Foram encontrados 398 resultados para "Agosto 2019":

Associações de Municípios discutem reforma tributária
Associações de Municípios discutem reforma tributáriaFoto: Lu Rocha

Em encontro promovido pela Associação Municipalista de Pernambuco - Amupe, representantes das Associações e Federações dos municípios do Nordeste e membros da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) se reuniram hoje, no Recife, a fim de fortalecer os órgãos municipalistas da região e debater temas tocantes à gestão das cidades, como reforma tributária, reforma da previdência, votação do bônus de assinatura do pré-sal e a mobilização dos gestores em Brasília, junto a CNM.

Durante a discussão sobre a reforma tributária, os gestores optaram por observar de maneira mais atenta os critérios e as garantias na definição de alíquotas, a porcentagem do Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS), novo imposto que deve ficar no lugar do IPI, PIS, COFINS, ICMS e ISS, perante todo o valor arrecadado. Os gestores vão emendar o PL proposto por Bernard Appy, autor do texto encampado pela Câmara, como já vem sendo tratado pela CNM, logo, se opuseram à proposta do consultor da reforma tributária, Luiz Carlos Hauly.

A notícia de que o senador pelo Ceará, Tasso Jereissati, entregou o relatório da reforma da previdência para o Senado Federal e sugeriu que os Estados sejam os responsáveis pela reforma da previdência, para que posteriormente os municípios aderissem ao mesmo texto, desagradou os presentes. Os representantes decidiram mobilizar prefeitos para Brasília por meio de entidades estaduais contra essa proposta. A mesma mobilização será feita para buscar a aprovação do bônus de assinatura do pré-sal no pacto federativo.

Também foi discutido o fortalecimento dos consórcios no Nordeste, na perspectiva de reduzir custos e dar maior eficiência à gestão pública. A representante da CNM e prefeita de Feliz Deserto-AL, Rosiana Beltrão, afirmou que “a pauta elaborada para a reunião de hoje foi importantíssima. É imprescindível tratarmos temas que visem o bem comum perante todos os representantes das associações municipalistas do Nordeste. Como um grande bloco, devemos nos fortalecer. Estou muito feliz que tenhamos encaminhado outras reuniões como essa para Brasília, Maranhão, Paraíba e Alagoas”, concluiu Rosiana.

Para Polion Maia, prefeito do município de São Fernando-RN e representante da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), “a reunião foi proveitosa e animadora. Presenciamos federações e associações do Nordeste se unindo em prol de uma só causa, o bem-estar dos munícipes. Saio daqui convicto de que a gente está no caminho certo em prol de estabelecermos essa união”, completou.

Segundo o presidente da Amupe, José Patriota, “a reunião com os representantes do Estados do Nordeste traz e nos deixa um balanço positivo com vários encaminhamentos. Vamos acompanhar de perto o calendário do Congresso Nacional com as temáticas de interesse dos municípios brasileiros, principalmente do Nordeste. Neste sentido, a bancada nordestina de prefeitos definiu que todos os meses fará uma reunião em Estados da região e em Brasília. O Nordeste se mobiliza e se articula para ter o respeito e a consideração necessária na pauta nacional”, concluiu Patriota.

As próximas reuniões já têm datas definidas e devem ocorrer na seguinte ordem:

Dia 20 de setembro em Brasília, durante a mobilização dos prefeitos para a aprovação do bônus do royalties do petróleo;

Dia 21 de outubro em São Luís do Maranhão;

Dia 25 de novembro em João Pessoa, na Paraíba;

Dia 13 de dezembro em Maceió, Alagoas.

Premiação foi criada pelo vereador Hélio Guabiraba (sem partido)
Premiação foi criada pelo vereador Hélio Guabiraba (sem partido)Foto: Divulgação

A Câmara Municipal do Recife promoverá uma solenidade para homenagear os artistas, nesta quinta-feira (29). O vereador Hélio Guabiraba (Sem partido) convocou uma sessão solene para marcar o Dia do Artista, comemorado no último sábado (24). Já confirmou presença na entrega da honraria, que começa às 15h, no gênero música, nomes como Almir Rouche, Claudionor Germano, Petrúcio e Pecinho Amorim, Lia de Itamaracá, Belo X, Amigas do Brega, Priscila Senna e maestro Ademir Araújo para citar alguns deles.

Hélio Guabiraba ressaltou que a homenagem engloba todos os que realizam alguma atividade relacionada à arte e que, por isso, referências nas chamadas artes clássicas (pintura, dança e teatro, etc.) também farão parte desse momento.  Nesses gêneros, estão entre os homenageados o grafiteiro Galo de Souza e Silvio Botelho, produtor cultural e pai dos Bonecos Gigantes de Olinda; Tereza Costa Rêgo, maior nome feminino da pintura moderna praticada em Pernambuco; o ator Walmir Chagas e Angélica Zenith, e a bailarina Amanda Lima, primeira dançarina com Síndrome de Down do Norte/Nordeste a se equilibrar em uma sapatilha de ponta, e o escritor Cicero Bilmar.

O vereador destacou que será um momento para reunir grandes expoentes da cultura recifense e pernambucana. “Como um parlamentar que vem defendendo a valorização da nossa cultura não podia deixar de fazer essa grande festa. Sou autor da lei que criou o Dia Municipal do Rock, bem como estou na luta para conseguir mais espaço para o brega, sem contar que defendo a inclusão dos autistas na pintura e em outras artes. Também faço parte da Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes e é com muita satisfação que entregarei essa honraria”, ressaltou.

Durante a sessão, haverá uma apresentação especial da Orquestra Escola Brigadeiro Eduardo gomes, formada por crianças com síndrome de down. Após a solene, no Salão Nobre, a bailarina Amanda Lima também vai garantir um espetáculo para os presentes.

artista


As codeputadas Juntas (PSOL) farão discurso durante o ato.
As codeputadas Juntas (PSOL) farão discurso durante o ato.Foto: Divulgação / Alepe

Representantes da Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong), entidades da Sociedade Civil Organizada, militantes dos direitos LGBTI+ e integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Alepe farão um ato nesta quarta-feira (28), às 14h, no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para lembrar os dois meses do assassinato do educador e militante LGBTI+ Sandro Cipriano, morto no dia 28 junho de 2019, no município de Pombos, na Zona da Mata de Pernambuco, e cobrar medidas efetivas para combater a LGBTFobia no Estado de Pernambuco.

Após o ato, as entidades participantes da manifestação estarão disponíveis para conversar com a imprensa na sala das Comissões, às 15h. 

Quem foi Sandro Cipriano?

Além de sua atuação na ONG Serta (Serviço de Tecnologia Alternativa) – onde era professor no curso de Agroecologia; da atuação em defesa da agricultura familiar e dos direitos LGBTI+, e de fazer parte da diretoria da Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais em Pernambuco (Abong-PE), Sandro Cipriano era presidente da Rede LGBTI+ de Pombos e coordenador da Rede LGBTI+ do Interior de Pernambuco – que ajudou a formar e fortalecer e reúne ativistas de vários municípios do estado. Cipriano considerava prioritária a valorização das políticas de defesa dos direitos LGBTI+ e a interiorização destas ações.




O prefeito Geraldo Julio destacou que o grupo formado por seis suplentes de vereador já possui identificação com a Frente Popular e as bandeiras defendidas pelo PSB
O prefeito Geraldo Julio destacou que o grupo formado por seis suplentes de vereador já possui identificação com a Frente Popular e as bandeiras defendidas pelo PSBFoto: Divulgação

Buscando o fortalecimento do partido no Recife, o PSB filiou, na noite da última segunda-feira (26), seis novos quadros de diversas localidades: Toinho União, Joselito, Eduardo Amâncio, Marcos Justino, Denis Simões e Júnior de Cleto. As lideranças, que já possuem experiência no diálogo com a população, chega para agregar ao PSB.

O ato de filiação foi realizado na sede do partido e contou com presença do prefeito Geraldo Julio, do presidente Sileno Guedes, do secretário de Governo do Recife, João Guilherme Ferraz, além de vereadores recifenses.

Ao comentar as novas filiações, o prefeito Geraldo Julio destacou que o grupo, formado por seis suplentes de vereador, já possui identificação com a Frente Popular e as bandeiras defendidas pelo PSB. “São pessoas que escolheram dedicar a sua vida a vida dos outros. São essas as seis pessoas que estamos filiando. Todo mundo tem espírito de quem fez a luta como Pelópidas fez, como Arraes fez, como Ariano Suassuna fez e como Eduardo Campos. A luta pelo povo que precisa da nossa luta. Quem está na politica para defender o povo se sente bem na Frente Popular, se sente bem no PSB. A gente está reforçando o PSB com pessoas que fazem isso todos os dias. São pessoas que têm dedicado a luta pela democracia, liberdade e o direito das pessoas”, pontuou.

Na ocasião, o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, destacou a capacidade de renovação do partido em Pernambuco, enfatizando ainda o histórico dos novos filiados, que já possuem serviços prestados em diversas comunidades do Recife.

“O PSB, mesmo estando há um bom tempo no Governo do Estado, é o partido que mais apresenta renovação de quadros em Pernambuco. Não tem partido que tenha promovido renovação tão forte quanto o PSB. O que a gente está fazendo hoje é mais uma vez fortalecendo nosso projeto. Nosso partido tem vida. Funciona da base pra cima. Todo dia tem gente e militância na rua e no partido fazendo discussões e formações políticas”, afirmou.

Fernando Bezerra Coelho
Fernando Bezerra CoelhoFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), afirmou nesta terça-feira (27) que não há fato determinado que justifique a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o suposto aumento dos índices de desmatamento e de queimadas na Amazônia. O momento, segundo o líder, é de somar esforços para combater os focos de incêndio e reafirmar a soberania nacional.
  
Em discurso no plenário do Senado, Fernando Bezerra Coelho apresentou dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que revelam que o número de focos de incêndio registrados até 27 de agosto é inferior à média do mês nos estados que compõem a Amazônia Legal. Foram detectados 33.405 focos de incêndio sendo que a média para agosto é de 34.431.

“Não quero minimizar. Isso serve como um alerta. De fato, temos que empreender ações para evitar o desmatamento, temos que unir os esforços da União e dos estados para combater os focos de incêndio. Mas não podemos aceitar a forma sensacionalista como esse tema foi explorado”, disse o senador.

Fernando Bezerra fez um apelo à oposição. “A liderança do governo se coloca contra a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito enquanto ainda estamos empreendendo esforços para poder debelar os focos de incêndio, para que tenhamos, no momento oportuno, os esclarecimentos desses fatos, identificando os incêndios por iniciativa criminosa. É hora de união, de somar esforços, e não de transformar isso em motivo de briga política.”

Para o líder, o Brasil precisa reafirmar a sua soberania. “As declarações do presidente francês foram sim exageradas. Propôs restrições à soberania nacional em relação à Amazônia. E não podemos admitir isso.”

Segundo João da Costa, a diminuição do orçamento da CBTU para a capital pernambucana põe o futuro do metrô da cidade em risco
Segundo João da Costa, a diminuição do orçamento da CBTU para a capital pernambucana põe o futuro do metrô da cidade em riscoFoto: Carlos Lima/ Câmara do Recife

A paralisação da Linha Centro do metrô do Recife, nesta terça-feira (27), prejudicando mais de 250 mil usuários, levou o vereador João da Costa (PT) à tribuna da Casa de José Mariano para cobrar explicações da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) a respeito do serviço prestado. Segundo informações da CBTU, 17 estações foram fechadas ao longo do dia, impactando diretamente na mobilidade urbana do Recife e cidades da Região Metropolitana, como Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes.

O petista disse que o sistema de transporte sofre com descontinuidades constantes de serviço e tem um orçamento em queda. “A Linha Central do metrô amanheceu hoje sem funcionar. Com isso, mais de 250 mil pessoas foram afetadas. Neste ano, o metrô teve problemas de paralisação cerca de dez vezes em cada mês. Nestes primeiros sete meses do ano, o metrô parou 73 vezes. Isso coloca em risco a estratégia de integração dos transportes”, argumentou João da Costa.

Segundo João da Costa, a diminuição do orçamento da CBTU para a capital pernambucana põe o futuro do metrô da cidade em risco. Ele ressaltou que, desde 2015, os recursos para o Metrorec estão em queda, saindo de pouco mais de R$ 180 milhões para R$ 160 milhões, no ano passado, uma diferença de mais de R$ 20 milhões. O vereador ressaltou que a queda nos repasses vai afetar a qualidade do serviço, pôr em xeque a manutenção dos vagões e da estrutura das estações.

“Em qualquer cidade, mesmo no Brasil, o metrô é um sistema de qualidade, limpo, de segurança. A CBTU tem diminuído o orçamento do Recife ao longo dos anos. Em 2015, foram R$ 180 milhões. Este ano, a previsão é de R$ 160 milhões. Como o presidente Bolsonaro afirma que não há dinheiro para suplementação, há uma preocupação grave com a segurança do metrô", criticou João da Costa.

Secretário participou, nesta terça-feira, de assembleia extraordinária da Associação Municipalista de Pernambuco
Secretário participou, nesta terça-feira, de assembleia extraordinária da Associação Municipalista de PernambucoFoto: Divulgação

A convite da Associação Municipalista de Pernambuco, o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, participou, na manhã desta terça-feira (27), de uma Assembleia Extraordinária promovida pela entidade.

O gestor dialogou com prefeitos sobre a iniciativa do Governo de Pernambuco de criar uma comissão para discutir a regulamentação do transporte alternativo no âmbito estadual. O assunto tem preocupado não só a categoria, mas as gestões municipais, visto que a temática impacta nas economias locais e no meio de transporte de milhares de pernambucanos. A presidente da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), Marília Bezerra, também participou do encontro.

Sileno detalhou que, na semana passada, o Governo do Estado divulgou uma nota oficial sobre o assunto, informando a criação da comissão especial interdisciplinar para promover estudos, propostas e encaminhamentos referentes à regulamentação do transporte intermunicipal de passageiros.

O trabalho será coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos e também contará com representantes da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), das secretarias de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e Planejamento e Gestão, além da Procuradoria Geral do Estado.

“Foi dito pelo Governo do Estado que não há dois lados nisso. O Estado tem todo o interesse em resolver. A gente sabe a importância que tem o transporte regular. Alguns estados sacrificaram esse tipo de transporte, o que não é bom. É um setor que gera emprego, renda, que tem logística diferente e cumpre papel para os passageiros. Queremos alternativa que busque atender aos interesses do usuário e que todo mundo possa ter os resultados esperados”, afirmou o secretário.

Sileno Guedes já teve cinco encontros com representantes da categoria: do Agreste, do Sertão de Itaparica, Moxotó, São Francisco e Araripe.

A iniciativa do Governo de Pernambuco surgiu após as alterações do Artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, pela lei 13.855, sancionada pela Presidência da República este ano. A mudança na legislação determina que o transporte alternativo (ônibus ou van escolar sem autorização ou transporte remunerado de pessoas) passa a ser considerado como infração gravíssima, com multa e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Além disso, está prevista a remoção do veículo como medida administrativa.

Com a conclusão dos estudos, o Governo do Estado buscará assegurar, dentro da Lei, as regras necessárias para garantir a regulamentação do serviço e, assim, possibilitar o trabalho e a geração de renda para os operadores do transporte.

Em novembro deste ano, a capital pernambucana vai sediar a Conferência Brasileira de Mudança do Clima, tema que também entrou na discussão
Em novembro deste ano, a capital pernambucana vai sediar a Conferência Brasileira de Mudança do Clima, tema que também entrou na discussãoFoto: Hélia Scheppa/SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) recebeu, nesta terça-feira (27), no Palácio do Campo das Princesas, o diretor regional da Brasil Cone Sul – Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Phillipe Orliange, para tratar de investimentos da Instituição nas áreas prioritárias do Estado. A agenda da AFD, que envolve projetos de impacto positivo em termos de luta contra as mudanças climáticas, coincide com a do Governo de Pernambuco. Questões como saneamento e proteção ao meio ambiente entraram na pauta.

Paulo Câmara apresentou a Orliange as realizações da sua gestão voltadas para o médio e longo prazo, e falou sobre o grande desafio que é o desenvolvimento das cidades. “Essa questão do meio ambiente, nunca deixamos de lado. Pelo contrário, nós intensificamos. Estamos ampliando as áreas de conservação, temos uma série de projetos de preservação do meio ambiente interessantes, com relação também à água, ao saneamento e à recuperação de bacias", explicou.

Diante disso, o governador apontou pontos de confluência de objetivos do Estado que se encaixam bem com o pensamento da AFD. "Para nós, é uma oportunidade importante de iniciar um diálogo mais aprofundado com relação a vários temas”, reforçou Câmara, que na reunião esteve acompanhado dos secretários Antônio Bertotti (Meio Ambiente e Sustentabilidade), Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano e Habitação) e Antônio Carlos Figueira (Assessoria Especial), além dos secretários executivos Maíra Fischer (Desenvolvimento Econômico) e Adriano Danzi (Planejamento, Orçamento e Captação).

“As áreas que falei e as que o governador apontou, como a questão distribuição da água, fazem parte da nossa agenda. A agenda de desenvolvimento do Estado de Pernambuco é muito semelhante, muito perto da nossa estratégia”, argumentou Orliange. De acordo com o diretor da AFD, a empresa tem dois grandes filamentos para trabalhar esse tipo de parceria: financiamento, na forma de crédito a longo prazo, com períodos de carência e taxas melhores que as do mercado, e também doações para as parcerias técnicas que acompanham os financiamentos.

Monitoramento da emissão de gases de efeito estufa, elevação do nível do mar, instalação de usinas solares, destinação de resíduos sólidos, potencial do Rio São Francisco, construção de parques lineares, entre outros temas, também foram abordados durante a conversa. Em novembro deste ano, a capital pernambucana vai sediar a Conferência Brasileira de Mudança do Clima, tema que também entrou na discussão. Foi acertada ainda uma reunião mais estreita com as secretarias envolvidas já para o próximo mês de setembro, para alinhar os projetos a serem desenvolvidos por meio desta parceria.

Cazaquistão - Antes de receber o representante da AFD, Paulo Câmara se reuniu com o embaixador da República do Cazaquistão no Brasil, Kairat Sarzhanov. O diplomata entregou ao governador uma lista de interesses, com os pontos principais de negociação com o Brasil. Kairat se colocou à disposição para colaborações e destacou como papel principal da sua visita o desenvolvimento do comércio com o Brasil, que já tem histórico de exportação para o Cazaquistão. O governador, por sua vez, ressaltou os potenciais da economia do Nordeste.

Evento aconteceu em Carpina
Evento aconteceu em CarpinaFoto: Divulgação

A II Conferência Regional de Assistência Social acontece, nesta terça-feira (27), em Carpina, reunindo mais de 80 representantes dos municípios da Região - mais seis cidades, localizadas nas demais Regiões de Desenvolvimento do Estado receberão o evento, incluindo Palmares, próxima quinta-feira (29). Dos 18 municípios da Região, presentes Lagoa do Carro, Timbaúba, Lagoa de Itaenga, Carpina, Itaquitinga, Macaparana, Glória do Goita, Vicência, Paudalho, Nazaré da Mata, Ferreiros, Buenos Aires, Aliança e Condado.

O evento reuniu no Salão Paroquial Matriz de São José representantes do Conselho Estadual de Assistência Social, Lourdes Viana, Secretaria de Desenvolvimento, Criança e Juventude, Joelson Rodrigues, Usuários, Aldo Rosa, Trabalhadores, Ketley Estefany, Coegemas, Edjane Santana, presidente do CMAS de Carpina, Raimundo Nonato, Secretaria de Assistência Social do Município, Bruna Carvalho e UNICEF, Socorro Araújo.

Lourdes abriu o evento ressaltando a importância da participação dos municípios na ação pioneira, que foca em dar visibilidade a todos os atores, com ênfase no usuário, observando as particularidades de cada Região.

“Cada Regional acontece com objetivo de fortalecer no Estado a luta pela Política da Assistência Social. Vamos ampliar o conhecimento de que SUAS é dever do Estado e direito da população. O SUAS sofre um corte profundo em seu orçamento que inviabiliza seus programas, serviços e a sua própria existência”, disse Lourdes, que ressaltou: “A sociedade precisa entender que o desmonte do SUAS rebaterá diretamente nas áreas da saúde e educação”.

Brígida Taffarel organizou a apresentação em dois momentos, abrindo com análise social, política e econômica do cenário atual, seguindo com a fragmentação dos eixos condensados no tema da Conferência – Direito do Povo, Financiamento Público e Participação Social. Uma sequência informativa e provocativa, apresentando a todas e todos fatos e dados que só ressaltam a importância de ações imediatas em defesa do SUAS e do fortalecimento da Politica. A apresentação, com espaço para o debate, foi coordenada por Lourdes Viana e Lourdes Souza.

Na organização do evento, o CEAS – Natália Valadares, Ana Paula Viana e Simone Campos – contou com a colaboração da equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social Criança e Juventude, presente no credenciamento. Também presentes, a conselheira Luziana Maranhão e o conselheiro Mallon Aragão. O evento seguiu com a eleição dos representantes municipais que seguirão para a municipal, com o anúncio encerrando o evento.

A próxima Regional acontece nesta quinta-feira (29), em Palmares, segundo o mesmo desenho inovador.

Vereador do Recife Rinaldo Júnior (PSB)
Vereador do Recife Rinaldo Júnior (PSB)Foto: Divulgação / Câmara Municipal do Recife

A Câmara Municipal do Recife aprovou por unanimidade, através de votação nominal, em segunda discussão, na tarde desta terça-feira, 27, durante Sessão Ordinária, o Projeto de Lei (PLO) 82/2019, de autoria do vereador Rinaldo Junior, que acrescenta dispositivos ao art. 81. e ao art. 88. da Lei Municipal nº 14.985, de 29 de julho de 1987 (LEI DAS LICITAÇÕES), para obrigar as empresas prestadoras de serviços terceirizados à administração pública municipal à comprovação mensal das obrigações trabalhistas e previdenciárias da totalidade de seus funcionários. Agora Lei, segue para sanção do prefeito Geraldo Julio.

Esta Lei tem por objetivo evitar o atraso de verbas trabalhistas e previdenciárias dos trabalhadores terceirizados que prestam serviços nos Órgãos da Administração Pública Municipal do Recife por parte das empresas contratadas. É recorrente por parte das empresas terceirizadas que possuem contratos de prestação de serviços o atraso ou o não recolhimento de verbas trabalhistas (a exemplo do FGTS) e previdenciárias desses trabalhadores, mesmo com o repasse de verbas públicas para o cumprimento dessas obrigações.

Dessa forma, a Lei visa resguardar o direito dos trabalhadores e também a própria Administração Pública, ao impedir práticas lesivas à sociedade.

“Após assistir, durante anos, a inúmeros descasos com trabalhadores terceirizados, que vêm vivenciando esse problema seríssimo de empresas terceirizadas que não cumprem com suas obrigações trabalhistas e previdenciárias, muitas dão um verdadeiro calote nos trabalhadores, que só conseguem receber via Justiça, então, resolvemos propor esse Projeto de Lei (PLO 82/2019), que vai melhorar a Lei das Licitações, após mais de 30 anos, e, somente agora, será possível fazer valer os direitos dos trabalhadores terceirizados no Recife. Portanto, contamos com a sensibilidade do prefeito Geraldo Júlio e com todos vocês, para fiscalizarmos o cumprimento desta lei”, explicou o vereador Rinaldo Junior.

“Inclusive, vou pedir voto nominal, sei que é simbólico, mas é para ficar registrado nos anais desta casa, esse momento tão importante para o trabalhador recifense”, finalizou.
Estiveram presentes na Sessão diversos trabalhadores e entidades representativas de categorias importantes, como o Sindicato dos Trabalhadores em Condomínio, em Carro Forte, Vigilantes, trabalhadores em Ambulâncias e vários advogados trabalhistas.

assuntos

comece o dia bem informado: