Foram encontrados 234 resultados para "Setembro 2017":

Deputado federal Tadeu Alencar (PSB-PE)
Deputado federal Tadeu Alencar (PSB-PE)Foto: Assessoria de Imprensa/Divulgação

Após participar de ato com representantes de movimentos sociais que protestaram contra a peça orçamentária do governo federal que retira 98,05% de recursos voltados para o Serviço Único de Assistência Social (SUAS), o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) vai propor uma agenda da bancada federal com o grupo. A iniciativa deve ocorrer na próxima semana. O ato ocorreu em frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) na tarde desta quinta-feira (28).

Em discurso durante o ato, promovido pela Frente Pernambucana em Defesa do Sistema Único de Saúde (SUAS), Tadeu Alencar classificou a atitude do Governo Temer de agressão à cidadania e disse que vai estimular a bancada pernambucana a combater esse corte no orçamento da assistência social brasileira.

“Eu quero propor aqui que nos organizemos para termos, já na semana que vem, uma reunião com a bancada federal de Pernambuco. Quero combinar com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, e aqueles que estão à frente deste movimento, para que façamos todas as lutas que precisarem ser feitas, junto à Comissão de Orçamento, junto à bancada federal, para que a gente possa evitar esse descalabro, esse corte de 98% de um orçamento que protege as famílias, os mais vulneráveis”, afirmou o parlamentar.

Segundo o deputado, a redução de 98,05% dos recursos que mantém a atual rede de serviços e programas sociais representaria, só em Pernambuco, o fechamento de 326 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e 425 Espaços de Promoção de Convivência de Vínculos, que atendem a mais de 100 mil pessoas diretamente, além de 158 Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), oito Centros Especializado para população em situação de rua (POP), além do atendimento ao Programa Bolsa Família, que beneficia 1.121.854 famílias do Estado.

“O Sistema Único de Assistência Social não é uma conquista de nenhum partido. É uma conquista do povo brasileiro, do povo nordestino. Por isto, esta é uma luta que deve unir a todos, para além dos partidos, é uma luta da cidadania brasileira”, concluiu.

Professor Lupércio
Professor LupércioFoto: Arthur Mota /Arquivo Folha

As populações que moram em regiões limite entre dois municípios por vezes sofrem para que os seus problemas sejam resolvidos. Nesta sexta-feira (29), o movimento será no sentido contrário. O prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), e o do Recife, Geraldo Julio (PSB), visitam, nesta sexta-feira (29.09), às 7h30, o andamento das intervenções na Rua Luiz Correia de Brito, em Sítio Novo, no limite entre as duas cidades.

Os dois gestores, em ação conjunta, estão executando intervenções de recuperação da rede de drenagem da via e, nesta sexta, tem início o recapeamento do trecho danificado da via. Além disso, o local contará com nova iluminação. Há também a participação do Governo do Estado.

Do outro lado da cidade, o prefeito Professor Lupércio também tem atuado em parceria. Recentemente, o gestor se uniu ao município do Paulista para recuperação do asfalto da Avenida Governador Carlos de Lima Cavalcante com a Avenida Cláudio José Gueiros Leite, na altura da ponte do Janga.

Deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD)
Deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD)Foto: Roberto Soares/Alepe

Projeto aprovado pela Assembleia Legislativa obriga as concessionárias de serviço a estender aos clientes já existentes os benefícios das novas promoções feitas pelas empresas visando atrair novos associados.

Leia também:
Consumidor terá nova lei no Estado
Alepe instala comissão para criação de código de defesa do consumidor de PE 

De autoria do deputado Rodrigo Novaes (PSD), a matéria atinge empresas de telefonia, energia elétrica, água e gás, além das operadoras de TV por assinatura, provedores de internet, operadoras de plano de saúde e serviços de educação.

“Existe muita queixa e desejamos mudar esta realidade. É dever do fornecedor atender igualmente a todos que assinam um contrato de prestação de serviço. Com a lei em vigor, as empresas serão obrigadas a estender o benefício, dando uma nova perspectiva aos consumidores”, destacou Novaes.

Jorge Gomes (PSB)
Jorge Gomes (PSB)Foto: Carol Brito/Folha de Pernambuco

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

O ex-deputado Jorge Gomes (PSB) comemorou a chegada do grupo do ex-prefeito José Queiroz (PDT) e do deputado federal Wolney Queiroz (PDT) no primeiro escalão do Estado. Segundo ele, a indicação de Welington Batista (PDT) para a Secretaria estadual de Agricultura "consolida e tira qualquer dúvida que pudesse existir" sobre a aliança entre o grupo caruaruense e o governador Paulo Câmara (PSB).

Leia também:
Paulo Câmara empossa novos secretários em cerimônia no Palácio
Lupi almeja vaga no Senado para Zé Queiroz
Renildo Calheiros fez o meio de campo entre Lupi e o PSB


Ele também garantiu que, apesar da rivalidade local, não alimenta ciúmes da aliança recém-formada e elogia a indicação governista. "De forma nenhuma, pelo contrário, eu acho importante. Na minha cabeça e de todo governo, isso prova que essa chegada contribui para unidade cada vez maior das forças do Estado em Caruaru", afirmou Jorge Gomes.

Com o movimento, Paulo Câmara consolida o apoio de três grupos no município: os Queiroz, os Gomes e o deputado estadual Tony (PMDB). Este último não marcou presença na posse hoje.

Wellington Batista (PDT) toma posse como secretário de Agricultura
Wellington Batista (PDT) toma posse como secretário de AgriculturaFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Por Carol Brito
Da Folha de Pernambuco

Um articulador inesperado foi a chave da retomada da aliança entre PDT e PSB em Pernambuco. O ex-prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), é considerado uma peça estratégica nos bastidores, devido a sua relação de proximidade pessoal com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. As conversas entre as siglas estavam travadas por meses por conta da falta de consenso sobre o espaço que seria ocupado no governo pelos pedetistas. Foi quando o comunista entrou no circuito.

Leia também:
Paulo Câmara empossa novos secretários em cerimônia no Palácio
Lupi almeja vaga no Senado para Zé Queiroz


A presença discreta de Renildo Calheiros no ato de posse do novo secretário estadual de Agricultura, Wellington Batista, chamou a atenção pelo ineditismo, mas logo foi justificada. "A conversa avançou quando Renildo entrou no circuito. Ele é amigo próximo de Lupi desde os tempos de Brasília", relatou um auxiliar estadual, em reserva.

Antes, o PDT de Pernambuco estava se aproximando da oposição e estreitando o diálogo com oposicionistas como o senador Armando Monteiro Neto (PTB). O ingresso no secretariado estadual sela a aliança para 2018.

Presidente do PDT, Carlos Lupi
Presidente do PDT, Carlos LupiFoto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi revelou, nesta quinta-feira (28), ter feito um pedido ao governador Paulo Câmara (PSB). O dirigente partidário não desistiu da pretensão de lançar o ex-prefeito de Caruaru José Queiroz (PDT) para o Senado. Lupi, que prestigiou a posse de Wellington Batista, um dos quatro secretários estaduais que assumiram nesta tarde, em cerimônia no Palácio das Princesas, também mostrou desejo em uma aliança a nível nacional.

Leia também:
Paulo Câmara empossa novos secretários em cerimônia no Palácio


"Penso que está havendo uma aproximação a nível nacional. Em vários estados afinando essa aliança. Aqui, em Brasília, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, no Nordeste da Paraíba, caminha muito bem. Aqui, minha proposta é que na chapa majoritária comandada pelo Paulo tenhamos uma candidatura do Zé Queiroz ao Senado", disse Lupi.

O dirigente do PDT afirmou, no entanto, que não impõe, mas deseja. "Para que aceite ser candidato, não tem uma decisão final. Mas nosso pedido ao governador é fazer parte da majoritária, até para dar solidez a uma campanha nacional", afirmou.

Carlos Lupi, no entanto, disse que "ainda não é hora de decidir". "Fiz meu papel de querer esse espaço e ele de decidir". Antes de participar da cerimônia, o pedetista almoçou com o prefeito Geraldo Julio (PSB), Wellington Batista, o ex-prefeito de Olinda Renildo Calheiros (PCdoB), Nilton Mota (PSB), novo secretário da Casa Civil, João Campos (PSB), chefe de gabinete do governador e com Paulo Câmara. O encontro ocorreu no Palácio.

Com informações de Carol Brito, da Folha de Pernambuco.

John Wycliffe
John WycliffeFoto: Reprodução de vídeo

Hely Ferreira*

Conhecido como Estrala D’alva da Reforma, John Wycliffe nasceu no Norte da Inglaterra. Era filho de família rica.

Na idade Média, a igreja tomou a frente na área educacional, fundando as primeiras universidades, ensinando os alunos a utilizarem a Bíblia (em latim) para entender o mundo. Aos 16 anos, Wycliffe foi enviado pela família para estudar na universidade de Oxford. Foi influenciado pelo professor e reformador do século XIV, Thomas Bradwardine, que procurou ensinar fielmente a palavra de Deus, levando Wycliffe ao sacerdócio.

Naquele período foi quando o papa residida em Avignon, na França. Dando início em 1378, o Grande Cisma, onde dois papas rivais mandaram na igreja. O fato, fez surgir na Inglaterra um espírito nacionalista, oriundo das autoridades que se posicionaram de maneira antagônica aos impostos papais, além do envio de dinheiro para a França, por conta da “Guerra dos Cem anos”. Naquela época, a igreja era proprietária de um terço das terras inglesas, sendo isenta de impostos. Wycliffe destacou-se como teólogo e pela maneira tenaz em defesa dos interesses nacionais.
Defendeu o retorno da pobreza da Igreja, semelhante ao período apostólico.

Em defesa da pobreza do clero, Wycliffe organizou grupos para divulgar os ensinos de Cristo. Esses pregadores itinerantes, andavam de dois em dois, de pés descalços. O grupo passou a ser chamado de Lolardos. Boa parte dos integrantes, era de estudantes de Oxford. Recebiam orientação para não ocuparem cargos públicos.

Os boêmios que estudavam em Oxford, ao retornarem as suas casas na Europa Central (República tcheca), propagaram os ensinos de Wycliffe, influenciando John Huss.

Wycliffe defendeu que, a Bíblia deveria ser lida por todos, sendo ela a única regra de fé e prática para o ser humano. Isso fez com que, organizasse um projeto de tradução das Escrituras. Sendo supervisionado por um amigo, onde no ano de 1380, foi traduzido o Novo Testamento e em 1382, o Velho Testamento.

*Hely Ferreira é cientista político e escreve no Blog da Folha às quintas-feiras.

Posse dos secretários conta com a presença de deputados estaduais
Posse dos secretários conta com a presença de deputados estaduaisFoto: Márcio Didier/Blog

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), empossou, na tarde desta quinta-feira (28), os novos secretários estaduais. O gestor mexe no primeiro escalão e promove uma dança das cadeiras. O movimento acabou levando o chefe do Executivo estadual a deslocar Nilton Mota (PSB), então na Agricultura, para a Casa Civil, no lugar de Antônio Figueira (PSB), que assume, agora, a chefia da Assessoria Especial do governador.

José Neto, que antes ocupava a pasta, foi deslocado para uma das secretarias-executivas da Casa Civil. Já Wellington Batista, ex-presidente da Emprel, foi indicado pelo PDT e assume a Secretaria de Agricultura.

A posse aconteceu no Palácio do Campos das Princesas, sede do Governo do Estado, e foi prestigiada por deputados e pelo secretariado estadual. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, também prestigiaram a posse, além de três deputados federais: Danilo Cabral e Tadeu Alencar, ambos do PSB, e Wolney Queiroz (PDT).

No ato, após leitura de termo de posse e assinatura, o novo secretário da Casa Civil, Nilton Mota, foi o único auxiliar de Paulo Câmara a discursar. O chefe do Executivo foi o último a falar.



"Quando Nilton assumiu a Agricultura, já enfrentávamos a seca. Investimos na agricultura familiar e ele cumpriu a missão com sucesso. Agora, Wellington vai dar continuidade. A população quer resultados rápidos e tenho certeza que você vai conseguir fazer", discursou Paulo Câmara.

O governador falou da Casa Civil e do antigo secretário, Antônio Figueira. "Vão encontrar uma Casa Civil estruturada para trabalhar. Pernambuco tem feito muita parceria e isso tem sido o nosso diferencial. Agora com Nilton e Zé Neto nós vamos dar continuidade às parcerias. O trabalho continua, um trabalho tão bem feito por Figueira que agora vai cumprir outro. Sempre trabalhou com espírito público", disse.

Parlamentares
Após rumores de ciumeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) com a indicação de Nilton Mota, 17 deputados estaduais, de acordo com a assessoria do novo secretário, marcaram presença na posse do socialista. Entre os presentes, o líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB), Waldemar Borges, Romário Dias (PSD), Rodrigo Novaes (PSD), Beto Accioly (PSL), Aluísio Lessa (PSB), Vinícius Labanca (PSB), Ricardo Costa (PMDB), Terezinha Nunes (PSDB), Roberta Arraes (PSB), José Maurício (PP), Cleiton Collins (PP).

Com informações de Carol Brito e Márcio Didier.

Senador Armando Monteiro Neto será agraciado com a homenagem
Senador Armando Monteiro Neto será agraciado com a homenagemFoto: Divulgação

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) será agraciado, nesta sexta-feira (29), com o título de Cidadão de Igarassu, município do Grande Recife. A solenidade ocorrerá no plenário da Câmara Municipal, às 18h. O presidente da Câmara de Vereadores de Igarassu, Elvis Henrique (PSDB), vai comandar a solenidade de entrega do título.

A solenidade deve ser acompanhada pelo prefeito de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), além de vereadores e lideranças políticas, sobretudo do Litoral Norte do Estado. Na ocasião, a cerimônia também vai comemorar os 482 anos de fundação do município.

A homenagem foi proposta pelo vereador Izaque Leite (PTB), “em razão dos relevantes serviços prestados pelo senador ao município ao longo de toda a sua vida pública”. O projeto que concede a honraria ao líder petebista foi aprovado por unanimidade pelo Legislativo municipal.

Nos últimos anos, o senador Armando Monteiro destinou ao município cerca de R$ 5,675 milhões em emendas parlamentares individuais.

Ossessio Silva (PRB)
Ossessio Silva (PRB)Foto: Alepe/Divulgação

O deputado estadual Ossessio Silva (PRB) apresentou na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) solicitações através de indicações para instalação de postos policiais próximos aos Terminais Integrados de Passageiros. O objetivo é aumentar o efetivo da Polícia Militar em diversas localidades, principalmente na Região Metropolitana do Recife (RMR).

“Nos terminais, vêm ocorrendo assaltos à mão armada, furtos, abusos e agressões. Fatos estes que assustam a população que passam todos os dias por esses locais, privando-os de sua paz, também assegurada constitucionalmente”, destacou o deputado.

“A segurança pública é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. Portanto, a integridade física, moral, e patrimonial são direitos constitucionalmente assegurados que devem ser efetivamente preservados. O reforço imediato no policialmento é fundamental para garantir o bem-estar de cada cidadão”, continuou Ossesio Silva.

Segundo o deputado, nos últimos anos, os pernambucanos têm notado um aumento na criminalidade e estão se sentindo cada vez mais inseguros.

assuntos

comece o dia bem informado: