Milton Bivar, presidente do Sport
Milton Bivar, presidente do SportFoto: Divulgação/Sport

O Sport amanheceu com a vaga de treinador em aberto, após a demissão de Guto Ferreira na noite de ontem. Com diversas especulações naturalmente surgindo, como Jair Ventura e Daniel Paulista, o presidente Milton Bivar, Nelo Campos e Fred Domingos esclareceram em coletiva na manhã desta sexta-feira qual será o caminho trilhado pelo Leão a partir de agora.

Antes dos repórteres iniciarem as perguntas, o mandatário rubro-negro se pronunciou em relação à necessidade de comunicar o treinador sobre a demissão e, só então, tirar as dúvidas da imprensa. "Queria me desculpar à parte de vocês da imprensa que me procuraram pra que eu desse um depoimento ou alguma coisa. Ficava difícil pra mim naquele momento, sem antes comunicar e ter uma conversa com o treinador, a gente vir a confirmar a saída dele. A gente precisou realmente que ele tomasse conhecimento, pra não ser mal educado e ter um comportamento antiético diante de um treinador que só nos ajudou, números altamente positivos e um sujeito com um currículo, que graças a Deus nesse período (no Sport) fez melhorar, e um sujeito que só temos a agradecer, mas infelizmente, futebol é assim mesmo. O ano passado tivemos que passar por isso, com o nosso amigo Milton Cruz, e nós tivemos que ter naquele momento, deixar o coração de lado e botar um pouco da razão. Então acredito que é uma coisa natural", ressaltou. 

A expectativa de Bivar é que o novo treinador esteja no Recife na semana que vem, já disponível para começar os preparativos visando o jogo contra o América/RN, pela Copa do Nordeste, no dia 22. Apesar da semana livre, o presidente adiantou que a formação rubro-negra diante do Náutico, neste sábado,pela Copa do Nordeste, será composta por alguns reservas. César Lucena, técnico do sub-20, estará na área técnica no Clássico dos Clássicos. “Vai ser o César, conversamos com ele ontem à noite. A priori, posso até adiantar a vocês, alguns jogadores vão ser poupados. Mas vamos com um time forte. O mesmo time, praticamente aquele que já jogou a primeira rodada, contra o Náutico, pelo Campeonato Pernambucano", disse.

Bivar comentou sobre outros assuntos, dentre eles, que não se arrependeu em renovar com Guto, a manutenção do planejamento, saídas de jogadores, novas contratações e mais. Confira na íntegra abaixo.

Leia também:

Jovens, técnicos trabalhados no Sport buscam afirmação

Guto Ferreira é demitido do Sport 

REUNIÕES

"Nós temos dois nomes que estão sendo trabalhados, mas a gente não tá fechado pra ouvir e também analisar outros treinadores. Ontem nós tivemos uma reunião de não sei quantas horas, hoje estamos reunidos desde as 8h e pouco, a ideia é o mais rápido possível (anunciar), até porque precisamos aproveitar essa próxima semana, que vai ser uma semana de 'folga', de trabalhos, mas sem jogos. "

JUSTIFICATIVA PELA SAÍDA DE GUTO

"Eu respondo, tenho meu jeitão de responder e não gosto de fugir muito das palavras. Às vezes tenho que mentir, e me desagrada quando ligam pra mim, tenho que dar uma entrevista e eu minto. Não me sinto bem, preferia responder a tudo, porque é o meu temperamento. Nós estamos trabalhando há dois meses e já era tempo suficiente pra mostrar alguma coisa. E eu achei o jogo contra o Brusque, nós (diretoria) achamos, onde 80% dos nossos atletas não renderam o que sabem. Nós tivemos aí 90 minutos contra o Brusque, os caras mano a mano com meus laterais, tanto pelo (Raul) Prata no lado direito, como no Sander no outro lado. Um jogador pequenininho, Sandro, arisco, pra cima, o cara fez o que quis. Entrou, subia, dava de um lado, chegava do outro e quem estava lá para dar cobertura? Tinha ninguém. Aí, segundo tempo, tiram Sandro. ‘Poxa vida, agora vai melhorar’, aí entrou o gordinho, Bambam, Vanvan... sei lá. Meu amigo, o gordinho fez miséria. Não tinha ninguém pra marcar, não davam o primeiro combate. Então, me desculpe, estava desarrumado. Com a mudança, um novo treinador, uma nova forma de jogar e tudo mais, você volta a trilhar pelo caminho de ter um time mais entrosado, é essa a opção."

RENOVAÇÃO DE GUTO

"Em absoluto (renovaria novamente), era ele (Guto Ferreira) porque vinha de uma campanha altamente vitoriosa, 50 jogos (ao todo 54), cinco derrotas apenas, muitos empates, é verdade, mas eu denoto o empate um bom resultado, depende da situação. Se a gente empata com o Brusque, era um milhão, aí perdeu esse um milhão só porque não empatou. Ano passado foi uma das melhores performances do Sport em termos de pontos corridos nas Séries A e B, teve um aproveitamento próximo de 66% , motivado porque a gente empatava. Mas empatar, empatar... empatar fora de casa é ruim? Empatar fora de casa é muito bom, mas a gente empatava fora e dentro de casa. Não podemos maquiar a performance de Guto não, porque é excelente."

 PLANEJAMENTO

"Meu planejamento está feito e vai continuar em algumas situações. Pode mudar um pouco dentro de campo, aí pode ser que não. Temos que ser devagar, Sport não tem dinheiro, a dificuldade é grande pra a gente contratar. Agora mesmo, hoje, tá chegando o Jonathan Gomez, que foi uma recente contratação baseada em números matemáticos e ele vai chegar, alguns vão ter que sair. A conta já tava feita e pudemos trazer ele. Faltam dois meses e meio até o início do Brasileiro Série A, vamos ter que ver quem vai segurar e quem não vai segurar. Espero que todos segurem, assim não preciso contratar mais ninguém. Mas a gente sabe que é muito difícil, muitas você contrata dez jogadores e seis derem certos de performar, você é um grande conhecedor de futebol."

ELENCO

"Todo mundo sabe de cor algumas duas ou três carências que temos. Essa contratação do Jonatan Gomez demorou duas meses, não foi fácil não, concorrência, com isso ou aquilo, fomos levando e o negócio ficou apalavrado. Ficamos calados, tivemos que ter paciência para, inclusive, dobrar o São Paulo (ex-clube do argentino) em algumas situações. Porque é muito bom entrar no mercado cheio da nota e você sai por ali, é fácil pra caramba. Cerveja, bota duas caixas; whisky, bota três. Agora quando o cara vai, que nem a minha mulher, leva um papelzinho e diz que esse (produto) pode, essa aqui tá mais cara. O Sport tá nessa base de pechinchar."

COBRANÇAS

"Fica difícil chegar (e cobrar) para um elenco, que se apresentou há pouco mais de um mês, uma parte não sabe nem o endereço (de casa), que são os contratados. O Brocador, por exemplo, jogou no base do sacrifício, e outros tantos que estão aí também estão na base do sacrifício. Precisam de mais um ou dois meses para entrar em forma. Esses times que começam a se preparar em novembro, quando chegam neste período estão muito bem mais preparados. Vão dizer que teve uma zebra, o Bahia foi desclassificado, não foi zebra nenhuma. O time que tá preparado há um ou dois meses e chega o Bahia, que se apresentou há um mês. O cara vai correr mais do que o outro, não tem pra onde. E isso vai ser a tônica, foi o Sport, Bahia, Coritiba, o Vasco em uma ‘peinha’. O Campinense, que me desculpe, não quero citar nem menosprezar a qualidade. Mas teve um ano que o Campinense se preparou antes, voou e foi campeão. Então, é uma vantagem, muito grande para esses times."

RODÍZIO

"Vamos conversar com o treinador que vai vir, mas a ideia nossa é permanecer o mesmo sistema. Nós só temos duas competições (Copa do Nordeste e Pernambucano) e agora ficou um pouco mais fácil de trabalhar. Agora, por exemplo, já vamos ter uma semana entre um jogo e outro. Mas esse mês de fevereiro, no geral, são 9 jogos em 29 dias. É terrível. Você tem a opção de estourar os caras e depois recupera, ou vamos mesclar pra no fim ter aquele sprint de corrida. O ano passado, nessa mesma época, tivemos o mesmo problema. Nós temos o Juninho, preparador físico da comissão técnica do Guto, e nessa época estávamos dando satisfação porque o time tava não tava correndo e tava ‘sem perna’ e eu dizia ‘podem ficar tranqüilos, porque o que nós estamos fazendo aqui é um estudo científico. Não adianta botar esses meninos pra correr agora, porque quando começar o campeonato estão ferrados. O que aconteceu? O Sport foi pra Série B e terminamos o voando. A preparação física do Sport tá baseado nesse sistema e tá comprovado. Vocês lembram quando o Sport foi 5º ou 6º da Série A e depois perdeu 10 partidas seguidas (na realidade, foram dez jogos sem vencer), foi por quê? Meteram os caras pra correr no começo e, depois, tchau. Temos que ter cuidado."

veja também

comentários

comece o dia bem informado: