Humberto ainda elogiou o posicionamento do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que pediu ao presidente da República “respeito às instituições”
Humberto ainda elogiou o posicionamento do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que pediu ao presidente da República “respeito às instituições”Foto: Divulgação

As recentes manifestações do presidente Jair Bolsonaro contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) devem suscitar uma ação conjunta da oposição e de entidades da sociedade civil. A avaliação é do senador Humberto Costa (PT), que deve se reunir com lideranças de diversos partidos políticos, na próxima segunda-feira (2), em Brasília, para tratar do assunto.

“Não podemos achar normal a atitude de Bolsonaro de apregoar o enfrentamento ao Congresso Nacional e ao Supremo, para logo em seguida ele tentar minimizar a atitude. Não podemos aceitar que isso aconteça de novo. Ele cometeu um crime de responsabilidade e como tal o assunto deve ser tratado. Os partidos da oposição e a sociedade civil devem sentar e decidir o que fazer diante de mais essa agressão à democracia perpetrada por quem deveria ser o principal defensor das liberdades no nosso país”, afirmou o senador.

Humberto ainda elogiou o posicionamento do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que pediu ao presidente da República “respeito às instituições” e cobrou ação semelhante do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). “O presidente do Senado até o momento não externou a sua opinião e isso nos preocupa. Acima de tudo, de qualquer diferença política, temos que defender a Constituição e condenar os repetidos ataques que tem sido feitos por Bolsonaro contra a democracia, a liberdade de imprensa e contra jornalistas individualmente”, disse.

O senador também reforçou a necessidade de mobilização nas ruas contra a política de desmontes do governo e os frequentes ataques do presidente às instituições. “Precisamos estar fortes e unidos para defender a democracia e temos que demonstrar a insatisfação do povo brasileiro com essas atitudes do presidente na rua”, declarou. O senador lembrou que no Brasil todo estão sendo planejados atos contra o governo para o próximo mês de março.

Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em Ipojuca
Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em IpojucaFoto: Divulgação

O Carnaval do Ipojuca 2020 ainda não terminou oficialmente, mas os números já mostram o sucesso da festa deste ano, principalmente no quesito Segurança. Não houve nenhuma ocorrência de homicídio nos dias de festa em Ipojuca e as milhares de pessoas que participaram dos mais de 90 blocos que desfilaram pelas ruas da cidade puderam brincar com tranquilidade.

O padrão de segurança que Ipojuca adotou em 2019 e que rendeu o destaque do município com a maior redução do número de homicídios da Região Metropolitana do Recife foi reforçado no Carnaval de 2020. A Secretaria Municipal de Defesa Social escalou 110 guardas municipais por dia de folia. Câmeras de monitoramento também ajudaram a ação da Guarda e detectores de metal foram colocados pela primeira vez no Baile Municipal e no Bloco da Sucata. Este ano, também houve o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil de Pernambuco, que participaram nos blocos com maior quantitativo de público. Em 70% dos eventos, no entanto, a segurança ficou por conta da atuação exclusiva da Guarda Municipal do Ipojuca.

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente. No total, foram quase 50 apresentações de orquestras animando as agremiações do Ipojuca. Algumas particularidades do Carnaval do Ipojuca merecem destaque este ano, como por exemplo: foi realizado o 1º concurso de La Ursas do município; minorias como o bloco dos Idosos e dos pacientes do Centro de Reabilitação também desfilaram; o bloco da Família foi organizado pela paróquia São Miguel; o desfile do calunga Zé Ipojuca marcou presença na sexta-feira à meia noite; o bloco da Sucata, no domingo, completou 30 anos e se firmou como o maior bloco de rua do município trazendo o Grupo Revelação; o bloco do Cuscuz, na terça, surpreendeu arrastando uma multidão; além dos blocos infantis Pojukinha e Sapequinha que animaram não só as crianças, mas os pais, com atrações como o Palhaço Chocolate.

Em todas as localidades teve folia, as virgens de Serrambi, de Camela; as Galinhas de Porto; Nossa Senhora do Ó e Ipojuca Centro com mais de um bloco por dia garantiram animação no período da folia de momo. A Prefeitura do Ipojuca também decorou as ruas e as praças que serviram de apoteose para os blocos de rua. Em parceira com a Secretaria Especial de Comunicação, foram distribuídos aos foliões 10 mil leques com dicas sobre o Carnaval e 10 mil panfletos com a programação completa das agremiações.

Na área da saúde, foram distribuídos 72.000 preservativos e 4.000 sachês de gel lubrificantes para a população. No total, 311 servidores participaram dos serviços de vigilância em saúde, unidades de urgência e ações de prevenção IST/HIV. Além disso, foram entregues à população 6 mil leques com os endereços das unidades de saúde do município.

A Secretaria Especial da Mulher promoveu um trabalho de divulgação da campanha “Só beije, se ela quiser”, contra o assédio no Carnaval. Foram distribuídas 4.500 tatuagens nos principais blocos da cidade. Sucesso também no movimento na rede hoteleira do Ipojuca. Segundo o Trade Turístico de Porto de Galinhas, a ocupação dos hotéis e pousadas da região, entre a sexta-feira (21) e a quarta-feira (26), atingiu 97%.

Da quinta-feira (20), dia do Baile Municipal do Ipojuca, até a quarta-feira de cinzas (26), foram recolhidas das ruas da cidade mais de 1.000 toneladas de lixo. Para garantir a limpeza nos polos de folia, foram utilizados mais de 400 funcionários por dia em serviços como varrição, coleta de lixo, limpeza das praias, capinação e retirada de entulhos. A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano realizou o cadastramento de 48 catadores de materiais recicláveis. O grupo promoveu o recolhimento aproximado de 4 toneladas de plástico e 400 kg de latinhas.

Números do Carnaval do Ipojuca 2020:

- 110 guardas municipais por dia

- Utilização pela primeira vez no Baile Municipal e no Bloco da Sucata detector de metais.

- Primeira vez que a Polícia Civil participou no Baile Municipal dando apoio à Guarda Municipal.

- Primeira vez que a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal.

- 70% da segurança do Carnaval do Ipojuca foi feita pela Guarda Municipal do Ipojuca.

- 311 servidores nas ações de vigilância em saúde, unidades de urgência e ações de prevenção IST/HIV.

- 97% da ocupação da rede hoteleira em Porto de Galinhas. (De sexta 21 a quarta 26)

- 72.000 preservativos e 4.000 géis lubrificantes preservativos distribuídos.

- 6 mil leques da saúde com os endereços das Unidades de Saúde do Ipojuca.

- 4.500 tatuagens distribuídas da campanha da Secretaria Especial da Mulher contra o assédio.

- 1.000 toneladas de lixo recolhidas.

- 400 funcionários por dia para realizar a limpeza, varrição, capinação e retirada de entulhos.

- 10 mil leques com informações e dicas para o carnaval e 10 mil panfletos com a programação dos blocos distribuídos.

- 4 toneladas de plástico e 400 kg de latinhas recolhidas pelos catadores.

Segundo a Prefeitura, pela primeira vez a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal

Segundo a Prefeitura, pela primeira vez a Polícia Militar participou do bloco da Sucata dando apoio à Guarda Municipal - Crédito: Divulgação

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente

A Secretaria Especial de Cultura ficou responsável pela contratação das orquestras locais, artistas do município e de atrações conhecidas nacionalmente - Crédito: Divulgação

Ministro Ricardo Lewandowski
Ministro Ricardo LewandowskiFoto: Valter Campanato / Agência Brasil

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar as ações dos advogados do presidente Jair Bolsonaro e do Aliança pelo Brasil, Karina Kufa e Admar Gonzaga, contra o presidente do PSL, Luciano Bivar. As duas interpelações foram rejeitadas nesta sexta-feira (21).

A ação dos advogados no STF era para que Luciano Bivar explicasse declarações de que haveria gente querendo se apoderar do PSL para fazer negócios sujos. Lewandowski, no entanto, considerou que as afirmações do presidente do PSL foram claras e que a interpelação judicial não teria seguimento.

'Precisamos ir pras ruas para mostrar que o povo está do lado do Presidente e que está do lado da Política com P maiúsculo', diz Marco Aurélio
'Precisamos ir pras ruas para mostrar que o povo está do lado do Presidente e que está do lado da Política com P maiúsculo', diz Marco AurélioFoto: Divulgação

O líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado estadual Marco Aurélio (PRTB), partiu mais uma vez em defesa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O parlamentar, que tem apoiado o mandatário desde sua candidatura à Assembleia Legislativa de Pernambuco, em 2018, afirmou que "desrespeitar as Instituições é fazer a convivência com o executivo balcão de negócios".

A declaração do deputado Marco Aurélio, faz referência as críticas que o presidente tem recebido após a divulgação de um vídeo, através do WhatsApp, no qual pede apoio a ato contra o Congresso e ao Supremo Tribunal Federal.

"Precisamos ir pras ruas para mostrar que o povo está do lado do Presidente e que está do lado da Política com P maiúsculo", completou Marco Aurélio.

Não é o primeiro ato pró-governo federal que recebe o apoio do deputado. Em anos anteriores Marco Aurélio levantou a bandeira bolsonarista em Pernambuco, inclusive sendo um dos organizadores. No Recife, o ato deve acontecer no dia 15 de março, a partir das 14h , em frente a Padaria Boa Viagem.

Iniciativa visa contribuir com a qualificação profissional dos trabalhadores através da disponibilização de cursos e conteúdos gratuitos online
Iniciativa visa contribuir com a qualificação profissional dos trabalhadores através da disponibilização de cursos e conteúdos gratuitos onlineFoto: Hélia Scheppa

Com o objetivo de contribuir ainda mais para o estímulo ao empreendedorismo em Pernambuco, o governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (27), um acordo com o Instituto Latino Americano de Empreendedorismo, Inovação e Desenvolvimento Sustentável (Instituto Êxito). A parceria visa disponibilizar, de forma gratuita, conteúdos digitais através da plataforma da instituição, a exemplo de palestras ao vivo e cursos online, contribuindo com a qualificação profissional de trabalhadores e empreendedores do Estado.

"Estamos sempre buscando alternativas que nos ajudem a gerar mais oportunidades para os pernambucanos. E apostamos no reforço do empreendedorismo no nosso Estado, seja através do Crédito Popular ou da qualificação profissional", afirmou Paulo câmara. A parceria vai beneficiar, especialmente, os profissionais que passarem pelo Qualifica PE, programa que abriga vários cursos voltados para o desenvolvimento do trabalhador.

A iniciativa irá disponibilizar, em sua plataforma digital, cursos de desenvolvimento pessoal, técnicas de empreendedorismo, interação com empresários reconhecidos no mercado, mentorias e salas virtuais. A parceria permitirá ainda a realização de “consultorias” gratuitas online, dentro da disponibilidade de atendimento da equipe do Instituto.

Outro benefício do acordo é abrir portas para os trabalhadores cadastrados nos desafios e concursos realizados pelo Instituto Êxito, sem ônus financeiro na inscrição. Os profissionais que tiverem interesse poderão realizar o cadastro acessando o site www.institutoexito.com.br. Estiveram presentes à cerimônia de assinatura o secretário estadual de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, e o presidente do Instituto Êxito, Janguiê Diniz.

A rede municipal de saúde começou a se preparar para a chegada do coronavírus ainda em janeiro, com treinamentos que alcançaram mais de 2.500 profissionais
A rede municipal de saúde começou a se preparar para a chegada do coronavírus ainda em janeiro, com treinamentos que alcançaram mais de 2.500 profissionaisFoto: Andrea Rego Barros / PCR

O prefeito Geraldo Julio (PSB) iniciou a manhã desta quinta-feira (27) com uma reunião de monitoramento das ações que a Prefeitura do Recife vem desenvolvendo relacionadas ao novo coronavírus, desde o mês de janeiro. No momento, três pacientes com suspeita de coronavírus estão internados na cidade - dois no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) e um em hospital privado. O Brasil teve o primeiro caso confirmado da doença Covid 19, fruto da infecção pelo novo coronavírus, nessa quarta (26). em São Paulo.

O prefeito convocou para o monitoramento o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, o secretário de Governo e Participação Social, João Guilherme Ferraz, a diretora-executiva de Vigilância à Saúde, Joanna Freire, a diretora-executiva de Regulação, Média e Alta Complexidade, Eliane Germano, e o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Metropolitano do Recife, Leonardo Gomes.

Em janeiro e fevereiro, a Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) capacitou profissionais da Atenção Básica, Média e Alta Complexidade e do Samu 192, agentes redutores de danos, além dos núcleos de epidemiologia das unidades de saúde municipais e privadas, dando orientações sobre as características do coronavírus e dos sinais, sintomas e tratamento da Covid 19; como identificar casos suspeitos, como deve ser o fluxo de notificação, como conduzir os pacientes que venham a procurar as unidades municipais com sintomas de infecção por coronavírus, como evitar a transmissão do coronavírus e outros vírus, entre outras orientações. Os treinamentos alcançaram mais de 2.500 profissionais.

Na semana anterior ao carnaval, a Sesau também capacitou profissionais da Secretaria de Turismo Esportes e Lazer do Recife (Seturel), representantes do trade turístico, do Sindicato dos Taxistas e motoristas de aplicativos sobre o novo coronavírus, para deixar os profissionais de turismo aptos a dar as primeiras orientações aos visitantes sobre o novo vírus.

De acordo com o prefeito Geraldo Julio, a Prefeitura do Recife preparou a rede municipal de saúde para identificar os casos suspeitos da doença Covid 19 e para lidar com ela. “O Recife começou a se preparar para o novo coronavírus ainda em janeiro. Os casos suspeitos estão sendo monitorados", garantiu o gestor municipal.

O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, falou da importância de a população entender o que é um caso suspeito para não se desesperar sem necessidade, já que os sintomas da Covid 19 são muito parecidos com os das síndromes gripais. “Mais de 80% dos casos são leves e há letalidade em aproximadamente 2,5% dos casos, normalmente em pessoas idosas ou que já tenham outras doenças. A transmissibilidade do sarampo, por exemplo, é nove vezes maior que a da Covid 19”, explicou dr Jailson, que também é infectologista.

São considerados casos suspeitos de coronavírus pessoas com febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório (tosse, dificuldade para respirar, entre outros) e histórico de viagem para área com transmissão da doença nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas. Também são considerados suspeitos quem tem febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório e histórico de contato próximo com caso suspeito de contaminação por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas, assim como quem tem febre ou pelo menos um sinal ou sintoma respiratório e contato próximo a caso confirmado de infecção por coronavírus, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.

O secretário reforçou que os pacientes que se enquadrarem nesses casos devem procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e unidades de saúde municipais, como as policlínicas, assim como os hospitais privados, no caso de quem tiver plano de saúde. Jailson Correia também destacou que não há necessidade de acionar o Samu quando os sintomas forem leves.

Deputado federal Danilo Cabral (PSB), em entrevista à Rádio Folha.
Deputado federal Danilo Cabral (PSB), em entrevista à Rádio Folha.Foto: Artur Mota / Folha de Pernambuco

O deputado federal Danilo Cabral (PSB), em entrevista à Rádio Folha (FM 96,7), nesta quinta-feira (27), falou sobre o que, para ele, é uma crise institucional no governo Bolsonaro e sobre a liderança do Partido Socialista Brasileiro na Câmara Federal que será assumida por ele em 2021.

Danilo esboçou sua preocupação ao que, segundo ele, se configura uma rixa criada pelo presidente Bolsonaro entre o poder executivo e os demais poderes da União ao compartilhar vídeos via Whatsapp convocando a população para participarem de uma manifestação popular em favor do seu governo e cotra o Congresso, marcada para o próximo dia 15/03.

“Se a gente observar o processo que nos fez chegar até aqui, não é a primeira vez que vemos esse tipo de conduta desastrada por parte dele e da família vem acontecendo desde antes de ser eleito”, disse o deputado se referindo a vídeos divulgados anteriormente citando, por exemplo, o vídeo divulgado pelo filho do presidente, Eduardo Bolsonaro que afirmava que para fechar o STF bastaria “um cabo e um soldado” .

Liderança do PSB

Para o parlamentar, a decisão de dividir a liderança do PSB em um ano para Alessandro Molon e um ano para ele foi a melhor que poderia ter sido tomada, pois o partido sabia a importância que fosse construída uma forma que recompusesse a união de sua bancada.
“O momento que o país vive, exige que tenhamos o PSB unido tratando dos assuntos que interessam a população e servindo como um meio de diálogo para que gente leve esse exemplo de unidade que conseguimos na bancada para o conjunto do congresso nacional”, afirmou.

Ouça a entrevista:


Antônio Campos
Antônio CamposFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

O presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, anunciou que irá se filiar, na próxima segunda-feira (2), ao PRTB, partido da base do presidente Jair Bolsonaro. Ele confirmou que já se desfiliou do seu antigo partido pelo qual disputou o mandato de deputado federal em 2018, o Podemos.

"Estou me filiando ao PRTB, que está na base de Bolsonaro, sendo oposição em Olinda, em Recife e ao atual Governo do Estado. Fizemos um ato em setembro de 2019, formando a Comissão Provisória Municipal, em Olinda. Posteriormente, fizemos um encontro para debater assuntos da cidade de Olinda. É um ato filiação e não de lançamento candidatura", frisou Antônio Campos.

"Vou ajudar na construção da Frente #MudaOlinda e, em abril, lançaremos uma chapa competitiva, na cidade de Olinda e ajudaremos em outras cidades. (...) Agradeço ao Presidente Ednazio Silva do PRTB Estadual e ao deputado Marco Aurélio pelo convite que aceitei, disse Antonio Campos", concluiu.

tonca

Vereador do Recife Ivan Moraes Filho (PSOL)
Vereador do Recife Ivan Moraes Filho (PSOL)Foto: Beto Figueiroa/Divulgação

O vereador do Recife Ivan Moraes (PSOL) se pronunciou em suas redes sociais, nesta quarta-feira (26), contra atitude do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de convocação para mobilização em prol do fechamento do Congresso Nacional. Reafirmando que a atitude implica em crime de responsabilidade, Ivan Moraes também reforçou que que o ato de Bolsonaro é antidemocrático, mas não uma atitude surpresa do atual presidente, que sempre atentou contra a democracia e que glorificou a Ditadura e seus torturadores. “[Bolsonaro] Jamais poderia ter sido tratado como um político republicano”, destaca Ivan. O vereador também pontuou a necessidade de conjunção de forças políticas na luta contra o autoritarismo e as atitudes antirrepublicanas de Bolsonaro.

Durante todo o segundo turno das eleições presidenciais, Ivan Moraes falou diariamente nas sessões da Câmara Municipal sobre o que estava em jogo, com uma possível vitória de Jair Bolsonaro à presidência, que acabou se concretizando. Também esteve presente em todos os atos, desde o golpe que levou ao impeachment da ex-presidenta Dilma Roussef, além de todas as mobilizações contra o governo de Michel Temer. O vereador reforça que sua militância e seu mandato sempre estiveram e estão em favor da democracia.

Com o slogan “a serviço de Pernambuco”, uma van foi preparada para estar nos principais focos da folia.  Este é o quinto ano consecutivo do projeto mas, este ano, com nova estrutura.
Com o slogan “a serviço de Pernambuco”, uma van foi preparada para estar nos principais focos da folia. Este é o quinto ano consecutivo do projeto mas, este ano, com nova estrutura.Foto: Divulgação

O gabinete móvel do Deputado Joel da Harpa esteve em dez municípios e cumpriu uma longa agenda para dar apoio aos profissionais de segurança pública escalados para trabalhar no carnaval. Com o slogan “a serviço de Pernambuco”, uma van foi preparada para estar nos principais focos da folia. Este é o quinto ano consecutivo do projeto mas, este ano, com nova estrutura.

O gabinete móvel é composto por uma equipe de voluntários, enfermeiro e advogado. Para aplacar o calor escaldante, distribuição de água mineral. Policiais militares, bombeiros, policiais civis, guardas municipais e até profissionais do Exército foram assistidos. Segundo Joel, o carnaval é uma ótima oportunidade para estar mais perto da tropa. Segundo ele, a receptividade foi muito positiva e o que tornou o trabalho ainda mais gratificante.

A estreia foi durante o Desfile do Galo da Madrugada e as atividades seguiram até ontem com passagem pelos Irresponsáveis no Recife e Bacalhau na Vara, em Paulista. Durante o carnaval, o parlamentar esteve com a estrutura em Nazaré da Mata, Carpina, São Lourenço, Maranguape 2 (Paulista), Recife Antigo, Prazeres em Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca e no município de Bezerros para a folia dos Papangus. Na programação, ainda Cavaleiro, Itamaracá, Itapissuma e Igarassu.

gabinete móvel

assuntos

comece o dia bem informado: