Grêmio comemora gol
Grêmio comemora golFoto: Divulgação

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta (3) o calendário de competições profissionais masculinas para 2020. A entidade indicou que haverá uma pausa nos torneios nacionais durante as datas Fifa, quando a Seleção Brasileira joga amistosos ou duela pelas Eliminatórias Sul-Americanas. Porém, durante a Copa América, que vai de 12 de junho a 12 de julho do ano que vem, o Brasileirão não será paralisado. Situação que pode prejudicar vários clubes brasileiros.

Os clubes que tiverem jogadores selecionados para a Copa América poderão perder seus atletas por até nove rodadas da Série A, caso o Brasil avance até a final. Outro detalhe chama atenção: três jogos das eliminatórias acontecerão na véspera de uma partida do Brasileirão. Há a possibilidade de a CBF adiar a partida do torneio nacional para o dia posterior das agremiações que tiverem nomes convocados. Ainda assim, um atleta corre o risco de jogar na terça-feira pela Seleção e na quinta pelo time, tendo menos de 72 horas de descanso.

O Brasil terá um jogo das Eliminatórias em 8 de setembro, dois dias antes do duelo de ida da final da Copa do Brasil. Se o técnico da Seleção, Tite, optar por colocar forçar máxima no confronto, há o risco de um dos finalistas ser obrigado a ceder uma peça nas vésperas da decisão pelo título, com o perigo de o jogador se lesionar ou se desgastar fisicamente antes do compromisso pelo clube.

Mudanças também nos campeonatos estaduais. Os torneios perderam duas datas, caindo de 18 para 16. As partidas acontecerão no período entre 22 de janeiro e 26 de abril. A Série A começará dia 3 de maio, estendendo-se até o dia 6 de dezembro. A Série B vai de 2 de maio a 28 de novembro, enquanto a C terminará mais à frente do que na atual edição. Em 2019, o torneio se encerrará no dia 6 de outubro. Em 2020, iniciará no dia 3 de maio e finalizará dia 8 de novembro. Já a Série D passa a ser disputada por 64 clubes, sendo precedida por uma fase preliminar que movimentará oito times. Na primeira etapa, eles serão divididos em oito chaves, com jogos de ida e volta. Os quatro melhores de cada bloco se classificam e se enfrentam em confrontos eliminatórios até a definição do campeão.

Por fim, a CBF anunciou a criação de uma nova competição, a Supercopa do Brasil, reunindo os campeões da Copa do Brasil (Athletico/PR) e do Campeonato Brasileiro deste ano - ainda em andamento. O jogo acontecerá no dia 19 de janeiro, em local a ser anunciado, como última data da pré-temporada.

Leia também:
“Futebol brasileiro está na UTI”, diz secretário de Esporte
Grêmio e Flamengo empatam em 1 a 1 na semifinal da Libertadores

veja também

comentários

comece o dia bem informado: