Foram encontrados 336 resultados para "Janeiro 2017":

Na coluna eletrônica "No Cafezinho" desta sexta-feira (27), a colunista política Renata Bezerra de Melo, o subeditor de Política da Folha de Pernambuco, Daniel Leite, e o editor deste Blog, Márcio Didier, conversam sobre os próximos passos da Operação Lava Jato, após a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Também entra no debate a cirurgia da ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e a volta dos Legislativos, além do aniversário de Renata Bezerra! Confira:

 

Silvio Costa afirmou que Marisa Letícia era primeira-dama com "com cheiro de povo"
Silvio Costa afirmou que Marisa Letícia era primeira-dama com "com cheiro de povo"Foto: Paullo Allmeida/arquivo folha

O deputado federal Silvio Costa (PTdoB) fez duras criticas ao também deputado Danilo Cabral (PSB). Em artigo divulgado nesta sexta-feira (27), o parlamentar defendeu o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e disse que o socialista procura o caminho da política menor, “da política rasteira”.

“Danilo sabe que antes de se eleger senador, em 2010, Armando Monteiro já liderava em Pernambuco um grupo político com deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e vereadores”, afirmou Costa.

Leia também:
Danilo sai em defesa de Paulo Câmara e do Pacto Pela Vida

O deputado do PTdoB ainda disse que Danilo Cabral utiliza das práticas da “velha política”.

“Ninguém dá mandato a ninguém. Isso é um profundo desrespeito ao povo de Pernambuco, Estado da liberdade e berço da democracia. Armando foi convidado por Eduardo Campos, em 2010, porque Eduardo, que era um animal político muito talentoso - diferente de Danilo -, sabia da importância política e eleitoral do senador Armando Monteiro”, relatou.

Pacto Pela Vida

O deputado Silvio Costa ainda criticou o Pacto Pela Vida. Segundo ele, o programa “morreu por omissão do atual Governo.

“A maior prova disso foi o aumento de 44% no número de homicídios em Pernambuco. Eles sempre tentam colocar a culpa na crise nacional, o que não é verdade, porque em estados menores como Alagoas e Ceará, por uma ação competente dos governadores, os índices de violência diminuíram”, frisou Costa.

“Na verdade, Danilo Cabral deve ter sido o autor do polêmico slogan do seu pupilo Paulo Câmara. Aproveito a oportunidade para sugerir um novo slogan para este governo: “A ausência que faz a diferença”, concluiu.

O Cabo de Santo Agostinho divulgou a tabela de pagamento para o ano todo
O Cabo de Santo Agostinho divulgou a tabela de pagamento para o ano todoFoto: Divulgação

Os prefeitos de Olinda, Professor Lupércio (SD), e do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB), anunciaram, nesta sexta-feira (27), o calendário anual de pagamento dos servidores de cada município de 2017.

Em Olinda, são cerca de sete mil servidores ativos, aposentados e pensionistas. Os primeiros a receber os vencimentos, já nesta sexta, são os aposentados, pensionistas e viúvas. Na segunda-feira (30), ocorre a liberação dos proventos do pessoal das secretarias de Educação, Serviços Públicos e da Fazenda e da Administração.

Já os trabalhadores lotados na Saúde e demais secretarias receberão na terça-feira (31), e os temporários no quinto dia útil de cada mês.

No Cabo, os pagamentos do mês de janeiro foram iniciados nesta sexta, com os servidores da Educação. Na terça-feira (31), receberão os servidores das demais secretarias. Com o pagamento da folha, cerca de R$ 15 milhões serão injetados na economia local.

Olinda:

Aposentados/Pensionistas/Viúvas recebem no dia 24/02; 29/03, 26/04; 29/05; 28/06; 27/07; 29/08; 27/09; 27/10; 28/11. O décimo terceiro será pago no dia 13/12 e o salário de dezembro no dia 27.

Já servidores da Educação, de Serviços Públicos, Fazenda e Administração recebem no dia 27/02; 30/03; 27/04; 30/05; 29/06; 28/07; 30/08; 28/09; 30/10; 29/11. O décimo terceiro será pago no dia 14/12 e o salário de dezembro será pago no dia 28.

Saúde e demais secretarias recebem no dia 28/02; 31/03; 28/04; 31/05; 30/06; 31/07; 31/08; 29/09; 31/10; 30/11. O décimo terceiro salário será pago no dia 15/12 e o salário de dezembro no dia 29.

Os temporários recebem no quinto dia útil de cada mês. 

A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) será empossada na próxima quarta-feira (1º), em sessão solene, marcada para às 15h, na Casa Joaquim Nabuco. O ato também marcará o início das atividades parlamentares do segundo biênio da atual legislatura Alepe.

A sessão solene terá, ainda, a leitura de mensagem do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e discursos dos deputados Isaltino Nascimento e Silvio Costa Filho, líderes do Governo e oposição.

Foram eleitos para compor a Mesa no próximo biênio: o atual presidente, Guilherme Uchoa (PDT); Cleiton Collins (PP), 1º vice-presidente; Romário Dias (PSD), 2º vice-presidente; Diogo Moraes (PSB), 1º secretário; Vinícius Labanca (PSB), 2º secretário; Júlio Cavalcanti (PTB), 3º secretário; Eriberto Medeiros (PTC), 4º secretário; Augusto César (PTB), 1º suplente; Socorro Pimentel (PSL), 2º suplente; Henrique Queiroz (PP), 3º suplente; e André Ferreira (PSC), 4º suplente.

Por meio de uma Medida Cautelar expedida monocraticamente pela conselheira Teresa Duere, o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) fez uma série de recomendações à Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco (Seres), que é vinculada à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, referentes a três contratos para obras de construção de sete cadeias públicas masculinas e femininas no município de Araçoiaba, no Grande Recife. A medida foi tomada no momento em que o País enfrenta crises no sistema penitenciário em diversos Estados. O valor das intervenções é de R$ 113.144.261,78.

Iniciadas em junho de 2014, as obras deveriam ter sido entregues em junho de 2015, mas sofreram uma interrupção de 11 meses. De acordo com informações do TCE, mesmo considerando a prorrogação do prazo por mais 462 dias a contar de maio do ano passado, até o momento, menos de 3% dos serviços foram executados.
Relatório feito pela equipe técnica do Núcleo de Engenharia do Tribunal (NEG) aponta que os projetos básicos de construção das cadeias sofreram várias intervenções contratuais, acima dos limites previstos em lei.

Por meio de Termos Aditivos, foram incluídos novos serviços, majoradas quantidades de serviços já existentes e também excluídos vários outros serviços, sendo os três contratos alterados, em média, em aproximadamente 90%. Segundo o TCE, as mudanças resultaram num acréscimo de R$ 7 milhões no valor total da contratação, que passou de R$ 113.144.261,78 para R$120.390.982,03.

Após análises, os auditores do TCE concluíram que não há, nas explicações da SERES, fundamentação técnica suficiente para justificar a mudança no projeto de fundação das cadeias, e portanto, consideraram irregular e antieconômica a formalização dos Termos Aditivos aos contratos, com risco de prejuízo aos cofres públicos. Por esses motivos, no relatório entregue à conselheira relatora, a equipe sugeriu que os efeitos técnicos e financeiros decorrentes dos termos aditivos fossem subtraídos dos contratos, restabelecendo as condições inicialmente pactuadas.

Teresa Duere acatou as sugestões da área técnica e determinou que os contratos sejam retomados, sem as alterações previstas no projeto, em vista da necessidade de se preservar os interesses públicos e o erário estadual, e evitar prejuízos ao sistema prisional em Pernambuco.

"É importante ressaltar que esta Cautelar em nada prejudica o andamento da construção das cadeias públicas de Araçoiaba", disse Teresa Duere. Isso se dá "pois o projeto de fundação anterior, já aprovado pelo Departamento Penitenciário Nacional, pode, sem qualquer entrave, ser executado como previsto nos contratos", segundo a conselheira.

Parceria foi anunciada ontem, após reunião com o prefeito
Parceria foi anunciada ontem, após reunião com o prefeitoFoto: Léo Rafa/Prefeitura do Jaboatão

Prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR) recebeu, nessa quinta-feira (26), em seu gabinete, representantes da empresa de tecnologia Neobpo (antiga Tivit), para firmar novas parcerias no setor. Após o encontro, o gestor anunciou que a empresa vai implantar laboratórios de informática, cada um com 25 equipamentos, e construir refeitórios em três escolas da rede municipal de ensino.

“Assumimos o compromisso de investir no social e usar a tecnologia em favor da população. A parceria que estamos firmando com a Neobpo casa com o nosso projeto de gestão. Hoje, para melhorar a qualidade do ensino, precisamos de investimentos tecnológicos, e é isso que faremos em nossas escolas. Essa parceria, além de visar a qualificação, configura-se como o primeiro passo para entregamos aos estudantes do Jaboatão a qualidade de ensino que eles merecem”, ressaltou Ferreira.

O diretor de RH da Neobpo, Thiago Lopes, ressaltou que a parceria com a Prefeitura vem para desenvolver e capacitar a mão de obra futura. “É uma qualificação para posterior inserção no mercado de trabalho. Temos um desafio forte para os próximos anos, de qualificação técnica para os nossos recursos. A empresa está em franca expansão e a parceria com uma Prefeitura superimportante, como a do Jaboatão, é fundamental para o nosso plano de desenvolvimento. Percebemos que, com a nova gestão no município, teremos uma maior velocidade nisso”, disse.

Com atuação em todo o Brasil, a Neobpo está consolidada no setor de tecnologia. Sua maior unidade de call center encontra-se em Jaboatão, com cinco mil trabalhadores e com funcionamento de 24 horas. Ao todo, são 12 unidades no País, com um total de 20 mil colaboradores.

Nota da Prefeitura do Cabo
Nota da Prefeitura do CaboFoto: Divulgação

Após apresentar um diagnóstico da situação financeira do Cabo de Santo Agostinho e afirmar que herdou dívidas de R$ 59,8 milhões, o prefeito Lula Cabral (PSB) decidiu não realizar os festejos de Carnaval na cidade. Na nota oficial, a Prefeitura argumenta que "diante de tamanha dificuldade em que passa o município, não seria sensato gastar com as festividades de Momo".

No último dia 19, Lula Cabral chegou a afirmar que declarava estado de calamidade pública em algumas áreas do município. "Estamos declarando estado de calamidade pública nas áreas de Educação, Saúde, Defesa Social, Assistência Social, Meio Ambiente e Planejamento. Em 19 dias à frente da Prefeitura observamos que a realidade deixada pela gestão anterior não corresponde a propaganda", afirmou Lula Cabral, em coletiva de imprensa.

Leia também:
Lula Cabral expõe dívida e problemas na área da saúde

Corpo de Zé Inácio é velado na Assembleia Legislativa
Corpo de Zé Inácio é velado na Assembleia LegislativaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus José Inácio faleceu na noite dessa quinta-feira (26), no Hospital Memorial São José, no Recife. O político de 87 anos, que é tio do ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), estava internado há dois meses na unidade.

O corpo de Zé Inácio, como era mais conhecido, está sendo velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). No início da tarde, segue para Brejo da Madre de Deus, onde será velado na sede da Prefeitura, com sepultamento previsto para às 10h deste sábado (28).

Bruno Araújo suspendeu a viagem para inauguração de obras no interior de São Paulo, com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e chega ao Recife por volta das 13h, para acompanhar o velório do tio e prestar suas últimas homenagens.

Além de prefeito de Brejo da Madre de Deus por três mandatos, Zé Inácio foi vereador da cidade e deputado estadual. Também foi secretário de Agricultura de Pernambuco, presidente do IPA e ministro especial de Assuntos do Nordeste do governo do presidente João Figueiredo.

Ele deixa a viúva Maria Luiza e quatro filhos, Teti, Catharina, Carol e Inacinho, esse último já falecido.

Por maioria simples de votos, com a presença da maioria absoluta dos senadores - 41 -, o Senado elege, na próxima quarta-feira (1º), seu novo presidente. A eleição ocorre em reunião preparatória, agendada para as 16h, no Plenário da Casa. O ato será comandado pelo atual presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Os postulantes podem se apresentar previamente ou apenas no momento da sessão. As candidaturas podem ser formalizadas por ofício encaminhado à Mesa antes da sessão, manifestação oral antes da votação, indicação da bancada ou de forma avulsa, por um senador independente.

Em caso de candidatura única, a votação, secreta, se dá no painel eletrônico. Com mais de um candidato há duas opções para a disputa: utilizar a urna eletrônica, como ocorre nas comissões, ou cédulas de papel, com os nomes dos postulantes à vaga.

Neste último caso, cada senador recebe uma cédula de votação, rubricada pelo presidente, marca seu escolhido e deposita a cédula na urna.

Para que a eleição seja iniciada, é preciso que 41 senadores estejam presentes em Plenário. Ao longo do processo, não há possibilidade de discursos ou apartes, a não ser para intervenções relacionadas ao assunto ou para que os próprios candidatos defendam suas candidaturas. Com informações da Agência Senado.

Anúncio foi feito nesta quinta-feira (26) pelo prefeito Miguel Coelho
Anúncio foi feito nesta quinta-feira (26) pelo prefeito Miguel CoelhoFoto: Ivaldo Reges?/Divulgação

O prefeito Miguel Coelho anunciou nesta quinta-feira (26) a gratuidade no acesso às unidades do Nova Semente, além de fortalecer os CMEI's (Centros de Educação Infantil). O gestor ainda divulgou a expansão do atendimento ao público, que passou, segundo o censo do MEC, de aproximadamente 14 mil para mais de 17 mil vagas nas unidades do Nova Semente e do CMEI.

Por determinação do prefeito foi proibido o pagamento de qualquer taxa para acesso aos programas de educação infantil. Assim, ficam extintas as mensalidades, anuidade, além de realização de rifas e feijoadas para arrecadação de verba para as creches públicas.

"Estamos priorizando o acesso das crianças ao programa. A educação infantil precisa ser garantida para todos, sem cobrança de taxas e é isso que estamos fazendo com um grande esforço", detalhou o prefeito.

Para garantir a gratuidade, a Secretaria de Educação vai realocar parte do atendimento para unidades dos CMEI, que estavam subutilizadas.

"Vamos acelerar o processo de reformulação da educação infantil e de realocação para que toda a rede esteja funcionando no dia 20 de fevereiro, conforme foi estabelecido no calendário aprovado no ano passado", explicou a Secretária de Educação Maéve Melo.

Dívidas

Além de anunciar o novo formato do programa, Miguel Coelho falou das dificuldades para manter não apenas o Nova Semente como toda a educação municipal funcionando. Entre as dívidas herdadas, segundo ele, a Prefeitura terá que renegociar cerca de R$ 5 milhões junto ao Petrape, órgão responsável por administrar as unidades do Nova Semente.

Também existem pendências financeiras relativas à merenda, transporte escolar, previdência, telefone, água e luz e outros contratos em atrasos na Secretaria de Educação, superando a ordem de R$ 13 milhões.

"No geral, já identificamos uma dívida superior a R$ 200 milhões na Prefeitura e ainda não terminamos de levantar os dados, pois todo dia aparece um novo credor. Na Educação, a situação seria crítica caso não tivéssemos remodelado os programas de educação infantil. Conseguimos tornar gratuito o Nova Semente e vamos usar estruturas do CMEI que já existem. Dessa forma, atenderemos mais crianças sem prejudicar o restante da rede municipal de ensino", resumiu o prefeito.

Miguel Coelho ainda informou que vai anunciar um plano de contingenciamento em todos os setores da Prefeitura para garantir o pagamento das dívidas herdadas e manter o funcionamento dos serviços.

"Não será um ano fácil. Assumimos a Prefeitura em condições precárias e um volume de restos a pagar gigantesco. Mas agora não adianta lamentar, temos que reduzir os custos, renegociar junto aos credores e reequilibrar a máquina pública."

assuntos

comece o dia bem informado: