Testes rápidos de coronavírus
Testes rápidos de coronavírusFoto: Thiago Bunzen/Prefeitura de Olinda

A Secretaria de Saúde de Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR), deu início, nessa quinta-feira (21), a uma pesquisa epidemiológica para mapear os casos de Covid-19 na cidade. A ação conta com uma unidade móvel que irá percorrer os bairros com cerca de 3 mil testagens rápidas da população. Os resultados saem em cerca de 15 minutos.

O objetivo da ação, segundo a pasta, é realizar a abordagem de transeuntes que ainda descumprem o isolamento social necessário e realizar a testagem, que é gratuita. A ação começou por Ouro Preto, que de acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura de Olinda é o bairro com o maior registro de mortes causada pelo novo coronavírus, com 17 notificações. O bairro tem ao todo 191 casos confirmados, sendo o segundo nesse critério, atrás de Rio Doce, que tem 264 casos.

Leia também:
Olinda inicia fiscalização preventiva em bairros do município
Noronha registra dois novos casos suspeitos da Covid-19


Pessoas com os sintomas característicos da Covid-19 farão o teste, receberão as orientações sobre a quarentena e serão cadastradas em um banco de dados da prefeitura. Os casos positivos, com uma versão branda, serão encaminhados para a Policlínica Barros Barreto, no bairro do Carmo, onde já funciona o Centro de Referência Covid-19 Casos Leves da cidade.

Pessoas de ambos os gêneros, com idade mínima de 30 anos, profissionais de saúde e profissionais de segurança, que tenham apresentado sintomas compatíveis com síndrome gripal há no mínimo 10 dias fazem parte do público-alvo da pesquisa. Para participar da pesquisa, o paciente precisa assinar um termo de consentimento livre e esclarecido.

“Nosso propósito é de oferecer assistência para a população, tendo a oportunidade de identificar e orientar aquelas pessoas que já estão positivadas e não sabem, por ainda não apresentarem sintomas”, explica a coordenadora da pesquisa, Rosângela Chaves.

Segundo a coordenadora, além de recomendar o isolamento correto, a medida vai proporcionar novas diretrizes de políticas públicas para a devida contenção da pandemia, através do mapeamento dos casos por região.

“Durante a espera dos resultados organizamos para não ocorrer pontos de aglomeração. Todas as informações são seguras e sigilosas. O nosso papel principal será sempre de levar o entendimento da importância dos cuidados”, reforçou a responsável.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: