Foram encontrados 619 resultados para "Outubro 2016":

Deputados federais debateram as 10 medidas contra a corrupção
Deputados federais debateram as 10 medidas contra a corrupçãoFoto: Josenildo Tenório/Divulgação

O andamento da lei anticorrupção na Câmara Federal foi tema de debate do Fórum Pernambucano de Combate à Corrupção se reuniu nesta sexta com deputados federais e representantes da sociedade civil. O encontro foi promovido pelo Movimento Ética e Democracia, formado por empresários, médicos, engenheiros, sociólogos, advogados, professores, profissionais liberais e políticos pernambucanos.

Na avaliação do procurador do Ministério Público Federal e líder do Fórum no Estado, João Paulo Holanda, toda oportunidade de diálogo a respeito das 10 medidas de combate à corrupção, que atualmente estão sendo analisada em comissão especial formada na Câmara dos Deputados, é válida para que a população conheça ainda mais o assunto. “Dessa forma a população cobra que o assunto não seja esquecido e caminhe mais rápido”, explicou.

Para o representante do Tribunal de Contas da União no Fórum, Evaldo Araújo, a bancada federal de Pernambuco tem uma capacidade diferenciada de articulação e mobilização dentro da Câmara, o que pode ajudar na tramitação da lei anticorrupção na Casa. “Contamos com o apoio dos nossos deputados, que sabemos que são peças importantes nessa discussão”, disse.

“No que depender de nós, faremos a articulação necessária para ajudar no projeto de lei que contempla as 10 medidas, mas é de extrema importância que a população também vá as ruas e cobre isso. Toda grande mudança nesse país teve a rua como diferencial e com o combate à corrupção não pode ser diferente”, afirmou o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), que disponibilizou o seu escritório para sediar o encontro.

Para o deputado federal Betinho Gomes (PSDB) as discussões que atualmente ocorrem na comissão especial da Casa sobre o tema são válidas e merecem ser acompanhadas de perto. “Alguns pontos podem ser modificados, outros melhorados e mantidos. Por isso temos que estar atentos”, completou.

Professor Lupércio disse que priorizará mulheres em um possível governo
Professor Lupércio disse que priorizará mulheres em um possível governoFoto: João Guilherme/Divulgação

O candidato a prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), realizou ato nesta sexta-feira (28) ao lado de mulheres. O encontro aconteceu na Praça do Carmo e contou com a presença de pessoas ligadas à campanha Outubro Rosa.

"A gente sabe da importância da mulher em qualquer segmento, mas é importante dizer que a mulher é um símbolo nacional e no meu governo vai terá espaço significativo", disse o candidato durante a caminhada, que percorreu o entorno da praça no Sítio Histórico.

A campanha Outubro Rosa conscientiza e alerta o público feminino da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Candidato a prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR) visitou o Hospital Memorial Guararapes, no bairro de Prazeres, nesta sexta-feira (28). Na ocasião, apresentou suas propostas para a área da saúde. O postulante conheceu a estrutura da unidade de saúde e ressaltou a importância do equipamento para o município.

Na conversa com o superintendente do hospital, Mário Bernardes, e com os funcionários, Anderson Ferreira garantiu que a saúde será prioridade da sua gestão.

“O município tem uma rede de postos de saúde que não está atendendo a população da forma devida. E temos hospitais que fazem parceria com a Prefeitura, realizam um importante trabalho, mas a atual gestão não cumpre a sua parte. Os hospitais Memorial Guararapes e Memorial Jaboatão têm ótimas instalações e profissionais que se dedicam com afinco no atendimento dos jaboatonenses. É um trabalho que merece e que precisa de respeito”, ressaltou.

Juntos, o Memorial Guararapes e o Memorial Jaboatão têm 1.400 funcionários e 330 leitos. Ambos têm 70 UTIs, sendo 30 de neonatal e 40 para adultos.

O candidato a prefeito de Olinda Antônio Campos (PSB) anunciou que criará o programa “Viver Melhor”, que oferecerá bolsas para creches de bairros escolhidas pelas mães. A ideia é não só ajudar as mães, que poderão deixar seus filhos e trabalhar com tranquilidade, além de desafogar as creches municipais.

Se a medida for implantada, as mães irão escolher a creche em que o filho ficará. Em seguida, a Prefeitura irá subsidiar as vagas com a instituição. O programa ainda consiste no monitoramento constante de educadores e psicólogos da Prefeitura de Olinda.

"Por onde ando, tenho ouvido pedidos de mães por mais creches na cidade. A construção de novas unidades irá demorar, mas Olinda tem pressa por mudanças e as mães querem trabalhar. Por isso, decidimos criar esse programa para oferecer vagas em creches já existentes. Essa bolsa também é uma forma de apoiar nossas creches municipais, pois criará novos espaços nelas e elas terão mais recursos para seu devido funcionamento", disse Campos.

Candidato promoveu ato no centro do município
Candidato promoveu ato no centro do municípioFoto: Divulgação

Candidato a prefeito de Caruaru, Tony Gel (PMDB) promoveu caminhada nessa quinta-feira (27) pelas ruas do Centro do município. Ao lado do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), do vice-governador de Pernambuco, Raul Henry (PMDB), e do candidato a vice, Raffiê Dellon, Tony Gel foi recebido cumprimentou comerciantes e compradores ao longo do percurso realizado pela região.

Ao final da caminhada, no Marco Zero da cidade, um grupo formado por famílias da Zona Rural e Urbana, e de lideranças políticas e comunitárias da cidade ocupou a Praça da Igreja de Nossa Senhora da Conceição. "Estamos encerrando a nossa campanha de rua e só tenho a agradecer por tudo e a todos que estiveram comigo até aqui. Agora é esperar a vitória no domingo. É 15, é 15, é 15 para o bem de Caruaru", enfatizou Tony Gel.

Raquel Lyra em ato de campanha nessa quinta-feira
Raquel Lyra em ato de campanha nessa quinta-feiraFoto: Roberto Pereira Jr./Divulgação

A candidata à Prefeitura de Caruaru pelo PSDB, Raquel Lyra, promoveu caminhada, na noite dessa quinta-feira (27), no bairro do Salgado. A postulante contou com a presença de aliados. Antes da caminhada, um jantar foi promovido na casa do ex-governador João Lyra Neto, pai da tucana, para os convidados.

O ato contou com a participação do ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB); do senador Armando Monteiro (PTB); dos deputados estaduais Priscila Krause (DEM), Terezinha Nunes (PSDB) e Antônio Moraes (PSDB); dos deputados federais Daniel Coelho (PSDB), Betinho Gomes (PSDB) e Silvio Costa (PTdoB); do vice-presidente do PSB, Luciano Vasquez; dos prefeitos de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes; de São Bento do Una, Débora Almeida; de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira; de Taquaritinga do Norte, Evilázio; e do prefeito eleito de Gravatá, Joaquim Neto.

No bairro do Salgado, Raquel Lyra destacou sua caminhada desde a pré-campanha. “Esse é um movimento de todos que busca discutir a nossa cidade. Fizemos isto desde o início da pré-campanha, fomos a cada vila, a cada bairro, da cidade e zona rural para discutir os problemas da nossa cidade ouvindo o povo. Após isso, fomos às ruas; unimos 12 partidos, reunimos um grupo de vereadores e apresentamos uma proposta de gestão democrática e participativa. Hoje, estamos aqui no segundo turno, onde falamos desde o princípio que não teríamos cores partidárias e que nosso interesse era um só, a união do povo de Caruaru”, disse.

A candidata também agradeceu a presença dos políticos em seu palanque. “Um gestor não faz nada sozinho e por isso estamos com um palanque cheio de gente boa. Nossa candidatura independente, que incomoda tanto o outro lado, está focada somente no interesse de nossa gente”, frisou.

No próximo domingo (30), os eleitores do Recife, de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e de Caruaru, no Agreste, vão às urnas para escolher quem governará as cidades pelos próximos quatro anos. No intuito de garantir que as votações ocorram sem problemas, a Secretaria de Defesa Social (SDS) montou um esquema especial para o segundo turno das eleições municipais. Para tanto, serão empregados 4.145 policiais militares e civis nos quatro municípios pernambucanos. Os números foram apresentados em coletiva, na manhã desta sexta-feira (28).

O efetivo será distribuído da seguinte forma: serão empregados 3.334 policiais militares nos municípios da Região Metropolitana. Na Polícia Civil, funcionarão 11 delegacias de plantão. Em Caruaru, serão empregados 584 policiais militares e 49 policiais civis. Também serão ativadas quatro delegacias de plantão. As quatro cidades ainda vão contar com o reforço de quatro equipes do Comando de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil.

"Nós vamos reforçar com 227 policiais. São 30 delegados, 30 escrivães, 167 agentes de polícia distribuídos em pelo menos 15 plantões. Oito são plantões ordinários - aqueles que funcionam em dias normais - em tem um incremento de sete plantões a mais. Além desse incremento, vamos pensar no reforço já planejado na Ceplanc com mais três turnos com delegados, agentes, escrivães, sem falar do apoio operacional do Comando de Operações e Recursos Especiais que vai atender sob comando da chefia da Polícia Civil. Todos nós estaremos baseados no CICCR, que é o comando de controle de toda a Secretaria de Defesa Social e instituições convidadas que vão atuar de acordo com a necessidade que vier a surgir no dia do pleito", afirmou o chefe da Polícia Civil, Antônio Barros.

Segundo Barros, toda e qualquer ocorrência deve ser atendida no plantão, seja ela uma eleitoral, seja uma ocorrência do dia a dia que chega aos plantões policiais.

O chefe da Polícia Civil também explicou sobre o funcionamento dos plantões. "É um plantão de 12 horas, com foco exclusivamente nas eleições, mas obviamente, os plantões ordinários continuam 24 horas normalmente. Agora, o plantão de eleição, as sete delegacias de plantão mais o reforço funcionam dentro das 12 horas do dia da eleição", afirmou.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Carlos D'Albuquerque, declarou que o lançamento não será prejudicado por causa do esquema montado para as eleições.

"A Polícia Militar, a partir de hoje, vai estar presente nos locais de votação. É importante ressaltar que o lançamento ordinário não é prejudicado para que a gente garanta a segurança do cidadão, e através da garantir do pleito eleitoral seguro, nós fazemos reforço com mais 3.918 policiais que são lançados nos pontos de votação e também no sistema de viaturas através de quadrantes que foram definidos, já com a experiência do primeiro turno", explicou.

No Recife, estarão de prontidão 2.070 policiais militares. Em Jaboatão dos Guararapes, vão atuar 779 policiais militares. Já Olinda receberá outros 485 policiais militares. A cidade do Agreste contará com 584 policiais militares.
Segundo D'Albuquerque, a expectativa é que o efetivo das eleições seja desmobilizado na segunda-feira (31).

Lei Seca
De acordo com o chefe da Polícia Civil, Antônio Barros, não foi notificada nenhuma determinação do Judiciário decretando qualquer Lei Seca nos municípios que terão segundo turno. "Então, não há determinação do Judiciário e também a Secretaria de Defesa Social não há nenhuma determinação nesse sentido", afirmou. A decisão fica a cargo do juiz eleitoral de cada município.

Antônio Carlos Alves da Silva, presidente do TRE-PE
Antônio Carlos Alves da Silva, presidente do TRE-PEFoto: Clemilson Campos/Folha de Pernambuco

Por Tauan Saturnino
Da Folha de Pernambuco

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), o desembargador Antônio Carlos Alves da Silva, concedeu na manhã desta sexta-feira (28) uma coletiva de imprensa para falar sobre as eleições do segundo turno, que ocorrerão em quatro cidades: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Caruaru. Na ocasião, o presidente disse que existe um plano de contingência no caso dos locais de votação onde estejam ocorrendo ocupações em protesto à Proposta de Emenda à Constituição 241, que estabelece um teto de gastos públicos, mas que espera contar com a compreensão da importância da votação por conta dos manifestantes.

“Quanto ao esquema de proteção aos locais, já está garantido e os mesários estão todos treinados. A eleição será um sucesso. Temos um ‘Plano B’ mas, como nos filmes de James Bond, ele tem que ficar secreto. Temos a esperança de que, nesses locais invadidos, as pessoas tenham consciência de se tratar de uma eleição. Eles estão protestando por outros motivos. Se eles liberarem, nós faremos a eleição no local. Caso contrário, estamos com servidores do TRE-PE e com indicações do local onde será feita a eleição. Se divulgarmos pode ser que procurem os locais”, comentou Antônio Carlos.

O corregedor do tribunal, Orson Lemos disse que não existirá dificuldades maiores em remanejar os eleitores, na eventualidade dos manifestantes não permitirem a votação, e disse que o número de eleitores que podem ser remanejados é pequeno. “Na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) existem centenas de locais de votação. Não haverá dificuldades, pois são questões de metros. Se for necessário, já estão preparados outros locais e os eleitores serão avisados por faixas e sinalizações. Estamos mapeando, mas não divulgando a tranquilidade exata. Não passam de 7 mil eleitores. No Recife temos mais de um milhão de eleitores e até agora só 7 mil eleitores estão nessa condição. Fica fácil movimentar esse quantitativo de pessoas. As urnas envolvidas são poucas, temos mais de 6 mil urnas. Para transportar 10 é fácil. Estamos em contato com a universidade”, afirmou.

A eleição do segundo turno contará com 6.512 urnas no total, sendo 5.950 delas utilizadas nos locais de votação, 550 de contingência e 12 utilizadas nas mesas receptoras de justificativas. As urnas utilizadas para que se justifiquem a ausência do eleitor estão localizadas em Fernando de Noronha, na antiga sede do TRE-PE, Avenida Rui Barbosa, 320, bairro das Graças, Recife, no Aeroporto Internacional dos Guararapes, na Escola José Mário Alves, em Porto de Galinhas, Ipojuca, No Terminal Integrado de Passageiros em Jaboatão dos Guararapes e na Escola Modelo de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho. Caso os eleitores não se justifiquem nesses locais, terão um prazo de 60 dias para apresentar a justificação da ausência em qualquer cartório do país.

Por Renata Bezerra de Melo
Da Coluna Folha Política

Candidato à Prefeitura do Recife pelo PT, João Paulo vem batendo na tecla de que o prefeito Geraldo Julio foi um dos integrantes de sua gestão à frente da PCR. Instado a dar uma nota ao desempenho que teve o socialista como membro de seu time, o petista justificara o seguinte: “Ele estava em uma área de periferia tão grande do governo que eu não tinha nem condição de avaliá-lo. Ele era assessor do assessor de Roberto Gusmão, lá na Emlurb”. A fala se deu em entrevista à coluna digital “No Cafezinho”, publicada no Blog da Folha. João Paulo prosseguiu, concluindo o que queria dizer: “Eles se beneficiaram, elogiavam nossa gestão, inclusive o próprio Eduardo Campos copiou programas do meu governo, como o Aluno nos Trinques, o Samu...”. Ontem, durante debate da TV Jornal, o petista voltou a bater na tecla das relações entrelaçadas. Desta vez, lembrou que o mesmo Roberto Gusmão, com quem Geraldo trabalhou, hoje, integra a equipe do socialista na prefeitura. “Você sabe quem é o secretário de Serviços Públicos dele? É aquele Roberto Gusmão que foi, naquele dia de chuva, e disse: `O prefeito João Paulo`”. O petista referiu-se ao presidente da Emlurb na gestão Geraldo Julio, que foi também seu secretário de Serviços Públicos. Gusmão dava entrevista, recentemente, sobre as chuvas que caíram no Recife, quando, em ato falho, trocou o nome de Geraldo Julio por João Paulo. No debate anterior, da TV Clube, João Paulo grifava que o atual vice-prefeito do Recife, Luciano Siqueira, fora também seu vice. Assim como já cuidou de recordar que seu sucessor, João da Costa, teve o socialista Milton Coelho como vice. Ao segundo turno, no Recife, chegaram representantes de projetos já experimentados e, antes, aliados. Fica difícil não se falar de passado.


Geraldo Julio tem dito que não vai entrar “nessa briga” com João Paulo

Sedimentando terreno
Foi acompanhado de nove prefeitos do Agreste, entre eleitos e reeleitos, que o ministro das Cidades, Bruno Araújo, fez a entrega, ontem, de 500 unidades do Minha Casa Minha Vida, em Correntes. O deputado estadual Álvaro Porto esteve presente no ato, que teve a participação, ainda, da deputada federal Luciana Santos.

De olho > As relações entre os titulares pernambucanos da Esplanada dos Ministérios e o Palácio das Princesas andam atritadas. Enquanto isso, o tucano circula pelo Estado, demonstrando o potencial de sua pasta em canalizar recursos federais para o Estado. É isso que deixa membros da gestão Paulo Câmara de orelha em pé.

Enquanto isso > No Palácio das Princesas, Paulo Câmara recebeu, ontem, dois prefeitos recém-eleitos do Agreste. Foram eles: Ivaldo Almeida (Cachoeirinha) e Heraldo Oliveira (Sanharó), levados pelo deputado federal João Fernando Coutinho.

Anticorrupção 1 > Será no escritório político do deputado federal Jarbas Vasconcelos, hoje, o encontro do Movimento Ética e Democracia com membros do Fórum Pernambucano de Combate à Corrupção. Na pauta, a articulação de formas de impulsionar a análise da Lei Anticorrupção na Câmara Federal.

Anticorrupção 2 > O Movimento Ética e Democracia é formado por empresários, médicos, engenheiros, sociólogos, advogados, professores, profissionais liberais e políticos.

Publicação 1 > A primeira edição da Revista de Estudos Legislativos reúne artigos da Consultoria Legislativa da Alepe - criada no ano passado, como resultado do concurso, e formada por 30 analistas. Os temas mais importantes, que foram alvo de debates em comissões, serviram de base para produção do material. A tiragem é de 10 mil exemplares.

Publicação 2 > Entre outros temas, a publicação aborda o combate à violência de gênero, desenvolvimento sustentável e o aumento do número de acidentes de moto em Pernambuco.

assuntos

comece o dia bem informado: