Conceito: comida esparramada ao alcance de todos à mesa
Conceito: comida esparramada ao alcance de todos à mesaFoto: Ed Machado

Com a velocidade da luz, as modi­­nhas na cena gastronômica se mul­­tiplicam. Nos últimos meses, bas­­ta uma ‘zapeada’ pelas redes so­ciais para esbarrar em alguns a­núncios de grazing table. A primeira impressão é de que se trata da já conhecida tábua de frios, mas não. Um tênue limite diferencia uma da outra.

A grosso modo, grazing table significa comida espalhada, esparrama­da em uma superfície - geralmen­te uma tábua de madeira. Não tem limi­te de tamanho e serve algo mais do que queijos e embutidos.

Prioritariamente, oferece itens frios ou em temperatura ambiente, valen­do qua­se tudo: quiche, frutas, geleias, pa­tês, molhos, mel, cremes, flan, che­esecake, torta salgada. Sem esquecer que a comida deve ficar a alcance de todos que compartilham a mesa.

No Recife, o serviço também gera cu­riosidade. A chef Anne Aquino es­tá à frente da marca Grazing Table & Co desde novembro de 2018, oferecendo tábuas em três tamanhos sob encomenda. Além disso, Anne monta granzings temáticas, como a de café da manhã, por exemplo.

Nes­sa versão, há croissant, pote de Nutella, stroopwaffle, pão de queijo, parfait, geleia caseira, mel, muffin, cookies, pão de mel, frutas da estação. As grazings para petiscar, com charcutaria, queijo e frutas secas, têm em dois formatos - retangulares (R$ 160, R$ 250 e R$ 360) e circulares (R$ 250 e R$ 360) e têm 400g, 800g e 1,2Kg.

A chef também atende eventos, quando pode explo­rar ainda mais a criatividade e inclui ingredientes mais sofisticados, como azeite trufado e folhado de brie. Monta mesas de comida espalhada sob medida para atender a partir de 30 pessoas.

A administradora Nati Campelo também enveredou pelo ramo e criou a Très Chic, dando a opção de o cliente retirar no próprio ateliê ou receber em casa, mediante pagamento de taxa de transporte, que varia de R$ 20 a R$ 30. São quatro os tamanhos de tábuas da marca, servindo duas, quatro, seis e oito pessoas, respectivamente.

Os itens base de todas as montagens são frutas frescas e desidratadas, oleaginosas, geleia, mel de abelhas com favo, pão, crackers e chocolates. Os queijos e os embutidos ficam à escolha do cliente. Camem­bert, brie, parmesão, gorgonzola, gou­da, presunto de Parma, copa e salame são algumas delas.

As tábuas e os potes de vidro que seguem nas grazings estão inclusos no preço e não precisam ser devolvidos, mas Nati propõe que se o cliente já tiver uma tábua da Très Chic de encomendas passadas, ela pode montar a comida nela mesma e dar desconto de 10%.

Leia também
Dentro do Caixote: café da manhã criativo
Conheça os vinhos que levantam a bandeira ecológica

PARA EVENTO

A banqueteira Renata Valença está apostando fichas no conceito de grazing table para eventos. Disponibiliza para coffee breaks e cafés da manhã, com boa variedade de opções salgadas, inclusive: flan de gorgonzola, torta de ricota com brócolis, caponata, tomate confitado, trança folhada de frango com damasco, trança folhada de costelinha suína, etc. Além de queijos, frios, biscoitos, frutas, tortas doces e pães. O orçamento pode incluir bebidas.

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: