Bê-a-bá Gourmet

Vanessa Lins

ver colunas anteriores
Estrogonofe já foi comida de luxo, hoje...
Estrogonofe já foi comida de luxo, hoje...Foto: Arquivo pessoal

Ando saudosa, por esses dias, de algumas comidas da minha infância, que parecem estar em extinção (ou proibidas pela nutri mesmo), para minha melancolia completa. Adorava papa de Cremogema, leite com Nesquik de morango, bolo de ameixa da minha mãe, pastel frito feito em casa com queijo e goiabada.

Mas um prato, especificamente, tem me feito ter saudade mesmo até salivar. Por que cargas d´água o estrogonofe, essa obra prima russa, sumiu dos restaurantes e das festas, e, principalmente, das mesas domésticas?

Comida cremosa surte um efeito de conforto surreal em mim. Na minha casa, era prato de domingo, ou para receber visita, eu amava quando tinha aquela carninha em tiras com creme de leite e champignon em conserva, acompanhada com arroz branco e batata palha. Eu sempre repetia. E esperava que a próxima ocasião especial chegasse logo.

A propósito, a receita original surgiu na Rússia no século 19, inventada por um cozinheiro francês, que trabalhava para a aristocracia. A montagem original levava filé mignon, mostarda e sour cream, e era acompanhada por batata palha mesmo - item que eu achava que era coisa nossa, coisa de brasileiro. Que nada, eles já adotavam a friturinha, certíssimos aliás.

Nossa intervenção foi, digamos, mais criativa. Catchup e cogumelo em conserva são coisa nossa. Trocamos também o sour cream por creme de leite e assim demos vida a uma das melhores coisas da nossa mesa.

Ainda há quem acrescente conhaque e troque o cogumelo em conserva pelo champignon, dando um upgrade absoluto e irresistível. O estrogonofe já teve seus dias de glória, mas caiu do pedestal porque alguém, um dia, disse que o creminho era cafona. Respeitem séculos de história, meu povo. E #voltaestrogonofe!

A ASSINATURA DO ROOFTOP
O restaurante do rooftop museu Cais do Sertão, no Recife Antigo, terá como chef residente Renato Valadares e chef executivo Jason Vieira, também um dos investidores, que adianta que a gastronomia da casa terá sotaque regional com técnicas clássicas.

SUSTENTABILIDADE

O Pão de Açúcar está substituindo as bandeijinhas de isopor dos produtos de hortifruti das linhas Taeq e Qualitá por um material 100% biodegradável.

ESPETO
Bruno Bandeira realiza dois workshops de churrasco este mês. No dia 14, ele promove o curso no Clube Alemão, no Parnamirim, e no dia 21, em Alphaville, em Jaboatão.

INDEPENDÊNCIA OU BREJA!
Neste sábado da Independência, o Cia do Chopp faz promo das boas: quem pedir as dez primeiras “espadas” de picanha argentina (600g) completas, a cada espeto, o cliente ganha 5 long necks Stella Artois.

PORTUGAL

O produtor Rui Miranda, dos vinhos Levity e Vila Nova, pilota degustação no Empório Tia Dulce, em 12/9. Sai a R$ 95 e terá harmonização da chef Andréa Pires.

*É jornalista, editora deste caderno e escreve quinzenalmente neste espaço. Instagram: @quintopecado

veja também

comentários

comece o dia bem informado: