Silvério Pessoa e Maestro Spok em novo projeto
Silvério Pessoa e Maestro Spok em novo projetoFoto: Divulgação

Rotina agitada movida pela música popular pernambucana. Isso define a vida dos músicos Silvério Pessoa e Maestro Spok. Eles, que são amigos de antigos carnavais, já dividiram o palco em parceiras momentâneas e projetos em conjunto com outros artistas. Mas, pela primeira vez compartilham os holofotes com novo espetáculo, agregando a dominância de ambos: forró e frevo. “Do Frevo ao Forró”, idealizado pelo Produtor Cultural Afonso Oliveira e Ângelo Filizola chega aos palcos da Caixa Cultural, de hoje a domingo, com ingressos no valor de R$30 (inteira). Na Capital pernambucana, o encontro ainda conta com bate-papo gratuito com os músicos amanhã, às 15h.

Em entrevista à Folha de Pernambuco, Silvério Pessoa contou sobre o processo de criação, que surgiu a partir da representatividade dos dois ritmos: “Queríamos traçar um caminho simbólico do forró e frevo. Fizemos uma trajetória dos principais compositores e alinhando com autoralidade da gente”. No repetório, músicas como "Gostosão" (Nelson Ferreira), "Juventude Dourada", "Trombone de Prata e Ciranda" (Capiba), "Pagode Russo" (Luiz Gonzaga), "Sete Meninas”, “Doidinho, Doidinho" (Dominguinhos e Toinho Alves), "É Proibido Cochilar" (Trio Nordestino), "Cabeça Feita", "Micróbio do Frevo" (Jackson do Pandeiro), "Roda e Avisa" (J. Michiles, Alceu Valença e Edson Rodrigues) e "Último Regresso" (Getúlio Cavalcanti), além das músicas autorais dos dois artistas, que garantem a animação durante todos os 80 minutos apresentação.

Leia também:
As cores de Guita Charifker povoam a Caixa Cultural, no Bairro do Recife
'Ela disse, ele disse' reforça sucesso de Thalita Rebouças entre os adolescentes

A banda, que é composta por Renato Bandeira (Violão e Guitarra), Bráulio Araújo (Baixo), Augusto Silva (Bateria e percussão) e Júlio César Mendes (Sanfona), representa a afinidade de cada artista com os ritmos.“É uma banda incrível de músicos que possuem carreira solo. Artistas que prezam pela melhor execução possível que conseguem fazer uma representação da mais digna possível. O frevo e o forró sempre dialogam muito bem”, afirma Spok.

“Existe uma grande movimentação da música independente. Então, nesse contexto, um trabalho que traça de forma leve essa trajetória do frevo ao forró. É uma forma de segurar a hereditariedade da música pernambucana, colocando ela como patrimônio brasileiro não só aqui em Pernambuco”, dispara Silvério sobre a inserção deste espéculs em outros lugares. A apresentação está garatinda, aliás, nas unidades da Caixa Cultural de Salvador e Curitiba.

Serviço:

Silvério Pessoa e Maestro Spok apresentam"Do Frevo ao Forró"
Data: 03 até 05 de outubro de 2019
Galeria da CAIXA Cultural Recife - (av. Alfredo Lisboa, 505, Praça do Marco Zero, Bairro do Recife).
Horário: quinta e sexta-feira, às 20h; sábado, às 17h e às 20h
Duração: 80 minutos
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada para todos os casos previstos em lei e clientes CAIXA)
Bilheteria: a partir das 9h do dia 2 de outubro (quarta-feira)
Bate papo:04 de outubro de 2019 (sexta-feira), às 15h. Gratuito.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: