Foram encontrados 261 resultados para "Dezembro 2018":

Fernando Haddad recebeu o deputado federal Silvio costa para discutirem os rumos da esquerda no País, além de avaliarem as eleições 2018
Fernando Haddad recebeu o deputado federal Silvio costa para discutirem os rumos da esquerda no País, além de avaliarem as eleições 2018Foto: Divulgação

O ex-candidato a presidente da República, Fernando Haddad (PT), e o vice-líder da oposição ao governo Michel Temer (MDB) na Câmara Federal, deputado Silvio Costa (Avante) reuniram-se em São Paulo, na tarde desta quinta-feira (20). Eles avaliaram o processo eleitoral de 2018 e fizeram projeções sobre o futuro governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Silvio Costa afirmou que a esquerda brasileira “precisa se reciclar”, a partir de uma autocrítica da sua atuação e da abertura de um novo diálogo com o país. De forma clara, o deputado declarou que a esquerda precisa entender que “é necessário recuperar a capacidade de investimento” do Estado brasileiro para que as políticas de inclusão social sejam consolidadas e ampliadas.

“A esquerda precisa mostrar que não está torcendo contra o país. Ela não pode permitir o avanço das políticas conservadoras, mas também não pode trabalhar para desestabilizar a economia”, disse Silvio.

O deputado defendeu que "a esquerda" discuta o ajuste fiscal e a urgência das reformas que levem o país a vencer a crise econômica e a gerar os empregos que milhões de brasileiros hoje demandam. “Precisamos ter coragem de votar a favor de propostas consequentes para o país. A esquerda tem que sair da política do quanto pior melhor”, alertou Silvio Costa.

O professor e ex-candidato a presidente da República, Fernando Haddad, ouviu com atenção a avaliação e reconheceu a importância da abertura do debate sobre essas questões na esquerda brasileira. Ao final, Haddad convidou Silvio Costa para encontros mais frequentes a partir de 2019.

 As executivas nacionais do PSB, PDT e PCdoB se pronunciaram oficialmente, através de seus líderes de bancada da Câmara dos Deputados que, na próxima legislatura, firmaram um acordo para atuarem conjuntamente em Brasília. Desta forma, se colocam como oposição ao governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Leia a nota oficial:

Partidos formarão bloco de oposição na Câmara dos Deputados na próxima legislatura

Partidos formarão bloco de oposição na Câmara dos Deputados na próxima legislatura - Crédito: Divulgação   


No Twitter, o presidente eleito Jair Bolsonaro respondeu à manifestação dos oposicionistas:

Pelo twitter oficial, Jair Bolsonaro não ficou surpreso com posicionamento do bloco de oposição na Câmara Federal

Pelo twitter oficial, Jair Bolsonaro não ficou surpreso com posicionamento do bloco de oposição na Câmara Federal - Crédito: Divulgação

 

Secretário de Saúde, Iran Costa; Ministro da Saúde, Gilberto Occhi; e o deputado federal Fernando Monteiro recebendo título de cidadão do município de Paulista
Secretário de Saúde, Iran Costa; Ministro da Saúde, Gilberto Occhi; e o deputado federal Fernando Monteiro recebendo título de cidadão do município de PaulistaFoto: Divulgação

O deputado federal Fernando Monteiro (PP) acompanhou, no Palácio do Campo das Princesas, nesta quinta-feira (20), para acompanhar a liberação do repasse de R$ 66,3 milhões para a área da Saúde. Lá, estavam o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). Além do secretário de Saúde, Iran Costa.

Em seguida, Fernando Monteiro, Gilberto Occhi e Iran Costa rumaram ao município de Paulista, Litoral Norte, para receberem o título de cidadão da cidade. Eles foram recebidos pelo prefeito do Paulista, Junior Matuto, na sede da Secretaria da Saúde do município, em Maranguape I.

“Estou profundamente agradecido por essa homenagem. Milhares e milhares de pessoas que não são de Paulista já passaram por aqui e não tiveram essa honra. Vou guardar a data de hoje com muito carinho, afinal, posso dizer que Paulista foi o primeiro município de Pernambuco que me concedeu um título como este”, disse o ministro.

Já o deputado Fernando Monteiro revelou sua preocupação em continuar disputando recursos do Governo Federal para a Região Nordeste. "Essa minha briga pelo Nordeste e por Pernambuco vai continuar. Nós somos guerreiros nós precisamos ser reconhecidos. Nós como nordestinos, que hoje estamos excluídos porque as pessoas do sul e do sudeste só querem a gente para o segundo emprego e acham que nordestino não serve para nada, mas nós somos as melhores cabeças e o povo mais guerreiro do mundo", afirmou Monteiro.

Nova mesa diretora da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata
Nova mesa diretora da Câmara Municipal de São Lourenço da MataFoto: Divulgação / São Lourenço da Mata

Na sessão desta terça-feira (18), os vereadores de São Lourenço da Mata (RMR) elegeram a nova mesa diretora da Câmara Municipal. O vereador Cícero Pinheiro (PTB) foi eleito com a maioria dos votos para exercer o biênio 2019/2020. Cícero, que é professor, faz parte da base do prefeito Bruno Pereira, também petebista.

O parlamentar ocupa o posto em janeiro, sucedendo o então vereador Denis Alves (PP). “A eleição foi conduzida de maneira ética. Agradeço aos meus pares pela confiança e oportunidade. Principalmente porque nem todos nesta Casa são a favor ou contra o governo municipal, mas somos todos a favor da população são-lourencense”, disse Cícero.

Leia também:
[Giro de manchetes] Confira os destaques nos jornais, nesta quinta
Plano de Mobilidade de Olinda é sancionado
Vara de Violência contra a Mulher é instalada em Jaboatão


Ao ser perguntado sobre como será sua gestão o vereador disparou. “Vamos inicialmente fazer um levantamento para analisar como estão as contas da Câmara, e em seguida, vamos focar em gerar economias, sem perder a qualidade do trabalho no Legislativo, dando condições para que os parlamentares exerçam o mandato, respeitando e priorizando o erário publico”, ressaltou o novo presidente.

A nova diretoria terá, além de Cícero Pinheiro (PTB) como presidente, José Roberto da Silva (PP) como primeiro vice-presidente, Celso Luiz dos Santos (DEM) como segundo vice, primeiro secretário José Salvador de Souza (PTB) e segundo secretário Djair Jose Gonçalves (PMN). A eleição contou com 12 votos dos 15, já que os vereadores Denis Alves (PP), Manoel Antônio da Silva (PR) e Edmário José de Souza (PP) votaram em branco.

Presidente da Comissão de Educação, Danilo Cabral (PSB) é autor do projeto
Presidente da Comissão de Educação, Danilo Cabral (PSB) é autor do projetoFoto: Chico Ferreira

O posicionamento liberal do futuro ministro da Educação, Vélez Rodríguez, que em artigos e declarações coloca a iniciativa privada como solução para a educação brasileira, foi alvo de críticas pelo presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, Danilo Cabral (PSB).

Segundo o parlamentar, a Educação não pode ser relegada pelo governo. "Isso é a negação do papel do Estado. Eu entendo que a iniciativa privada tem um papel em todas as atividades. No caso da Educação, a iniciativa privada cumpre um papel importante, mas como uma atividade complementar ao Estado", comentou.

Leia também:
Danilo Cabral é cotado para liderança do PSB na Câmara
Projeto que fortalece controle das estatais é aprovado em Comissão
[Giro de manchetes] Confira os destaques nos jornais, nesta quinta


"É dever do Estado e direito do cidadão a Educação Pública e de qualidade. E isso é um princípio que deve orientar os governos. O novo mionistro vai na contramão de quem defende a Educação como um direito para todos, como está preconizado na Constituição", afirmou.

Plano de Mobilidade de Olinda foi sancionado pelo prefeito, professor Lupércio (SD)
Plano de Mobilidade de Olinda foi sancionado pelo prefeito, professor Lupércio (SD)Foto: Sandro Barros / PMO

O principal instrumento de planejamento dos sistemas de circulação e transporte do município de Olinda, o Plano de Mobilidade (Plamob), foi sancionado pelo prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD). O documento irá nortear novas intervenções, habilitando ainda o município para receber recursos. O principal meio elencado pela população na hora de ir ao trabalho está na locomoção pelo transporte público, considerando também outros modais.

A construção do Plamob se baseou em oito pontos centrais, sendo eles: o transporte não motorizado (pedestres e ciclistas); o transporte público coletivo; o transporte público individual (táxi); a infraestrutura do sistema de mobilidade urbana; a participação popular; o espaço público; a carga e descarga e, por fim, o transporte individual.

O perfil do deslocamento da população veio a partir da Pesquisa de Origem-Destino realizada pelo Instituto da Cidade Pelópidas Silveira e Grande Recife Consórcio de Transportes. A Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda aplicou o estudo nos terminais de integração, ruas, avenidas e ciclovias, com 21.864 pessoas. O levantamento levou em consideração a faixa de renda do entrevistado e qual o veículo que ele utiliza para seu deslocamento de casa para o trabalho, cursos ou faculdade.

Leia também:
[Giro de manchetes] Confira os destaques nos jornais, nesta quinta
Emendas impositivas estão na pauta da Alepe
Vara de Violência contra a Mulher é instalada em Jaboatão


Os olindenses indicaram como as três formas principais na hora de ir ao trabalho: ônibus com 66,57%; 13,02% de carro; e 7,76% a pé. O tempo no deslocamento mais comum, para 26,60% dos entrevistados, ficou entre 30 e 45 minutos.

As três modalidades permanecem na frente quando o intuito é ir até a escola, mas em posições diferentes: a pé com 56%; ônibus para 26,77%; e carro com 7,60%. O tempo no deslocamento mais comum, para 24,10% dos entrevistados, ficou entre entre 15 minutos e 30 minutos.

De acordo com prefeito Professor Lupércio, a conclusão do Plamob será importante no planejamento e melhoria da qualidade de vida na cidade. “Uma construção coletiva, tendo a participação popular na frente. Estamos integrando todas as secretarias que vão seguir as diretrizes do documento”, colocou.

O secretário de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, exemplificou como essa integração ocorre. “No caso do calçamento de uma rua, o Plamob será seguido por todas as pastas envolvidas”, explicou.

INTERNET

Os resultados do Plano de Mobilidade de Olinda estão ao alcance da população, com um portal exclusivo na internet dispondo de todos os materiais: www.plamob.olinda.pe.gov.br. Ao todo, desde o início do processo, foram realizadas 13 oficinas com a população de Olinda, em diferentes locais e contemplando todas as regiões.

Aflitos receberá primeiro clássico pós-reabertura
Aflitos receberá primeiro clássico pós-reaberturaFoto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

No dia 23 de maio de 2013, o Clube Náutico Capibaribe enfrentou o Sporting Lisboa em uma partida amistosa na Arena Pernambuco. Atualmente chamada de Arena de Pernambuco, mas há quem chame de Arena dos Problemas. Deixando as terminologias para lá, naquele dia festivo, fiz questão de comparecer ao novo palco do futebol pernambucano.

No dia seguinte, participei de um debate em um programa de rádio com outros colegas. De imediato, afirmei que a chamada dos jogos do Náutico para a Arena era algo inviável. Entre os debatedores, um deles mais exaltado, fez questão de reverenciar a obra construída pelo governo de Pernambuco.

Insisti afirmando, que a obra era grandiosa, mas inviável para o Clube da Rosa e Silva. Na mesma semana, escrevi um artigo para o jornal impresso (Folha de Pernambuco), cujo título era Tiro no Pé.

Lamentavelmente, os anos foram se passando e aos poucos foi se tornando cristalino que a opção feita pelo Náutico não era salutar. Mergulhado em um jejum de títulos estaduais e o rebaixamento da Série A para B e em seguida para Série C, fez despertar nos torcedores alvirrubros de que o melhor caminho era voltar o mais rápido possível a sua casa.

A atual diretoria abraçou a causa de maneira obstinada e realizou o desejo da maioria dos alvirrubros, onde no dia 16 de dezembro do corrente ano, o sonho se tornou realidade, ou seja, o Náutico voltou de onde jamais deveria ter saído.

Com o seu retorno, estou também retonando ao Estádio, pois durante o período em que esteve na Arena, compareci apenas três jogos. O primeiro deles já mencionei; o segundo foi contra o Internacional e o terceiro contra o Fluminense.

Naquela oportunidade disse às pessoas que estavam comigo o seguinte: “Se algum dia o Náutico voltar a jogar no Eládio Barros Carvalho, irei com o maior prazer, mas aqui não venho nunca mais”.

O Náutico voltou e eu também.

Hely Ferreira é cientista político.

Entrega do Habitacional Vereador Liberato Costa Júnior beneficiou 45 famílias
Entrega do Habitacional Vereador Liberato Costa Júnior beneficiou 45 famíliasFoto: Andréa Rego Barros/Divulgação

A conclusão do Conjunto Habitacional Vereador Liberato Costa Júnior, no bairro de Campo Grande, foi entregue pela Prefeitura do Recife, nesta quinta-feira (20). A primeira etapa do habitacional já havia sido entregue em abril deste ano, com 52 unidades. Desta vez, mais 45 famílias foram beneficiadas com moradia. O prefeito Geraldo Julio (PSB) entregou, em mãos, a cada um dos moradores, a chave e a documentação das novas residências.

"Hoje são 45 famílias recebendo suas casas novas e é uma satisfação poder entregar neste momento, pertinho do Natal. Com essa entrega, a gente passa de 2.200 famílias beneficiadas. São mais de 10 mil pessoas que receberam uma casa totalmente nova, com acabamento bem feito, numa parceria que precisa ser feita com a Caixa Econômica Federal, com o Patrimônio da União, e eu estou muito feliz por estarmos juntos aqui vendo essas famílias receberem a casa nova e tendo a vida transformada a partir de 2019", afirmou o prefeito.

entrega do habitacional

Crédito: Andréa Rego Barros/Divulgação

Leia também:
[Giro de manchetes] Confira os destaques nos jornais, nesta quinta
Vara de Violência contra a Mulher é instalada em Jaboatão
Plano de Mobilidade de Olinda é sancionado

As famílias beneficiadas viviam em situação precária nas comunidades carentes às margens do Rio Beberibe, no bairro de Campina do Barreto, Zona Norte do Recife. O autônomo Romero dos Santos celebrou a casa nova e relembrou que, na época de chuva, era assombrado pelos alagamentos constantes. "É uma mudança radical que estamos vivendo. Nós que viemos da beira do rio, enfrentamos cheias, foi uma época muito difícil, mas agora é sentimento de alegria, de vitória. O sentimento que o passado ficou para trás e vamos iniciar uma nova história", contou o novo morador.

As famílias estavam no auxílio moradia desde 2014, quando iniciaram as obras da via marginal que está sendo construída às margens dos rios Beberibe e Morno. A obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Beberibe, que tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas que residem naquela região. 

Para garantir a boa convivência entre os moradores, a Gerência de Desenvolvimento Social da Secretaria de Saneamento, responsável pela obra, realizou um acompanhamento por meio de palestras e oficinas. Entre os temas discutidos estão moradia verticalizada, para evitar reformas indevidas, uso correto do sistema de esgotamento sanitário e sustentabilidade do empreendimento.


Danilo Cabral (PSB) é cotado para ser novo líder do PSB na Câmara Federal
Danilo Cabral (PSB) é cotado para ser novo líder do PSB na Câmara FederalFoto: Sérgio Francês / Divulgação

Na solenidade no Palácio Campo das Princesas com o ministro da Saúde Gilberto Occhi, nesta quinta-feira, o deputado federal Fernando Monteiro (PP) se referiu ao seu colega de Congresso Danilo Cabral (PSB) como "novo líder do PSB na Câmara", durante seu discurso. Atualmente, a liderança é exercida pelo deputado Tadeu Alencar.

Questionado pela reportagem do Blog da Folha sobre o assunto, Danilo Cabral apontou a prioridade nas discussões na bancada no momento. "Nós vamos discutir a escolha da liderança quando do retorno do recesso. A bancada vai discutir, se reunir e deliberar sobre esse assunto, mas o eixo de discussão primeiro é a preservação da unidade da bancada, porque o partido vivenciou até o rompimento definitivo com o governo Temer, um período de muita divisão interna que não foi bom para o PSB nem para a atuação nossa lá na Câmara", desconversou.

Leia também:
Cotado para secretaria, João Campos deve assumir mandato
Projeto que fortalece controle das estatais é aprovado em Comissão
Emendas impositivas estão na pauta da Alepe


No entanto, o parlamentar não negou a informação e disse que a indicação seria um reconhecimento à sua trajetória dentro da legenda. "Nosso nome passou a ser cogitado a ocupar a posição de líder do partido. Eu me sinto honrado pela lembrança. O PSB foi o único partido que fui filiado em toda a minha vida. São 28 anos de atuação. Já cumpri muitas tarefas em nome dpo PSB e me sentiria muito honrado em cumprir essa que já foi cumprida por tanta gente relevante no partido", revelou.

Segundo Danilo, o novo líder precisa representar o posicionamento escolhido pelo partido em relação ao novo governo. "Agora que estamos com uma posição mais clara, nós queremos preservar primeiro que quem vá ser líder tenha identidade com esse momento que a legenda vai enfrentar em relação ao governo Bolsonaro".

Segundo o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, a decisão sobre a liderança da Câmara não sofrerá interferência da cúpula socialista. "A única vez que eu intervi na liderança da bancada foi para destituir a senhora Tereza cristina, porque ela tinha uma ação incompatível com a visão ideológica e programática do partido, e nós tivemos que derrubá-la, por sorte nossa. Eu interferi para realmente tirá-la. Fora disso, é a decisão é da bancada. Danilo é um nome qualificadíssimo pra isso, mas essa definição não é do partido, é da bancada", reafirmou.

O parlamentar lembrou de tarefas que desempenhou desde que voltou a atuar na Câmara dos Deputados, como o enfrentamento ao presidente Temer e a atuação em pautas de interesse social, como a reforma da Previdência, a reforma Trabalhista, a defesa do Sistema Único de Assistência Social e seu papel na presidência da Comissão de Educação. "A escolha do líder pressupõe compromisso com a defesa desses valores e aqueles que construam uma unidade dentro da bancada", sugeriu.

Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, assinou a liberação de R$ 2,4 milhões mensais do Governo Federal para a área em Pernambuco. Paulo Câmara ressaltou as parcerias entre Governo do Estado e Governo Federal
Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, assinou a liberação de R$ 2,4 milhões mensais do Governo Federal para a área em Pernambuco. Paulo Câmara ressaltou as parcerias entre Governo do Estado e Governo FederalFoto: Pedro Oliveira/ Folha de Pernambuco

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), avisou que o projeto da Reforma Administrativa seguirá para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta sexta-feira (21). Paulo deverá manter as 22 secretarias, além da Casa Militar e Procuradoria Geral do Estado, que possuem status de secretarias.

"Estamos trabalhando com o número de pastas atual, que foi reduzido lá ainda por Eduardo Campos a gente deve manter. O que a gente deve fazer são algumas alterações para otimizar o serviço. A gente quer oferecer serviços públicos melhores a Pernambuco e esses quatro primeiros anos mostraram que precisam de ajustes que é o que a gente vai fazer com esses projetos que a gente vai mandar amanhã", disse.

Leia também:
Pernambuco recebe investimento de R$ 66,3 milhões para Saúde

Comentários de bastidores davam conta de que quatro secretarias sofreriam alterações, ou seja, algumas poderiam ser fundidas ou até mesmo criadas. Oficialmente, os secretários devem ser anunciados apenas na próxima semana, nos dias 27 e 28 de dezembro.

"Temos uns dias ainda para conversar com os partidos, conversar com a nossa equipe, conversar com as novas pessoas que vao ingressar no Governo a partir do ano que vem. Eu tenho um dever de casa meu para fazer ainda para fazer até o dia 28", disse Paulo Câmara.

Sobre a relação com o Partido Republicano (PR), que agora é presidido no Estado pelo prefeito oposicionista de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, o governador preferiu remeter às boas relações mantidas com outros membros da legenda, como o deputado federal Sebastião Oliveira.

"A gente tem a participação do Governo do deputado Sebastião Oliveira, que é do PR. A base do PR na Assembleia nos apoia. A gente tem uma relação muito boa com eles. Eu vou continuar conversando tanto com Sebastião Oliveira quanto com os deputados do Partido Republicanos, do PR, porque nossa intenção é agregar cada vez mais . Eles tem me ajudado muito a governar Pernambuco e vão continuar me ajudando nos próximos quatro anos", avisou.

SAÚDE - O Sistema Único de Saúde (SUS) de Pernambuco passará a contar com investimentos mensais de R$ 2,4 milhões do Governo Federal. A portaria para liberação do repasse foi assinada, no final da manhã desta quinta-feira (20), pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, que liberou também um reforço mensal de R$ 1 milhão para habilitação da unidade especializada em hemodiálise do Hospital de Santo Amaro, ligado à Santa Casa de Misericórdia. O governador Paulo Câmara recebeu o ministro no Palácio do Campo das Princesas.

*Com informações de Marcelo Montanini, da Folha de Pernambuco

assuntos

comece o dia bem informado: