Chef Gi Nacarato
Chef Gi NacaratoFoto: gi nacarato, Mestre do Sabor

A chef Gi Nacarato entrou com a mão e o pé direitos no reality Mestre do Sabor, da TV Globo. Seu prato de entrada, um arroz vermelho com jerimum e maxixe, rendeu elogios calorosos dos três jurados da competição. Agora, no time do português José Avillez, a pernambucana de alma e coração, com raízes fincadas na cidade de Caruaru, representa o Estado entre cozinheiros de várias regiões do Brasil.

Qual sua expectativa ao longo do programa?
Foi uma grande surpresa ter entrado e com os três chefs me aceitando no time. Ali, eu já ganhei o programa. A escolha pelo Avillez foi para poder me desafiar e aprender ainda mais. Além disso, essa é a primeira oportunidade que eu tenho de mostrar o meu trabalho como Gi, porque ao longo desses anos era mais comum estar em restaurante. E o Mestre do Sabor é colocar à prova todas as minhas técnicas adquiridas ao longo de nove anos. A expectativa é, então, aprender e me desafiar ao mesmo tempo, afinal, têm profissionais muito qualificados e com muita técnica e conhecimento.

O arroz de chambaril ficou marcado. Como foi a escolha dele?
Foi difícil porque foi um cartão de visitas. Eu vinha trabalhando com arroz vermelho ao longo de três anos. E, agora, passei a usar o chambaril, que há quem ache gorduroso demais, além de trazer o maxixe fresco, que não estamos muito acostumados. Ainda tem o jerimum em forma de picles para equilibrar. E não foi só isso. Teve a glace de rapadura, que Claude disse que estava excepcional. E minha preocupação sempre foi a de que, quem comesse, não precisasse pensar. Apenas sentir.

Você promete levar esse Nordeste no decorrer do reality?
Não tem como não me dissociar de todo conhecimento. Os anos no Mocotó e o uso dos produtos locais foram muito importantes. Já passei por cozinha peruana, brasileira, nordestina, tem o Quina do Futuro. Mas não tem como eu tirar minha base e tirar o refogado, o sabor. As minhas cartas na manga são explorar mais opções na cozinha e não ser tão limitada. É também usar técnicas de outras vivências.

Nesse tempo tão difícil da pandemia, você acha que a relação das pessoas com o Mestre do Sabor será diferente?
A cozinha é a nossa relação mais próxima com o afeto. Lembra nossa mãe, nossa avó. E o programa é muito bonito, ele valoriza a cultura e a gastronomia brasileiras. O arroz vermelho era algo de infância. Essa é uma forma de levar carinho para as pessoas. A gente, inclusive, disponibilizou as receitas para serem feitas em casa. É realmente o carinho através da comida. Vai ser o momento de as famílias assistirem mais, seja na Globo, na reprise, no GNT e na GloboPlay.

Leia também:

Gi Nacarato: o fôlego de uma nova cozinha
Unidos, novos chefs repensam a gastronomia

Você já sente essa repercussão?
Eu acho que o programa vai sendo construído a cada semana. Eu não esperava essa repercussão. A primeira semana foi de muito carinho e vivendo um mundo muito diferente agora. Minha maior vontade, por exemplo, é de cozinhar na Bahia e, alguns pratos de lá estão sendo feitos ali. O programa serviu para dizer que estou no caminho certo e é para continuar cozinhando. Estou no momento de tentar ser o melhor cozinheiro dentro de mim e trazer de novo essa confiança. E, nossa, como Caruaru está alegre. Só se fala nisso. Um lugar com tanta riqueza da feira e tantos produtos importantes. Eu acho que é uma forma da gente se olhar. O interior do Estado parece ser sempre muito distante, mas eu recebi mensagem de gente falando que era de Pesqueira, Bezerros ou outro lugar na região.

Uma vez você disse da importância de conhecer o mundo e, lá fora, ter a certeza das suas raízes. Você sente isso agora?
Tem muitos lugares bacanas e de estrutura de mercado consolidado para se conhecer. Mas retornar e saber construir tijolo por tijolo é trazer luz. A roda já existe. Não inventei o maxixe. Coloquei ali para os Mestres provarem. Eu acho que a gente levar isso é o que mais toca as pessoas. E como eu ouvi pessoas dizendo: moro em São Paulo, mas morro de saudades do Nordeste.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: