Foram encontrados 260 resultados para "Janeiro 2019":

Mendonça Filho conversou com o o diretor de Infraestrutura do DNIT, Euclides Bandeira
Mendonça Filho conversou com o o diretor de Infraestrutura do DNIT, Euclides BandeiraFoto: Divulgação

O deputado federal Mendonça Filho (DEM) sugeriu a triplicação triplicação da BR-232 no acesso ao Recife, além de melhorias no seu estado de conservação. A triplicação do acesso da Chesf até a entrada da BR-408 vai garantir a fluidez importante. É uma demanda antiga. Quem vai para o interior, para São Lourenço, para a Arena, quem vem para Recife, acaba enfrentando muita dificuldade”, explicou Mendonça, depois de encontro com o diretor de Infraestrutura do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Euclides Bandeira, nesta terça-feira(29).

Mendonça esteve há duas semanas com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes para tratar de projetos relacionados a Pernambuco, entre eles a recuperação da 232.

Ainda no DNIT, Mendonça Filho reforçou o projeto de duplicação da BR até Cruzeiro do Nordeste. “Venho acompanhando o desdobramento dessa iniciativa. Já havia conversado anteriormente com o ministro e estou acompanhando para que possamos resolver essa demanda importante”, declarou.

Na última reunião, Mendonça também tratou sobre a autonomia plena de Suape e a licitação para a construção do segundo terminal de contêineres; a licitação do Aeroporto dos Guararapes Gilberto Freyre garantindo que Pernambuco seja centro de logística e a retomada da transposição do São Francisco.

Merenda escolar de Garanhuns receberá produtos da agricultura familiar
Merenda escolar de Garanhuns receberá produtos da agricultura familiarFoto: Divulgação

Visando atender ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e melhorar a qualidade da merenda, o Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Educação, lançou chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar.

Os projetos de venda habilitados serão divididos em grupo de projetos de fornecedores locaisterritório rural, do Estado, e do País, avaliados por uma comissão da Secretaria de Educação. Os interessados deverão se apresentar com a documentação para habilitação e projeto de venda no dia 13 de fevereiro de 2019, às 10h, na Secretaria de Educação, localizada na Rua Siqueira Campos, nº 75, bairro Santo Antônio.

O edital da chamada pública está disponível no site da Prefeitura de Garanhuns: http://garanhuns.pe.gov.br/.

Câmara dos Vereadores do Recife
Câmara dos Vereadores do RecifeFoto: Reprodução

Com o fim do recesso parlamentar, os trabalhos legislativos da Câmara Municipal do Recife serão retomados nesta sexta-feira, 1º de fevereiro. A reabertura ocorrerá numa reunião solene, às 10h, com a presença do prefeito Geraldo Julio (PSB). A volta significa, na prática, o reinício dos trabalhos no plenário, das comissões permanentes, audiências e reuniões públicas, pois durante o mês de janeiro ocorrem apenas as atividades administrativas da Casa.

O prefeito comparecerá à solenidade em cumprimento ao artigo 54, inciso VII, da Lei Orgânica, que determina a ele remeter mensagem e plano de governo à Câmara do Recife por ocasião da abertura da sessão legislativa. Na reunião solene, o presidente da Câmara, vereador Eduardo Marques (PSB) dará posse a quatro novos vereadores que assumem as vagas deixadas por parlamentares que foram eleitos para outras esferas do poder.

Serão empossados os vereadores João da Costa (PT) assumirá a vaga deixada por Marília Arraes, eleita deputada federal. Os outros três parlamentares que deixam a Casa assumem como deputados estaduais. Por isso, Goretti Queiroz (PSC) ocupará a cadeira de Wanderson Florêncio; Samuel Salazar (PRTB) assumirá no lugar de Marco Aurélio Medeiros; Wilton Brito (PP), a vaga deixada por Romero Albuquerque.

Leia também:
[Giro de Notícias] Confira os destaques desta terça-feira
Juntas quebram protocolo e realizam 'posse popular'
Governador apresenta secretariado na 1ª Assembleia da Amupe

A Câmara Municipal do Recife ingressa na terceira sessão legislativa, que significa o terceiro ano de mandato iniciado em 2017. O Legislativo Municipal tem uma nova Comissão Executiva, que tomou posse no dia dois de janeiro. Nessa Comissão, o atual presidente (Eduardo Marques) se manteve no cargo, assim como o primeiro vice-presidente (Carlos Gueiros, do PSB). A segunda vice ficou com o vereador Chico Kiko (PP) e a terceira com o vereador Fred Ferreira (PSC).

O primeiro secretário é o vereador Romerinho Jatobá (PROS); o segundo, o vereador Hélio Guabiraba (PRTB) e o terceiro, o vereador Rinaldo Júnior (PRB). Os suplentes de secretários são os vereadores Marcos di Bria (PSDC) e Amaro Cipriano Maguari (PSB). Paulo Rogério disse que o retorno está previsto no artigo 12 da Lei Orgânica, a qual determina que os trabalhos vão de primeiro de fevereiro a cinco de julho e de primeiro de agosto a 22 de dezembro. 

Apesar do recesso parlamentar, todos os serviços e departamentos da Câmara Municipal Recife funcionaram normalmente, inclusive com atendimento ao público e para recebimento de proposições dos vereadores (projetos de lei, resoluções, entre outros).

Bruno Ribeiro, presidente estadual do PT.
Bruno Ribeiro, presidente estadual do PT.Foto: Brenda Alcântara / Folha de Pernambuco

Em entrevista à Rádio Folha FM (96,7), nesta terça (29), o presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro comentou sobre as críticas feitas pela deputada federal eleita Marília Arraes em relação à indicação de Dilson Peixoto como nome do PT na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, no governo Paulo Câmara.

Marília, uma das principais críticas à aliança entre PT e PSB nas últimas eleições - decisiva para a retirada de seu nome da corrida ao Palácio do Campo das Princesas -reclamou da falta de debate interno para a indicação de Dilson como nome do PT no governo. "Não é questão de ser contra ou não. Eu sou contra qualquer discussão tomada arbitrariamente, principalmente num partido que sempre teve como marca a democracia interna", disse a parlamentar em entrevista ao Cafezinho.

Leia também:
Marília vê decisão "antidemocrática" do PT
[Giro de Notícias] Confira os destaques desta terça-feira


Segundo ela, a composição do governo, do espaço por parte do PT foi tomada de maneira "antidemocrática". A respeito dessas declarações, Bruno Ribeiro procurou apontar para o pluralismo de opiniões dentro da legenda e negou ter havido qualquer imposição. "Foi garantido o espaço de quem concordava com aliança. A escolha recaiu sobre um companheiro que tem uma história importante no PT. O Partido tem a marca da diversidade, da pluralidade e do convívio de opiniões, que às vezes são consensuais e outras diferentes. O PT não tem dono e nem censura", afirmou.

Para Bruno, "há uma questão maior, que é a articulação das forças de centro esquerda para fazer a defesa das ameaças aos direitos dos trabalhadores, às privatizações anunciadas numa velocidade inaceitável", alertou. Ribeiro disse que já estão em curso discussões dentro das instâncias da legenda, a exemplo de uma reunião do diretório que já está sendo agendada, num "esforço comum para o convívio de posições que são respeitáveis". "Houve realmente essa manifestação de desconforto de quem, não concordando, quer o debate. E eu garanto que vai haver esse debate", antecipou.

"Os que não querem participar [do governo] têm seus motivos e os que querem também. esse debate vai ser incorporado progressivamente no partido", ponderou Bruno. "Não é justo querer compreender o PT a partir de cargos. nao e isso que motiva nem os que tem uma posição crítica quanto os que defendem", pontuou.

As “Juntas” realizarão programação de "posse popular"
As “Juntas” realizarão programação de "posse popular"Foto: Divulgação

O primeiro mandato coletivo composto apenas por mulheres na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), as Juntas, também promete inovar na liturgia para tomar posse do cargo. Antes da cerimônia oficial, na próxima sexta (1º), no Plenário da Alepe, agendada para as 15h, elas realizarão uma programação simbólica de atividades batizada de "posse popular", que começa às 13h com a concentração do ‘Arrastão das Juntas’ na frente do Shopping Boa Vista. A saída está prevista para às 14h30 em direção à nova sede da Alepe, no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar, localizado na Rua da União, centro do Recife.

Em frente ao edifício da Alepe haverá um telão para acompanhar a cerimônia. Para encerrar a programação, às 16h, o mandato articulou a participação do Som na Rural, que receberá shows de artistas populares de Pernambuco.

Juntas - Autodenominadas como "mandata feminista, coletiva e popular" – elas tomam posse na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Eleitas pelo Psol com 39.175 votos, as juntas são compostas por cinco mulheres diversas, a advogada trans Robeyoncé Lima, a jornalista Carol Vergolino, a estudante de letras Joelma Carla, a ambulante Jô Cavalcanti, que é o nome oficial com o qual foi registrado o mandato, e a professora Kátia Cunha, o grupo toma possa às 15h, em cerimônia na própria Assembleia, ao lado das demais deputadas e deputados eleitos.

Programação da Posse Popular das Juntas:

13h – Concentração shopping Boa Vista
14h30 – Saída do arrastão popular
15h – Cerimônia de Posse / Eleição da Mesa Diretora (telão)
16h – Som da Rural e artistas da terra

Mais informações:
https://www.juntascodeputadas.com.br

A Amupe fará a sua primeira Assembleia de 2019 no próximo dia 05 de fevereiro, a partir das 9h, na sede da Instituição.
A Amupe fará a sua primeira Assembleia de 2019 no próximo dia 05 de fevereiro, a partir das 9h, na sede da Instituição.Foto: Divulgação

A Amupe fará a sua primeira Assembleia de 2019 no próximo dia 05 de fevereiro, a partir das 9h, na sede da Instituição, Avenida Recife-6205. O Governador Paulo Câmara foi convidado para apresentar seu novo secretariado aos. Na oportunidade, Paulo vai falar sobre as medidas planejadas para os municípios em seu segundo mandato. O encontro terá a presença do presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, que abordará as prioridades da pauta municipalista em negociação com o Governo Federal.

Consta na programação a eleição com chapa única, para o biênio 2019/2021, encabeçada pelo prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, atual presidente da Amupe, a prefeita de Surubim Ana Célia Farias, na vice-presidência e João Batista, tesoureiro, para mais um mandato. A Assembleia conta, ainda, com a palestra de Francis Lacerda do IPA, sobre a repercussão das mudanças climáticas e a seca no nosso Estado.

Leia também:
[Giro de Notícias] Confira os destaques desta terça-feira
Disputa pela Mesa Diretora na Alepe rumo ao consenso

Homenagem - A Amupe prestará um tributo ao professor e Dr. Fernando Figueira, fundador do IMIP, que se vivo fosse completaria 100 anos no dia 04 de fevereiro. Na sua trajetória de vida, Figueira deixou como herança um dos maiores legados da medicina brasileira e uma lição de vida dedicada aos mais pobres, aos princípios da solidariedade, fraternidade e respeito ao ser humano, assim como uma imensa dedicação ao ensino e à produção científica.

Luciano Siqueira
Luciano SiqueiraFoto: Reprodução/Facebook

Desde a roda, que facilitou a locomoção dos humanos às modernas tecnologias, o lógico e sensato seria a redução da jornada de trabalho físico e um tempo maior para o lazer e as coisas do espírito.

Refletindo sobre a realidade na qual está inserido e sobre o trabalho cotidiano o Homem alcançaria uma práxis libertadora, em favor de relações sociais harmônicas.

Mas não é o que acontece.

Os meios de produção têm dono, que mantém e reproduz o capital necessário para seguir proprietário e contratar a força de trabalho – seus empregados – necessária à produção de bens e serviços.

Quem tem quer mais. É a lógica do sistema que visa o lucro máximo.

De tal modo que as transformações atuais do mundo do trabalho, que possibilitam a produção de mais e melhores mercadorias em tempo mais reduzido, ao invés de libertar os que trabalham, os marginalizam.

Um estudo do Laboratório de Aprendizado de Máquina em Finanças e Organizações da UnB (Universidade de Brasília), que se deteve sobre as 2.602 ocupações brasileiras, referente a trabalhadores com carteira assinada ao final de 2017, revela que um robô ou um programa de computador põem sob ameaça 54% dos empregos formais no país.

O estudo estabeleceu uma gradação em percentuais, para aferir o nível das ameaças. Assim, 25 milhões de trabalhadores (57,37%) ocupavam vagas com probabilidade muito alta (acima de 80%) ou alta (de 60% a 80%) de automação - incluindo engenheiros químicos (96%), carregadores de armazém (77%) e árbitros de vôlei (71%), por exemplo.

Participaram da avaliação sobre a probabilidade de automação (num período de dez anos) acadêmicos e profissionais de aprendizado de máquina. É um setor da inteligência artificial em que computadores descobrem soluções por conta própria depois de analisar decisões antecipadamente tomadas.
Técnicas apropriadas foram usadas na descrição das ocupações com o fito de identificar os riscos.

O aprendizado de máquina conduz à automação, na medida em que substitui tarefas mecânicas e repetitivas.

Só a resistência dos trabalhadores é que, em algumas circunstâncias, tem desacelerado o aniquilamento definitivo de postos de trabalho. Mas pé pouco.

Nenhuma palavra de consolo? Sim. Os pesquisadores dizem que funções que implicam criatividade e contato humano - psicólogos e artistas, por exemplo - são quase nada ameaçadas.

Será?

Provavelmente, não. A ganância não tem limites – a não ser uma espécie de efeito bumerangue: quanto mais gente marginalizada do sistema produtivo, menos consumidores. Sem estes, como retroalimentar a reprodução do capital?

O fato é que vivemos um tempo de incrível progresso científico e tecnológico. Mas de natureza desumana.

Acesse e se inscreva no canal ‘Luciano Siqueira opina’, no YouTube https://bit.ly/2RTfyZl
Leia mais sobre temas da atualidade http://migre.me/ kMGFD

Acesse e se inscreva no canal ‘Luciano Siqueira opina’, no YouTube http://goo.gl/6sWRPX

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Giro de manchetes dos principais jornais do país, nesta terça-feira (29):


Folha de Pernambuco: "Faltou responsabilidade"

Jornal do Commercio: "Apreensão no Vale, prejuízos na Vale"

Diario de Pernambuco: "São Francisco está a salvo dos rejeitos de Brumadinho"

Folha de S. Paulo: "Afastar a diretoria da Vale está em estudo, diz Mourão"

O Estado de S. Paulo: "Minas enterra seus mortos"

O Globo: "Vale perde R$ 72 bilhões e será alvo de ação nos EUA"

Estado de Minas: "Heróis"

O Tempo: "VAle omite em documento falha de equipamento da barragem"

Zero Hora: "Missão difícil e dolorosa"

Correio do Povo: "Número de mortos em Brumadinho chega a 65"

Correio*: "São Francisco ameaçado pela lama de Brumadinho"

Valor Econômico: "Fiscalização de barragens foi enfraquecida pós-Mariana"

Correio Brasiliense: "Governo, Justiça e MP fecham cerco à Vale"

Guilherme Uchoa Junior (PSC)
Guilherme Uchoa Junior (PSC)Foto: Reprodução/Facebook Guilherme Uchoa

A eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa se aproxima do consenso. Depois de meses em debate interno, o PSC anunciou, na última segunda-feira (28), a escolha do deputado eleito Guilherme Uchoa Júnior (PSC) para assumir a 2ª Vice-Presidência da Casa. A disputa pela 1ª Secretaria, por sua vez, caminha para um acordo, depois que a bancada do PP na Alepe anunciou apoio a Clodoaldo Magalhães (PSB) - deixando em desvantagem os socialistas Isaltino Nascimento e Francismar Pontes.

A decisão do PSC foi confirmada pelo deputado estadual eleito Wanderson Florêncio (PSC). Havia uma disputa interna entre Uchoa Junior e Manoel Ferreira pela 2ª Vice-Presidência, mas o partido optou por priorizar Uchoa, adotando uma estratégia de rodízio. No segundo biênio, Ferreira deve assumir o posto. “O partido mostrou maturidade e chega na Casa Joaquim Nabuco, ainda que com posicionamentos diversos, mas chega unido respeitando o posicionamento de cada um”, afirma Wanderson, que terá o nome indicado para assumir a Comissão de Meio Ambiente. A deputada Clarissa Tércio deverá assumir a liderança do PSC, dando ao bloco um tom mais oposicionista.

PSB
Além de Clodoaldo, a bancada do PP também decidiu apoiar Simone Santana (PSB) para a 1ª Vice-Presidência, o que dificulta a postulação do seu concorrente, o novato Aglailson Victor (PSB). Resta ao PSB chegar a um acordo interno, todavia a concorrência persiste, sem que haja interferência do Palácio das Princesas, propondo um acerto da Casa para as duas vagas que cabem à sigla. "Caberá aos próprios candidatos entenderem se têm chance", afirma um socialista em reserva.

Segundo informações de bastidores, Clodoaldo Magalhães - que presidiu a Comissão de Finanças por 10 anos - teria sete dos 12 votos do PSB para concorrer à 1ª Secretaria. A ideia é que o partido chegue à próxima sexta-feira com as indicações fechadas, evitando bate-chapa. Essa falta de entendimento, na visão de atores ligados ao partido, pode causar um desgaste para o governador Paulo Câmara (PSB) na relação entre os parlamentares da base aliada.

Isaltino e Francismar, no entanto, ainda não sinalizaram desistência, apesar de o apoio da bancada do PP ser visto como um balde de água fria no projeto de ambos. Se Clodoaldo e Simone receberem o apoio formal do PSB, a vitória deles é dada como certa, já que os dois partidos, como as duas maiores bancadas da Casa, somariam 21 votos. A posse está marcada para a próxima sexta-feira, às 15h, quando tomarão posse os deputados eleitos em outubro passado.

Governador Paulo Câmara foi recebido pelo ministro Tarcísio Gomes de Freitas e entregou pleitos de infraestrutura que devem ser encarados como prioridade pelo Governo Federal
Governador Paulo Câmara foi recebido pelo ministro Tarcísio Gomes de Freitas e entregou pleitos de infraestrutura que devem ser encarados como prioridade pelo Governo FederalFoto: Alberto Ruy/ MInfra

O governador Paulo Câmara (PSB) apresentou, nesta segunda-feira (28), ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura), projetos como retomada das obras da Ferrovia Transnordestina e ações estruturadoras nos Portos de Suape e do Recife. O ministro concordou com o posicionamento de Paulo Câmara, de que é preciso encerrar o contrato com a concessionária da ferrovia e iniciar um novo ciclo com a retomada das obras.
  
"A Transnordestina é uma ferrovia fundamental para Pernambuco, Piauí e Ceará. Precisa ser concluída para estabelecer um novo parâmetro para esse eixo de desenvolvimento importante para o Nordeste e o Brasil", afirmou o governador.
Já o ministro assegurou que vai buscar a unidade junto aos governadores da Região Nordeste para encontrar uma solução. "Vamos juntos com os governadores ao TCU (Tribunal de Contas da União)”, atestou.
  
As relações entre Pernambuco e Governo Federal devem se estender. Tarcísio Gomes de Freitas também escalou um auxiliar para acompanhar cada um dos pontos levados pelo governador ao encontro. Na próxima semana, por exemplo, o secretário Nacional de Portos, Diogo Tonietti, receberá o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach,  para tratar dos temas relativos aos Portos de Suape e do Recife.  Com relação ao Aeroporto do Recife, o ministro informou que o terminal será leiloado no próximo dia 15 de março.

Além do governador Paulo Câmara e do secretário Bruno Schwambach,  participaram da reunião os secretários Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano) e Antonio Figueira (Assessoria Especial) e o presidente de Suape, Leonardo Cerquinho.

assuntos

comece o dia bem informado: