Foram encontrados 311 resultados para "Março 2017":

Senador Humberto Costa percorrerá o Agreste de Pernambuco
Senador Humberto Costa percorrerá o Agreste de PernambucoFoto: Roberto Stuckert Filho

O senador Humberto Costa (PT) faz giro pelo Agreste Meridional neste fim de semana. O petista segue nesta sexta-feira (31) e neste sábado (1º) para o Interior do Estado, onde participará de eventos nas cidades de Jupi, Angelim, Garanhuns e Bom Conselho.

A primeira agenda será a Reunião Regional dos Conselheiros Tutelares, que acontece em Jupi e deverá reunir cerca de 100 conselheiros de toda a região.

À tarde, ele segue para Angelim onde se reunirá com o prefeito do município, Douglas Duarte (PSB), a vice-prefeita, Rosa, lideranças locais e representantes da sociedade civil para debater a Reforma da Previdência, a lei da Terceirização e os últimos acontecimentos do País.

“É sempre muito proveitoso ir ao Interior do Estado debater temas importantes como esses que vão se refletir diretamente na vida dos brasileiros. Essas reformas, propostas pelo governo golpista de Temer, vão prejudicar toda a população, principalmente os mais humildes”, lembrou.

A agenda continua no sábado, quando o parlamentar tem entrevista marcada em uma rádio de Garanhuns e depois segue para Bom Conselho. No município, Humberto Costa acompanha o prefeito Dannilo Godoy (PSB) em uma visita às obras da adutora na comunidade Bálsamo e depois participa da entrega do certificado da comunidade Amargoso.

“Vamos continuar com uma agenda extensa de visitas e conversas em diversos municípios de todo o Estado. Iremos percorrer todas as regiões de Pernambuco para conversar com as pessoas e explicar o impacto de todo esse retrocesso que o governo não eleito está levando para a vida da população”, afirmou o senador.

O PPS, por meio de sua Coordenação Estadual de Mulheres, presta uma homenagem a setes mulheres como parte das comemorações do mês que celebra o Dia Internacional da Mulher. A cerimônia acontece nesta sexta-feira (31), às 14h30, no plenário da Câmara Municipal de Olinda. No evento, ainda serão promovidas palestras.

As homenageadas receberão um troféu estilizado. São elas: a primeira-dama de Olinda, a administradora de empresas Cláudia Cordeiro do Nascimento, a jornalista Ângela Fernanda Belfort, a professora Luciane de Oliveira Cavalcante, a artista popular Dona Glorinha do Canto do Coco, a médica Vera Lopes, a professora e gestora pública Mirtes Cordeiro, além da secretária nacional da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Débora Albuquerque, presidente estadual licenciada do PPS.

“Elas se sobressaem nas suas áreas de atuação profissional porque são o símbolo do empoderamento feminino, que gera transformações sustentáveis na sociedade”, afirmou a coordenadora estadual de mulheres do PPS, a advogada Lirdes Oliveira.

Durante o evento ainda serão promovidas palestras com o tema “Mulheres unidas e empoderadas geram transformações sustentáveis”, ministradas pela coordenadora das mulheres da Região Nordeste, Raquel Dias, e pela coordenadora nacional das mulheres do PPS, Tereza Vitalle.

Relator do TSE fez questão de homenagear juízes
Relator do TSE fez questão de homenagear juízesFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Responsável por um dos processos mais aguardados pelo País, o relator do julgamento das contas da campanha da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e do presidente Michel Temer (PMDB) no Tribunal Superior Eleitoral, Herman Benjamin, teve uma passagem discreta por Recife, ontem. Às vésperas de revelar seu voto, que deverá ser à favor da cassação da chapa, o gestor evitou falar com a imprensa e fez forte discurso em defesa dos direitos sociais ao receber a Medalha da Ordem do Mérito Pontes de Miranda, concedida pelo Tribunal Regional Federal da 5° Região (TRF5).

"Estou fugindo de vocês. Estou em pré-julgamento e não posso falar", brincou, após ser enfrentar os pedidos dos repórteres por entrevista. Antes mesmo do evento iniciar, os assessores já procuraram a imprensa para informar que o ministro não falaria com os jornalistas nem mesmo sobre a homenagem recebida.

Em seu discurso, o ministro reforçou o papel dos juízes no momento atual do País. "São esses juízes que estão mudando o País", afirmou, se referindo a atual geração de magistrados. Ao encerrar o discurso, ele saiu em defesa dos direitos sociais, em momento de reformas do atual governo. "

Cristiano Zanin Martins é advogado do ex-presidente Lula
Cristiano Zanin Martins é advogado do ex-presidente LulaFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Cristiano Zanin Martins desembarcou no Recife, nesta quinta-feira (30), onde participou de sessão de autógrafos do livro "O Caso Lula: a Luta pela Afirmação dos Direitos Fundamentais no Brasil" e de evento proposto pela CUT. Antes, concedeu entrevista à imprensa, na qual defendeu a revisão da lei de abuso de autoridade.

A proposição é de autoria do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e relatada pelo senador Roberto Requião (PMDB-PR). A medida vem sendo discutida no Congresso.

“Talvez os projetos possam sofrer melhoria pontual. Mas não tenho dúvida que o abuso de autoridade hoje precisa ser revisto a fim de atualizar as condutas que configuram abuso de autoridade assim como as penas da autoridade que pratica o abuso”, avaliou.

O advogado ainda defendeu a idoneidade de Lula e afirmou que "todas as acusações terão que ser superadas e reconhecida a inocência do ex-presidente".

O advogado também foi questionado se a defesa do ex-presidente trabalha com a possibilidade de Lula ser preso. Em resposta, Zanin afirmou que não se cogita essa possibilidade porque “não há nenhuma prova que o ex-presidente tenha praticado algum crime...". "Qualquer decisão nessa linha não seria jurídica jamais”, disse.

Cristiano Zanin também criticou a condução do processo envolvendo o petista em Curitiba, que tem o juiz federal Sergio Moro à frente de de processos da Lava Jato, na primeira instância. Segundo o advogado, Lula vem sofrendo perseguição judicial. 

Com informações de Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco.

Bancada de oposição realizou plenária com lideranças comunitárias, políticas e sindicais do Sertão do Pajeú
Bancada de oposição realizou plenária com lideranças comunitárias, políticas e sindicais do Sertão do PajeúFoto: Arthur Marrocos/Divulgação

Na primeira agenda do périplo para fiscalizar as ações do Governo do Estado, a bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) visitou o Sertão do Pajeú. A programação do Pernambuco de Verdade, esta quinta-feira (30), começou em Serra Talhada com críticas a projetos paralisados.

A primeira atividade do grupo foi uma reunião com o presidente da Câmara Municipal de Serra Talhada, Naílson Gomes (PTC), e com alguns vereadores do município. Na sequência, os deputados visitaram obras e equipamentos públicos.

Fizeram parte da comitiva os deputados Silvio Costa Filho (PRB), Álvaro Porto (PSD), Júlio Cavalcanti (PTB), Socorro Pimentel (PSL) e Augusto César (PTB), que tem na cidade seu reduto eleitoral.

Na visita, os parlamentares apontaram a paralisação de obras como a sede do Corpo de Bombeiros e da Faculdade de Medicina da UPE. Também apontaram o que chamaram de “promessas que sequer começaram a sair do papel”, como a duplicação da BR-232 de São Caetano até Cruzeiro do Nordeste.

“O volume de problemas que encontramos mostra o quanto o Pernambuco de Verdade, o da vida real das pessoas, é diferente do que o Governo do Estado mostra na sua propaganda oficial. O que se vê é um Governo que não consegue dar continuidade aos projetos que foram iniciados, enquanto as principais conquistas da população estão ficando para trás”, afirmou o líder da oposição, Silvio Costa Filho.

Além de obras, os parlamentares também inspecionaram equipamentos públicos, como o Hospital Regional Agamenon Magalhães, responsável pelo atendimento da população de Serra e mais 14 municípios do Sertão do Pajeú. “A infraestrutura do prédio é até boa, mas faltam equipamentos ar-condicionado na recepção, ambulatório e nos leitos, além da escassez de medicamentos, insumos básicos e profissionais para a população”, avaliou a deputada Socorro Pimentel (PSL).

Silvio Filho ainda classificou como subutilizada a UPAE do Estado na cidade que, segundo ele, funciona com apenas 35% da sua capacidade.

O deputado Augusto César criticou a redução de programas sociais, como o PROUPE. “O Proupe foi reduzido de R$ 270 mil para R$ 90 mil e a tendência é acabar com o programa. Na cadeia pública, os presos que recebem o auxílio reclusão estão com atraso de três meses. Se o Governo fala em Pernambuco em Ação, as ações do Estado não estão chegando ao Sertão do Estado, como também não chegam ao Agreste, à Região Metropolitana ou à Zona da Mata”, criticou.

No início da noite, a bancada realizou uma plenária com lideranças comunitárias, políticas e sindicais do Sertão do Pajeú, na Câmara Municipal de Serra Talhada. No encontro, a delegação ganhou o reforço da deputada Priscila Krause (DEM) e do deputado Ossésio Silva (PRB).

Nesta sexta-feira (31), a programação dos parlamentares segue nas cidades de Afogados da Ingazeira e Arcoverde.

Governador Paulo Câmara (PSB) inaugurou obra ao lado da prefeita Raquel Lyra (PSDB)
Governador Paulo Câmara (PSB) inaugurou obra ao lado da prefeita Raquel Lyra (PSDB)Foto: Aluisio Moreira/SEI

A região do Agreste de Pernambuco passa a contar com um reforço no abastecimento de água para minimizar os efeitos da estiagem com a inauguração do Sistema Adutor de Pirangi, realizada nesta quinta-feira (30). Com um investimento de R$ 60 milhões, o novo equipamento, que começou a operar em fase de testes em fevereiro, vai melhorar o abastecimento de água no município de Caruaru e região. O governador Paulo Câmara (PSB) participou da solenidade, realizada em Caruaru, e, na ocasião, ainda autorizou, por meio de assinatura de ordem de serviço, mais R$ 2,6 milhões para a troca do conjunto motor-bomba do sistema. As ações devem beneficiar 800 mil moradores de nove cidades.

"O Sistema Adutor de Pirangi vai melhorar o abastecimento e minimizar o sofrimento da população do Agreste, que já enfrenta uma seca de seis anos. Além disso, a obra ajudará a preservar o Rio do Prata. O que queremos com essas medidas é que, em breve, o Agreste pernambucano tenha mais água nas torneiras", afirmou Câmara. "Vamos continuar priorizando o abastecimento de água e o saneamento, pois saneamento é uma questão de saúde pública. O sofrimento da população na questão hídrica tem que ser a prioridade maior no Estado brasileiro", destacou.

Além de Caruaru, o Sistema Adutor de Pirangi também beneficiará as cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Agrestina, Altinho, Ibirajuba, Cachoeirinha, Toritama, Riacho das Almas, Cumaru e Passira. A obra terá adução com 27 quilômetros de extensão, dos quais seis quilômetros em tubos DN 700 milímetros e 21 quilômetros em tubos DN 600 mm, duas estações elevatórias para vazões de 300 a 500 litros por segundo, alturas manométricas da ordem de 170 mca e potência dos motores de 900 cv. O equipamento é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, a Compesa e o Banco Mundial.

"Hoje, a partir dessa inauguração, vamos poder preservar um pouco o Prata e permitir que ele possa se restabelecer. Muito obrigada em nome de todos do Agreste", afirmou a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB). "Sei do esforço deste governo na priorização das adutoras, mas precisamos correr atrás do governo federal para dar andamento à Adutora do Agreste", ressaltou a tucana. A nova obra vai explorar menos a Barragem do Rio do Prata.

Participaram da solenidade prefeitos da região, além dos deputados estaduais Waldemar Borges (PSB), Aluísio Lessa (PSB), Laura Gomes (PSB), Tony Gel (PMDB) e Vinícius Labanca (PSB), além do secretário da Casa Civil, Antonio Figueira.

Apesar disso, as ausências do ex-prefeito Zé Queiroz (PDT) e o deputado federal Wolney Queiroz (PDT) foram sentidas nos atos realizados em Caruaru, assim como a do ex-governador João Lyra Neto (PSDB), pai da prefeita Raquel Lyra. João Lyra, no entanto, participou, mais cedo, da inauguração da Escola Técnica Estadual (ETE) Ministro Fernando Lyra, que leva o nome de seu irmão.

O presidente do PHS de Pernambuco e vice-presidente nacional do partido, José Belarmino de Sousa, conseguiu reverter derrota que o impediu de exercer o cargo de vereador para o qual foi eleito em 2016. Um recurso especial no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acatado pelo relator, ministro Luiz Fux, defere o registro da candidatura do político.

Em 2016, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) declarou Belarmino de Sousa como inelegível. Dos 27 vereadores eleitos em Jaboatão, oito foram reeleitos. Belarmino, no entanto, não tomou posse por ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Na ocasião, assumiu, no lugar dele, o primeiro suplente, o vereador Irmão Fabinho (PHS).

No dia da posse, os vereadores assinaram o livro de posse e votaram nos nomes para ocupar a Mesa Diretora da Câmara.

O vereador foi citado na Operação Caixa de Pandora, da Polícia Civil de Pernambuco, que investiga irregularidades na Câmara Municipal. A Polícia Civil apresentou, em coletiva, em outubro de 2016, os detalhes da operação. No esquema, os comissionados devolviam até 90% dos seus salários aos vereadores. Belarmino de Sousa deve voltar à Câmara nos próximos dias para exercer seu quarto mandato.

Professor Lupércio
Professor LupércioFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Prefeitura de Olinda entregou nesta quinta-feira (30) ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) o relatório de transição em que aponta uma dívida de R$ 149.342.118,98, relativa à gestão anterior do ex-prefeito Renildo Calheiros.

De acordo com o relatório produzido por uma empresa de contabilidade contratada pela atual gestão do professor Lupércio (SD), no fechamento das contas a maior parte do débito (R$ 122.082.795,91) é a dívida consolidada do município.

Os outros R$ 27.259.538,90 de dívida são de restos a pagar (R$ 17.722.112,78) e despesas de exercício anterior (R$ 9.537.526,12), dentre as quais os direitos deixados pelos dos servidores: licença-prêmio, férias não gozadas, por exemplo.

Na avaliação da Secretaria da Fazenda e Administração de Olinda esse déficit pode dificultar a implementação de novos projetos que beneficiem a cidade e a população já que esse valor deve ser diluído nas contas da atual gestão.

Na avaliação da secretária da Fazenda e Administração de Olinda, Janaína Acioli, as falhas encontradas nos processos internos são resultado de uma “gestão desorganizada”. “O sentimento da equipe é que não havia esforço administrativo da gestão passada para implementar uma administração eficiente”, comentou Janaína Acioli.

MEDIDAS

Diante do quadro de dificuldades orçamentárias, para tentar cortar gastos, cumprir os compromissos financeiros da gestão municipal com fornecedores e ainda quitar os débitos deixados, a administração da cidade tem realizado levantamentos que apontam em quais setores podem ser feitas economias. Um exemplo disto é a redução de 338 contratos com pessoas físicas.

Em 2016, a Prefeitura de Olinda tinha, também, 1.457 contratos firmados e agora esse número foi reduzido para 1.119, um corte de 23% do volume total desse tipo de acordo.

Promessa de campanha, a redução no número de cargos comissionados é uma das saídas para garantir alguma folga nas contas públicas. Para isso, a gestão atual decidiu não ocupar 802 cargos disponíveis no quadro de pessoal ligado à Prefeitura de Olinda.

Hoje, 685 pessoas trabalham como cargo comissionado para o governo municipal, ou seja, 15% das vagas não foram preenchidas.

Além disso, o prefeito Professor Lupércio do Nascimento ainda fará uma Reforma Administrativa para identificar cargos que possam ser extintos. Realizar ajustes fiscais se torna imprescindível para que a Prefeitura de Olinda possa se envolver em projetos com os governos Estadual ou Federal em que contrapartidas do município sejam necessárias.

O processo de tombamento dos equipamentos da Prefeitura de Olinda e a falta de controle do almoxarifado também foram criticados pelo relatório de transição entregue ao MPPE. Atenta a isso, a atual gestão já iniciou o processo de tombamento de todos os móveis e equipamentos. O trabalho deve ser concluído nos próximos seis meses.

O governador Paulo Câmara e Raquel Lyra entregaram a escola técnica nesta quinta-feira (30)
O governador Paulo Câmara e Raquel Lyra entregaram a escola técnica nesta quinta-feira (30)Foto: Arnaldo Felix/Divulgação

Ex-ministro da Justiça Fernando Lyra, morto em fevereiro de 2013, foi homenageado nesta quinta-feira (30) na sua terra Natal, Caruaru. O governador Paulo Câmara e a prefeita do município, Raquel Lyra, inauguraram uma Escola Técnica Estadual (ETE) que leva o nome do ex-ministro.

Sobrinha do homenageado, Raquel se disse honrada em inaugurar uma escola técnica com o nome do ex-ministro Fernando Lyra.

"Estou muito feliz pela inauguração deste equipamento que marca um compromisso do Governo com a nossa juventude. Também é de uma enorme alegria inaugurar uma escola que leva o nome de meu tio Fernando Lyra, um homem de grande valor e que sempre lutou com diálogo e pela democracia deste país", ressaltou Raquel, que afirmou que a educação é a principal bandeira de seu governo. “Vamos trabalhar por uma melhor educação todos os dias”.

O governador Paulo Câmara, em seu discurso, deixou uma mensagem aos caruaruenses e disse a prefeita Raquel Lyra e a todos os presentes que a parceria será feita em benefício do povo de Caruaru e da região Agreste.

“Vamos trabalhar juntos para isso”. O governador destacou ainda que a educação vai continuar sendo uma prioridade de sua gestão. "Essa escola técnica vai ao encontro do que queremos: oferecer condições aos alunos de ter um aprendizado que os faça conseguir alcançar todos os sonhos", afirmou.

Com um investimento na ordem de R$ 10,5 milhões, a nova unidade já atende 169 estudantes da cidade desde fevereiro de 2017, mas tem capacidade total para receber até 1.300 estudantes. O ex-governador João Lyra Neto, irmão do homenageado, representou toda a família.

Chico Alencar, deputado pelo PSOL
Chico Alencar, deputado pelo PSOLFoto: Felipe Ribeiro/Folha PE

Parlamentar de oposição ao governo federal, o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) terá sua biografia lançada no dia 8 de abril, na Livraria da Vila, em São Paulo. O livro Chico Alencar – caminhos de um aprendiz é escrito por Pedro de Luna e Marcelo Movschowitz e trata da vida do professor do deputado. O lançamento ocorre às 15h.

A biografia traz depoimentos de Saturnino Braga, Milton Nascimento, Luiza Erundina (PSOL-SP), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Marcelo Freixo (PSOL-RJ), e de adversários políticos, como Ronaldo Caiado (PSDB-GO). Também entram caricaturas de Aroeira, Paulo Caruso e Ziraldo.

Perfil dos autores
Marcelo Movschowitz é repórter, editor e roteirista. Atualmente mora em Goiás e trabalha como repórter na TV Anhanguera, afiliada da TV Globo. Este é o seu primeiro livro. Pedro de Luna é formado em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense, com MBA em Gestão Cultural. Além de escritor, trabalha como jornalista, publicitário e desenhista. Este é o seu quinto livro como autor.

assuntos

comece o dia bem informado: