Fiscalização da quarentena mais rígida no Recife
Fiscalização da quarentena mais rígida no RecifeFoto: Rafael Furtado/ Filha de Pernambuco

O Governo de Pernambuco anunciou, neste sábado (23), que aumentará a fiscalização durante a última semana de quarentena. A medida veio após reunião (via videoconferência) do governador Paulo Câmara com os secretários envolvidos nas principais ações da Operação Quarentena.

Na ocasião, foram atualizados os números das medidas implementadas, principalmente os dados relativos à fiscalização de estabelecimentos comerciais, abordagens a veículos, orientação à população, distribuição de máscaras e cestas básicas e outras ações nas comunidades.

Na reunião, foi definido que os bloqueios para fiscalizar o rodízio de veículos passarão de 43 para 50 nesta última semana da quarentena.

No período de 16 a 22 de maio, foram empregados 8.364 profissionais de diversos setores, principalmente da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Apevisa, Detran, Procon e Guardas Municipais.

As equipes dos bloqueios abordaram 62.992 veículos para verificar o cumprimento da medida que determinou o rodízio nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

Leia também:

Isolamento social cresce 10% na primeira semana de quarentena mais rígida
Pernambuco registra menor índice de isolamento social desde o início da quarentena
Isolamento social em Pernambuco cai no primeiro dia útil da quarentena 

Na fiscalização aos estabelecimentos funcionando irregularmente, em descumprimento às medidas do decreto, as equipes visitaram 14.048 casas comerciais ou de serviços. Durante esse período, mais de 72 mil pessoas receberam orientações diversas na área social. As secretarias envolvidas no atendimento realizaram 24 ações integradas em 24 bairros e em 48 comunidades de Olinda, Jaboatão, Camaragibe e São Lourenço da Mata. Também foram distribuídas 14.980 máscaras, quatro mil cestas básicas e 2.610 kits de higiene.

Participaram da videoconferência com o governador os secretários Alexandre Rebêlo (Planejamento), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social), Antônio de Pádua (Defesa Social) e Cloves Benevides (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas).

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: