Rostand Paraíso foi presidente da APL
Rostand Paraíso foi presidente da APLFoto: Diego Nigro/Arquivo

O médico e escritor Rostand Paraíso, decano da Cardiologia em Pernambuco, morreu no fim da noite de terça-feira (9), no Recife. Ele tinha 89 anos e estava internado no Real Hospital Português, no bairro do Paissandu, na área central da capital pernambucana. Paraíso deu entrada no hospital ainda na tarde de terça após trabalhar normalmente pela manhã. O velório aconteceu pela manhã na APL e o enterro, no início da tarde, no Parque das Flores, na Zona Oeste da cidade.

Filho do professor Othon Paraíso, Rostand se formou em medicina em 1953 e, poucos anos depois, recebeu bolsa de estudos da Fundação Rockefeller para estudar na Universidade Tulane em Nova Orleans, nos Estados Unidos. Nos anos 60, foi fundador do Prontocor, hospital especializado na saúde do coração no bairro das Graças, Zona Norte do Recife.

Leia também:
Morre Elmo Freitas, secretário de Segurança de Moreno
Morre de infarto João Carneiro Campos, conselheiro do TCE


Nas décadas seguintes, o médico se dedicou à literatura, tendo publicado 15 livros. De cunho memorialista, retratou em sua obra o Recife dos anos 40 e 50, abordando o impacto da Segunda Guerra Mundial na cidade, com a vinda de soldados americanos, e a presença dos imigrantes ingleses no estado nesse período. Por esse trabalho, ganhou a cadeira na Academia Pernambucana de Letras.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: