacoara é a Pedra Furada, um arco natural de quase cinco metros de altura. O local é perfeito para contemplação do pôr do sol, principalmente entre junho e agosto. Outro ponto ideal para isso é a Duna do Pôr do Sol, na praia principal.

Instagram listou os hotéis mais presentes na rede social em 2016
Instagram listou os hotéis mais presentes na rede social em 2016Foto: Divulgação

Os hotéis mais ‘instagramados’ do mundo estão em Las Vegas, mostrando que o que rola por lá, não fica por lá, como diz o famoso ditado. A outra metade dos estabelecimentos, de acordo com dados do Instagram em 2016, está em lugares festivos como Miami Beach, Nova York e Ibiza. Confira os dez hotéis mais populares na rede social!

1. MGM GRAND LAS VEGAS

Foto: 1. MGM GRAND LAS VEGAS
Créditos: Divulgação

Os leões dourados do Grand Las Vegas são os queridinhos dos hóspedes e sempre aparecem nas fotos do Instagram.

2. W NEW YORK - TIMES SQUARE

Foto: 2. W NEW YORK - TIMES SQUARE
Créditos: Divulgação

Até os menos adeptos às redes sociais fica tentando em não registrar um ambiente como este do W Nem York.

3. THE COSMOPOLITAN OF LAS VEGAS

Foto: 3. THE COSMOPOLITAN OF LAS VEGAS
Créditos: Divulgação

O lustre de vários andares do The Cosmopolitan de Las Vegas é um verdadeiro monumento mundial e, claro, bastante ‘instagramado’. 

4. ATLANTIS THE PALM, DUBAI

Foto: 4. ATLANTIS THE PALM, DUBAI
Créditos: Divulgação

Fica difícil fazer uma foto feia quando se tem uma vista tão bonita deste hotel rosa com um mar tão azul na Palm Island de Dubai.

5. CAESARS PALACE, LAS VEGAS

Foto: 5. CAESARS PALACE, LAS VEGAS
Créditos: Divulgação 

O Caesars Palace de Las Vegas, que recebe os shows de Celine Dion, é um clássico na rede social. Chama atenção pela falsa arquitetura romana. 

6. PARIS LAS VEGAS HOTEL & CASINO

Foto: 6. PARIS LAS VEGAS HOTEL & CASINO
Créditos: Divulgação

Escolha o filtro certo e você vai convencer os seus amigos que realmente está em Paris. 

7. FONTAINEBLEAU MIAMI BEACH

Foto: 7. FONTAINEBLEAU MIAMI BEACH
Créditos: Divulgação

Em qualquer local do Fontainebleau de Miami é possível ver a deslumbrante paisagem do mar.

8. WYNN LAS VEGAS

Foto: 8. WYNN LAS VEGAS
Créditos: Divulgação

Outro hotel de Vegas que é point no Instagram, principalmente entre os recém-casados que curtem lua de mel no local e registram tudo.

9. USHUAÏA IBIZA BEACH HOTEL

Foto: 9. USHUAÏA IBIZA BEACH HOTEL
Créditos: Divulgação 

As badaladas festas do Ushuaia Ibiza Beach Hotel, claro, são bastante registradas pelos jovens que curtem o verão em grande estilo e gostam de compartilhar com os amigos que estão nas melhores festas do mundo.

10. VENETIAN MACAO

Foto: 10. VENETIAN MACAO
Créditos: Divulgação

Esta réplica de Veneza no chamado "Las Vegas da Ásia" foi ‘instagramado’ mais do que qualquer hotel da verdadeira Veneza. 

Noronha: número de visitantes cresceu em 2016
Noronha: número de visitantes cresceu em 2016Foto: Reprodução/Internet

A administração de Fernando de Noronha revelou dados sobre o turismo na ilha durante todo o ano de 2016. O arquipélago recebeu 91.199 turistas. Entre os estrangeiros, os americanos ficaram em primeiro lugar, passando os argentinos. Já entre os domésticos, paulistas e pernambucanos ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente. 

Conheça cinco praias brasileiras que em nada deixam a desejar quando comparadas com Caribe
Conheça cinco praias brasileiras que em nada deixam a desejar quando comparadas com CaribeFoto: Divulgação

Praias de águas transparentes e areia branquinha não são privilégios do Caribe. Pouca gente sabe, mas no Brasil, várias praias gozam de cenários que em nada deixam a desejar aos estereótipos da América Central. Confira cinco destinos paradisíacos para explorar no verão 2017 do Brasil!

AREIA VERMELHA (PB)

Foto: AREIA VERMELHA (PB)
Créditos: Reprodução 

A pequena ilha batizada de Areia Vermelha, na Paraíba, é destino que reúne as características caribenhas. Dependendo da época escolhida, ela pode ser considerada um paraíso onde é possível encontrar isolamento e águas calmas. Em outros, a faixa de areia vira ponto de badalação e concentra a maior parte da frota de jet skis e de barcos do litoral paraibano. O local é um banco de areia temporário localizado a 15 minutos da Praia do Poço e que só aparece durante a maré baixa. Para os turistas que querem mais calma a dica é que façam o passeio durante a semana. 

ARRAIAL DO CABO (RJ)

Foto: ARRAIAL DO CABO (RJ)
Créditos: Divulgação

Arraial do Cabo, a 170 km do Rio, é considerado por muitos o point do mergulho no Brasil. Um dos principais lugares para a prática é a Praia do Forno, de água geladinha. Depois de cerca de 10 minutos de subida, a recompensa é poder se banhar no mar esverdeado, cercado por uma mata preservada. Outro destaque é o Pontal do Atalaia, que é dividido em duas "prainhas", separadas por rochas.

ILHA DAS COUVES (SP)

Foto: ILHA DAS COUVES (SP)
Créditos: Divulgação

Localizada em Ubatuba, está entre as últimas ilhas do litoral paulista antes da divisa com o Rio de Janeiro. Nela, há duas pequenas faixas de areia branca e fofa, que estão dividas por uma trilha de cerca de cinco minutos pela mata. Nas praias, é possível avistar o fundo do mar e nadar junto aos peixes. O percurso de barco até a ilha dura aproximadamente 15 minutos, a partir da praia de Picinguaba. 

MARAGOGI (AL)

Foto: MARAGOGI (AL)
Créditos: Divulgação

Já conhecida por muitos pernambucanos, Maragogi, nas Alagoas, fica a cerca de 130 km do Recife (PE) e a mesma distância da capital, Maceió. Seu mar tem raros tons de verde e azul, em razão dos recifes, a 6 km da costa, que protegem o litoral. A barreira também forma as belas piscinas naturais de Galés, Taocas, Barra Grande e Barreira de Peroba, para onde partem dezenas de catamarãs quase todos os dias – dependendo da maré. 

TAIPU DE FORA (BA)

Foto: TAIPU DE FORA (BA)
Créditos: Divulgação

É o principal atrativo da península de Maraú, que faz parte da chamada Costa do Dendê, região que compreende um espaço que vai da ilha de Itaparica até as principais cidades produtoras do fruto-símbolo da Bahia. Na praia de Taipu de Fora, há a formação de piscinas naturais de quase um quilômetro de largura. A água azul-turquesa reflete os coqueirais que fazem fronteira entre a areia e a mata. O ideal é visitar a região durante o período de luas cheia e nova, quando a variação das marés é maior.

Gabriel Medina contou quais os itens indispensáveis em suas viagens
Gabriel Medina contou quais os itens indispensáveis em suas viagensFoto: Reprodução/Internet

Primeiro brasileiro campeão mundial de surf, Gabriel Medina abre sua mochila e revela o que não deixa de levar para onde for. Como está sempre fora de casa, o primeiro item que tem sempre em mãos é a carteira: “Como viajo muito para participar de torneios e competições, preciso sempre de meus documentos comigo”. Estar sempre na estrada também é o motivo pelo qual o surfista não desgruda de dois outros itens: seu celular acompanhado pelo carregador. “Para mim, é muito importante estar sempre conectado, assim posso falar com a minha família que tanto me apoia e me dá forças para continuar na luta. Gosto também de conversar com os amigos e postar nas redes sociais sempre que posso. Meus fãs são incríveis e me incentivam a buscar cada vez mais”.

Sempre viajando, Gabriel contou o que costuma carregar na mochila

Foto: Sempre viajando, Gabriel contou o que costuma carregar na mochila
Créditos: Reprodução/Instagram

Medina conta que também não abre mão de levar sempre consigo a sua caixa de som bluetooth que o acompanha em diversos momentos: “Gosto de vários tipos de sons, mas ultimamente tenho ouvido muito rap, hip-hop e folk. A música é muito presente na minha vida e me ajuda em todas as horas, tanto para me acalmar quando estou nervoso nas vésperas de uma competição importante, quanto para me estimular durante os treinos”. 

Para completar, o campeão brasileiro não sai de casa sem protetor solar. “Como me exponho muito ao sol, seja treinando ou durante as competições, preciso tomar cuidado com a pele. Gosto de usar Coppertone® Sport, que é resistente à água e ao suor, uso para proteger minhas tatuagens. A versão spray é fácil de passar. Para garantir a proteção, procuro reaplicar frequentemente”.

O surfista não dispensa o uso do protetor solar

Foto: O surfista não dispensa o uso do protetor solar
Créditos: Reprodução/Internet

 

Gabriel Medina ainda reforça a relação de parceria com a marca, referência mundial em proteção solar: “Nesse verão, lancei junto com Coppertone® o Movimento #ContaComigo Medina. Na venda de cada protetor solar da marca, a companhia destinará um real para o meu instituto”.

Previsto para inaugurar em janeiro de 2017, o Instituto Gabriel Medina é uma iniciativa do surfista, que está construindo um complexo para oferecer atividades educacionais e esportivas às crianças e adolescentes da região de Maresias, em São Paulo.

 

Ponte 1: projetada com um formato elíptico, que espelha seu entorno. No meio, uma abertura permite que os visitantes mais corajosos se deitem sobre uma rede.
Ponte 1: projetada com um formato elíptico, que espelha seu entorno. No meio, uma abertura permite que os visitantes mais corajosos se deitem sobre uma rede.Foto: Divulgação

A China promete atrair milhares de turistas ao parque natural de Zhangjiajie, na província de Hunan. No local, que serviu de inspiração para o diretor James Cameron criar as montanhas flutuantes do filme "Avatar", três 'pontes invisíveis' serão construídas até 2018. As estruturas serão feitas de vidro e espelho de aço inoxidável. As obras estão orçadas em € 5 milhões no espaço, composto por mais de 3.000 colunas arenosas com vegetação de floresta tropical, declaradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1992.

 

Ponte 2: contará com dois níveis, o superior, que conecta duas rochas, e o inferior, que permite a experiência de um momento de descanso

Foto: Ponte 2: contará com dois níveis, o superior, que conecta duas rochas, e o inferior, que permite a experiência de um momento de descanso "no ar".
Créditos: Divulgação

Ponte 3: piso terá um caminho sinuoso feito com espelhos d'água de dois centímetros. A cada sete minutos, a água é pulverizada, criando uma nuvem em meio às montanhas

Foto: Ponte 3: piso terá um caminho sinuoso feito com espelhos d'água de dois centímetros. A cada sete minutos, a água é pulverizada, criando uma nuvem em meio às montanhas
Créditos: Divulgação

No mesmo parque já existe a maior ponte de vidro do mundo, com 430 metros de extensão, ligando dois penhascos a 300 metros de altura

Foto: No mesmo parque já existe a maior ponte de vidro do mundo, com 430 metros de extensão, ligando dois penhascos a 300 metros de altura
Créditos: Divulgação

Também serão desenvolvidos três pavilhões abertos à visitação, mirante com vista de 360º para o parque, lanchonete e hotel. O projeto é do escritório de arquitetura francês Martin Duplantier Architectes.

 

Praga é o destino favorito dos amantes do Barroco
Praga é o destino favorito dos amantes do BarrocoFoto: Reprodução

É a estética Barroca que faz de Praga, na República Tcheca, um dos destinos mais procurados por turistas do mundo inteiro. A arquitetura cheia de emoções, dramas e adornos deixou uma marca indelével na aparência da cidade. Igrejas, palácios e casas locais, influenciadas pelo estilo, são sedutores e conquistam milhares de pessoas.

1- Novo Mundo e Hradcany

Foto: 1- Novo Mundo e Hradcany
Créditos: Divulgação

1- Novo Mundo e Hradcany

Vale a pena começar o caminho do barroco de Praga por onde um turista comum não iria. Como o discreto e pitoresco bairro Nový svet (Novo Mundo) que fica muito perto do Castelo de Praga. Muitos dos seus habitantes consideram este o bairro mais bonito de Praga e, sem dúvida, aqui não se vê turistas. Fica escondido num labirinto de ruas estreitas e casinhas medievais e sua joia barroca é a casa “U Zlatého hroznu” (um cacho de ouro) e lembra um pequeno palácio.

A partir de Nový svet só há um pequeno caminho até a Praça do Loreto
(Loretánské námestí) onde há duas importantes construções barrocas. A maior é o Palácio de Cernín (Cernínský palác), e a mais antiga é o Loreto, uma construção religiosa formada por claustros, a Igreja do Nascimento da Virgem Maria e a torre com seu famoso carrilhão construído em 1626.

Poucos sabem que a fachada barroca foi criada quase cem anos mais tarde e seu autor foi o célebre arquiteto barroco Christoph Dientzenhofer junto com seu filho Kilián Ignaz.

Muito perto da Praça do Loreto fica a Praça Hradcany, onde se encontra a coluna barroca da peste, o Palácio Toscano e, principalmente, o Palácio do Acerbispado, domicilio dos arcebispos de Praga e uma das mais importantes construções barrocas de Praga.

Bairro Pequeño (Malá Strana)

Foto: Bairro Pequeño (Malá Strana)
Créditos: Reprodução

2. Bairro Pequeño (Malá Strana)

Do Castelo de Praga indo diretamente para baixo chega-se ao bairro de
Malá Strana, onde seguramente se encontra a maior concentração de construções barrocas de Praga. Seu símbolo, e provavelmente o símbolo barroco de toda a Cidade, é a Igreja de São Nicolau (kostel sv. Mikuláše). Kilián Ignaz Dientzenhofer terminou o trabalho de seu pai, o padre Christoph. A parte mais impressionante de toda a obra é o campanário, de onde se vê vistas espetaculares do núcleo histórico da cidade. No interior da igreja, tudo que se pode esperar do Barooco: um espetacular jogo de luzes e sombras, afrescos, rica decoração escultórica e cúpula com quase 80 metros de altura com candelabro. 

O Jardim de Vrtbov (Vrtbovská zahrada) é um verdadeiro oásis de paz em meio ao burburinho da Cidade

Foto: O Jardim de Vrtbov (Vrtbovská zahrada) é um verdadeiro oásis de paz em meio ao burburinho da Cidade
Créditos: Reprodução/Internet

3. Jardins e o Menino Jesus

O barroco não se limitava às construções. O estilo Barroco também pode estar presente na estrutura dos jardins. A prova disso é um dos mais bonitos jardins barrocos da Europa: o Jardim de Vrtbov (Vrtbovská zahrada). É um oásis de paz no meio do burburinho da Cidade onde os únicos momentos dramáticos experimentados será admirar as emotivas esculturas de Matyáš Bernard Braun. Perto dali fica a igreja que abriga o Menino Jesus de Praga. Outro lugar é o maior palácio barroco de Praga, o de Valdštejn, um magnifico edifício que, no seu tempo, superou até o Castelo de Praga em suntuosidade e decoração luxuosa e que hoje em dia é a mansão do Senado da República Tcheca. O palácio está aberto ao público nos fins de semana com entrada grátis. Os jardins podem ser visitados, também gratuitamente, todos os dias e na impressionante sala do térreo, durante a temporada de verão, há concertos e outros eventos culturais. 

Cidade Velha (Staré Mesto)

Foto: Cidade Velha (Staré Mesto)
Créditos: Reprodução/Internet

4. Cidade Velha

Cruzando a Ponte Carlos (Karluv most), decorada com trinta estátuas barrocas, atravessando o rio Moldava (Vltava), chega-se às ruelas da Cidade Velha (Staré Mesto). Imediatamente depois da ponte fica o grande complexo barroco Klementinum, que antigamente era um Colégio Maior Jesuíta e hoje é a Biblioteca Nacional da República Tcheca (Národní knihovna). Segundo os votos obtidos pelo site Bored Panda em 2015, esta biblioteca do Klementinum é a mais bonita do mundo. Se os votos foram baseados nos afrescos, nas estantes decoradas cheias de livros antigos, globos valiosos ou todos juntos, certamente não importa. O importante é que, além da biblioteca barroca, ainda é possível visitar a Torre astronômica, com vista para o centro histórico de Praga.

Caminhando pelo Palácio Clam-Gallas, construído com base no projeto realizado pelo arquiteto barroco mais importante da Áustria, Johann Bernhard Fischer von Erlach, chega-se à Praça da Cidade Velha, o centro turístico de Praga, onde também há importantes monumentos barrocos. A Catedral de São Nicolau (Chrám sv. Mikuláše) (a coincidência de nomes com a Igreja de São Nicolau no bairro de Malá Strana é mera coincidência e frequentemente resulta em confusão) e a Basílica de São Jacó (bazilika sv. Jakuba). Na sua ala norte, está a tumba barroca do conde Jan Václav Vratislav de Mitrovice, considerada a mais bonita do país. 

 

Barco será lançado no final deste mês
Barco será lançado no final deste mêsFoto: Cortesia

Os sócios João Bosco, Cláudio Cardoso e Paulo Oscar lançam no final do mês, um novo barco que promete revolucionar o turismo de Noronha. Trata-se do novo catamarã que terá visor subaquático de 35m de profundidade. Ou seja, passageiros terão a visão do fundo do mar, televisionados por duas TVs de 42 polegadas. A embarcação terá capacidade de até 75 pessoas e servirá não só para passeios turísticos, mas também pesquisa e estudos do fundo do mar da Ilha. O projeto futurista conta ainda com uma cozinha, gerador, mesas, churrasqueira, banheiros com acessibilidade e passeios com comida a bordo com peixes de Noronha. Quem quiser navegar e conhecer o arquipélago em cima do barco deve garantir os ingressos no escritório da empresa que fica no Porto de Santo Antônio. Promete ser a sensação das próximas férias.

Catamarã tem capacidade para até 75 pessoas

Foto: Catamarã tem capacidade para até 75 pessoas Crédito: Cortesia

Projeto terá visor subaquático de 35 metros de profundidade

Foto: Projeto terá visor subaquático de 35 metros de profundidade Crédito: Cortesia

Passeios turísticos e estudos na Ilha são o propósito da embarcação

Foto: Passeios turísticos e estudos na Ilha são o propósito da embarcação
Crédito: Cortesia

Espaço terá churrasqueira, mesas e outros atrativos

Foto: Espaço terá churrasqueira, mesas e outros atrativos Crédito: Cortesia