Empresário Antônio de Queiroz Galvão, um dos fundadores da empresa Queiroz Galvão
Empresário Antônio de Queiroz Galvão, um dos fundadores da empresa Queiroz GalvãoFoto: Divulgação / Queiroz Galvão

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) divulgaram notas de pesar pelo falecimento do empresário Antônio de Queiroz Galvão, na madrugada deste domingo (19), na capital pernambucana. Após sofrer de um aneurisma, o empresário foi internado e não resistiu. 

Leia mais:
Aos 96 anos, morre empresário Antônio de Queiroz Galvão


Confira as notas:

"Foi com muito pesar que recebi a notícia do falecimento do engenheiro Antônio Queiroz Galvão. Filho da Zona da Mata Norte, deixa um legado importante na área da construção civil do nosso Estado e do País. Neste momento, quero me solidarizar com seus familiares e amigos.

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco"

"Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do engenheiro e empresário pernambucano Antônio de Queiroz Galvão. Ele foi Diretor de Obras da Prefeitura do Recife e tem sua história de vida ligada ao desenvolvimento de Pernambuco e do Brasil, sendo responsável por criar a construtora responsável por algumas das principais obras estruturadoras que colocaram nosso estado no caminho do crescimento e pela geração de milhares de empregos. Envio meu abraço e profundo pesar para sua família e amigos."

Geraldo Julio
Prefeito do Recife"


Visita do novo presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira à Folha de Pernambuco
Visita do novo presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira à Folha de PernambucoFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Em visita à Folha de Pernambuco, nesta sexta-feira (17), o desembargador Fernando Cerqueira, novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) ressaltou a manutenção da prestação jurisdicional de alta qualidade e a unidade do poder judiciário como principais objetivos para o biênio 2020-2022. “Vamos fazer uma administração voltada para a eficácia, vamos buscar a excelência na prestação jurisdicional, temos nisso um grande desafio. O outro desafio é manter a unidade do Poder Judiciário, a harmonia, poder atender os programas sociais do tribunal, dar condições de trabalho aos servidores”, enumerou Cerqueira.

 Acompanhado pelo assessor Joezil Barros e pelo chefe do cerimonial, Silas da Costa e Silva, o desembargador entregou à membros do Grupo EQM o convite da sua posse solene, marcada para o dia 3 de fevereiro. Na ocasião, também serão empossados o vice-presidente do Tribunal, Eduardo Paurá, o segundo vice-presidente, Cândido Saraiva e o Corregedor geral de Justiça, Luiz Carlos Figueiredo.

Cerqueira enfatizou que está “ouvindo a todos nesse momento transição”, em que substitui o desembargador Adalberto de Oliveira Melo e destacou a estrutura física do órgão como outro ponto que deve receber cuidado especial. Obras em andamento, nos fóruns do Cabo de Santo Agostinho, Pombos e Limoeiro, além da Escola Judicial de Pernambuco, serão as primeira a ser concluídas.

O início da viabilização da construção de um novo prédio para o fórum do Recife, focado na Vara Criminal e de uma nova sede para o TJPE também estão entre os objetivos para o biênio. “Vamos retomar isso, refazer o projeto, abrir a licitação. Se tivermos a sorte de conseguir concluir as fundações da nova sede já seria um avanço. É um empreendimento para cinco administrações”, avalia o desembargador.

Durante a visita, Cerqueira também abordou o juiz de garantias, mecanismo que, de acordo com ele, "em um País com estrutura funciona muito bem", e que recentemente teve a sua implementação adiada por seis meses pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. “A decisão de adiar foi boa, implementar no dia 20 de janeiro seria inviável”, disse o desembargador.

Ele afirmou que o TJPE está no aguardo e cumprirá o que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinar sobre a questão, mas abordou as limitações do judiciário brasileiro, sobretudo em termos de estrutura pessoal. “Teoricamente eu sou favorável, mas temos que compreender a realidade do nosso País, com a nossa estrutura, não tem condição de absorver o juiz de garantias”. Ainda de acordo com ele, somente em Pernambuco, há 40 comarcas sem juízes para atuar.

A comitiva do TJPE foi recebida pelo Diretor Executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi, o Diretor de Assuntos Corporativos, Eduardo Moraes, o Diretor do Grupo EQM Domingos Azevedo e a Editora Chefe da Folha de Pernambuco, Leusa Santos. Em nome do presidente do Grupo EQM, Eduardo Queiroz Monteiro, Pugliesi ressaltou a importância da parceria com o TJPE. “Estamos aqui para dar apoio total ao Tribunal de Justiça de Pernambuco, por meio de todo o Sistema Folha de Pernambuco”.

Controle processual
Corregedor geral de Justiça ao longo do último biênio, Fernando Cerqueira afirmou que deve implementar o Sistema Eletrônico de Controle Processual vigente na Corregedoria para a análise de processos em andamento no segundo grau, ou segunda instância.

“É um projeto desenvolvido na própria Corregedoria e estamos levando para o tribunal, já que o segundo grau não tem esse controle processual ainda. O mesmo pessoal que desenvolveu na Corregedoria está trabalhando no segundo grau e espero que, ao final de fevereiro, possamos implantar. É um instrumento de gestão e fiscalização extremamente útil, importantíssimo”, disse o desembargador.

O novo presidente do TJPE frisou que do gabinete do corregedor-geral é possível observar o controle processual de todo o Estado, otimizando tempo e recursos do órgão. “Quando os juízes corregedores auxiliares saem de Recife, eles vão pontualmente ao problema, não se perde mais tempo com juiz corregedor tendo que viajar a semana toda pelo Estado”, explica. 

Saiba Mais:
03 de fevereiro de 2020
09h - Missa em ação de graças
Local: Igreja da Ordem Terceira de São Francisco. Rua do Imperador, S/N, Santo Antônio

15h - Sessão solene de posse
Local: Sala de Sessões Desembargador Antônio de Brito Alves. Palácio de Justiça de Pernambuco

Beneficiários terão um dia de lazer com banho de rio assistido em cadeiras anfíbias
Beneficiários terão um dia de lazer com banho de rio assistido em cadeiras anfíbiasFoto: Divulgação

Depois de realizar mais de 60 mil atendimentos em 2019, o PE Conduz, serviço executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude para transporte de pessoas com deficiência, realiza, neste sábado (18), a partir das 9h, uma rota de lazer com 15 pessoas. A atividade acontece na Reserva do Aparauá, no município de Goiana, por meio Projeto Praia sem Barreiras. A ação será coordenada pela Superintendência de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD).

No local, os usuários terão banho de rio assistido com toda segurança garantida através das cadeiras anfíbias e da equipe de monitores. “O PE Conduz tem como um dos principais objetivos promover a acessibilidade de pessoas com deficiência para necessidades essenciais, como os tratamentos que são realizados durante a semana. Através do Praia Sem Barreiras, o programa ganha outra dimensão, que é promover momentos de lazer para o segmento. Durante o mês de janeiro, voltado às férias, vamos promover edições a mais de rotas de lazer”, afirma o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes. ´

A Reserva Florestal Aparauá, onde será realizada a atividade, tem 40 hectares de Mata Atlântica (fauna e flora), seis nascentes de águas naturais e faz parte de um seleto grupo de áreas destinadas à preservação ambiental. No dia 25 será vez de levar os usuários à praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca. Os procedimentos para inscrição, que será prioritária para aqueles que nunca participaram da ação, serão divulgados posteriormente pela SDSCJ.

Serviço
Pauta: Rota de Lazer na Reserva do Aparauá
Data: 18 de janeiro de 2020
Hora: 9h
Local: Rodovia PE 49, Km 20, s/n, Goiana

No Révellion, Porto de Galinhas foi o 3º destino mais procurado do Brasil, com quase 100% de ocupação na rede hoteleira
No Révellion, Porto de Galinhas foi o 3º destino mais procurado do Brasil, com quase 100% de ocupação na rede hoteleiraFoto: Felipe Cadena

Mais de vinte mil turistas estiveram no balneário de Porto de Galinhas só neste último final de semana. Uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo em parceria com empresários do setor de todo Brasil revelou que o destino é o 9º mais procurado do país por turistas brasileiros e estrangeiros, neste verão de 2020. No Révellion, Porto de Galinhas foi o 3º mais procurado do Brasil, com quase 100% de ocupação na rede hoteleira. E para o Carnaval, 90% das reservas de hotéis já estão preenchidas e a previsão da Secretaria de Turismo do Ipojuca é que o número aumente nos próximos dias.

Pessoas de várias partes do Brasil, a maioria de São Paulo, Brasília e Minas Gerais, além de argentinos, chilenos e uruguaios têm tido a oportunidade de apreciar as belezas naturais e aproveitar tudo o que o balneário oferece. O mineiro Antônio Silveira, jornalista fotográfico, disse que ficou impressionado com a organização da visita aos corais. “Fiquei encantado com o cuidado de todos, durante o passeio aos corais de Porto de Galinhas. A organização e a segurança foram impecáveis”, comentou.

Para o secretário de Turismo do Ipojuca, Mário Pilar, esta temporada de verão está sendo muito importante para a rede hoteleira de Porto de Galinhas e para o próprio município. “Com o desastre ambiental das manchas de óleo, que atingiu boa parte do litoral brasileiro, a dúvida era como o nosso turismo seria afetado. E a boa notícia é que os turistas entenderam o nosso esforço na limpeza daquele episódio, não se afastaram e estão vindo curtir nossas praias de águas mornas e transparentes”, comemorou Mário Pilar.

A Prefeitura do Ipojuca, preocupada em dar maior assistência aos turistas e aos ipojucanos que frequentam, neste verão 2020, não só Porto de Galinhas, mas outras praias do litoral do Ipojuca como Muro Alto, Maracaípe e Serrambi entre outras, reforçou alguns serviços e alerta a população para alguns perigos. Como por exemplo: a importância do banhista respeitar as sinalizações de área proibida para banho e assim evitar afogamentos; bem como evitar o consumo de alimentos vendidos na praia que não estão bem acondicionados em recipientes. A Vigilância Sanitária tem realizado ações educativas na orla em parceria com a Secretaria municipal de Saúde durante todo o verão.

A Operação Verão, coordenada pela Secretaria de Defesa Social do município, dispõe de 50 guardas municipais para a cobertura nas áreas de Trânsito, Turismo e Meio Ambiente e conta com 60 salva vidas para cobrir toda a orla. É importante ressaltar que algumas vias de acesso às praias são rodovias estaduais (a exemplo da PE-09, que leva o turista aos resorts) portanto cabe aos órgãos de trânsito do estado realizar a fiscalização de estacionamentos irregulares e manutenção da via. Outro problema bastante comum nas praias do Brasil, neste período, é a cobrança indevida nas barracas de praias que condicionam o uso da cadeira ao consumo. A fiscalização, neste caso, é realizada pelos agentes do Procon do município que são parceiros da gestão municipal. Quem quiser denunciar a prática irregular deve ligar para (81) 3551-0345 ou (81) 99465-2808. Para outros assuntos, a Unidade do Turista funciona 24h e fica localizada ao lado da Delegacia de Porto de Galinhas, na Rua Esperança, 333.

Outras opções de lazer no balneário de Porto de Galinhas, para além do passeio de jangada das piscinas naturais e do pôr-do-sol no Pontal de Maracaípe:

Farol de Porto de Galinhas
Inaugurado no mês de dezembro, o Farol de Porto é uma grande oportunidade de ver a praia e as piscinas naturais de cima, em um mirante com 14 metros de altura, que fornece visão em 360 graus. Sabe aquelas imagens que a gente só consegue ter com drone? Agora quem está em Porto pode fazer com o próprio celular. O empreendimento privado, fica na Vila de Porto, dentro do restaurante Munganga Bistrô e a entrada custa R$15 inteira e R$7,50 meia. Funciona todos os dias das 11h às 18h.

Zoológico Pet Silvestre

Também recém-inaugurado, o Zoológico de animais silvestres é pioneiro no Brasil por seu caráter interativo. Os visitantes, além de conhecerem um pouco mais sobre as espécies, podem interagir com os animais. Que tal uma foto com uma coruja em pé no seu braço? Ou com uma jiboia sobre seus ombros? A novidade fica em Porto de Galinhas e funciona de terça a domingo das 9h às 16h. A entrada custa R$50 inteira e R$25 meia.

Nascimento de tartarugas
Para quem ama a natureza, presenciar o nascimento de tartarugas é uma das experiências mais incríveis que se pode ter. O EcoAssociados é uma ONG parceira da Prefeitura do Ipojuca, que realiza monitoramento e acompanhamento das tartarugas marinhas para fins de preservação. Sempre que elas fazem a desova, eles avisam pelo Instagram (@ecoassociados) o trecho da praia onde vai acontecer para que o público presencie. O “espetáculo” é gratuito.

Praia sem Barreiras
Porto de Galinhas já está entre os destinos mais acessíveis no país e recebe cerca de 2 mil pessoas com deficiência por ano. Este projeto, idealizado pelo presidente da Associação Rodas da Liberdade, Michel Peneveyre, oferece ao turista, que faz uso de cadeira de rodas ou que possui mobilidade reduzida, o acesso ao mar e a outros passeios de forma assistida, garantindo cidadania e inclusão. As atividades funcionam no período da maré baixa, em frente ao pórtico de Porto, na rua das piscinas naturais. Não precisa de agendamento e o calendário dos dias e horários pode ser visto pelo Instagram @rodas_da_liberdade.

Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigados
Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigadosFoto: Jonas Santos

O prefeito Miguel Coelho e o superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, assinaram, na noite desta quinta (16), uma ordem de serviço no valor de R$ 10 milhões que vai propiciar o asfaltamento de 37 ruas e avenidas dos bairros de Petrolina. O serviços começam neste mês e devem ser entregues até maio.

A solenidade ocorreu no bairro Santa Luzia, onde serão pavimentadas cinco vias. As obras beneficiarão ainda as comunidades da Vila Marcela, Jardim Guararapes, Antônio Cassimiro, Jardim Petrópolis, Quati II, Alto do Cocar, Vila Eulália, Vila Mocó, Jardim Imperial, Dom Avelar, Jardim São Paulo, Vila Débora, Loteamento Giovana, Vila dos Ingás e Cidade Universitária.

Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigados. Segundo o prefeito Miguel Coelho, o trabalho é mais um fruto da articulação política em Brasília e permitirá a Petrolina atingir uma marca superior a 400 vias pavimentadas em quatro anos, somando o que já foi feito por meio de recursos próprios e outros convênios. "No último dia do ano, essa parceria com a Codevasf foi celebrada e o dinheiro liberado. Esses recursos poderiam ter sido direcionados a outras cidades ou nem serem utilizados no orçamento deste ano. Isso só ocorreu por conta da força política do senador Fernando Bezerra, do deputado Fernando Filho e nossa equipe que fizeram um mutirão de esforços para mais uma vez transformar projetos em obras para Petrolina", revelou o prefeito no evento.


Confira a lista de ruas beneficiadas:

Alto do Cocar:
Ruas 24, do Pinho, Gercina Maia, José Inácio Ferreira e Lavanda

Antônio Cassimiro:
Ruas Mar Negro e Mar Vermelho

Cidade Universitária:
Rua Chateaubriand Pessoa Meira

Dom Avelar:
Rua da Oração

Jardim Guararapes:
Ruas 16 e 17

Jardim Imperial:
Rua do Samba

Jardim Petrópolis:
Rua Oscar Brasileiro de Souza

Jardim São Paulo:
Ruas 6, 7 e 8

Loteamento Giovana:
Rua José Jarede Carvalho

Quati II:
Avenida 5 e ruas Maria Luiza Cabral, 25, 26, 27 e 32

Santa Luzia:
Ruas do Barranqueiro, do Ecologista, do Flúor, do Fosfato e do Opala

Vila Débora:
Ruas Padre Manoel da Nóbrega e Tomás Antônio Gonzaga

Vila dos Ingás:
Rua 4

Vila Eulália:
Rua Santo André

Vila Marcela:
Ruas Edvan Mendes de Sá, Homero Freire de Oliveira, José Lopes Diniz e Saturno

Vila Mocó:
Primeira Avenida

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)
Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Adalberto de Oliveira Melo, inaugura quatro novos prédios e unidades do Poder Judiciário do Estado, entre os dias 20 e 24 de janeiro. As instalações ficam no Cabo de Santo Agostinho, no Recife e em Pombos.

O primeiro prédio a ser inaugurado é o anexo ao Fórum do Cabo de Santo Agostinho, na segunda-feira (20), às 10h. O edifício fica na Rua 163, 001, em Garapu. Na terça (21), também às 10h, a unidade a ser inaugurada é a Câmara Privada de Conciliação e Mediação da Universidade de Pernambuco (UPE), localizada na avenida Sport Club do Recife, 252, bairro da Madalena, no Recife.

Na quarta-feira (22), às 15h, será a abertura do novo Arquivo do Cartório de Recursos para Tribunais Superiores (Cartris). O prédio fica localizado na rua Francisco Silveira, 131, galpão B.8.1, bairro de Afogados, no Recife.

Por fim, na sexta-feira (24), às 10h, o novo Fórum da Comarca de Pombos, sexto entregue pela atual gestão, será inaugurado. O prédio está localizado na Rua I, no Loteamento Capitão Manoel Gomes de Assunção, no Centro da cidade.

Ao final dos dois anos de gestão, em 3 de fevereiro, o desembargador-presidente Adalberto de Oliveira Melo terá inaugurado seis fóruns; cinco Câmaras Privadas de Conciliação; e 13 Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs), mais que dobrando a capacidade de atendimento em conciliação, com 23 unidades em funcionamento em todo o estado.

A casa do mel foi construída pela Codevasf através de emenda parlamentar de R$ 250 mil
A casa do mel foi construída pela Codevasf através de emenda parlamentar de R$ 250 milFoto: Divulgação

Cerca de 70 produtores da região ribeirinha de Petrolina agora contam com um centro estruturado para produção de mel. O equipamento foi inaugurado, nesta quarta-feira (15), no Sítio Mandacaru. A casa do mel foi construída pela Codevasf através de emenda parlamentar de R$ 250 mil direcionada pelo deputado federal Fernando Filho.

O novo centro de apicultura terá capacidade de produção de 50 toneladas de mel por ano. A estrutura conta com diversos equipamentos como balança, centrífuga, decantadores entre outras máquinas que melhoram a qualidade do produto e agiliza todo o processo de fabricação. Antes da construção do equipamento, os produtores operavam de forma 100% artesanal, limitando o trabalho dos apicultores.

A mudança no patamar de produção de mel e a possibilidade de mais renda para os produtores foram apontadas pelo deputado Fernando Filho como uma esperança para a qualidade de vida dos criadores de abelha. "Hoje, essa casa tem recebido algo em torno de 200 colmeias, mas a capacidade pode ser até de mil. É uma estrutura, portanto, que vai garantir muito mais oportunidade e renda aos trabalhadores", disse o deputado no ato de inauguração.

A Associação dos Criadores de Abelha de Petrolina (Acape) ficará responsável pela administração do espaço. Em nome dos produtores, o presidente da entidade, Gilvan Pereira, destacou a importância da casa do mel para aumentar a produção dos associados. "A gente pediu apenas ao deputado uma carroça para ajudar no transporte do mel, mas ele foi além disso. Prometeu uma casa de mel e hoje estamos contentes comemorando a chegada desse sonho ao Mandacaru", lembrou Gilvan.

Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa participou do evento
Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa participou do eventoFoto: Divulgação

A Prefeitura de Ribeirão realizou, na noite desta quinta-feira (16), o sorteio de 200 moradias populares para famílias inscritas no programa Minha Casa, Minha Vida. A ação na cidade foi o único projeto aprovado pelo programa na Mata Sul de Pernambuco.

Até a etapa do sorteio, a Prefeitura cadastrou as famílias e encaminhou as documentações para a Caixa Econômica Federal. A Caixa, por sua vez, efetuou a triagem para definir quais famílias se encaixam nos parâmetros do programa.

As residências vão ficar no bairro da Vila Rica. O investimento total é de R$ 12 milhões. Os habitacionais vão contar com áreas de lazer e praças, além de placas de energia solar para o aquecimento dos chuveiros.

"Estou feliz em realizar esse sonho para o povo de Ribeirão. Este projeto contou com uma grande mobilização para sair do papel. Estamos garantindo moradia digna para o povo. E muito mais está por vir. Vamos reabrir o hospital da cidade, reformar o ginásio, construir as sedes do Corpo de Bombeiros e do Samu", pontuou o Prefeito Marcello Maranhão.

Presente ao evento, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, e deputado estadual licenciado, Aluísio Lessa, destacou a importância de se investir em moradias populares e o trabalho do Prefeito. "Garantir moradia é um dos mais valiosos gestos de cidadania. Sei o quanto este projeto é importante e o trabalho de Marcello para esta realização", afirmou.

Lessa também destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município."O Governador Paulo Câmara apoia a iniciativa e o Governo de Pernambuco tem sido parceiro da Prefeitura de Ribeirão, com a reabertura do hospital da cidade e a construção da sede do Corpo de Bombeiros e do Samu. Enquanto isso a oposição coloca gosto ruim em todas essas realizações. Pode chorar, pois não há nada mais importante do que a alegria do povo", concluiu.

Lessa destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município

Lessa destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município - Crédito: Divulgação

Deputada estadual Gleide Ângelo
Deputada estadual Gleide ÂngeloFoto: Roberto Pereira

O objetivo do Projeto Gleide Ângelo COM Elas é fortalecer as mulheres (vítimas ou não de violência) com histórias de superação de outras mulheres, com orientação de profissionais e, se for necessário, com o encaminhamento à Rede de Enfrentamento à Violência.

A equipe da deputada pretende percorrer diversas comunidades do Estado conversar e gravar com mulheres que têm histórias de superação. Na pauta, também devem ser entrevistadas mulheres profissionais de diversas áreas, como Psicólogas, Assistentes Sociais, Empreendedoras, Advogadas, Médicas, Juízas, Defensoras Públicas, Educadoras, influenciadoras, policiais, etc.

Uma das convidadas a participar do projeto é a professora Regina Celia, vice-presidente do Instituto Maria da Penha.

As interessadas em participar dos projetos serão informadas através das redes sociais em quais comunidades, dias e horários que acontecerão as gravações. A mulher que tiver uma história de superação e quiser compartilhar sua história com outras mulheres poderá voluntariamente pedir para participar do projeto.

Após as gravações, os vídeos serão publicados em diversas plataformas digitais.

Veja o vídeo:


Com processo digital é preservado o equivalente a 70 árvores
Com processo digital é preservado o equivalente a 70 árvoresFoto: Divulgação

Além de dar mais transparência, segurança e celeridade aos trâmites internos, a migração do processo físico para o digital tem ajudado a preservar o meio ambiente e a economizar recursos públicos, no Complexo Industrial Portuário de Suape.

Em apenas cinco meses (entre agosto e dezembro passado), a empresa deixou de utilizar 1.040 resmas de papel, com a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Considerando que com uma árvore de eucalipto se produz uma média de 15 resmas, o volume é equivalente a 70 árvores que deixaram de ser retiradas da natureza.

“Suape vem adotando uma série de ferramentas de gestão que tornam nosso serviço mais produtivo, mais transparente, mais ágil e seguro e ainda otimizam os recursos públicos. O SEI é uma delas. E ele não ajuda a economizar apenas papel, mas também material de escritório, serviço de postagem, logística e transporte de documentos”, afirma o diretor de Administração e Finanças da empresa, Dilermano Brito. “Em 2018, 2.700 resmas de papel foram utilizadas em Suape, então houve uma redução de quase 40% em 2019”.

Como é um sistema 100% virtual, no SEI os processos são criados, editados e finalizados eletronicamente, podendo ser acessados remotamente por vários navegadores e por qualquer órgão/empresa cadastrados. O SEI foi implantado sob coordenação da Secretaria de Administração (SAD) e gestão técnica da Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI), tendo sido criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região e selecionado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão como plataforma oficial do Processo Eletrônico Nacional (PEN).

Antes do SEI, Suape utilizava o Sistema Integrado de Gestão Pública do Governo de Pernambuco (Sigepe), que tinha como função cadastrar os documentos internos, mas mantinha a necessidade de impressão dos arquivos. Dos 13,5 mil hectares do Complexo, cerca de 59% são de área preservada.

assuntos

comece o dia bem informado: