Thiago, atacante do Náutico
Thiago, atacante do NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

O técnico Gilmar Dal Pozzo deu uma nota “9” ao planejamento do Náutico para a temporada 2020. O ponto que faltou para a perfeição, segundo o próprio, foi a impossibilidade de renovar o vínculo contratual com o volante Jiménez e a perda de um de seus principais jogadores de 2019, o prata da casa Thiago, vendido ao Flamengo nesta semana – o jovem atacante de 18 anos, inclusive, está no topo da transferência mais cara da história do Timbu. Porém, no lugar de lamentar, o comandante preferiu elogiar o jovem, prevendo ainda mais sucesso, agora na equipe carioca.

“A história de Thiago está fora da curva da normalidade do futebol. Normalmente você passa pela base e, se vai direto ao profissional, tem dois, três anos de adaptação para jogar em alto nível. Thiago começou ano passado, saindo da várzea e depois já iniciou entre os profissionais. É um atleta disciplinado, concentrado e de muita personalidade. Jogou em alto nível e não será surpresa se ele for treinar entre os profissionais do Flamengo. Perdemos um ótimo atleta e agora vamos buscar uma peça de reposição. Acredito que Thiago agora passa a ser uma referência aos demais atletas da base do Náutico e vamos torcer para que ele tenha lá o mesmo sucesso que teve aqui”, afirmou.

Sem Thiago, Dal Pozzo terá em 2020 outros apostas da base. “Temos Wagninho, que é acima da média, Rhaldney e Lucas Paraíba. Quem também pode surpreender é Julio, que tem característica parecida com Thiago, com boa finalização e jogada individual. Tem ainda o Carlão na defesa, mas dificilmente um defensor chamará mais atenção do que um atacante”, frisou Dal Pozzo.

“Aqui, no Nordeste, existe uma característica cultural, diferente do Sul, de brotar jogador a cada esquina. O fato de jogar na várzea, pelada, em campo de areia, faz com que os atletas, em condição melhor no profissional, produzam um melhor futebol. Do meio para frente, temos muitos talentos, com jogada individual, com drible, ousadia e personalidade. Estamos revelando jogadores acima da média levando em consideração as condições que temos”, completou.

Leia também:
Dal Pozzo diz que Kieza tem interesse em voltar ao Náutico
Emprestado pelo Náutico, Odilávio pode permanecer no Figueirense em 2020

veja também

comentários

comece o dia bem informado: