Foram encontrados 271 resultados para "Junho 2019":

Deputada estadual Teresa leitão (PT)
Deputada estadual Teresa leitão (PT)Foto: Roberto Soares/Alepe

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta segunda (17), a deputada Teresa Leitão (PT) comemorou o fato de os Estados do Nordeste estarem efetivando um novo contrato de prestação de serviços com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) nos moldes originais do Programa Mais Médicos. A medida está no âmbito do Consórcio Nordeste, protocolo firmado entre os Estados da Bahia, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagroas e Sergipe com objetivo de promover o desenvolvimento sustentável na Região Nordeste.

A deputada citou reportagem do The New York Times segundo a qual 28 milhões de pessoas ficaram sem atendimento depois que as vagas antes ocupadas por médicos cubanos não foram preenchidas. “Os cerca de oito mil médicos cubanos foram embora do Brasil após as críticas ideológicas do presidente Jair Bolsonaro, que prometeu que preencheria as vagas com profissionais brasileiros, mas isso não aconteceu. Não conseguiram cobrir as lacunas deixadas principalmente no Interior e nas regiões com acesso mais difícil”, relatou.

De acordo com a petista, “o consórcio está buscando o aparato necessário para que a população não fique sem o atendimento médico”.

“O Mais Médicos foi um dos programas mais exitosos em termos de atenção básica. Um programa que levou alento, que levou atenção básica às comunidades. Mas Bolsonaro fez duras críticas ao programa, mesmo sem estudá-lo. Criou uma verdadeira crise diplomática e os profissionais foram chamados porque, inclusive, estavam sofrendo risco”, relatou Teresa.

“Eu desejo que sejam exitosos nesse primeiro empreendimento”, concluiu a deputada.

Lei que institui o Consórcio Nordeste: http://legis.alepe.pe.gov.br/texto.aspx?id=45905&tipo=

Presidente Estadual do PSB e atual secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes recebeu título de cidadão de Olina, nesta segunda (17)
Presidente Estadual do PSB e atual secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes recebeu título de cidadão de Olina, nesta segunda (17)Foto: Wesley D'Almeida

Presidente Estadual do PSB e atual secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes é o mais novo cidadão de Olinda. O socialista recebeu o título na noite desta segunda-feira (17), por proposição do vereador Algério Nossa Voz (PSB) e aprovado por unanimidade. A solenidade, realizada na Casa Bernardo Vieira de Melo, contou com a presença do vice-prefeito Márcio Botelho (SD), do deputado estadual Sivaldo Albino (PSB), além de vereadores da cidade e lideranças do PSB Estadual.

Durante o ato, Sileno destacou fatos da história de Olinda, primeira capital pernambucana, e falou das tradições de luta presentes na cidade, palco de batalhas entre portugueses e holandeses, e também protagonista da Guerra dos Mascates, no século 18. O gestor ainda fez um relato da sua relação pessoal com a cidade. Ele lembrou que foi no período em que exerceu a função de secretário de Relações Institucionais, na gestão de Eduardo Campos, que teve maior aproximação com Olinda. Sileno Guedes ainda recordou o período em que executou importantes projetos para os olindenses, como o Governo Presente, na pasta de Articulação Social e Regional.

“É uma alegria receber a homenagem de um vereador que representa os mais vulneráveis. Motivo de orgulho e satisfação. Fico muito mais feliz ainda de estar numa Câmara de Vereadores, pois sei o que representa ser vereador, que está sempre tão próximo da população”, afirmou Sileno.

O dirigente partidário destacou ainda que na cidade fez importantes amigos que o acompanharam e contribuíram para sua formação política. “Agora, como cidadão olindense, quero estar ainda mais presente nas lutas importantes travadas pela população desse município para enfrentar problemas que mais exigem decisões e determinação, dando o melhor para as lutas necessárias que precisamos enfrentar”, afirmou.

Autor da proposição, o vereador Algério explicou o que o levou a apresentar a iniciativa e agradeceu a presença das pessoas que prestigiaram a solenidade, mesmo com as chuvas da Região Metropolitana nos últimos dias. “O título foi aprovado por todos sem nenhum questionamento. Têm pessoas que tem privilégio de nascer em Olinda e outras que têm a honra, como é seu caso. Você receberá esse título mais que merecido e confesso que um pouco atrasado. Olinda precisa de pessoas como você, que querem fazer mudança na politica, que têm amor ao seu trabalho”, discursou Algério.

O vice-prefeito Márcio Botelho (SD) representou o prefeito e também fez os cumprimentos ao presidente do PSB. O deputado Sivaldo Albino e os vereadores Vladimir Labanca e Saulo Holanda também discursaram em homenagem ao socialista, além dos correligionários Dora Pires, Evaldo Costa, Pedro Mendes e Josenildo Sinésio.

Líder da oposição na Alepe, Marco Aurélio Medeiros (PRTB), em entrevista à Rádio Folha
Líder da oposição na Alepe, Marco Aurélio Medeiros (PRTB), em entrevista à Rádio FolhaFoto: Kleyvson Santos / Folha de Pernambuco

O estilo mais moderado nas declarações que o vice-presidente Hamilton Mourão tem adotado após assumir o cargo foi destacado pelo líder da oposição na Alepe, Marco Aurélio (PRTB), colega de partido do general. Em entrevista à Rádio Folha, nesta terça (18), o deputado disse que a postura de Mourão foi inesperada até por aliados de partido. Marco Aurélio, enquanto ainda era vereador, foi o autor do projeto que concedeu o título de cidadão recifense ao vice-presidente da República na Câmara do Recife.

"Mourão tem um estilo que nos pegou de surpresa, porque na campanha ele não era assim", lembrou o parlamentar, citando algumas entrevistas polêmicas concedidas por Mourão durante a campanha, onde por exemplo, mostrou-se favorável ao fim do FGTS. Segundo Marco Aurélio, a atuação do vice contrasta com a personalidade de Jair Bolsonaro. "O presidente tem um outro estilo, que é mais verdadeiro. E de vez em quando ele mostra que tem o pavio curto. O fato dele ser verdadeiro faz com que algumas pessoas não goste"", avaliou.

O deputado enalteceu algumas qualidades do seu colega de partido e vice-presidente."Ninguém chega a general filando, colando ou porque alguém deu um empurraozinho. Mourão é preparado, lê muito e está acima da média. A maior qualidade que eu vejo é a lealdade que tem ao presidente e ao país. as declarações deles muitas vezes foram para dar uma acalmada", disse.

Marco Aurélio comentou sobre a cerimônia de entrega da cidadania recifense a HAmilton Mourão. "Ele demonstrou o carinho, tanto que ele se emocionou. Foi uma cerimônia das mais bonitas que eu vi no Recife. A casa completamente lotada. Mourão agora é recifense e com certeza ele vai olhar pra Recife com mais carinho", falou.

Na entrevista, o parlamentar ainda abordou outros temas como a postura do vice-presidente no governo Bolsonaro, a reforma da Previdência, a volta dos médicos cubanos do Mais Médicos ao Nordeste, entre outros assuntos.

Ouça a entrevista completa:

Líder do PSC na Alepe, Clarissa Tércio diz que STF acaba de blindar "uma raça superior"
Líder do PSC na Alepe, Clarissa Tércio diz que STF acaba de blindar "uma raça superior"Foto: Divulgação / Alepe

Representante da bancada evangélica na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Clarissa Tércio (PSC) criticou, nesta segunda (17), a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de criminalizar a homofobia, comparando atos de discriminação à população LGBT ao crime de racismo. A deputada do PSC disse ser "completamente contra a violência e a discriminação", mas defendeu que "a liberdade de expressão e a liberdade religiosa ficam comprometidas" com a decisão da Suprema Corte.

"Será que isso aqui que eu estou falando vai configurar discurso de ódio? A verdade é que o STF acaba de blindar uma raça superior. Pode se criticar o pastor. Eu sei o quanto pastor pode ser criticado. Padre pode ser criticado também. Nós somos parlamentares e podemos ser criticados. Vossas excelências sabem que somos chamados de ladrões, corruptos. Mas os homossexuais não podem ser criticados", questionou Clarissa Tércio. "Preparem as celas. Podem construir mais presídios. Porque os verdadeiros pregadores da palavra continuarão pregando a verdade doa a quem doer. Porque esse povo está disposto não apenas a ser preso pelo evangelho e pela verdade, mas também para morrer por ele", discursou a parlamentar.

A posição de Clarissa foi rebatida pelo deputado estadual Doriel Barros (PT), que discursou em seguida. "Homofobia é crime. O STF está correto. E quem cometer o crime tem que pagar pelo que cometeu. Se tiver que as cadeias ficarem cheias por quem cometeu homofobia, elas vão ficar cheias", reagiu o petista.

O discurso de Clarissa não é o único movimento de parlamentares da Alepe em reação à decisão do Supremo. O deputado estadual Cleiton Collins (PP) apresentou um projeto de lei que protege religiosos de eventualmente serem enquadrados no crime de homofobia ao fazerem pregações da Bíblia. O parlamentar do PP, que é pastor, diz que está em contato com deputados de outros estados para apresentarem propostas semelhantes.

Flávio Dino, governador do Maranhão, já copnfirmou o contrato com a OPAS
Flávio Dino, governador do Maranhão, já copnfirmou o contrato com a OPASFoto: Valter Campanato/Agência Brasil

Após a formalização do Consórcio Nordeste, os gestores participantes já começam a articular planos de ações para a região. Uma das primeiras medidas pode ser a assinatura de um contrato com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para trazer profissionais estrangeiros e reinstalar o atendimento nos moldes do programa Mais Médicos nos entes federativos que compõem o Consórcio. Segundo a coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo desta segunda (17), Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, confirmou o contato com a Opas. A ideia é retomar um contrato regional com a organização. De acordo com a assessoria de imprensa do Governo de Pernambuco, uma conversa inicial sobre o assunto já ocorreu, mas o tema será aprofundado na próxima reunião do colegiado - ainda sem data confirmada.

Coordenando esforços para minimizar os efeitos da chuva no Estado, o governador Paulo Câmara (PSB) não comentou o assunto. No entanto, a deputada estadual Teresa Leitão (PT) subiu à tribuna na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ontem, para defender a parceria. "O Consórcio do Nordeste recentemente completou todos os trâmites legais. E busca agora impulsionar a retomada do formato original dos Mais Médicos com a presença dos profissionais cubanos que foram embora do País após as críticas ideológicas ao governo da ilha feita pelo presidente Jair Bolsonaro", aponta. A parlamentar cita as vagas que não foram ocupadas e a quantidade de pessoas que ficou sem atendimento.

"Após a perda de 8 mil vagas, o governo brasileiro prometeu que preencheria todas as vagas. Isso não aconteceu. E isso deixa 28 milhões de pessoas sem o atendimento médico e o atendimento da saúde básica. Então, o consórcio já regulamentado em todos os nove estados nordestinos está buscando amparo legal, toda a formatação, para que a nossa população não fique sem o atendimento médico que é um direito de todo cidadão", completou.

Contra

O líder da Oposição na Alepe, Marco Aurélio Medeiros (PRTB), por sua vez, se diz contrário ao projeto se “for aos moldes do Mais Médicos para tirar dinheiro do trabalhador e mandar para Cuba”. Ele considera a medida “absurda” e diz não “acreditar” na hipótese. "Para trazer os médicos nas condições anteriores, em que 80% do salário é retido e mandado para Cuba e os familiares desses médicos não podem visitar seus parentes que aqui trabalham e vice-versa, sou contra", garantiu.

O parlamentar pontua, ainda, que um projeto “configurando o modelo anterior é um ataque” ao Governo Federal. “Um consórcio existe para facilitar as políticas públicas entre os entes do Consórcio e não ser usado como instrumento de política”, disse Marco Aurélio. Para ele, a solução para as vagas deixadas pelos estrangeiros é a "oferta dessas vagas imediatamente ao mercado de forma simples e sem burocracia e, se for o caso, com mais incentivos", finalizou.

Números

Após duras críticas do então recém eleito presidente Jair Bolsonaro (PSL), Cuba anunciou, em 14 de novembro de 2018, o fim de sua participação no programa no Brasil. A retirada dos profissionais deixou cerca de 1,4 milhão de pessoas desassistidas no Estado. Eram 414 médicos cubanos atuando em Pernambuco.

Câmara do Recife
Câmara do RecifeFoto: Divulgação

Por conta dos transtornos causados pela chuva, com alagamento de vias que dificultam o trânsito e o comércio da cidade, suspensão de aulas, cancelamentos de voos e prejuízos materiais para os recifenses, que resultou na morte de uma cidadã, o vereador Rodrigo Coutinho (Solidariedade) propôs a criação de uma Comissão Representativa de Defesa Civil para fiscalizar as áreas de risco do Recife e implementar uma série de medidas que estimulem a prevenção e discussões acerca da temática.

Entre as atividades da Comissão estará a proposição, discussão e o incentivo de políticas públicas com o foco na resolução de problemas relacionados à intensidade das chuvas. Além do presidente Rodrigo Coutinho (Solidariedade), o grupo é composto pelos parlamentares Renato Antunes Guimarães (PSC), Eriberto Rafael (PTC), Almir Fernando Alves (PC do B) e Ivan Moraes (PSOL), Alcides Teixeira Neto e Samuel Salazar, estando estes dois últimos sem partido definido.

Uma das questões reivindicadas por Coutinho na sessão plenária que ocorreu na tarde desta segunda-feira (17) na Câmara Municipal do Recife foi o número reduzido de guardas da CTTU para direcionar o trânsito delicado que costuma ser recorrente em dias de chuva. Esse seria, de acordo com ele, um dos pontos fundamentais de discussão do grupo.

"O nosso foco será a cidade como um todo. Sabemos que é um cenário complexo e que não conseguiremos resolver todas as questões. Mas é o nosso dever de fiscalização e proposição, enquanto membros do poder legislativo, e que vai ser fortemente colocado em nossa frente. O cenário do Recife é alarmante, e exige medidas como essa. Além das áreas de risco precisamos achar soluções para o trânsito.”, explica

A previsão é que os sete parlamentares que compõem o grupo se reúnam para definir a agenda de atividades nesta terça-feira (18).

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Feminicídio cai 50% no Estado"

Jornal do Commercio: "Água chega a barragens, mas falta água nas torneiras"

Diario de Pernambuco: "Odebrecht tenta acordo de R$ 98,5 bilhões"

Folha de S. Paulo: "Empresas usaram disparos pró-Bolsonaro, diz espanhol"

O Estado de S. Paulo: "Odebrecht, pivô da Lava Jato, pede maior recuperação da história"

O Globo: "Odebrecht abra maior processo de recuperação judicial da História"

Estado de Minas: "Morre mãe de 8 filhos intoxicada em protesto"

O Tempo: "Planalto veta bagagem gratuita em vôo doméstico"

Correio do Povo: "Rodovias estaduais vão receber R$ 300 milhões em investimentos"

Zero Hora: "Governo do Estado anuncia R$ 301 milhçoes para estradas"

Valor Econômico: "Odebrecht pede recuperação com dívida de quasse R$ 100 bi"

Correio*: "Roubo de cabos causa apagão em semáforos"

O Dia: "Uso de simulador deixa de ser obrigatório para obter CNH"

Correio Braziliense: "Nova direção terá que abrir caixa-preta do BNDES"

Projeto foi levado à Escola Estadual Benigno Pessoa de Araújo, em Goiana, nesta segunda (17)
Projeto foi levado à Escola Estadual Benigno Pessoa de Araújo, em Goiana, nesta segunda (17)Foto: Divulgação

O Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Aluísio Lessa, iniciou a semana com compromissos em Goiana. O gestor esteve na Escola Estadual Benigno Pessoa de Araújo para conferir as atividades do Ciência Móvel, na manhã desta segunda (17).

Na visita à escola, Aluísio conferiu as atividades promovidas pelos monitores do Espaço Ciência e falou com os estudantes. "O Espaço Ciência é um museu de referência no Norte e no Nordeste. Levar uma iniciativa como o Ciência Móvel por todo o estado é uma grata experiência. É muito bom ver a alegria de vocês em aprender interagindo com a ciência", declarou.

"Goiana é uma cidade de enorme potencial, que se desenvolve cada vez mais, sobretudo por conta com a fábrica da Jeep, a mais moderna do Grupo FCA no mundo, para a arrecadação e a geração de empregos. O horizonte da cidade é satisfatório. O Governo de Pernambuco sabe das demandas sociais e está cada vez mais presente", concluiu o secretário.

Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, participou da atividade.

Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, participou da atividade.

O deputado Isaltino ao lado do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido
O deputado Isaltino ao lado do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando SaburidoFoto: Divulgação

O deputado Estadual Isaltino Nascimento (PSB) somou-se ao movimento contra a implantação de uma usina nuclear em Itacuruba, sertão de Pernambuco. A Cúria Metropolitana de Olinda e Recife realizou uma discussão na manhã de hoje (17) sobre o assunto e reuniu professores, ambientalistas, membros da igreja Católica e deputados estaduais e federais.
  
O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido chamou o evento e mostrou-se preocupado com os impactos ambientais e outras consequências graves que podem vir a ocorrer, visto que já houveram acidentes no mundo envolvendo usinas nucleares.

O deputado Isaltino falou como líder do governo e afirmou durante o debate que o Estado também não irá encaminhar emenda constitucional à Alepe sobre essa questão, caso haja encaminhamento sobre o assunto em Pernambuco. “Se fosse algo positivo, certamente essa usina não estaria sendo cogitada para ser instalada aqui”, alfinetou Isaltino.

O deputado sugeriu no evento da Cúria a realização de uma audiência pública em Itacuruba, encabeçada pela Alepe e Câmara de Deputados, e a realização de uma consulta à sociedade através de plebiscito.

Integram o colegiado como titulares os deputados Waldemar Borges (presidente), Antônio Coelho, Doriel Barros, Dulcicleide Amorim e Fabrício Ferraz
Integram o colegiado como titulares os deputados Waldemar Borges (presidente), Antônio Coelho, Doriel Barros, Dulcicleide Amorim e Fabrício FerrazFoto: Divulgação

A Comissão Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Política Estadual da Aquicultura da Assembleia Legislativa de Pernambuco realiza, nesta terça-feira (18), das 8h às12h, Seminário Estadual para o Desenvolvimento da Aquicultura, no Auditório Ruy Carlos do Rego Barros Ramos, sede do Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA (Av. General San Martins, 1371 – Bongi), no Recife. No evento, serão apresentadas as contribuições das três audiências públicas realizadas pelo colegiado nas regiões do Sertão de Itaparica (Petrolândia), da Mata Sul (Palmares) e Litoral Norte (Itapissuma).

O objetivo do seminário é discutir essas contribuições para a formação da Política Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura, projeto a ser apresentado ao Governo do Estado. A expectativa é que cerca de 300 aquicultores de todo o estado participem do evento. Hoje explorada por grandes e médias empresas e pequenos produtores de base familiar, a aquicultura no Estado apresenta cenários promissores (Sertão de Itaparica já é o maior polo de piscicultura em tanques-rede do Nordeste) com a organização da cadeia a partir de políticas públicas bem definidas.

Durante o seminário haverá um painel sobre a Cadeia Produtiva da Aquicultura em Pernambuco com a participação de representantes da PeixesSF, da Associação Brasileira de Criadores de Camarão, dos Ostreiros, dos piscicultores da Zona da Mata, da comunidade acadêmica e de instituições de fomento. Logo após, será apresentado o trabalho da Comissão, com o resultado das audiências públicas e as contribuições para a construção da Política Estadual de Desenvolvimento da Aquicultura e para o Licenciamento ambiental do setor.

Integram o colegiado como titulares os deputados Waldemar Borges (presidente), Antônio Coelho, Doriel Barros, Dulcicleide Amorim e Fabrício Ferraz. A Comissão tem ainda como suplentes, os deputados Antônio Fernando, Delegada Gleide Ângelo, Henrique Queiróz Filho, Lucas Ramos e Manoel Ferreira.

assuntos

comece o dia bem informado: