Foram encontrados 381 resultados para "Outubro 2019":

Educação de Pernambuco, que atingiu 57% de matrículas em escolas de período integral no ensino médio
Educação de Pernambuco, que atingiu 57% de matrículas em escolas de período integral no ensino médioFoto: Hélia Scheppa/SEI

O editorial de ontem do jornal Folha de São Paulo destacou o sistema de Educação de Pernambuco, que atingiu 57% de matrículas em escolas de período integral no ensino médio. O desempenho é apontado como exemplar e deveria ser seguido pelo Governo de São Paulo para “evitar ilhas de excelência e privilégio”, ou seja, evitou que estudantes empregados da segunda e da terceira série precisassem buscar outra escola.

O governo paulista, do presidenciável João Doria (PSDB), é cobrado diretamente corrigir o rumo do período integral. A resistência não se afigura insuperável, e o benefício esperado justifica o esforço adicional para prosseguir na direção correta. Umas das queixas apresentadas é que o Plano Nacional de Educação prevê que pelo menos 25% dos estudantes tenham carga de sete horas diárias até 2024. E no estado mais desenvolvido da Federação, a proporção se encontra em 6%.

Acontece que, em São Paulo, os educadores vêm se mostrando ‘refratários à adoção do período integral’.

Outro tema da reunião foram as candidaturas de vereadores para 2020
Outro tema da reunião foram as candidaturas de vereadores para 2020Foto: Divulgação

O PDT de Pernambuco definiu como estratégia o engajamento de novos militantes para fortalecer a legenda em todo o Estado. A orientação, que veio da executiva nacional, é estimular a criação de Núcleos de Base, seja por segmento, território, categoria ou movimento social da legenda. Na tarde desta quinta-feira o coordenador desse projeto de formação partidária, o tesoureiro do partido Wellington Batista, teve reunião com o Núcleo de Base do Recife Leonel Brizola, que reúne vários segmentos da sigla, como juventude, sindical e mulheres.

“Foi uma reunião extremamente proveitosa. Discutirmos estratégias para ir até as RPAs do Recife estruturando novos núcleos e levando o debate político para dentro das comunidades. Esse é o DNA do PDT de Brizola, de Darcy Ribeiro, Alberto Pasqualini e de tantos outros nomes. A política só se faz com participação popular”, afirmou Batista. Outro tema da reunião foram as candidaturas de vereadores para 2020.

Eduardo da Fonte havia solicitado ajuda do Governo Federal aos pescadores litorâneos que dependem da pesca para sobreviver
Eduardo da Fonte havia solicitado ajuda do Governo Federal aos pescadores litorâneos que dependem da pesca para sobreviverFoto: Divulgação

Ministro da Agricultura recebe Eduardo da Fonte e garante ajuda a pescadores
O ministro interino da Agricultura, Marcos Montes, recebeu, nesta quarta-feira (30), o deputado federal Eduardo da Fonte para conversar sobre a situação de milhares de pescadores prejudicados com o derramamento de óleo em praias do litoral nordestino desde o fim de agosto. Marcos Montes garantiu ao parlamentar ajuda aos pescadores da região nos próximos dias.

Eduardo da Fonte havia solicitado, ontem, ajuda do Governo Federal aos pescadores litorâneos que dependem da pesca para sobreviver.

“A nossa reunião foi bastante proveitosa e teremos – conforme o ministro Marcos Montes – ações concretas em favor das famílias prejudicadas com esse óleo em Pernambuco e outros estados do Nordeste”, ressaltou o parlamentar.

A audiência também contou com a presença do presidente da Juventude do Partido Progressistas em Pernambuco, Luiz Eduardo.

Governadores do Nordeste
Governadores do NordesteFoto: Governo de Sergipe/Divulgação

Governadores do Nordeste repudiam ameaças de retorno ao autoritarismo

“Os governadores do Nordeste repudiam ameaças autoritárias, a exemplo da absurda sugestão de edição de um novo AI-5. Defender a democracia é fundamental para que haja paz e prosperidade no Brasil. Ditadura nunca mais.“.

Rui Costa, Bahia
Renan Filho, Alagoas
Camilo Santana,Ceará
Flávio Dino, Maranhão
João Azevedo, Paraíba
Wellington Dias, Piauí
Fátima Bezerra, Rio Grande do Norte
Belivaldo Chagas, Sergipe
Paulo Câmara, Pernambuco

Prêmio foi entregue no Alto Santa Terezinha, a primeira unidade do projeto, inaugurado em 2016
Prêmio foi entregue no Alto Santa Terezinha, a primeira unidade do projeto, inaugurado em 2016Foto: Andréa Rêgo Barros

Geraldo: “O Compaz é o melhor projeto de redução de desigualdade do Brasil porque é feito pelas pessoas e para as pessoas”

Prefeito entregou, na manhã desta quinta-feira (31), o Prêmio Cidades Sustentáveis de melhor projeto de redução de desigualdade do Brasil para a comunidade do Compaz Governador Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha


“O Compaz é o exemplo de que quando a sociedade se junta com o serviço público, os resultados são muito maiores e muito mais transformadores”. Foi com essas palavras que o Prefeito Geraldo Julio destacou a receita de sucesso do Compaz, que foi escolhido como o melhor projeto de redução de desigualdade social do Brasil, pelo Programa Cidades Sustentáveis e pela Oxfam. Como gesto da construção coletiva desse projeto, que é feito com a participação da população desde sua concepção, o prefeito entregou o troféu à comunidade do Compaz Governador Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, a primeira unidade do projeto, inaugurado em 2016.

A entrega aconteceu em um grande ato na manhã desta quinta-feira (31), com grande participação dos frequentadores e da comunidade do entorno do Compaz, além de convidados como a presidente executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz, Tauá Pires e Zuleica Goulart, representando respectivamente o Programa Cidades Sustentáveis e a Oxfam Brasil, responsáveis pela premiação.

“O segredo do sucesso do Compaz está na comunidade que ajudou a conceber e construir ele. É um equipamento feito pelas pessoas e para as pessoas, esse é o grande diferencial, que o fez ser o melhor projeto de combate a desigualdade do Brasil inteiro. O Compaz é um exemplo de política pública feita em parceria com a população. Os números não nos deixam mentir. Na educação, na saúde, sobretudo na prevenção a violência, os indicadores melhoraram muito”, destacou o prefeito Geraldo Julio.

O prêmio Cidades Sustentáveis foi entregue ao prefeito Geraldo Julio em setembro, em São Paulo, dentro da Conferência “Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis” e tem como objetivo estimular as cidades a adotarem práticas que contribuam para a redução das desigualdades no país. No evento desta quinta, jovens da comunidade que fazem parte do Compaz receberam o troféu comemorativo ao prêmio das mãos do prefeito, em nome de toda a população do Alto de Santa Terezinha e das demais comunidades onde estão inseridos os Compaz. Na ocasião também foi inaugurado o vestiário da piscina, um pedido feito pela população que faz atividades na piscina do Compaz.

Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos pela Educação, projeto nacional suprapartidário de incentivo à Educação Básica, é uma entusiasta do projeto e foi convidada para o momento de celebração desta manhã. Emocionada em sua fala, Priscila disse que acompanha há um ano o Compaz e que virou uma defensora do equipamento. “Desde que eu conheci o Compaz, eu entendi que mais do que um equipamento, temos aqui um modelo para o Brasil, centrado no usuário, no cidadão, nas crianças, no jovem. Precisamos levar para o Brasil todo. Em grande medida não conseguimos avançar no nosso país em diversas políticas porque não fazemos isso aqui, que é realizado no Compaz”, declarou.


Tauá Pires, representante da Oxfam Brasil, entidade que faz parte de uma confederação global que tem como objetivo combater a pobreza, as desigualdades e as injustiças em todo o mundo, falou sobre o diferencial do Compaz. “O grande diferencial está colocado na premiação de hoje. Essa é uma política da comunidade. A comunidade faz o Compaz, então não é só uma política de gestão pública, mas uma política que está incorporada com a identidade deste território”, destacou. “Sabemos que o Compaz é não é só uma estrutura física, ela é feita por pessoas e ela está totalmente tomada pelos que moram neste território”, pontuou.

Zuleica Goulart, coordenadora do Programa Cidades Sustentáveis participou do evento e explicou sobre o programa. “O programa cidades sustentáveis oferece uma agenda de desenvolvimento sustentável para os municípios, mas não só na questão ambiental deve ser considerada na gestão das políticas públicas, mas prezamos pelo social, econômico, cultural. Temos acompanhado esta iniciativa desde o início. Temos acompanhado o compromisso do prefeito com o povo que é o mais importante, dar mais qualidade de vida a população, e o Compaz é exemplo disso”, declarou.


Com sua primeira unidade inaugurada em 2016, no Alto de Santa Terezinha, o Compaz foi concebido sob a ideia de oferecer, em um único espaço lazer, esporte, educação e oferta de serviço, com o propósito de garantir inclusão social e fortalecimento comunitário em áreas de vulnerabilidade social. Ao lado do Compaz Escritor Ariano Suassuna, no Cordeiro, os equipamentos acolhem mais de 34 mil pessoas e já realizaram mais de 3 milhões de atendimentos. O Ariano Suassuna registrou 40% de redução nos homicídios no seu entorno, enquanto o bairro do Alto Santa Terezinha, onde fica o Compaz Eduardo Campos, não registrou nenhum homicídio em 2018.

O secretário de Segurança Urbana, Murilo Cavalcanti falou sobre a importância do prêmio. “Gosto de dizer que o compaz é uma Fábrica de Cidadania por que tratamos aqui de educação, esportes, lazer, para quem mais precisa. Quando você enxerga a potencialidade das pessoas que moram nas comunidades elas se desenvolvem externamente e internamente. São pessoas que vão para o mercado de trabalho, que vão para a universidade que melhoram o desempenho na sala de aula. Tudo isso reduz a violência urbana, o grande propósito do Compaz”, afirmou.


Seu Iran Mariano, aposentado, é um dos muitos que participam das atividades do Compaz. “Minha vida mudou para melhor. Hoje faço atividades, caminhadas e tenho duas netas que fazem judô, balé e natação. Este é um lugar maravilhoso e mudou a vida da comunidade, trouxe mais alegria”, contou.


Os Compaz em números

Compaz Eduardo Campos
Usuários cadastrados: 14.655
Vagas ofertadas: 25.794
Vagas em atividades esportivas: 1.197
Vagas em atividades educacionais: 1.045
Vagas em atividades culturais: 787
Vagas em atividades saúde e bem-estar: 5.017
Vagas em atividades qualificação profissional e geração de Renda: 3.741
Média diária na Biblioteca Afrânio Godoy: 328
Total de atendimentos realizados: 1.161.593



Compaz Ariano Suassuna
Usuários cadastrados: 20.138
Vagas ofertadas: 18.249
Vagas em atividades esportivas: 8.574
Vagas em atividades educacionais: 6.532
Vagas em atividades culturais: 3.103
Vagas em atividades saúde e bem-estar: 724
Vagas em atividades qualificação profissional e geração de Renda: 743
Média diária na Biblioteca Carlos Percol:
Total de atendimentos realizados: 1.939.867

Eduardo Bolsonaro
Eduardo BolsonaroFoto: Wilson Dias/Agência Brasil

É muito grave a defesa feita pelo deputado federal, Eduardo Bolsonaro, de um novo Ato Institucional n. 5, que inaugurou o período mais sombrio da ditadura militar em nosso País.

O AI-5, editado em 13 de dezembro de 1968 foi responsável pelo fechamento do Congresso Nacional, pela cassação de mandatos, suspensão de direitos políticos e do Habeas Corpus, pela censura, sequestro de artistas e opositores, aviltamento do Poder Judiciário com aposentadoria compulsória de Ministros do Supremo Tribunal Federal, bem como por uma violência institucionalizada que pôs fim do Estado de Direito, com enorme sofrimento para o Brasil, em especial para os milhares que resistiram corajosamente ao recrudescimento do arbítrio, muitos tendo sido além de perseguidos, exilados, torturados e mortos.

É inaceitável que alguém que jurou respeitar a Constituição, defenda abertamente o retorno ao autoritarismo, na sua face mais cruel.

É ainda mais grave que o mencionado parlamentar seja o líder do Partido do Presidente da República e que, sendo seu filho,
aja com tamanha desenvoltura na defesa, inconsequente, da quebra das franquias democráticas e constitucionais, sem que o primeiro mandatário da Nação a ela se dirija, como conviria a um Chefe de Estado cônscio de suas responsabilidades, para repreendê-lo por tão censurável e impatriótica conduta.

Torna-se necessário, indispensável, de forma expedita, pede-o o vigor das instituições de Estado, que o Presidente da República desfaça, de maneira inequívoca, qualquer proximidade do seu governo com essa atitude, que fere a Carta Magna em seus princípios e objetivos fundamentais, quais sejam, o de constituir-se o Brasil se em uma sociedade livre, justa e solidária e em um Estado Democrático de Direito.

O Partido Socialista Brasileiro, pelo seu Presidente Nacional e pela liderança do Partido na Câmara dos Deputados, bem como a liderança do Bloco Senado Independente, repudia tais declarações com vigorosa indignação e assegura ao povo que representamos, que adotaremos todas as medidas para defender a Democracia brasileira, conquistada com inestimável sacrifício, bem como para responsabilizar quem quer que se atreva, de forma criminosa, a fazer apologia da sua violação.

A responsabilidade com a nossa história é um dever de todos os democratas. Estamos prontos para assumi-la sem titubeios, para impedir que ela se repita, como farsa, mas principalmente como tragédia.

Brasília, 31 de outubro de 2019

Vereador do Recife João da Costa (PT)
Vereador do Recife João da Costa (PT)Foto: Carlos Lima

O vereador e ex-prefeito do Recife, João da Costa (PT), repudiou a sugestão do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) sobre uma possível reedição do AI-5 para conter manifestações da esquerda. 

"É preciso a gente não menosprezar esse tipo de ameaça", disse João da Costa.




Bruno Araújo, presidente nacional do PSDB
Bruno Araújo, presidente nacional do PSDBFoto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente do PSDB Nacional, Bruno Araújo, repudiou, nesta quinta-feira, 31, a declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, sobre o possível "novo AI-5", Ato Institucional decretado durante o governo militar no País.

De acordo com o tucano, ameaçar a democracia é jogar o Brasil novamente nas trevas. "O PSDB nasceu na luta pela volta da democracia no Brasil condena de maneira veemente as declarações do filho do presidente da República", afirma Araújo.

E completou: “parece que não restam mais dúvidas sobre as intenções autoritárias de quem não suporta viver em uma sociedade livre. Preferem a coerção ao livre debate de ideias. Escolhem a intolerância ao diálogo.”

Para a presidente do PSDB em Pernambuco, a deputada Alessandra Vieira, as declarações do filho do presidente são uma ameaça ao regime democrático que sobrevive na defesa do direito ao contraditório. "O nosso estado tem sua história marcada pela defesa da liberdade. O PSDB de Pernambuco continuará firme, como sempre, na defesa da democracia”, complementa a presidente Alessandra Vieira.

O Festival também realizou edições no Rio de Janeiro e em São Paulo
O Festival também realizou edições no Rio de Janeiro e em São PauloFoto: Divulgação

O grito por liberdade e justiça para Lula ganha novo festival cultural

No dia 17 de novembro, um domingo, a partir das 12h, artistas, intelectuais e movimentos sociais realizarão o Festival Lula Livre, no Cais da Alfândega, no centro de Recife. O objetivo é mobilizar a população em defesa da democracia e pelo fim da prisão política do ex-presidente Lula.

O Festival vai unir artistas locais e nacionais em um ato cheio de simbolismos, já que o Lula nasceu em Pernambuco. Hoje, o Festival Lula Livre é uma marca da luta por justiça para Lula conhecida no país todo. Como na ditadura, o festival traz a música como forma de resistência e politização na luta por liberdade para o ex-presidente. São canções de protesto para denunciar que temos um preso político no Brasil há mais de 550 dias.

O Festival também realizou edições no Rio de Janeiro e em São Paulo. Nas edições anteriores artistas como Chico Buarque, Otto, Arnaldo Antunes, Chico César, Otto, Felipe Catto, Mombojó, Martinho da Vila e Gilberto Gil participaram do ato.

Deputado federal Fernando Filho (DEM-PE) destinou emendas para o município de Petrolina
Deputado federal Fernando Filho (DEM-PE) destinou emendas para o município de PetrolinaFoto: Divulgação

O deputado federal Fernando Filho (DEM) destinou R$ 3 milhões de sua cota de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União para a requalificação de praças em Petrolina. O democrata anunciou o investimento ao prefeito Miguel Coelho (MDB), que esteve em Brasília nesta quarta-feira (30). Como as emendas parlamentares são impositivas, as ações serão executadas obrigatoriamente ao longo do ano de 2020.

“Recebemos a visita do prefeito Miguel Coelho e demos a notícia para ele de que colocamos uma emenda de R$ 3 milhões para que Petrolina possa fazer um grande programa de requalificação das praças. A prefeitura vai fazer um levantamento das praças onde esse dinheiro será aplicado, para que a gente possa dar uma embelezada ainda maior na nossa cidade. Além disso, também destinamos mais recursos para a saúde e a pavimentação de ruas, que a prefeitura já vem fazendo e agora ganhará um reforço no caixa”, destacou Fernando Filho.

assuntos

comece o dia bem informado: