Foram encontrados 258 resultados para "Câmara dos Vereadores":

Câmara do Recife
Câmara do RecifeFoto: Divulgação

A saúde pública e a covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus que já matou mais de 130 pessoas no Brasil, continuam sendo alvo dos projetos discutidos na Câmara do Recife. Nesta segunda-feira (30), por meio do Sistema de Deliberação Remota (SDR), os vereadores da Casa de José Mariano discutiram – e aprovaram – quatro propostas de autoria do o Poder Executivo relacionadas à infecção e a suas consequências econômicas, bem como à gestão da saúde na capital.
Câmara aprova novos projetos relacionados à gestão da saúde e à covid-19
Com a convocação de uma reunião extraordinária subsequente à reunião plenária ordinária, as matérias foram votadas em primeira e segunda discussões por 36 dos parlamentares do Poder Legislativo Municipal.

Dentre as propostas aprovadas, estava o projeto de lei de autoria do Poder Executivo nº 11/2020, que regulamenta os procedimentos para contratações destinadas ao fornecimento de bens, à prestação de serviços, à locação de bens e à execução de obras necessárias ao enfrentamento do novo coronavírus.

A nova lei buscará estabelecer uma série de medidas emergenciais, como a priorização dos hospitais na execução da despesa pública e dispensa de licitação para procedimentos relacionados a saúde. Os órgãos ficarão autorizados a adotar meios alternativos à licitação, como convênios, acordos de cooperação, compras coletivas e adesão a atas de registro de preços internas ou de outras entidades.

Além disso, a administração municipal poderá firmar parcerias com o setor privado para iniciativas de combate à covid-19 – utilizando, para isso, formas compensatórias de pagamento. Também poderá, de acordo com a proposta, convocar candidatos aprovados em concursos públicos para provimento de cargos de profissional da saúde. Caso não haja candidatos suficientes aprovados em concurso ou seleção simplificada, a Prefeitura vai poder convocar profissionais a prestarem serviço por meio da requisição administrativa, alternativa utilizada em situações de perigo público iminente.

Outra matéria ligada ao setor da saúde e que foi aprovada pela Câmara nesta segunda-feira foi o projeto de lei do Executivo nº 09/2020, que cria o Conselho Gestor de Conformidade dos Contratos de Gestão Firmados com as Organizações Sociais de Saúde (OSS) – ou seja, as entidades não lucrativas e não-governamentais que atuam no gerenciamento da saúde. O novo órgão será formado por dez membros titulares, todos servidores efetivos ou comissionados da Prefeitura, designados pelo secretário de Saúde para mandatos de dois anos, prorrogáveis por mais dois.

O Conselho ficará responsável por, dentre outras atribuições, coordenar ações práticas de fiscalização, auditoria e controle interno dos contratos de gestão da Secretaria de Saúde, identificar riscos de conformidade desses contratos, elaborar manuais e promover treinamentos. A atuação do gestor público na fiscalização dos contratos com OSS é uma obrigação legal e uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE).

Incentivo à regularização – A crise fiscal e econômica deflagrada pelo novo coronavírus foi alvo das outras duas propostas aprovadas pela Casa. Uma delas, o projeto de lei do Executivo nº 06/2020, busca ampliar o prazo para adesão ao Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) da Prefeitura.

Previsto na lei nº 18.650/2019, o programa visa promover a regularização de débitos tributários devidos ao município mediante o parcelamento desses montantes. Originalmente, o benefício alcançava dívidas geradas até 31 de dezembro de 2018. O novo prazo passa a ser 31 de dezembro de 2019 – e os devedores terão até 30 de junho de 2020 para se inscrever.

Outra maneira encontrada pela Prefeitura para minimizar os efeitos da paralisação econômica foi oferecer aos contribuintes a oportunidade de pagar, com uma redução de 10% do valor, alguns tributos vencidos ou a vencer por meio de quitação em parcela única. A medida foi apresentada pelo projeto de lei do Executivo nº 10/2020, também aprovado nesta segunda-feira, e abarca o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e a Taxa de Coleta, Remoção e Destinação de Resíduos Sólidos Domiciliares (TRSD) referentes ao exercício de 2020. Para receber o desconto, os contribuintes devem pagar essas parcelas até 30 de abril deste ano.

Vereador do Recife Samuel Salazar (MDB), em entrevista à Rádio Folha
Vereador do Recife Samuel Salazar (MDB), em entrevista à Rádio FolhaFoto: Lidiane Mota / Folha de Pernambuco

Março Amarelo é o mês temático da endometriose, doença que acomete 1 a cada 10 mulheres e ocorre quando o endométrio, tecido que reveste o útero, cresce para fora do órgão. Como autor da Lei Nº 18.600/19, que institui o dia 30 de março como o Dia Municipal de informação e conscientização sobre a endometriose, o vereador do Recife Samuel Salazar (MDB), traz o assunto em live no Instagram, nesta segunda-feira (30), às 21h. Para o debate, foi convidada a advogada em direito médico e saúde e coordenadora da Endomarcha Recife, Milena Bassani.

 “Essa é uma campanha que abraçamos desde o início do nosso mandato, e por isso tínhamos ações pensadas para este mês. ⁣Diante do isolamento social, como solução para fomentar a causa e promover o tema, pensamos em conversar sobre a doença”, explica o parlamentar.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), calcula-se que, em todo o mundo, 176 milhões de mulheres sofram com a doença. No Brasil, são 6,5 milhões. “Quando os olhos não veem o que as mulheres sentem, precisamos discutir e buscar entender para pensar em Políticas Públicas efetivas. Mesmo não sendo protagonista da luta e do movimento, sensibilizamos-nos e ficamos parceiros da causa, e isso só fortalece a temática”, conta Salazar.

De acordo com a advogada em direito médico, Milena Bassani, a endometriose é uma doença ainda pouco conhecida em sua essência. “Basicamente consiste no surgimento de tecido semelhante ao endométrio, aquele que reveste a parede uterina e é responsável pela menstruação da mulher, em outros órgãos pélvicos, como bexiga, alças intestinais, ovários etc. Em casos raros até mesmo no pulmão, diafragma e cérebro”.

Ainda de acordo com ela, “esse tecido ocasiona a inflamação da região durante o ciclo, e por não haver escalpes, menstruação, causa dores insuportáveis. Ao "sarar" ele acaba por criar uma aderência entre os órgão que por sua vez perdem a motilidade, causando dores até fora do ciclo com o passar do tempo”, explica Milena.

Como estratégia de informações do Março Amarelo, estava previsto para o último sábado (28), a “Endomarcha Mundial da Endometriose” e Recife era uma das cidades que faria parte da ação. “Nossa marcha precisou ser adiada para evitar a disseminação do vírus causador do Covid-19. Jamais poderíamos ir às ruas propagar a conscientização de uma doença e espalhar outra. Mas em breve poderemos tomar às ruas novamente e levar informação correta para as mulheres”, esclarece a coordenadora da Endomarcha Recife, Milena Bassani.

“Você, mulher, mãe, irmã, prima, marido, pai, irmão, sim, os homens também, todos precisam ficar atentos aos sintomas da endometriose, e ajudar milhares de mulheres a receberem o diagnóstico precoce, pois, somente assim haverá chances de cura”, lembra Bassani.


Vereador do Recife, Rinaldo Junior (PSB), em entrevista à Rádio Folha
Vereador do Recife, Rinaldo Junior (PSB), em entrevista à Rádio FolhaFoto: Leo Malafaia / Folha de Pernambuco

Por conta do avanço do Coronavírus no Recife e preocupado com a integridade da população idosa e mais carente da cidade, o vereador Rinaldo Junior (PSB) deu entrada na manhã desta terça-feira (17) num Projeto de Lei Ordinária (PLO), que já está tramitando na Câmara Municipal do Recife, que dispõe sobre a suspensão de corte de água e energia elétrica durante 120 dias no município do Recife.
  
O Projeto de Lei determina que fica suspenso o corte de água e energia elétrica no município do Recife, durante o período de 120 dias, devido à Pandemia do COVID-19 (Coronavírus). Ainda de acordo com o PLO, o Poder Executivo regulamentará a lei através de Decreto, no que for cabível, onde a lei entrará em vigor na data de sua publicação.

De acordo com o vereador Rinaldo Júnior, a lei é essencial para preservar a integridade e segurança da população menos assistida, principalmente os idosos, que ficam impedidos de se locomover para bancos, além de trabalhadores informais, os pequenos comerciantes, que podem não conseguir pagar suas contas nesse período, e serão os mais prejudicados economicamente com a situação da Pandemia.

“Vamos amanhã, pela manhã, durante a sessão ordinária, solicitar aos vereadores sensibilidade para que o projeto de Lei seja votado com urgência. É importante frisar que o PLO se restringe apenas à questão do corte, e por tempo determinado, e não ao pagamento”, ressaltou o vereador. 

Iniciativa é do vereador do Recife, Jayme Asfora
Iniciativa é do vereador do Recife, Jayme AsforaFoto: Kleyvson Santos/ Folha de Pernambuco

Diante da necessidade de que as pessoas evitem sair de casa para frear o rápido contágio da COVID-19, ou Coronavírus, o vereador Jayme Asfora (sem partido), solicitou hoje, oficialmente, que a Prefeitura do Recife suspenda, por um prazo de 90 dias, a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de alguns imóveis, bem como do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) de microempresas e empresas de pequeno porte – incluídas no Simples Nacional - como forma de evitar um colapso ainda maior na economia da cidade.

“Muitas empresas estão fechando as portas nesse momento para evitar a contaminação, assim como muitos autônomos estão vendo sua renda cair drasticamente. É hora também de pensamos no impacto econômico que essa catastrófica pandemia pode causar e mitigar os prejuízos que, sem dúvida, levarão meses e até anos para serem recuperados”, explica o parlamentar.

Além disso, Asfora solicitou que a Prefeitura faça um esforço para antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores com mais de 60 anos e que recebam até dois salários mínimos. Em detalhes, a proposta prevê: suspensão por 90 dias das parcelas do IPTU incidentes sobre imóveis residenciais com valor venal de até R$ 100 mil; suspensão 90 dias das parcelas do IPTU incidentes sobre imóveis comerciais ligados a atividades de microempresas e empresas de pequeno porte, desde que enquadradas no Simples Nacional; suspensão por 90 dias da cobrança do ISS incidente nas atividades de autônomos, micro e empresas de pequeno porte.

“As autoridades de saúde municipal estão demonstrando tomar as medidas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde nesse momento e, com certeza, temos que confiar nesse trabalho. Mas também precisamos pensar em como as pessoas vão sobreviver após essa tragédia mundial. O Poder Público precisa ainda estar atento aos desdobramentos do que está acontecendo agora e minimizar os seus efeitos mais adiante. Nem saímos totalmente da grande crise econômica que se instalou em 2014 e poderemos emendar com uma ainda pior”, analisa o vereador.

Nossa proposta vem na esteira do que já anunciou o Governo Federal, com o pacote econômico recém-anunciado, que incluiu a suspensão do pagamento de impostos federais incluídos no Simples também por 90 dias. ”Estamos falando ainda de uma cidade que, no final de 2019, apresentou a pior taxa de desemprego entre as 27 capitais do Brasil, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE: 17,4% da população economicamente ativa.

Ele explica que, ao suspender a cobrança do IPTU e do ISS por apenas três meses, a Prefeitura vai contribuir, significativamente, para que não haja um esgotamento no fluxo de caixa das empresas – visto que as receitas tendem a diminuir drasticamente.

“Economistas de todo o mundo falam que uma crise econômica provocada por uma doença, como é o caso da COVID-19, é inédito na história. O fato é que dados divulgados pela Conferência da ONU para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) apontam uma possível perda de US$ 2 trilhões para a economia global devido à paralisia econômica causada pelo vírus. Está na hora de atuar severamente para resguardar o emprego e a renda dos recifenses”, conclui Jayme Asfora.

Entre as novas regras estão às mudanças no horário do funcionamento ao público da Câmara, que será das 9h às 13h, e das sessões plenárias, que passam a ser realizadas pela manhã
Entre as novas regras estão às mudanças no horário do funcionamento ao público da Câmara, que será das 9h às 13h, e das sessões plenárias, que passam a ser realizadas pela manhãFoto: Divulgação

A mesa Diretora da Câmara Municipal do Recife adotou, nesta segunda-feira, um conjunto de medidas para tentar reduzir os riscos de contágio do Covid-19. O objetivo da presidência da Casa de José Mariano é tentar reduzir o fluxo de pessoas no local, minimizando as possibilidades de infecção. Entre as novas regras estão às mudanças no horário do funcionamento ao público da Câmara, que será das 9h às 13h, e das sessões plenárias, que passam a ser realizadas pela manhã.

“O Covid-19 é uma pandemia e está atingindo pessoas no mundo inteiro. O Governo do Estado e a Prefeitura do Recife agiram rapidamente para evitar novos casos em Pernambuco. A Câmara está fazendo a parte dela e irá acompanhar a evolução da doença em nosso estado”, afirmou o presidente Eduardo Marques (PSB), que fez uso da tribuna nesta segunda para explicar as medidas da Câmara. O ato número 01/2020 passa a vigorar a partir de amanhã. Confira o que diz o texto que será publicado no Diário Oficial do Poder Legislativo Municipal:

1 – Horário de funcionamento – para diminuir a circulação em horário de pico, a Câmara resolveu que o horário de funcionamento da Casa será das 9h às 13h, de segunda a sexta-feira. Podendo cada departamento estender este horário desde que seja necessário;

2 – Acesso à Câmara do Recife – a Câmara não fechará suas portas ao público. Haverá, no entanto, um maior controle de acesso. Não sendo permitidas aglomerações nas dependências da Casa de José Mariano;

3 – Suspensão de eventos – estão suspensas as audiências e reuniões públicas, reuniões solenes, homenagens e demais eventos que reúnam público;

4 – Reuniões plenárias e de Comissões – as reuniões plenárias ocorrerão às segundas, terças e quartas-feiras, das 10h às 13h. Já as reuniões de Comissões da Casa obedecerão a um cronograma previamente informado pelos respectivos presidentes dos colegiados. A pauta das reuniões plenárias, ou seja, a ordem do dia, não será mais impressa e continuará sendo divulgada pelo site da Casa (www.recife.pe.leg.br);

5 – Servidores acima de 60 anos e de grupos de risco - cada setor deve informar ao Departamento de Recursos Humanos da Casa, sobre os servidores acima de 60 anos e àqueles que integrem o grupo de risco, para que permaneçam em suas casas, durante a vigência destas medidas. A Câmara inclui neste grupo, também, as mulheres grávidas, como uma forma de maior proteção à vida;

6 – Viagens – estão suspensos quaisquer deslocamentos de servidores e parlamentares a serviço da Câmara, em território nacional ou no exterior. A Câmara seguirá as determinações do Decreto número 48.809/ 2020, do Governo de Estado de Pernambuco, que estabelece que todo servidor “que retornar do exterior seja por gozo de férias ou eventuais licenças deverá efetuar comunicação imediata à Secretaria Estadual de Saúde e permanecer em isolamento domiciliar por sete (07) dias mesmo que não apresente qualquer sintoma relacionado ao Covid-19, devendo aguardar orientações da referida secretaria”.

7 - Intensificação da limpeza – este serviço será reforçado com atenção especial à esterilização de maçanetas, corrimãos e superfícies de áreas comuns.
Estas ações adotadas pela Câmara Municipal do Recife, destinadas à prevenção ao novo coronavírus, serão avaliadas e analisadas, constantemente, por uma comissão que será formada por sete vereadores, escolhidos em plenário, e um grupo de trabalho que acompanhará, conjuntamente, todas as informações sobre a doença. Este grupo também ficará responsável por divulgar, internamente, boas práticas adotadas pelos mais diversos órgãos, bem como o combate a fake news.

Participaram da reunião da Comissão Executiva o presidente da Casa, vereador Eduardo Marques (PSB); o vice-presidente, vereador Aerto Luna (PSB); o primeiro-secretário, vereador Romerinho Jatobá (PROS); o segundo vice-presidente, vereador Chico Kiko (PP); o segundo-secretário, vereador Hélio Guabiraba (sem partido); o terceiro vice-presidente, vereador Fred Ferreira (PSC), além dos vereadores Ana Lúcia (Republicanos) e Aderaldo Pinto (PSB).

O requerimento foi apresentado pelos vereadores Ana Lúcia (Republicanos), e Ivan Moraes (PSOL), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos.
O requerimento foi apresentado pelos vereadores Ana Lúcia (Republicanos), e Ivan Moraes (PSOL), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos.Foto: Anderson Barros / CMR

A Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes da Câmara do Recife, aprovou, em reunião realizada na última quarta-feira, 11 de março, a criação da Frente Parlamentar pela Primeira Infância. O requerimento foi apresentado pelos vereadores Ana Lúcia (Republicanos), e Ivan Moraes (PSOL), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos.

O Marco Legal da Primeira Infância do Recife, promulgado em 2018, determina que as políticas públicas para a primeira infância são instrumentos por meio dos quais o Município assegura o atendimento dos direitos das famílias das mulheres grávidas e das crianças com até seis anos de idade.

Os vereadores alegam ser necessária uma instância Legislativa, que tenha entre suas funções a fiscalização, mas que também contribua com propostas de políticas públicas visando fortalecer as diversas demandas que envolvem o tema da Primeira Infância.

Entre as propostas de trabalho que serão realizados pela Frente, está a promoção da interlocução entre o Poder Legislativo municipal e os conselhos, os fóruns e as entidades da sociedade civil organizada que atuam em favor da primeira infância, e a colaboração com entidades representativas para o encaminhamento de propostas pertinentes à primeira infância aos órgãos competentes.

Foto: Anderson Barros

O evento, promovido pelo vereador e ativista da causa animal, Ricardo Cruz (PP), aconteceu nesta quinta-feira (12).
O evento, promovido pelo vereador e ativista da causa animal, Ricardo Cruz (PP), aconteceu nesta quinta-feira (12).Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores do Recife prestou homenagem à Companhia Independente de Policiamento com Cães da Polícia Militar de Pernambuco pelos serviços prestados. O evento, promovido pelo vereador e ativista da causa animal, Ricardo Cruz (PP), aconteceu na área externa da Casa, na tarde desta quinta-feira (12).

Praticamente todo o efetivo da Companhia e outras autoridades do Governo do Estado foram estiveram presentes no evento. No final dos discursos e entrega de placa, houve uma apresentação dos cães-miliares ao público presente.

A CipCães completou 58 anos este ano. Ao longo da história os cães da Polícia Militar são empregados nas atividades ostensivas, praças desportivas, controle de distúrbios civis, reintegrações de posse e no controle do narcotráfico e terrorismo.

O efetivo é composto por 98 servidores, sendo cinco oficiais, 92 praças, um funcionário civil e 49 cães-militares das raças pastor alemão, pastor belga e labrador.

Com a chegada da parlamentar, agora são 16 representantes do partido no Legislativo Municipal
Com a chegada da parlamentar, agora são 16 representantes do partido no Legislativo MunicipalFoto: Rodolfo Loepert

A bancada de vereadores do PSB na Câmara Municipal ganhou mais uma integrante. A vereadora Goretti Queiroz se filiou, na manhã desta terça-feira (10), ao partido. A filiação foi feita pelo deputado federal João Campos, com a presença do secretário-geral Adilson Gomes e do secretário de Governo do Recife, João Guilherme Ferraz. Com Goretti, a bancada do PSB já chega a 16 vereadores. Em menos de uma semana, foi a quarta parlamentar a migrar para a sigla.

Em sua fala, Goretti destacou que sua mudança partidária foi estimulada pelo trabalho que o atual prefeito do Recife, Geraldo Julio, vem realizando junto à causa animal e ambiental na cidade. “Hoje, eu posso dizer que a causa animal finalmente passou a ser vista com seriedade. Claro que a minha mudança partidária foi bastante pensada e não vi em nenhum outro partido tanto trabalho para os animais e meio ambiente como tenho visto nos últimos anos pelo PSB. Por isso, hoje, estou aqui para concretizar meu ato de filiação”, afirmou.

Goretti ainda relembrou o período em que atuou na campanha do ex-governador Miguel Arraes após seu retorno do exílio e mencionou o ex- governador Eduardo Campos, pai do deputado federal João Campos, que abonou a ficha de filiação de Goretti.

João Campos, por sua vez, destacou que nos últimos dias o PSB tem recebido uma grande pluralidade de quadros, que enriquecem o partido e que vão contribuir para o fortalecimento da legenda no Recife. “O PSB vai ter a maior chapa da história, a mais competitiva e que vai eleger o maior número de vereadores do Recife na história do partido. A gente está entregando ao Recife a possibilidade de ter grandes quadros”, ressaltou.

O deputado ainda falou da importância de nomes como Goretti Queiroz para o PSB. “Hoje estamos muito felizes em contar com uma pessoa que tem história de vida e de serviço. Importante destacar que no mês das mulheres é sempre bom receber uma mulher que está na vida pública, que trabalha com zelo, que cuida do mandato como uma mãe cuida de um filho. Hoje você é uma grande referência na causa animal e vai se reafirmar em toda cidade”, completou.

A vereadora Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânime
A vereadora Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânimeFoto: Anderson Barros

A Câmara Municipal do Recife, por iniciativa da vereadora Missionária Michele Collins (PP), prestou homenagem às mulheres, nesta terça-feira (10), em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Ao total, 47 mulheres receberam o certificado de honra ao mérito.

Collins lembrou que Casa de José Mariano vem tratando de temáticas relacionadas a mulher, por meio de um conjunto de pautas positivas, a exemplo da lei municipal nº 18.241, de sua autoria que dispõe sobre o programa de apoio às mulheres vítimas de violência; e da lei 18.003, também de sua autoria, que dispõe informar aos órgãos ocorrências envolvendo mulheres com indícios de maus tratos.

“Atualmente convivemos com uma realidade preocupante, quando consideramos os casos de violência doméstica e feminicídio, uma das principais causas de violações de direitos humanos. Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma em cada três mulheres em todo o mundo já sofreu algum tipo de violência”, explicou.

Michele Collins ressaltou que as 47 mulheres que estavam sendo homenageadas representam integridade, paciência, ternura e o esforço em prol da construção de uma sociedade mais equânime. “São empoderadas, que acreditam no amor e suportam a dor do desamor, que criam e inspiram, que semeiam a esperança por dias melhores e que orientam os seus filhos e entes queridos. enfim, que pensam num mundo melhor! Precisamos reafirmar a nossa contribuição na sociedade” , disse.

Carla Patrícia Cunha, superintendente da Polícia Federal de Pernambuco, uma das homenageadas, ressaltou a liberdade de escolha e o pleno domínio dos direitos e sonhos. “Temos capacidade, formação e coragem”. Carla Patrícia também enfatizou as políticas públicas tendo como objetivo a diminuição da violência. “É preciso incentivar PP’s em parceria com a iniciativa privada criando, assim, possibilidades ao mercado de trabalho. É fundamental para diminuir a violência e tornar um mundo mais justo e melhor, facilitando a inserção da mulher, especialmente as que estão em condição de vulnerabilidade”, ponderou.

Estavam presentes na solenidade, o desembargador do TJPE; Stênio Neiva; o Cônsul do Uruguai em Pernambuco, Rodrigo Carneiro Leão; a coronel do Exército e diretora do Hospital Militar de Área do Recife, Maria Sandra Andrade; o Defensor Público de Pernambuco, José Fabrício, Dalva Cabral de Oliveira Neta, coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Cidadania de Pernambuco, as jornalistas Meiry Lanunce e Roberta Jungmann, Vírgina Moury, Defensora Pública da Mulher, o deputado estadual Pastor Cleiton Collins.

O vereador Marcos de Bria se filiou ao partido do deputado federal e pré-candidato a prefeito do Recife, João Campos
O vereador Marcos de Bria se filiou ao partido do deputado federal e pré-candidato a prefeito do Recife, João CamposFoto: Rodolfo Loepert

O mês de março continua com novas conquistas para o Partido Socialista Brasileiro em Pernambuco. Nesta segunda-feira (9), a bancada do PSB na Câmara Municipal do Recife passou de 13 para 15 vereadores, ultrapassando um terço do quantitativo total.

Os vereadores Marcos Di Bria e Benjamim da Saúde se filiaram em dois atos distintos realizados na sede da legenda, no bairro da Boa Vista.

A vereadora Goretti Queiroz deve assinar sua filiação ao PSB ainda nesta terça. Assim, os socialistas contabilizarão 16 vereadores.  

Leia também:
Goretti Queiroz anuncia filiação ao PSB


Ambas atividades contaram com a presença do deputado federal João Campos. Pela manhã, o parlamentar abonou a ficha de filiação do vereador Marcos Di Bria. “A sua filiação tem um significado importante, não só pela nossa eleição em 2018, mas pelo fortalecimento do partido aqui na nossa cidade em todas as regiões. Teremos chapa forte e competitiva e que vai conseguir garantir que os companheiros que trabalharam na Câmara tenham a chance de reeleição muito mais segura. Agora você empresta seu nome e sua história ao PSB. Tenho certeza que vai ser um projeto vitorioso, duradouro e que possamos fazer muito bem para Santo Amaro”, pontuou João.

Para Bria, a filiação é um momento histórico na sua vida. O parlamentar já faz parte da base governista da Frente Popular na Câmara do Recife e disse que quer contribuir ainda mais para o crescimento da cidade. “Chego para somar e multiplicar”, afirmou.

À noite, João Campos também esteve presente na filiação de Benjamim da Saúde e destacou a trajetória do parlamentar na sua área de atuação. “Tenho certeza que você vai dar um salto como Davi Muniz deu de 2012 para 2016 fez. Você trabalhou quatro anos e agora você vai colher o fruto do seu trabalho. Como se consolida uma votação? Trabalhando. Você vai virar referência dentro do Ibura como representante daquela área tão importante do Recife”, destacou o deputado federal.

Já Benjamim da Saúde falou da sua trajetória como técnico de enfermagem, que disputou a eleição em 2012 e obteve pouco mais de dois mil votos, sem ser eleito. No pleito seguinte, no entanto, saiu vitorioso com 3.772 votos. “Chego para contribuir com o PSB e continuar atuando na área da saúde, ajudando as pessoas que mais necessitam e fortalecendo o trabalho do partido na cidade”, comentou.

Benjamim da Saúde disputará reeleição pelo PSB

Benjamim da Saúde disputará reeleição pelo PSB - Crédito:Benjamim da Saúde assinaram ficha de filiação

assuntos

comece o dia bem informado: