Cuba Gooding Jr.
Cuba Gooding Jr.Foto: Johannes Eisele / AFP

O ator Cuba Gooding Jr.,52, terá de passar por um julgamento criminal no dia 21 de abril. Ele é acusado de tocar três mulheres sem o consentimento delas. O julgamento já foi adiado algumas vezes. Um juiz de Manhattan proferiu a decisão.

Ele foi acusado em setembro de 2018 de apalpar uma mulher em um restaurante. No mês seguinte, recebeu a acusação de tocar as nádegas de uma outra mulher. Depois, em junho de 2019, de apalpar uma moça em um bar de Manhattan.

Gooding Jr. nega todas as acusações. Por meio de seus advogados, o ator pediu à época que a acusação de assédio feita por uma das mulheres fosse arquivada. Segundo os advogados de Gooding, Mark Heller e Peter Toumbekis, a suposta vítima sofria de problemas mentais.

Leia também:
Julgamento de ator Cuba Gooding Jr. por agressões sexuais começará em abril
Cuba Gooding Jr. é acusado de assédio sexual em um bar de Nova York

Na quarta-feira (22), Gooding Jr. e seu advogado chegaram 30 minutos atrasados ao tribunal e foram interrogados pelo juiz quanto ao atraso. Segundo a CNN, o advogado de defesa alegou que houve um engarrafamento, e o juiz sugeriu que saíssem mais cedo na próxima vez.

O ator norte-americano ganhou um Oscar de ator coadjuvante em 1997 por "Jerry Maguire" e é conhecido por seus papéis em filmes como "Questão de Honra" e "O Mordomo da Casa Branca" e a minissérie de televisão "The People v. O.J. Simpson".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: