Salas da Escola Arquipélago irão receber os leitos
Salas da Escola Arquipélago irão receber os leitosFoto: Acervo/Adm. de Fernando de Noronha

Para controlar a situação de emergência e minimizar as consequências do novo coronavírus, a Administração de Fernando de Noronha vai colocar em ação um plano de contingência para atendimento da população na Ilha. Serão contratados 14 profissionais de saúde e adquiridos materiais e equipamentos médico-hospitalares para a instalação de seis leitos emergenciais. Os pacientes mais graves contarão ainda com a prioridade do salvo-aéreo.

Salas de aula da Escola Arquipélago, que se encontram sem atividades, serão transformadas em um hospital de campanha, com seis leitos temporários emergenciais, podendo ter a quantidade dobrada, caso necessário. Para isso, novos equipamentos serão comprados.

A medida, autorizada pelo governador Paulo Câmara, é preventiva, já que o Hospital São Lucas possui 12 leitos de enfermaria para comportar uma possível demanda. Para controlar a entrada de turistas em Noronha, o aeroporto foi fechado para pousos e decolagens desde o sábado (21). A medida vale por tempo indeterminado. 

Leia também:
Aeroporto de Fernando de Noronha fecha por tempo indeterminado
Fernando de Noronha inicia vacinação contra influenza


De acordo com o administrador de Noronha, Guilherme Rocha, o plano de contingência é posto em prática sob orientação estratégica, dentro do termo de cooperação entre a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). 

Dos 14 profissionais de saúde que serão contratados, seis são médicos clínicos-gerais, cinco enfermeiros e três técnicos de enfermagem. A previsão da Administração é de que até a próxima semana todos estejam iniciando suas atividades. Currículos estão sendo analisados para a escolha dos profissionais.

A Ilha seguia sem nenhum caso confirmado do Covid-19 até esta sexta, quando foi anunciado o primeiro teste positivo para o novo coronavírus. Há cinco pessoas com suspeita de contaminação e elas permanecem isoladas aguardando o resultado dos exames.

“Se cada um fizer a sua parte agora e respeitar o isolamento ficando em casa, venceremos essa batalha e seremos pioneiros no combate a esse vírus”, enfatiza Guilherme.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: