Foram encontrados 370 resultados para "Setembro 2018":

Câmara do Recife
Câmara do RecifeFoto: Divulgação

A Câmara do Recife foi notificada no final da manhã de hoje pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A medida cautelar foi expedida ontem pelo TCE e determinava a suspensão dos aumentos remuneratórios na Câmara de Vereadores do Recife, concedidos pela Lei Municipal 18.508/2018. A decisão atende a representação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO).

Apesar da notificação só ter chegado hoje, a assessoria da casa legislativa informou que já havia sido decidido pela suspensão do pagamento dos servidores e comissionados, Além disso, ainda de acordo com a Câmara, a cautelar já seguiu para a procuradoria e “todas as determinações pelo cumprimento da cautelar serão feitas”.

Entenda o caso - De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), nos últimos 180 dias do mandato de qualquer titular de órgão ou poder, não pode haver aumento de despesa com pessoal. Na Casa José Mariano, o mandato da Mesa Diretora é de dois anos, o vereador Eduardo Marques (PSB) assumiu o posto de chefe do legislativo municipal em primeiro de janeiro de 2017, por isso uma nova eleição deve ser convocada no ano que vem.

O imbróglio em torno do assunto ganhou corpo porque a lei de 2018 foi publicada tomando como base a lei 17.102/2005, que versa sobre o aumento do auxílio alimentação para servidores e vereadores. Por conta disto, a primeira polêmica em torno do caso foi sobre a quem seria válido o acréscimo.

Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB)
Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB)Foto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

Em debate com os candidatos ao Governo de Pernambuco a emissora local, nesta terça-feira (25), Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB), os dois mais bem pontuados nas últimas pesquisas de intenção de voto, elevaram o tom das críticas e voltaram a polarizar o tema da reforma trabalhista. Também participaram do debate os candidatos Maurício Rands (Pros) e Dani Portela (PSol).

Em sua primeira pergunta, Paulo Câmara escolheu Armando e procurou o colocar contra a parede, questionando seu voto a favor da reforma trabalhista. O socialista perguntou se o petebista concordava com a retirada das férias, a flexibilização do salário mínimo e da insalubridade para trabalhadoras grávidas. Chamando Paulo de "camaleão", Armando voltou a se referir ao vídeo do governador apoiando a reforma em canal oficial do governo (confira no link https://www.youtube.com/watch?v=EKpApRCTGdw) e questionou a posição de Jarbas Vasconcelos (MDB), que está em seu palanque. "Paulo não sustenta as posições dele, ele muda ao sabor das circunstâncias. Ele tem ao seu lado um candidato ao senado que votou pela reforma trabalhista", disparou.

O petebista relativizou seu voto e aproveitou o espaço para bater na gestão de Paulo Câmara. "O maior direito do trabalhador é o emprego e você é um exterminador de empregos. Centenas de obras paradas com dinheiro na conta do Estado que você não soube destravar e vencer a burocracia. Eu tenho uma lista de mais de 100 obras que não foram tocadas por inércia. Pernambuco é campeão de desemprego no nordeste", disse.

O governador rebateu e marcou posição. "Sou contra essa reforma aprovada pelo presidente Temer e que teve o voto de Armando", concluiu. Armando, por sua vez, apontou para as incoerências de posições do adversário. "Paulo é assim, ele vai mudando ao sabor das circunstancia. Ele vota com Aécio, agora é aliado de Lula, ele vota contra Dilma e agora está com o PT", alfinetou.

Armando Monteiro (PTB) x Paulo Câmara (PSB)
Armando Monteiro (PTB) x Paulo Câmara (PSB)Foto: Divulgação/Folha de Pernambuco

No guia eleitoral do candidato ao Governo de Pernambuco pela coligação Pernambuco Vai Mudar, senador Armando Monteiro (PTB), desta segunda-feira (24), o petebista explorou as investigações realizadas pela Polícia Federal com as operações Lava Jato e Torrentes para atingir seu principal adversário nas eleições, o governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB). Num primeiro momento, o programa de Armando rememora a história e mostra trechos da história política do ex-governador Miguel Arraes. Mas, depois o programa rememora, além das operações da PF, matérias de veículos de comunicação que repercutiram as operações.

O programa ainda insiste na tese de “promessas não cumpridas” da gestão socialista, prosseguindo com ataques contra a política de segurança pública, obras paradas e problemas na área da saúde. “Tanta mentira levou Pernambuco a andar para trás. O problema não é o nosso estado, é o governador. Mais uma vez é você que vai decidir o futuro de Pernambuco. Pernambuco merece mais, com humildade eu peço a você uma chance, para governar Pernambuco, para dar o máximo de mim e fazer um governo muito melhor, que chegue mais perto das pessoas. Eu quero merecer sua confiança, para melhorar a vida do nosso povo, porque se a gente não mudar, fica tudo como está”, afirma Armando.

Clique aqui e assista ao vídeo na íntegra

Agenda dos candidatos ao Governo de Pernambuco 2018
Agenda dos candidatos ao Governo de Pernambuco 2018Foto: Arte: Folha de Pernambuco

Agenda do candidato Armando Monteiro (PTB)

10h40 Debate no Sistema Jornal do Commercio de Comunicação

15h Reunião de Trabalho

18h Encontro com as Mulheres da Região Metropolitana
  
18h30 Participa do Papo com Mendonça, do candidato ao Senado Mendonça Filho

22h15 Participa do programa Roda Viva - TV Nova

Agenda do candidato Julio Lossio (Rede)

8h30 - Entrevista para Rádio Jornal de Garanhuns;

9h10 - Entrevista Nell Junior;

10h - Gravação para as Mídias Sociais;

12h - Papo 18 - Live no Marco Zero, em Recife;

13h10 - Entrevista para Rádio Líder FM, de Serra Talhada;

15h - Sabatina presencial, na Rádio CBN, Programa CBN Total, com Aldo Vilela
Local: Waldemar Nery Carneiro Monteiro, 306 - Boa Viagem

Agenda do candidato Maurício Rands (Pros)

11h - Debate entre os candidatos a governador do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (Recife)

14h - Gravação de entrevista na Rádio Agreste FM (Cupira)

18h30 Passeata no Alto José do Pinho (Recife)

Agenda da candidata Dani Portela (PSol)

10h40 - Debate SJCC

17h - Entrevista na Rádio Amparo​ junto​ com o candidato a Deputado Federal Ivan Moraes

Agenda do candidato Paulo Câmara (PSB)

Recife

12h – Debate na TV Jornal
Rua da Fundição, 257, Santo Amaro

Palmares

19h – Carreata e caminhada regional da Frente Popular em Palmares
Concentração carreata: Em frente à Rádio Quilombo
Concentração caminhada: Orla de Palmares (Próximo a Rodoviária)

Julio Lossio foi expulso do partido pela executiva nacional da legenda, mas o MPF deu parecer favorável à sua candidatura ao Governo de Pernambuco. TRE pode julgar o caso nesta quinta (4)
Julio Lossio foi expulso do partido pela executiva nacional da legenda, mas o MPF deu parecer favorável à sua candidatura ao Governo de Pernambuco. TRE pode julgar o caso nesta quinta (4)Foto: Rafael Furtado

Nota Pública de dirigentes, parlamentares, militantes, candidatas e candidatos da REDE Sustentabilidade - Pernambuco

Os dirigentes, parlamentares, militantes, candidatas e candidatos da REDE Sustentabilidade - Pernambuco, signatários da presente nota, vêm a público manifestar seu apoio à decisão da Executiva Nacional da REDE de expulsar, por infidelidade partidária, o Sr. Júlio Lóssio, ex-candidato ao Governo do Estado por nossa legenda.

Quando procurou a REDE para se filiar e teve amplo acolhimento, o Sr. Júlio Lóssio concordou com o estatuto e com os princípios e valores do partido, se comprometendo a construir conosco um projeto de desenvolvimento sustentável, em âmbito nacional e local, e a representá-lo como candidato ao governo de Pernambuco.

Lamentavelmente, no decorrer da campanha, ficou patente a falta de compromisso do agora ex-candidato com o nosso partido, chegando ao absurdo de fazer alianças políticas e eleitorais com candidatos de legendas com as quais a REDE não está coligada, e que, em Pernambuco, são os principais líderes do projeto político de Bolsonaro, que representa uma grave ameaça de retrocesso democrático ao nosso país.

Leia também:
Executiva nacional da Rede expulsa Julio Lossio do partido

Tais atitudes, expressas em sucessivos atos políticos, entrevistas, postagens nas redes sociais e em amplo material publicitário, além de representar uma deslealdade ao projeto político da REDE e às suas candidaturas, constitui um flagrante desrespeito à legislação eleitoral e às normas partidárias.

Essas práticas da velha política foram respondidas com firmeza pela direção da REDE e, longe de arrefecer nossos ânimos, nos impulsiona a trabalhar com mais garra e afinco para eleger Marina Silva presidente da república, pois sua trajetória política comprova que ela é a melhor alternativa para acabar com a polarização que afundou nosso país na grave crise em que se encontra. Nessa reta final das eleições, Marina será reconhecida como a única candidata capaz de neutralizar os extremos para unir o Brasil em defesa da democracia, da ética na política e de um projeto econômico e social justo e sustentável.

Millena Reis – Porta-Voz Estadual e Membro do Elo (Diretório) Nacional - Candidata a Deputada Federal
Clécio Araújo - Porta-Voz Estadual e Membro do Elo (Diretório) Nacional da REDE
Pastor Jairinho - Candidato ao Senado e Membro da REDE Paulista/PE
Alessandra Saraiva - Candidata a Suplente de Senador - Membro da REDE Recife/PE
Getúlio Cardoso – Vereador de Riacho das Almas - Candidato a Suplente de Senador - Membro da Executiva Estadual
Elnatam George Barros de Lima - Vereador de Amaraji - Candidato a Suplente de Senador Membro do Elo Estadual REDE/PE
Luis Carlos da Saúde - Vereador de São Caetano - Candidato a Deputado Federal - Porta-Voz da REDE São Caetano/PE
Brígida Andréa Barros - Membro da Executiva Estadual e do Elo (Diretório) Nacional
Roberto Leandro - Membro da Executiva Estadual e Nacional da REDE - Ex-Deputado Estadual
Alice Gabino – Membro da Executiva Estadual e do Conselho Fiscal Nacional - Candidata a Deputada Federal
José Estevão de Almeida - Membro da Executiva Estadual e da REDE Jaboatão/PE
Izabel Miranda - Membro da Executiva Estadual e Porta-Voz da REDE Recife/PE
Ademir de Brito Oliveira - Membro da Executiva Estadual e da REDE Recife/PE
Victor Lima - Membro da Executiva Estadual e da REDE Recife/PE
Eugênio Marinho - Membro da Executiva Estadual e Porta-Voz da REDE Serra Talhada/PE
Genaldo Barros - Candidato a Deputado Federal, Membro do Elo Estadual e Porta-Voz da REDE Garanhuns/PE
Manoel Ferreira do Nascimento Filho - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz REDE Goiana/PE
Marcelo Batista - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz REDE Paudalho/PE
Moisés Silva dos Santos - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz REDE Belo Jardim/PE
Fernanda Porpino - Membro do Elo Estadual e da REDE Recife/PE
Lindiane Farias - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz da REDE Goiana/PE
Wedna Waleria de França - Membro do Elo Estadual e da REDE Recife/PE
Sânnchyllys Oliveira - Membro do Elo Estadual e da REDE Escada/PE
Maysa Santos - Membro do Diretório (Elo) Estadual – REDE Belo Jardim
Tiago Ratis - Candidato a Deputado Estadual e Membro do Elo Estadual
Marco Mourato - Membro do Elo Estadual - REDE Serra Talhada/PE
Monalisa Gomes da Silva - Candidata a Deputada Federal - Membro do Elo Estadual - REDE Belo Jardim
João Vianney Jardim - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz da REDE Pesqueira/PE
Oséias Rodrigues Barbalho - Membro do Elo Estadual e da REDE Recife/PE
Jadson Alencar - Membro do Elo Estadual e Porta-Voz REDE Exu/PE
Alexsandra Gregório da Silva - Candidata a Deputada Federal - Membro da REDE Abreu e Lima/PE
Ana Carolina Guerra - Membro do Elo Mulher e da REDE Recife/PE
Carlos Alberto Ferreira Leite- Porta-Voz REDE São José do Egito/PE
Carlos Anderval - Candidato a Deputado Estadual - Membro da REDE Paulista/PE
Cristiane Lira Cardoso - Porta-Voz REDE Riacho das Almas
Diego Roberto da Silva - Membro do Elo Juventude REDE/PE
Elizabeth Viega - Candidata a Deputada Federal - Membro da REDE São Lourenço/PE
Eullys Alves - Candidato a Deputado Estadual - Porta-Voz REDE Cabo de Santo Agostinho/PE
Elismagno Cardoso - Membro REDE Jaboatão dos Guararapes/PE
Fernando Cunha - Candidato a Deputado Estadual - Membro da REDE Paulista/PE
Josélia Maria - Candidata a Deputada Federal - Membro da REDE Petrolina/PE
Júlio Joaquim Ferraz - Coordenador de Finanças Executiva Municipal- REDE Betânia/PE
Janaína Ferreira - Porta-Voz REDE Gravatá/PE
Sérgio Rodrigues - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Recife/PE
Rafael Veras - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Arcoverde/PE
Jefferson da Silva Gomes - Porta-Voz REDE Riacho das Almas
Jefferson Travassos - Candidato a Deputado Estadual - Membro da REDE Limoeiro
Juca Zuleno - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Recife/PE
Lafaete Lima - Porta-Voz REDE Passira/PE
Liliane Oliveira - Porta-Voz REDE Exu/PE
Lucas Cruz - Membro da REDE Cabo de Santo Agostinho/PE
Luiz Arthur Oliveira - Membro do Elo Juventude REDE/PE e da REDE Cabo/PE
Maria Ivone - Porta-Voz REDE Inajá/PE
Missionário Lucas - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Recife/PE
Matheus Arruda - Coordenador Elo Juventude REDE/PE e Membro da REDE Recife/PE
Professor Gilvaldo Rodrigues - Porta-Voz REDE Chã Grande/PE
Pastor Jonas Pereirão - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Recife/PE
Sandro Vila Nova - Porta-Voz REDE Caruaru/PE
Silvia Araújo - Coordenadora de Organização REDE Caruaru/PE
Silvana Maria Silva de Melo - Membro da REDE Belo Jardim/PE
Samuel Oliveira - Candidato a Deputado Federal - Membro da REDE Jaboatão/PE
Thiago da Silva Barros - Membro do Elo Juventude REDE/PE
Bruno Allisson - Membro do Elo Juventude e da REDE Cabo de Santo Agostinho/PE
Maria do Socorro Melo - Membro da REDE Cabo de Santo Agostinho/PE
Liliane Batista - Membro da REDE São Caetano/PE
Maria Aparecida Pacheco - Porta-Voz REDE São Caetano/PE
Elpídio Ferreira - Membro da REDE São Caetano/PE
Maria de Fátima Correia - Membro da REDE São Caetano/PE
Alberani Almeida - Membro da REDE Belo Jardim/PE
Walter Ferreira - Membro da REDE Olinda/PE
Homenbom Magalhães – REDE Serra Talhada/PE
Murilo Gondin – REDE Serra Talhada/PE
Edneide Nunes – REDE Serra Talhada/PE
Antônio Neto Alves de Souza - REDE Serra Talhada/PE
Irving Thiago Souza Santos - REDE Serra Talhada/PE
Iracildo Ferreira de Melo - REDE Belo Jardim/PE
José Valdeir Gonçalves - REDE Belo Jardim/PE
Julio Cesar Leite de Oliveira - REDE Belo Jardim/PE
Durcicleide Maria Bezerra - REDE Amaraji/PE
José Carlos dos Santos - REDE Amaraji/PE
Jeferson Lopes de Andrade - REDE Amaraji/PE
Lilian Carmen Barros - REDE Amaraji/PE
Analia Carmem Silva de Almeida – REDE Recife/PE

Tribunal de Contas de Pernambuco
Tribunal de Contas de PernambucoFoto: TCE-PE

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) expediu medida cautelar, nesta segunda-feira (24), suspendendo os aumentos remuneratórios na Câmara de Vereadores do Recife, concedidos pela Lei Municipal 18.508/2018. A decisão atende a representação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO). A procuradora geral do MPCO, Germana Laureano, tinha requerido a cautelar para suspender os efeitos financeiros da nova lei, publicada em julho. A nova lei aumentou verbas remuneratórias para os servidores da Câmara. A procuradora alegou que o ato do presidente da Câmara, vereador Eduardo Marques (PSB), ao promulgar a lei, feriu Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

Segundo esta legislação federal do ano 2000, o presidente da Câmara não poderia aumentar despesas com pessoal nos últimos seis meses do mandato como chefe do Poder Legislativo. A proibição, segundo o MPCO, consta do artigo 21 da LRF pelo qual "é nulo de pleno direito o ato de que resulte aumento da despesa com pessoal expedido nos cento e oitenta dias anteriores ao final do mandato do titular do respectivo Poder ou órgão”. Eduardo Marques, eleito no primeiro dia de janeiro de 2017 para a presidência da Câmara, segundo o MPCO, estava nos últimos seis meses do mandato de dois anos como presidente da Casa, quando promulgou a nova lei em 21 de julho.

Germana Laureano argumentou na sua representação que o aumento estava "inquinado de nulidade" e "causaria relevante prejuízo ao erário, na medida em que a Administração jamais poderá reaver esses valores, em virtude da natureza alimentar das parcelas". O relator das contas, Dirceu Rodolfo, acatou, em parte, o pedido do MPCO, considerando que a lei entrou em vigor em período vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

Leia também:
TCE estimula participação social com programa "Tome Conta das Eleições"
TCE suspende licitação do lixo em PetrolinaTCE lança manual para transição de Governo
Auditoria do TCE em Camaragibe vira caso de polícia


O relator, entretanto, não suspendeu o aumento de 15% (quinze por cento) das verbas indenizatórias do auxílio-saúde e auxílio-alimentação dos servidores da Câmara. Para Dirceu Rodolfo, a proibição de aumento na LRF é para verbas remuneratórias, não para as verbas indenizatórias. A suspensão dos aumentos da remuneração constou de decisão monocrática, do conselheiro Dirceu Rodolfo, na qual constou ordem à Câmara para "abster-se de pagar reajustes concedido pela Lei Municipal 18.508/2018 (ressalvadas as verbas indenizatórias), tampouco da Gratificação de Provimento em Comissão de Apoio ao Sistema de Áudio ali instituída".

A decisão, com eficácia imediata, será levada para referendo perante a Primeira Câmara do TCE, composta por três conselheiros. A Câmara Municipal poderá recorrer ao Pleno do TCE, mas o recurso não terá efeito suspensivo, devendo a cautelar ser cumprida pela Câmara de Vereadores, até nova decisão do TCE.

A médica sanitarista e professora de Saúde Coletiva da UPE, Cristina Sette, foi a entrevistada do Programa Folha Política. Ela é a favor da quebra da patente dos medicamentos, além de defender a descentralização para os casos de alta e média complexidade e criticou o sistema das Organizações Sociais de Saúde (OSS) na
administração dos hospitais de Pernambuco.

"A nossa oferta de urgência é ruim o fato da gente não resolver tudo na atenção básica lota os serviços de urgência. Às vezes ta la coisa que a gente resolvia em outra esfera. A imagem da urgência é muito agressiva para qualquer um de nós. Um espaço lotado, gente deitada no chão e o relato de quem não consegue uma cirurgia, que tinha quer serem 48 horas, mas já está há duas semanas sem conseguir. Isso se transforma numa coisa apavorante", disse.

Cristina Sette também ressaltou que os avanços conquistados na área da saúde muitas vezes são suprimidos pelos resultados negativos. "São 154 milhões de procedimentos anuais em Pernambuco", afirmou.

Filme narra envolvimento do deputado federal Silvio Costa na defesa de Dilma durante impeachment
Filme narra envolvimento do deputado federal Silvio Costa na defesa de Dilma durante impeachmentFoto: Divulgação

Candidato ao Senado Pelo Avante, o deputado federal Silvio Costa, poderá ser visto nas telas de cinema de todo País. “Excelentíssimos" é O filme do diretor Douglas Duarte, que foi lançado no 51• Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, que coloca o postulante com um dos protagonistas desta história.

Como vice-líder do governo Dilma Rousseff (PT), Silvio Costa foi um dos maiores defensores da ex-presidente durante o processo de impeachment.

Excelentíssimos vai agora correr o circuito nacional de cinemas. Em um trecho do filme Silvio Costa diz: “Eu conheço 450 desses deputados pelo nome. Eu conheço as dores e os sorrisos de cada um deles. Um por um”. Silvio Costa afirma com convicção: “Valeu a pela a luta. Sempre vale a pena a luta. Lealdade não tem preço. O país reconhece hoje o erro que foi cometido pelos golpistas”.

Marcha da Família com Bolsonaro
Marcha da Família com BolsonaroFoto: Divulgação

Uma paródia com ofensas a mulheres tocada em um carro de som e cantada por manifestantes durante a "Marcha da Família com Bolsonaro", neste domingo (23), na avenida Boa Viagem, continua gerando reações negativas nas redes sociais e recebendo reprovação pública de entidades.

"Dou para CUT pão com mortadela e para as feministas, ração na tigela. As mina de direita são as top mais belas enquanto as de esquerda têm mais pelos que as cadelas", diz a paródia.

Nesta segunda (24), a Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) e a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) emitiram notas repudiando o episódio. 

Confira as notas, na íntegra:

OAB:

"NOTA DE REPÚDIO

A Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco, manifesta seu profundo repúdio a uma das músicas cantadas neste domingo durante a “Marcha da Família” do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro, que aconteceu no bairro de Boa Viagem, na cidade do Recife.

A letra, entoada em coro, afirma que às feministas deve ser dada “ração na tigela” e que as mulheres “de esquerda têm mais pelo que cadela”.

Os estarrecedores trechos da música acima transcritos reduzem as mulheres à condição análoga de seres irracionais e incitam o ódio, a violência e o preconceito contra aquelas que se reconhecem feministas e/ou que têm orientação política diversa do aludido candidato. 

Em tempos em que, a cada 2 segundos, uma mulher é vítima de violência física ou verbal no Brasil, segundo dados do “Relógios da Violência” do Instituto Maria da Penha, não se pode admitir que, sob o manto da liberdade de expressão, qualquer partido político, seja ele de direita ou de esquerda, ofenda publicamente uma coletividade de mulheres, reforçando a cultura machista e misógina que, infelizmente, ainda insiste em matar muitas mulheres todos os dias.

Ana Luiza Mousinho
Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/PE
".

Alepe:

"A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco lançou, nesta segunda-feira, uma Nota de Repúdio à reprodução da música "Proibidão Bolsonaro" em ato público realizado no último domingo (23). Assinaram o documento a presidente do colegiado, Simone Santana, e os membros Aluísio Lessa, Edilson Silva e Teresa Leitão. Segue o conteúdo do voto:

NOTA DE REPÚDIO

A capital pernambucana ganhou destaque nacional neste domingo (23) após ter sido palco de manifestações de ódio contra as mulheres com posicionamento político de esquerda.

Durante o evento “Marcha da Família”, que reuniu centenas de pessoas na Avenida Boa Viagem, manifestantes entoaram música com conteúdo machista, linguajar chulo e violento - o que não contribui para o debate propositivo e acentua a polarização política que vivemos neste período eleitoral.

Diante da repercussão, e de suas consequências, a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa de Pernambuco se sente na obrigação moral de formalizar seu repúdio à propagação da referida música, que compara mulheres a “cadelas”.

Este colegiado é suprapartidário, e foi criado com o intuito de defender os direitos das pernambucanas e de combater todos os tipos de violência contra as cidadãs, incluindo a agressão verbal, moral e psicológica. Sabemos que o ciclo da violência contra a mulher é impulsionado pela cultura machista, que se manifesta por meio de pensamentos e palavras de ódio capazes abalar as mulheres psicologicamente e induzir à violência física, muitas vezes culminando no feminicídio.

O Brasil, e Pernambuco não foge à regra, já conta com índices absurdos de violência contra as mulheres. Não precisamos de fatos novos com potencial para agravar este cenário já inadmissível.

Não há justificativa para tal comportamento. Não há lugar para manifestações políticas machistas e misóginas, seja de que partido ou candidato for. As mulheres não podem ser tratadas como uma piada e exigem respeito.

COMISSÃO DE DEFESA DOS DIREITOS DA MULHER
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
24 DE SETEMBRO DE 2018"

assuntos

comece o dia bem informado: