Praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

Em meio a cruzes e pranchas fincadas na areia, a comissão de senadores que veio a Pernambuco acompanhar os impactos do derramamento do óleo visitou a praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul de Pernambuco, um dos locais afetados pelos resíduos. O protesto - uma espécie de pedido de socorro - foi feito por voluntários, comerciantes e moradores da região, que aproveitaram a presença dos senadores para denunciar e cobrar soluções. Vários tonéis com resíduos retirados das praias, mangues e rios também foram mostrados à comissão de parlamentares.

O grupo de políticos chegou à praia no fim da manhã após reunião com a Marinha no Recife, na Capitania dos Portos. Na praia, os parlamentares acompanharam o trabalho de voluntários e entidades governamentais. O senador pelo Amapá Randolfe Rodrigues (Rede) elogiou a força de trabalho dos voluntários. "O povo pernambucano forjou essa nação. Ao longo do tempo, acompanhamos a distância e hoje aqui presenciamos. O mais grave é a omissão do Governo Federal, que foi responsável civil e criminalmente pelo que ocorreu", disse.

"O evento não acaba quando acabarem de recolher os resíduos finais de óleo. Vai ter continuidade na cadeia produtiva do turismo e nos prejuízos aos pescadores", relembrou Randolfe. "O Governo Federal não dá suporte, não orienta entrada em estado de emergência. Voluntários, prefeituras e governos estaduais em colapso financeiro é quem ajudam na catástrofe que aqui ocorre", acrescentou o senador.

Na praia, o senador pernambucano Humberto Costa (PT) classificou como "subestimação" a atenção dada pelo Governo Federal ao desastre. "Constatamos o que já havia sido veiculado. O prejuízo é extremamente grande, e as ações para remediação definitiva ainda não estão no ritmo que deveriam estar", falou.

Leia também:
'Não há documento oficial sobre desastre do óleo', reclama senador após reunião no Recife
Senadores se reúnem no Recife para discutir os impactos do derramamento do óleo


Os resultados das reuniões e visitas em Pernambuco e no Rio Grande do Norte, neste sábado (9) vão gerar um relatório que será encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF). "Já posso adiantar que este relatório tem que ser discutido com o MPF, que deverá tomar as providências devidas. A União precisa ser responsabilizada para que se tomem as providências", afirmou Randolfe.

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES)) afirmou que a comissão recolhe provas objetivas e subjetivas para compor o relatório. "Eu queria ver se esse desastre que atingiu os nove estados do Nordeste tivesse acontecido no Rio de Janeiro. Será que o presidente já teria vindo aqui? Onde já se viu um presidente subestimar um crime ambiental de tamanha potencialidade?", reclamou.

A comerciante Ediana Silva, de 31 anos, lamentou a baixa procura de clientes desde que as manchas surgiram na praia de Itapuama, onde trabalha. "Caiu bastante o movimento. A gente geralmente monta 15 a 20 mesas, mas não adianta abrir porque o povo está com medo", contou. Ela, que também ajuda na limpeza da praia, disse que perdeu cerca de R$ 2,5 mil desde o início do problema. "Esperamos que os senadores vejam a nossa situação e nos digam como vão resolver e quando. Estamos precisando com urgência. Não está fácil".

A agenda da comissão de senadores continuará à tarde com reuniões com o governador Paulo Câmara (PSB-PE) e pesquisadores. Por fim, a comissão participa do encerramento da Conferência Brasileira de Mudança de Clima (CMBC). A comissão segue para o Rio Grande do Norte neste sábado.

Praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Óleo na praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Óleo na praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho
Visita da Comissão de Senadores à praia de Itapuama, no Cabo de Santo AgostinhoFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: