Presidente do Sport, Milton Bivar.
Presidente do Sport, Milton Bivar.Foto: Anderson Stevens/Sport Clube do Recife

Após Magrão falar sobre a sua saída do Sport, foi a vez do presidente Milton Bivar dar a sua versão sobre o desfecho da relação entre ídolo e clube. Em entrevista coletiva concedida na tarde desta quinta-feira (11), no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe, o mandatário leonino afirmou não querer polêmicas e assim preservar, não só a boa relação pessoal que tem com o goleiro, mas também a imagem de ídolo dele no clube.

Na entrevista concedida à Rede Globo, Magrão afirmou que viu que estava fora dos planos do clube quando presidente disse que facilitaria a sua saída do clube se houvesse algum clube interessado. Inicialmente, Milton tentou fugir do assunto e evitar polêmica. “Se eu for responder, eu vou dizer a verdade e aí vai vir a polêmica. E eu não quero isso”, despistou Milton.  

Leia também:
Com vídeo no Instagram, Magrão se despede do Sport
Fim da novela! Sport e Magrão fecham acordo. Confira o valor
Sport: Magrão cobra R$ 5 milhões e pede quebra de contrato
O inesperado capítulo final entre Sport e Magrão
Guto Ferreira fala sobre a saída de Magrão do Sport

Em seguida, o próprio Milton Bivar continuou a sua versão. “Magão veio conversar comigo muito chateado, sobre dívidas do Sport, dizendo que os dirigentes anteriores não tinham palavra e tal. Conversamos de uma forma franca sobre o assunto e eu explicando o lado da nossa gestão. Essa frase (de que o Sport facilitaria a sua saída) cabe várias interpretações. Ali eram dois amigos conversando. Os dois mostram seus lados, sugestões e se a pessoa quiser seguir terá o apoio do outro amigo. Foi assim, de amigo para amigo e Marilu (esposa de Magrão)”, comentou Milton.

Em seguida, o mandatário leonino completou. “Essa conversa que ele citou foi na primeira quinzena de janeiro. Um mês depois, ele acertou a repactuação conosco de forma amigável. Ou seja, chegamos a esse acordo depois da conversa. Ele assinou esse acordo e ninguém obrigou Magrão a assinar”, esclareceu Milton.

Em outro momento da entrevista, Milton Bivar também exaltou a sua relação com Magrão. “Eu sempre estive com Magrão, desde 2006 e até hoje. Com várias conquistas. Eu sei como é difícil saber parar e nem todo estão preparados para parar. Não fui eu quem envelheci Magrão. Em respeito ao ídolo e a pessoa, que continua sendo meu amigo, eu não vou levantar polêmica”, disse Milton.

Por último, o presidente do Sport falou sobre o sentimento atual pelo goleiro Magrão. “Eu tenho um sentimento legal. Não guardo mágoa de ninguém. Continuo pensando em homenagem e busto para Magrão. Não sou eu quem vou botar terra nisso”, finalizou.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: