Arquiteta Maria Alice de Souza
Arquiteta Maria Alice de SouzaFoto: Divulgação / Facebook

A Sociedade Olindense em Defesa da Cidade Alta (Sodeca), lamentou por meio de nota o falecimento da moradora do Sítio Histórica de Olinda, a arquiteta Maria Alice Soares, vítima de latrocínio na noite da última terça (13) em sua residência.  

A associação afirmou que Maria Alice sempre se mostrou preocupada com a violência do local. "Baixinha pertencia ao quadro de associados e era uma mulher muito guerreira sempre presente nas lutas para que moradores pudessem desfrutar uma vida cotidiana com mais qualidade, diante das inúmeros problemas do SHO, principalmente a questão da segurança". 

Leia também
Fundadora do bloco Eu Acho é Pouco é encontrada morta em Olinda
Bebê de oito meses morre eletrocutado em Olinda

Confira a nota na íntegra


A Sodeca lamenta profundamente a perda de Maria Alice de Souza (Baixinha) Moradora antiga do Sitio Histórico de Olinda, vítima de latrocínio na madruga desta terça-feira, em sua residência, na Rua 13 de Maio, que chocou e causou grande comoção, por ela ser uma pessoa muito benquista por todos.

Baixinha pertencia ao quadro de associados e era uma mulher muito guerreira sempre presente nas lutas para que moradores pudessem desfrutar uma vida cotidiana com mais qualidade, diante das inúmeros problemas do SHO, principalmente a questão da segurança.

Mais uma mulher vítima da cruel realidade que passa o nosso estado de Pernambuco, que vem contabilizando uma estatística perversa onde o desde janeiro já foram 107 mulheres assassinadas, segundo o Monitor de Violência.

A Sodeca se junta na dor dos amigos, vizinhos e parentes, diante a este crime covarde, e esperamos que a justiça cumpra seu papel para punir os autores para que outras vítimas não tenham o trágico destino de Maria Alice.
Siga em Paz, Baixinha, ficaremos com imensa saudade, lembrando sempre do papel marcante e dedicado para a coletividade em geral.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: