Óleo na Praia do Paiva, no Cabo
Óleo na Praia do Paiva, no CaboFoto: Divulgação/Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes

A mancha de óleo que atinge o litoral do Nordeste desde setembro e voltou a Pernambuco na última sexta-feira (18) chegou à Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), neste domingo (20). Os resíduos foram localizados pela equipe da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, também na RMR, que faz monitoramento com barco e helicóptero.

Segundo a Prefeitura de Jaboatão, a ocorrência já foi comunicada ao Grupo de Gerenciamento de Crise do Governo do Estado e à Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho. Foi lançada uma rede de contenção a fim de evitar que o material se alastrasse e causasse danos ainda maiores ao meio ambiente. Mais cedo, na manhã deste domingo, a mancha havia chegado à Praia de Suape, também no Cabo.

Leia também:
Óleo que atinge Nordeste não é brasileiro, diz Marinha
Justiça ordena ações da União para conter óleo no litoral nordestino

Em coletiva de imprensa no Recife, a Marinha do Brasil esclareceu que o petróleo não foi produzido nem comercializado no País. O derramamento do material teria ocorrido a cerca de 500 ou 600 quilômetros da costa. Em caráter de urgência, a Justiça Federal em Pernambuco determinou que o Governo Federal tome medidas para conter o avanço do óleo pelo litoral nordestino.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: