Praia de Boa Viagem, no Recife
Praia de Boa Viagem, no RecifeFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

O Recife se prepara para a probabilidade de chegada da mancha de óleo que voltou a atingir o litoral pernambucano na última sexta-feira (18). Segundo nota divulgada pela prefeitura na noite deste domingo (20), equipes de quatro órgãos municipais - Secretarias de Meio Ambiente Sustentabilidade, Turismo Esportes e Lazer, Defesa Civil e Emlurb - foram mobilizadas para tentar minimizar os possíveis efeitos do aparecimento dos resíduos nas praias da capital pernambucana.

Além disso, a plataforma Transforma Recife será utilizada para aglutinar os esforços da sociedade civil que deseja fazer parte dos esforços no enfrentamento do desastre ambiental. Ao todo, cerca de 200 profissionais de limpeza da Emlurb estão mobilizados para a ação na orla do Recife.

Leia também:
Óleo que atinge Nordeste não é brasileiro, diz Marinha
Ibama e governo de Pernambuco divergem sobre estratégia para combater óleo


Em nota, a Prefeitura do Recife afirma que "se junta ao povo nordestino na cobrança de uma atitude concreta por parte do Governo Federal para enfrentar, identificar as origens e possíveis responsáveis por esse desastre ambiental, que pode trazer efeitos permanentes ao meio ambiente do nosso litoral, o mais importante destino turístico de praias do Brasil".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: