Av. Presidente Kennedy, em Olinda, deve passar por processo de requalificação
Av. Presidente Kennedy, em Olinda, deve passar por processo de requalificaçãoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Prefeitura de Olinda anunciou, na manhã desta quinta-feira (12), um projeto de requalificação da avenida Presidente Kennedy. Segundo a prefeitura, as obras, que devem contemplar também algumas vias do entorno, devem ser iniciadas ainda neste ano. O prazo para conclusão da requalificação é de 18 meses a partir do início das obras.

Para que as obras sejam iniciadas, será necessária a aprovação do projeto pela câmara municipal. Caso seja aprovado, o termo segue para ser discutido no Senado Federal. As verbas, que devem ser concedidas pela Caixa Econômica Federal, devem chegar à casa dos R$ 20 milhões.

No entanto, o projeto, elaborado pela Comissão Estadual de Habitação e Obras do Governo do Estado, a Cehab, prevê gastos de apenas R$ 15 milhões. Segundo a prefeitura, os outros R$ 5 mi devem ser aplicados na troca da iluminação, que deve receber lâmpadas de LED, e na requalificação de vias que ficam no entorno da Presidente Kennedy - os nomes das ruas não foram informados.

Segundo o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), as obras devem atender às constantes reclamações dos moradores da cidade. “Temos consciência dos problemas da Avenida, por isso temos esse desafio que é enfrentar os problemas dessa via. As negociações já estão avançadas. O empréstimo, feito junto à Caixa, já está bem encaminhado”, afirmou Lupércio, que espera que a ordem de serviço seja emitida em até 60 dias.

Entre os pontos destacados no projeto está a mudança no sistema de drenagem, que deve solucionar o problema dos alagamentos, recorrente em dias chuvosos. Segundo Evandro Avelar, assessor especial da Prefeitura, o novo sistema de drenagem deve contar com 13 pontos de escoamento e com canaletas superficiais, diferente do sistema subterrâneo que é utilizado atualmente.

Leia também:
Presidente Kennedy: Olinda garante plano de requalificação
Prefeitura de Olinda promove escutas populares para o Carnaval 2020
Segunda etapa da Conde da Boa Vista agrada, mas não informa

O projeto deve ser executado aos moldes da reforma da Avenida Conde da Boa Vista, na região central do Recife. As calçadas devem ser refeitas e as paradas de ônibus, que atualmente ocupam o centro da via, devem voltar para as laterais. De acordo com a prefeitura, as alterações na via devem melhorar o fluxo de carros, ônibus e pedestres. O projeto, no entanto, não prevê a construção de ciclovias ou ciclofaixas, que devem ser feitas em vias paralelas.

Quem passa pela Avenida Presidente Kennedy, que possui aproximadamente 4,5 km de extensão, costuma enfrentar uma série de problemas, especialmente em dias de chuva. A operadora de caixa Mônica Santos, conta que, em dias de chuva, o trânsito pela avenida fica inviável. “Fica complicado demais pra gente atravessar por causa dos alagamentos, tem sempre alguém que ajuda a gente a chegar à parada, onde a gente sobe nos bancos para tentar ficar menos molhados”, disse Mônica.

O técnico em química Manoel Vieira afirma que os acidentes também são recorrentes na avenida. “A avenida, como é hoje, é uma bagunça. Já socorri oito vítimas de acidentes aqui, tanto motoqueiros quanto pedestres que tentam chegar às paradas de ônibus, que ficam no meio da via”, contou manou. “Se o projeto trouxer as paradas para as calçadas e resolver o problema da drenagem, vai melhorar muito. Já cheguei a passar dois dias sem ir trabalhar por conta de alagamentos”, completou. De acordo com a prefeitura 80% da população olindense passa pela avenida diariamente.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: