Foram encontrados 619 resultados para "Outubro 2016":

Por Julia Montenegro
Do portal Folha PE


Por meio de denúncias anônimas de compra de votos, a Polícia Federal de Pernambuco interceptou uma van na Avenida Brasil, na 2ª etapa de Rio Doce, em Olinda, por volta das 13h deste domingo (30), dia do segundo turno das eleições no município. A PF informou que a polícia havia recebido a informação de que militantes estariam, dentro do veículo - um Sprinter de cor branca, com uma grande quantia em dinheiro.

O agente da PF Sonildo Souza informou, no entanto, que nada foi encontrado dentro da van e, consequentemente, não houve flagrante. Testemunhas informaram que o veículo fazia campanha para o candidato Antônio Campos, do PSB, que concorre à prefeitura de Olinda. A PF, entretanto, não confirmou a informação.

No Facebook, o candidato à Prefeitura de Olinda Professor Lupércio (SD) relatou que um dos coordenadores da campanha de Antônio Campos teria sido abordado pela PF , na segunda etapa de Rio Doce, por suspeita da compra de votos.

Outro lado

Em nota, o candidato à Prefeitura de Olinda Antônio Campos desmente o caso. Ele

"Em mais um ato de desespero, o candidato Professor Lupércio (SD) colocou, nesta tarde, em sua página no Facebook que o militante e ex-candidato a vereador do Muda Olinda, Jacó (PSC), teria sido preso pela Polícia Federal por suspeita de compra de votos. O nosso militante foi abordado por policiais, de uma forma natural, mas foi liberado porque não estava praticando atos ilícitos. A Coligação Muda Olinda não tem nenhum militante preso por compra de votos e abomina essa prática antidemocrática. Porém, a candidatura de nosso adversário não está sendo republicana e já teve um carro apreendido por crime eleitoral".

Pouco mais de 200 mil eleitores devem ir às urnas neste domingo (30) para escolher o novo prefeito de Caruaru, o 4º maior município pernambucano. O deputado estadual Tony Gel (PMDB), que no 1º turno teve 37,10% dos votos válidos, e deputada estadual Raquel Lyra (PSDB), que teve 26,08% dos votos válidos, disputam a preferência do eleitorado caruaruense.

O candidato Tony Gel votou logo pela manhã, no Colégio Diocesano. Ele foi acompanhado do candidato a vice, Raffiê Dellon (PV). Em seguida, ele acompanhou o candidato a vice na Escola Dom Vital, no bairro Divinópolis.

Raquel Lyra, filha do ex-governador João Lyra, votou no início da tarde. Ao lado da da família, ela foi votou no Colégio Diocesano. Depois de votar, a postulante disse ter apresentado um projeto ousado para o município.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), dois eleitores foram detidos no Recife, durante a votação do 2º turno, neste domingo (30). O balanço foi divulgado às 15h, na sede do TRE, no bairro das Graças.

Uma pessoa foi detida por boca de urna e, em outro caso, a polícia deteve uma pessoa por desacato e boca de urna. Os casos foram encaminhados, respectivamente, para Delegacia de Boa Viagem, em Boa Viagem, na Zona Sul da capital, e para a Central de Flagrantes, no bairro de Campo Grande, na Zona Norte.

Nos quatro municípios pernambucanos em que há disputa do 2º turno - Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Caruaru - 87 urnas apresentaram problemas e 28 precisaram ser substituídas. Em três locais de votação - dois em Recife e outro em Olinda - foi registrado problemas na votação por conta da falta de energia, mas a situação nesses locais já foi resolvida.

Por Julia Montenegro
Do Portal FolhaPE


Uma perseguição policial foi registrada no início da tarde deste domingo (30), em frente a Escola Compositor Antônio Maria, um dos locais de votação de Olinda, localizada na avenida Acácias, na 2ª etapa do bairro de Rio Doce. Testemunhas, que preferiram não se identificar, informaram que dois homens em uma moto foram abordados por policiais militares, mas se recusaram a parar. Houve perseguição e um dos suspeitos chegou a efetuar um disparo.

Apesar do tiro, não houve feridos. Na fuga, os homens abandonaram a moto e teriam saído pulando os muros da escola e das casas próximas ao local. A informação preliminar era de que a moto, que estaria descaracterizada, fosse roubada. lhando, neste momento, para encontrar novas pistas que levem aos responsáveis pelo incidente.

A Secretaria de Defesa Social informou, no início da noite, que a ocorrência aconteceu a 500 metros do local de votação, em Rio Doce, onde uma equipe da Rocam realizava rondas. Em nota, a SDS informou: "De imediato, atendendo ao chamado da população, os policiais abordaram os suspeitos, que se recusaram a parar. Houve perseguição e um dos suspeitos efetuou um disparo, mas não feriu ninguém. Uma motocicleta foi apreendida durante a fuga, e o caso foi conduzido para a Delegacia do Varadouro. As polícias estão trabalhando, neste momento, para encontrar novas pistas que levem aos responsáveis pelo incidente.

Apesar do tumulto perto de um local de votação, as eleições seguem tranquilas no município. No Colégio Santa Emília, localizado no bairro de Jardim Atlântico, não houve problemas nas 16 seções. Funcionários do Tribunal Regional Eleitoral informaram que, no último sábado (29), as urnas teriam sido ligadas e apresentaram atraso de uma hora. Técnicos, no entanto, resolveram a situação. A administradora Mirela Sodré, que votou na seção 132 da escola particular, não pegou trânsito e não enfrentou filas. Ela votou em menos de dois minutos.

Na Escola Antônio Souto Filho, na 1ª etapa da Rio Doce, conta com oito seções e também não houve registro de problemas de urnas. No local, não havia filas e nem tumulto. Na escola Dom Pedro Bandeira de Melo, também no bairro de Rio Doce, a aposentada Laudelice Barros dos Santos, de 71 anos, optou por votar. Apesar de não ser mais obrigada, ela preferiu enfrentar os problemas de saúde - enfisema pulmonar e doença pulmonar obstrutiva crônica.

A aposentada foi ao local de votação na companhia de famíliares. Laudelice, que precisa usar durantre 24 horas um concentrador de oxigênio que pesa 11 quilos, disse que não enfrentou problemas para chegar ao local de votação. A escola dispõe de rampa, o que facilitou a locomoção da aposentada. A filha dela, Danielle Karla, fez questão de acompanhar a mãe e comentou que espera mudanças no município.

Duas pessoas foram detidas na manhã deste domingo (30), em Caruaru, no Agreste pernambucano, por fazer selfies na urna eletrônica. De acordo com juiz eleitoral Brasílio Guerra, o crime é classificado como "violação do sigilo do voto".

Os envolvidos foram levados à Delegacia da Polícia Federal em Caruaru e vão responder por um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A pena para esse tipo de crime é de até dois anos de reclusão.

Julia Montenegro

Do Portal da FolhaPE

Considerada uma das eleições mais acirradas neste segundo turno no Estado, a disputa pela Prefeitura de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, levaria 259.335 eleitores do município para escolher entre Antônio Campos (PSB) e Professor Lupércio (SD). E o que se viu durante o dia neste domingo (30) foi uma grande movimentação da militância pelas principais secções do município. Antes de seguirem para os colégios eleitorais, os candidatos se reuniram com familiares e aliados.

Campos tomou café da manhã no escritório político do Muda Olinda, no Largo do Amparo, no bairro do Varadouro. Por volta das 10h, ele atravessou a rua e votou no Clube Vassourinhas, que fica na rua Nossa Senhora do Guadalupe, em frente ao escritório do socialista.

Antônio foi acompanhado do filho, de tios e da candidata a vice da chapa dele Ceça Silva. Muitos militantes e correligionários acompanharam Campos na votação."Vou visitar alguns colégios eleitorais e depois vou ao nosso QG (quartel general) de acompanhamento da campanha, no jurídico. Depois vou caminhar mais um pouco", informou. Em seguida, o socialista acompanhou a vice na votação.

Lupércio, por sua vez, fez um rápido passeio na praia e voltou para tomar café da manhã acompanhado da esposa, Cláudia, e dos filhos, Leandro e Luan. O candidato votou às 10h58, na Escola Dom Pedro Bandeira de Melo, no bairro de Rio Doce. Ele estava com o presidente do Solidariedade em Pernambuco, deputado federal Augusto Coutinho, do deputado federal Carlos Eduardo Cadoca (PDT) e do candidato a vice Márcio Botelho (SD).

Ele se mostrou bastante confiante ao sair da sua seção eleitoral. “Acredito que hoje vamos dar o grito da vitória, que está preso há um bom tempo”, ao dizer que pretende se dedicar mais à família ao fim da campanha. “Abri mão de tantas coisas, mas foi por algo nobre, porque eu sou filho de Olinda e tenho visto o que a cidade vem passando ao longo desse tempo”, declarou. Após acompanhar a votação do candidato a vice, Lupércio circulará pela cidade até a apuração dos votos. A partir das 17h, aguardará o resultado da eleição, ao lado de companheiros de campanha, em uma casa de recepção em Casa Caiada.

Antônio Campos, de 48 anos, é advogado, neto do ex-governador Miguel Arraes e irmão do ex-governador Eduardo Campos. Esta é a primeira vez que ele concorre a um cargo eletivo. Professor Lupércio, que também tem 48 anos, é deputado estadual e foi vereador de Olinda por dois mandatos e faz parte da Bancada Evangélica da Alepe.

Candidato do PT votou em Santo Amaro
Candidato do PT votou em Santo AmaroFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Último candidato a votar neste segundo turno das eleições municipais em Pernambuco, o ex-prefeito João Paulo (PT) votou às 14h47 deste domingo (30), no colégio Cônego Rochael de Medeiros, no bairro de Santo Amaro.

O postulante esteve acompanhado de correligionários e aliados, a exemplo dos senadores Humberto Costa (PT) e Armando Monteiro Neto (PTB), do candidato a vice, Silvio Costa Filho (PRB), do deputado federal Silvio Costa (PTdoB), do presidente estadual do PT, Bruno Ribeiro, e da vereadora Marília Arraes (PT).

Ao entrar no local de votação, o petista foi recepcionado por militantes que gritavam “Volta, João Paulo!”.

Depois de votar, o petista disse estar confiante na vitória. “Estou muito esperançoso que nós vamos cravar uma verdadeira vitória. A política nós já tivemos, mas vamos cravar também uma vitória eleitoral”, afirmou.

O postulante também disse que a recepção dos militantes anima a campanha. “Anima porque essas declarações vêm crescendo desde o segundo turno, e na última semana cresceu ainda mais. Isso tem nos animado bastante. Esse clima de vitória, de mudança, de não aceitar mais as péssimas condições de saúde, de educação e saneamento... Esse clima de mudança contaminou a nossa militância”, declarou.

Com informações de Bruno Guimarães, do Site RJ.

Fiscal Ana Paula Nascimento Deodoro
Fiscal Ana Paula Nascimento DeodoroFoto: Jedson Nobre/Folha de Pernambuco

Por Marília Neves
Do Portal FolhaPE

Uma campanha sem boca de urna e sem a conhecida proliferação de panfletos espalhados pelo chão marcou o 2º turno das eleições em Jaboatão dos Guararapes. O trânsito um pouco caótico devido à grande movimentação para um dia de domingo também chamou a atenção, mas nada fora do normal até o meio-dia.

Um pequeno desentendimento foi registrado na Faculdade Metropolitana, maior colégio eleitoral de Jaboatão dos Guararapes, no final da manhã deste domingo (30). Na seção 249, uma fiscal de zona eleitoral do candidato a prefeito Neco teria abordado um eleitor que estava na fila para votar. A Funcionária do TRE Telma Gomes de Santana chamou a atenção da mulher sobre o papel dela nas eleições.

“O fiscal fiscaliza dentro da seção. Os advogados circulam para fazer a fiscalização dos fiscais. Se ela é advogada da coligação, ela tem que estar identificada de maneira diferente. Ela agora estava em contato com um eleitor que estava em fila aguardando para votar. A gente não pode permitir para não causar influência no eleitor”, afirmou a servidora.

De acordo com a fiscal Ana Paula Nascimento Deodoro, ela passou por uma situação constrangedora. “Não fiz nada de errado. Falei com aquele eleitor porque ele é meu cliente, eu sou advogada dele e estava ao telefone, quando fui abordada por essa senhora”, defendeu-se a mulher. A situação logo foi controlada e não foi preciso chamar a polícia.

O fato acabou não passando de uma discussão em um movimentado corredor de uma zona eleitoral, mas que chamou a atenção para o que os representantes dos candidatos podem ou não fazer em exercício.

O candidato a prefeito do Recife João Paulo (PT) seguirá a orientação astrológica na hora de votar e pretende registrar, pontualmente, o seu voto às 14h47. O postulante tem utilizado essa prática em momentos que considera importante em sua vida.

João Paulo votará na Escola Cônego Rochael de Medeiros, no complexo escolar IEP, em Santo Amaro, no Centro. No 1º turno, o horário indicado pelos astros foi 14h18.

A escolha pelo horário se dá em função da configuração do mapa do céu de João Paulo naquele momento. “Temos o nosso companheiro, o astrólogo Eduardo Maia, que, em função da data e do dia em que eu nasci, fez um planejamento do que seria o melhor horário”, declarou.

Raquel Lyra é eleita prefeita de Caruaru com 53,15% dos votos
Raquel Lyra é eleita prefeita de Caruaru com 53,15% dos votosFoto: Roberto Pereira Jr./Divulgação

Candidata à Prefeitura de Caruaru, no Agreste, Raquel Lyra (PSDB) votou, ao lado de sua família, no Colégio Diocesano. Depois de votar, a postulante disse ter apresentado projeto ousado para o município.

“Não vamos arredar o pé das ruas um minuto sequer, até às 17h. Apresentamos um projeto popular, diferente e ousado na nossa cidade e a população viu que o nosso compromisso é somente com o futuro de Caruaru”, afirmou.

assuntos

comece o dia bem informado: