Luíza Brunet no lançamento do Mãos EmPenhadas em Pernambuco
Luíza Brunet no lançamento do Mãos EmPenhadas em PernambucoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Com a presença da modelo e empresária Luiza Brunet, o programa “Mãos EmPenhadas Contra a Violência” foi apresentado, na manhã desta terça-feira (13), no Fórum Thomaz de Aquino, no bairro de São José, área central do Recife. O programa objetiva levar capacitação a profissionais da área da beleza para que sejam agentes multiplicadores de informação no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, identificando e orientando as clientes como combater e denunciar os abusos.

A iniciativa, idealizada pela juíza Jacqueline Machado e lançada, inicialmente, pelo Poder Judiciário do Mato Grosso do Sul, já está sendo executada em salões de beleza de São Paulo (SP), Santarém (PA) e Teresina (PI) e ganhou o prêmio nacional de Direitos Humanos de 2018.

Em Pernambuco, a iniciativa conta com o apoio da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), além do Instituto Maria da Penha (IMP) e do SinBeleza Pernambuco.

Leia também:
Lei Maria da Penha deu frutos, mas falta sensibilizar juízes, mostra estudo do CNJ
Solenidade celebra 13 anos da Lei Maria da Penha
PL sobre Maria da Penha provoca debates e aguarda sanção presidencial


Segundo a vice-presidente do Instituto Maria da Penha, Regina Célia Barbosa,  será inaugurada em setembro deste ano uma sede do Instituto no Bairro do Recife, onde serão prestados os serviços de orientação. "A sede vai ficar próxima à Agência de Trabalho e Emprego do Recife, na avenida Rio Branco. Mas já disponibilizamos o curso de orientação em algumas salas em universidades do Recife [Faculdade Metropolitana do Recife e Faculdade São Miguel] para os profissionais interessados", contou.

Regina Célia disse ainda que as pessoas que fizerem o curso receberão também cartazes e cartilhas de combate à violência contra a mulher, que poderão levar e compartilhar em seus estabelecimentos comerciais.  "Vamos proporcionar uma formação para os profissionais da área de beleza porque, naquele espaço, poderão orientar essas mulheres vítimas de violência, ou não, de qual é o caminho para se proteger e fazer uma denúncia. Orientações sobre a Lei Maria da Penha e de como fazer o uso de medida protetiva também serão repassadas para os profissionais que levarão esse conhecimento para todas as mulheres”.

Embaixadora do programa deste junho, Luiza Brunet defendeu a importância da causa - é nos espaços de beleza o lugar onde, muitas vezes, as vítimas encontram conforto para relatarem os casos de agressão. “Esse é um trabalho fundamental diante da confiança que essas clientes depositam nos profissionais, que serão preparados para perceber qualquer evidência de violência que essas mulheres possam estar recebendo e, a partir daí, prestar ajuda a essas pessoas”.

Luiza relatou ainda sobre o quanto o tema é importante para ela e em como se sente feliz ao levar apoio para as vítimas de violência. “Ser embaixadora desse projeto é um privilégio. Estar na causa como ativista tem tudo a ver com a minha história de vida, pois, após sofrer violência, eu achei que essa era uma forma de estar mais engajada com o tema”, afirmou.

Segundo a coordenadora da Vara da Mulher do TJPE, Daisy Andrade, os profissionais não terão a responsabilidade de denunciar, mas prestar orientação e informações às vítimas. “Sempre ouvimos que em briga de marido e mulher não se mete a colher, mas é para se meter sim. A Vara de Violência Doméstica, através de especialistas multidisciplinares, vai orientar os profissionais da beleza a se apropriarem de conhecimento e ajudar as mulheres vítimas de violência”, contou, acrescentando que, mesmo começando no Recife, o projeto tem o objetivo de se expandir e alcançar todo o Estado.

Luíza Brunet no lançamento do Mãos EmPenhadas em Pernambuco
Luíza Brunet no lançamento do Mãos EmPenhadas em PernambucoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Lançamento do Mãos EmPenhadas em Pernambuco
Lançamento do Mãos EmPenhadas em PernambucoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Lançamento do Mãos EmPenhadas em Pernambuco
Lançamento do Mãos EmPenhadas em PernambucoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: