Thiago, atacante do Náutico
Thiago, atacante do NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

Há menos de uma semana, o departamento médico do Náutico informou que o atacante Thiago estava com uma lesão grau dois na coxa direita. O prazo de recuperação, inicialmente, poderia ser de até três semanas. De antemão, o atleta foi tratado como desfalque para o jogo perante o Sampaio Corrêa, na última segunda (12), nos Aflitos, pelo Grupo A da Série C. Mas os prognósticos falharam – para o bem do Timbu. O prata da casa se recuperou em prazo surpreendente e esteve em campo no triunfo por 2x1 que recolocou a equipe na segunda posição da chave, ficando próximo da classificação ao mata-mata do torneio.

“Queria agradecer os staffs e aos fisioterapeutas. Futebol precisa pagar um preço e Thiago ficou a semana toda na concentração se recuperando. Houve uma mobilização e conseguimos colocar um jogador importante em campo. Não só ele, mas também colocamos Matheus Carvalho. Existe um trabalho silencioso que por vezes não aparece, mas é importante. A vitória não é só minha, é de todos”, afirmou o técnico Gilmar Dal Pozzo.

“Não esperava que fosse tão rápido assim, mas eu trabalho forte no dia a dia. Passei a semana toda na concentração. Foi muito importante o período que passei lá. Só tenho a agradecer por tudo que fizeram por mim”, apontou Thiago, elogiando ainda o treinador alvirrubro. “Ele representa muito. Chegou, me abraçou e me deu a oportunidade de continuar como titular. É um pai para mim. Sempre nos apoia, no bom e no ruim”, completou.

Leia também:
Dal Pozzo enaltece vitória e cita metas no Náutico
Confira os melhores momentos de Náutico 2x1 Sampaio

veja também

comentários

comece o dia bem informado: