Carlos Eduardo, novo goleiro do Sport
Carlos Eduardo, novo goleiro do SportFoto: Divulgação/Twitter do Sport

Dia após dia, a diretoria do Sport pede para que a torcida tenha paciência em 2020. Apesar de as receitas do cube aumentarem com o acesso à Série A, a cúpula rubro-negra já avisou que irá manter os pés no chão em relação aos reforços. Pelo menos no primeiro semestre, montar um time "operário" com jogadores que buscam aparecer no cenário nacional é o objetivo dos dirigentes. E os três primeiros reforços para a próxima temporada deixam isso claro.

Dentro dessas características, o goleiro Carlos Eduardo foi o primeiro a chegar na Ilha do Retiro para 2020. Aos 27 anos, terá a oportunidade de disputar a Série A pela primeira vez na carreira. Com a camisa do Brasil de Pelotas/RS, foi o arqueiro que realizou mais defesas na Série B deste ano, fato que o credenciou como principal jogador da equipe no torneio. "Se não fosse ele, o clube teria sido rebaixado, e digo com tranquilidade. É um goleiro de bom posicionamento e muita agilidade. Também é frio para fazer defesas e repor a bola. Por essas virtudes, foi idolatrado pelos xavantes e mostrou que a direção perdeu tempo demais empilhando veteranos no gol enquanto tinha uma joia na reserva", afirmou o repórter do jornal Zero Hora, Rafael Divério.

Para o setor de meio de campo, o Rubro-negro anunciou dois reforços. Sonho antigo da diretoria, Betinho foi essencial na campanha que manteve o Figueirense na Segundona. Agora no Sport, ele deverá ser bastante utilizado pelo técnico Guto Ferreira em 2020. O treinador, inclusive, elogiou bastante o cabeça de área de 27 anos. "É um jogador de qualidade, que busca um lugar ao sol. Tem bom nível de articulação, de força. Chute de fora, tem uma chegada próximo à área interessante. Mas é um jogador que ainda não atuou de forma efetiva na Série A. É aquele jogador talentoso que ainda busca o espaço", declarou o comandante leonino. Sexto jogador com mais desarmes na Série B, com 89 interceptações, foi o segundo que mais finalizou pelo Alvinegro de Santa Catarina, com 42 chutes.

"Forte característica de leitura para entrar na área e bom índice em chutes de média-distância". Foi assim que o Sport definiu Jean Patrick, último reforço anunciado pelo Leão. Apesar de ter passagens por clubes como Fortaleza, Ponte Preta e Vasco, o volante não conseguiu se firmar em uma equipe de Série A. Neste ano, no auge dos seus 27 anos, se destacou com a camisa do Cuiabá na Série B. Com a saída iminente de Charles, que deve voltar ao Internacional, poderá mostrar se tem potencial para ser útil ao esquema adotado por Guto.

Leia também:
Sport anuncia Jean Patrick, ex-Cuiabá
Pratas da casa devem ser mais utilizados em 2020 no Sport

veja também

comentários

comece o dia bem informado: